Videocasts Café Brasil
Educação adulta
Educação adulta
Preocupados demais com a educação de nossos filhos, ...

Ver mais

É tudo soda
É tudo soda
Isca intelectual de Luciano Pires lembrando que ...

Ver mais

A selhófrica da pleita
A selhófrica da pleita
Isca intelectual de Luciano Pires tratando do nonsense ...

Ver mais

Freestyle
Freestyle
Isca Intelectual de Luciano Pires dizendo que quando ...

Ver mais

Café Brasil Curto 20 – Acho por acho
Café Brasil Curto 20 – Acho por acho
Não queira ser mestre sem antes ser discípulo.

Ver mais

Café Brasil Curto 19 – Mudar por discurso?
Café Brasil Curto 19 – Mudar por discurso?
Aceitemos a luz. E paremos com essa bobagem do "sempre ...

Ver mais

574 – Os agoristas
574 – Os agoristas
Café Brasil 574 - Os agoristas. Vivemos no presente, ...

Ver mais

Café Brasil Curto 18 – O problema são os outros
Café Brasil Curto 18 – O problema são os outros
Mude essa sua visão preconceituosa, desconfiada e ...

Ver mais

LíderCast 077 Waldey Sanchez
LíderCast 077 Waldey Sanchez
LíderCast 077 – Waldey Sanches - Waldey Sanches é um ...

Ver mais

LíderCast 076 Raquel e Leo Spencer
LíderCast 076 Raquel e Leo Spencer
LíderCast 076 – Raquel e Leo Spencer – A Raquel e o ...

Ver mais

LíderCast 075 Renato Seraphin
LíderCast 075 Renato Seraphin
Renato Seraphin é presidente da Albaugh, uma empresa do ...

Ver mais

LíderCast 074 Camila Achutti
LíderCast 074 Camila Achutti
LíderCast 074 – Camila Achutti é uma jovem e muito bem ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata - Temporada 02 Episódio 09 Quando ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 08 Já falei ...

Ver mais

37 não é febre
Tom Coelho
Sete Vidas
“Nada mais comum do que julgar mal as coisas.” (Cícero)   “Filha, leve um agasalho, pois vai esfriar.” “Querido, lembre-se de seu guarda-chuva; parece que vai chover…” “Não vá tomar ...

Ver mais

Lições de viagem 10
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Lições de viagem 10 Itália  Penso che un sogno così non ritorni mai più mi dipingevo le mani e la faccia di blu poi d’improvviso venivo dal vento rapito e incominciavo a volare nel cielo ...

Ver mais

Gente do bem
Tom Coelho
Sete Vidas
“Não te deixes vencer do mal, mas vence o mal com o bem.” (Romanos, 12:21)   Em meio ao trânsito desordenado, um motorista gentilmente cede-me passagem. Visito um ex-professor na faculdade ...

Ver mais

Homenagem aos Economistas 2017
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Homenagem aos Economistas 2017 Memoráveis citações “Quando foi criada a Faculdade de Ciências Econômicas da USP, em 1945, eu decidi fazer Economia. Fiquei muito feliz com a Economia, me ajustei ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 08

Videocast Nakata T02 08

Ciça Camargo -

SEDUÇÃO DO CLIENTE

Já falei sobre a importância de ser uma pessoa nutritiva. Vamos agora nos aprofundar um pouco mais no assunto. O ser nutritivo, além de divertido, informado, confiável e articulado, pode focar as suas qualidades em 3 dimensões diferentes.

Nutritivo para o corpo

Minha professora de pilates é nutritiva para meu corpo, por exemplo. A pessoa que eu amo, no momento de intimidade, também!

Nutritivo para a mente

O escritor, o compositor, o artista, o professor, o mentor, aquela pessoa que me traz conhecimento, me faz refletir, é nutritiva para minha mente.

Nutritivo para a alma

Naquele momento de dor, de desorientação, de colapso emocional, a pessoa que surge com as palavras que confortam, orientam, renovam nossas esperanças, é nutritiva para a alma.

Corpo, mente e alma. Reflita um pouco: em qual dessa áreas você é nutritivo para outras pessoas?

Só existe um momento no qual somos nutritivos para o corpo, a mente e a alma ao mesmo tempo.

Sabe em que momento isso ocorre? Quando nos apaixonamos.

Quando apaixonados, vemos apenas o melhor na outra pessoa, que nos faz bem para o corpo, a alma, a mente. Queremos a pessoa por perto, estar com ela nos faz bem, e quando longe, sentimos saudade.

No mundo dos negócios não é diferente. Quero que meus clientes se apaixonem por mim!

Um fornecedor nutritivo provoca paixão em seus clientes, que vão não apenas fazer negócios com ele, mas recomendá-lo para todo mundo.

E você pode trabalhar esse tipo de qualidade. Mas compreenda que, para seduzir alguém (seus clientes, neste caso), você deve focar em dois elementos.

  1. Você e o que existe de sedutor em você

Pense, primeiramente, no seu diferencial. As pessoas procuram você por qual motivo? Você consegue encantar as pessoas com as palavras? Com sua inteligência? Simpatia? Você resolve problemas? De que forma? O que é que você tem de melhor para provocar a paixão das pessoas?

  1. Seu alvo e as ações que penetrarão suas defesas

Você estudou seu cliente para entender como penetrar em suas defesas? TO que é que ele procura? Um preço vantajoso? Qualidade no produto? Prazos melhores?

É impossível vencer as defesas do cliente se você não o conhece, não se coloca no lugar dele, não procura entender quais são suas expectativas.

Personalidade: o nome do jogo

O atributo que mais pode ajudar você a fazer com que as pessoas se apaixonem, é um que todo mundo tem: personalidade.

O industrial norte americano Charles M. Schwab disse uma vez:

 A personalidade está para o homem assim como o perfume está para a flor.

Genial, não? Antes mesmo de se aproximar de uma flor, de vê-la e tocá-la, você é capaz de sentir o aroma que ela emana. Com pessoas é igual, e não me refiro ao cheiro… Você já imagina como é a personalidade de alguém ao se aproximar dela, ao observá-la. Seus trejeitos, suas roupas, seu vocabulário, suas ações… tudo são pistas sobre a personalidade de alguém.

Pois é. Personalidade todo mundo tem, e há quem sobra do “complexo de Gabriela”, que ficou famoso com a música Modinha para Gabriela, de Dorival Caymmi:

Eu nasci assim, eu cresci assim

Eu sou mesmo assim

Vou ser sempre assim

Será? Não. Não precisa ser assim. Você pode, a partir de uma profunda reflexão, de uma análise interna, de observar como você reage, no que você é bom, onde precisa melhorar, ir moldando sua personalidade na direção de se tornar alguém perto de quem as pessoas queiram estar.

Alguém nutritivo.

Entendeu? A mudança começa dentro de você.