Videocasts Café Brasil
É tudo soda
É tudo soda
Isca intelectual de Luciano Pires lembrando que ...

Ver mais

A selhófrica da pleita
A selhófrica da pleita
Isca intelectual de Luciano Pires tratando do nonsense ...

Ver mais

Freestyle
Freestyle
Isca Intelectual de Luciano Pires dizendo que quando ...

Ver mais

O Cagonauta
O Cagonauta
Isca intelectual de Luciano Pires. Se o seu chefe é um ...

Ver mais

567 – Carta ao jovem desempregado
567 – Carta ao jovem desempregado
Podcast Café Brasil 567 - Carta ao jovem desempregado. ...

Ver mais

Café Brasil Curto 04 – O preço da liberdade
Café Brasil Curto 04 – O preço da liberdade
Isca intelectual de Luciano Pires lembrando que ...

Ver mais

Café Brasil Curto 03 – FISCALMENTE ILUDIDOS
Café Brasil Curto 03 – FISCALMENTE ILUDIDOS
Isca intelectual de Luciano Pires lembrando que não ...

Ver mais

Café Brasil Curto 02 – A FORMATURA
Café Brasil Curto 02 – A FORMATURA
Isca intelectual de Luciano Pires lembrando que quem ...

Ver mais

LíderCast 070 – Alexandre Barroso
LíderCast 070 – Alexandre Barroso
Hoje conversamos com Alexandre Barroso, num programa ...

Ver mais

LíderCast 069 – Panela Produtora
LíderCast 069 – Panela Produtora
Hoje converso com Daniel, Filipe, Janjão e Rhaissa ...

Ver mais

LíderCast 068 – Gilmar Lopes
LíderCast 068 – Gilmar Lopes
Hoje converso com Gilmar Lopes, que de pedreiro se ...

Ver mais

LíderCast 067 – Roberto Caruso
LíderCast 067 – Roberto Caruso
Hoje conversamos com Roberto Caruso, um empreendedor ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata - Temporada 02 Episódio 09 Quando ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 08 Já falei ...

Ver mais

Ainda sobre a competitividade
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Ainda sobre a competitividade Algumas comparações “A competitividade de um país não começa nas indústrias ou nos laboratórios de engenharia. Ela começa na sala de aula.” Lee Iacocca Meu último ...

Ver mais

Faz isso não…
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
Temer, ao contrário de Dilma, é um político experiente, com muitos anos de vivência no ramo. Daí o estranhamento acerca dos erros que vem cometendo, de forma infantil, na condução da política ...

Ver mais

Dukkha
Filipe Aprigliano
Iscas do Apriga
Isca intelectual de Filipe Aprigliano sobre a primeira nobre verdade.

Ver mais

O furo no casco
Filipe Aprigliano
Iscas do Apriga
Isca Intelectual de Filipe Aprigliano sobre definir prioridades na eventualidade da tomada do poder por psicopatas.

Ver mais

Videocast Nakata T02 08

Videocast Nakata T02 08

Ciça Camargo -

SEDUÇÃO DO CLIENTE

Já falei sobre a importância de ser uma pessoa nutritiva. Vamos agora nos aprofundar um pouco mais no assunto. O ser nutritivo, além de divertido, informado, confiável e articulado, pode focar as suas qualidades em 3 dimensões diferentes.

Nutritivo para o corpo

Minha professora de pilates é nutritiva para meu corpo, por exemplo. A pessoa que eu amo, no momento de intimidade, também!

Nutritivo para a mente

O escritor, o compositor, o artista, o professor, o mentor, aquela pessoa que me traz conhecimento, me faz refletir, é nutritiva para minha mente.

Nutritivo para a alma

Naquele momento de dor, de desorientação, de colapso emocional, a pessoa que surge com as palavras que confortam, orientam, renovam nossas esperanças, é nutritiva para a alma.

Corpo, mente e alma. Reflita um pouco: em qual dessa áreas você é nutritivo para outras pessoas?

Só existe um momento no qual somos nutritivos para o corpo, a mente e a alma ao mesmo tempo.

Sabe em que momento isso ocorre? Quando nos apaixonamos.

Quando apaixonados, vemos apenas o melhor na outra pessoa, que nos faz bem para o corpo, a alma, a mente. Queremos a pessoa por perto, estar com ela nos faz bem, e quando longe, sentimos saudade.

No mundo dos negócios não é diferente. Quero que meus clientes se apaixonem por mim!

Um fornecedor nutritivo provoca paixão em seus clientes, que vão não apenas fazer negócios com ele, mas recomendá-lo para todo mundo.

E você pode trabalhar esse tipo de qualidade. Mas compreenda que, para seduzir alguém (seus clientes, neste caso), você deve focar em dois elementos.

  1. Você e o que existe de sedutor em você

Pense, primeiramente, no seu diferencial. As pessoas procuram você por qual motivo? Você consegue encantar as pessoas com as palavras? Com sua inteligência? Simpatia? Você resolve problemas? De que forma? O que é que você tem de melhor para provocar a paixão das pessoas?

  1. Seu alvo e as ações que penetrarão suas defesas

Você estudou seu cliente para entender como penetrar em suas defesas? TO que é que ele procura? Um preço vantajoso? Qualidade no produto? Prazos melhores?

É impossível vencer as defesas do cliente se você não o conhece, não se coloca no lugar dele, não procura entender quais são suas expectativas.

Personalidade: o nome do jogo

O atributo que mais pode ajudar você a fazer com que as pessoas se apaixonem, é um que todo mundo tem: personalidade.

O industrial norte americano Charles M. Schwab disse uma vez:

 A personalidade está para o homem assim como o perfume está para a flor.

Genial, não? Antes mesmo de se aproximar de uma flor, de vê-la e tocá-la, você é capaz de sentir o aroma que ela emana. Com pessoas é igual, e não me refiro ao cheiro… Você já imagina como é a personalidade de alguém ao se aproximar dela, ao observá-la. Seus trejeitos, suas roupas, seu vocabulário, suas ações… tudo são pistas sobre a personalidade de alguém.

Pois é. Personalidade todo mundo tem, e há quem sobra do “complexo de Gabriela”, que ficou famoso com a música Modinha para Gabriela, de Dorival Caymmi:

Eu nasci assim, eu cresci assim

Eu sou mesmo assim

Vou ser sempre assim

Será? Não. Não precisa ser assim. Você pode, a partir de uma profunda reflexão, de uma análise interna, de observar como você reage, no que você é bom, onde precisa melhorar, ir moldando sua personalidade na direção de se tornar alguém perto de quem as pessoas queiram estar.

Alguém nutritivo.

Entendeu? A mudança começa dentro de você.