Videocasts Café Brasil
O dia seguinte
O dia seguinte
Com o aumento considerável do mercado de palestrantes ...

Ver mais

Fact Check? Procure o viés.
Fact Check? Procure o viés.
Investigar o que é verdade e o que é mentira - com base ...

Ver mais

O impacto das mídias sociais nas eleições
O impacto das mídias sociais nas eleições
Baixe a pesquisa da IdeiaBigdata que mostra o impacto ...

Ver mais

Síntese de indicadores sociais 2016 do IBGE
Síntese de indicadores sociais 2016 do IBGE
O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - ...

Ver mais

618 – No Toca Fitas Do Meu Carro – Scary Pockets
618 – No Toca Fitas Do Meu Carro – Scary Pockets
Mais um programa musical. E daqueles, cara. Você sabe ...

Ver mais

617 – O Clube da Música Autoral
617 – O Clube da Música Autoral
Uma das coisas mais fascinantes de quem se dispõe, como ...

Ver mais

616 – Na média
616 – Na média
Num ambiente construído para que as pessoas fiquem “na ...

Ver mais

615 – Fake News? Procure o viés
615 – Fake News? Procure o viés
Nova Iorque, madrugada de março de 1964. No bairro do ...

Ver mais

LíderCast 112 – Paulo Rabello de Castro
LíderCast 112 – Paulo Rabello de Castro
Professor, consultor, com vasta experiência no setor ...

Ver mais

LíderCast 111 – Tiemi Yamashita
LíderCast 111 – Tiemi Yamashita
LíderCast 111 - Hoje conversamos com Tiemi Yamashita, ...

Ver mais

LíderCast 110 – Rafael Baltresca
LíderCast 110 – Rafael Baltresca
LíderCast 110 - Hoje conversamos com Rafael Baltresca, ...

Ver mais

LíderCast 109 – Romeo Busarello
LíderCast 109 – Romeo Busarello
LíderCast 109 - Hoje conversamos com Romeo Busarello, É ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata - Temporada 02 Episódio 09 Quando ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 08 Já falei ...

Ver mais

Lições de viagem 11 – Santa Catarina
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Lições de viagem 11 Santa Catarina e seus diferenciais  Percebi que me encontrava num estado diferenciado na primeira vez que estive em Santa Catarina, em 1980, quando fui ministrar aulas em dois ...

Ver mais

Solidão em rede: estamos cada vez mais solitários
Mauro Segura
Transformação
Vivemos a "cultura do estresse", de não perder tempo e usar cada minuto para sermos mais produtivos. Mas isso tem um preço.

Ver mais

1936, 1984, 1918
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
A guerra civil espanhola (1936-1939) foi assustadora, cruel, mas teve seus lances tragicômicos. Um deles era a eterna bagunça entre as muitas facções que formavam as Forças Republicanas, ...

Ver mais

Região de conflito duplamente em foco
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Região de conflito duplamente em foco “Fronteiras? Nunca vi uma. Mas ouvi dizer que existem na mente de algumas pessoas.” Thor Heyerdahl Não é sempre que alguns dos focos mais controvertidos das ...

Ver mais

Cafezinho 82 – Paciência
Cafezinho 82 – Paciência
O que uma árvore frondosa precisa para se manter firme ...

Ver mais

Cafezinho 81 – A Confederação
Cafezinho 81 – A Confederação
A Confederação mais eficiente do Brasil é a dos bandidos.

Ver mais

Cafezinho 80 – A Copa que era nossa
Cafezinho 80 – A Copa que era nossa
Ao contrário do que acreditam coxinhas e petralhas, o ...

Ver mais

Cafezinho 79 – Desengajados Ativos
Cafezinho 79 – Desengajados Ativos
Engajamento vem do francês engager, que quer dizer “se ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 07

Videocast Nakata T02 07

Ciça Camargo -

REFLETINDO SOBRE GENTE NUTRITIVA

Se a sua rotina envolve receber e visitar clientes, você já deve ter dedicado um bom tempo imaginando como fazer a diferença no dia a dia deles. Como resolver o problema deles. E como você, seus concorrentes também estão preocupados e, provavelmente, oferecendo o mesmo padrão de serviço, preço e qualidade que você oferece.

Você só ganha a parada sendo gente nutritiva.

Você conhece muita gente assim, e talvez nem perceba. Se você é homem, pergunte para sua namorada, noiva, esposa ou irmã. Se é mulher, responda:

– Por que você vai naquela cabeleireira e não na outra, que é mais exuberante, melhor instalada, com mais gente?

Provavelmente a maioria das respostas não terá a ver com a capacidade técnica da cabeleireira de prestar um bom serviço. De fazer uma boa unha. Isso é o mínimo que se espera. Provavelmente a resposta terá a ver com a forma como a cabeleireira trata seus clientes. Será que você a escolhe por ela ser uma pessoa nutritiva?

Quer saber se você é uma pessoa nutritiva? Então faça um exercício comigo!

Gente nutritiva

Imagine que você está em uma sala, uma sala qualquer, e que um conhecido chega até você. É uma pessoa que você adora e os 15 minutos que ela fica ali com você, são incríveis!

Você conhece alguém assim? Pense nessa pessoa.

Agora, repita o exercício, mas imagine que quem vem até você não é uma pessoa da qual você gosta. Pelo contrário. Aí, os 15 minutos parecem eternos e você não vê a hora dela ir embora, certo?

Conhece gente assim? Pense nela.

Agora tente visualizar essas duas pessoas, uma ao lado da outra, e me responda:

Qual é a diferença entre elas?

Eu vou ajudar você com a resposta. Repita as frases abaixo, mas com uma pequena mudança. Pronuncie a frase em voz alta, mas onde você lê a palavra tempo, substitua pela palavra vida.

  • Estou fazendo um passatempo.
  • Me dá um minuto do seu tempo?
  • Não tenho tempo.

Viu como fica pesado quando você substitui “tempo” por “vida”?

Aquela pessoa que ficou com você aqueles 15 minutos insuportáveis, não roubou só 15 minutos de seu tempo. Roubou 15 minutos da sua vida.

Já a outra pessoa que transformou aqueles 15 minutos em momentos de prazer, felicidade, emoção ou diversão, enriqueceu 15 minutos de sua vida. Foi nutritiva.

Você é uma pessoa nutritiva?

Voltemos àquela mesma sala, mesmo local. A porta se abre e desta vez que entra é você. O que é que a pessoa que está na sala vê entrar? Alguém nutritivo ou um… pocotó?

O que é que você fará com os 15 minutos de vida que aquela pessoa deu a você?

Faça com que valham a pena!

As pessoas costumam se agrupar em torno de gente que é

  • Divertida;
  • Informativa;
  • Confiável;

Ninguém gosta de pessoas emburradas, mal humoradas, desinformadas, pouco confiáveis e desarticuladas, não é mesmo? Então você já tem uma pista de como agir.

Conhecimento técnico, computadores, paredes pintadas, chão limpo, roupa limpa, cabelo penteado, e bom papo todo mundo pode ter. Mas isso não fará ninguém nutritivo.

Ser nutritivo tem mais a ver com o que você é do que com o que você tem. Aposto que você conhece pessoas com baixa instrução, sem dinheiro no banco, sem fama nem poder, mas que são absolutamente nutritivas, não conhece? Pois é. Educação formal, dinheiro no banco, fama e fortuna não são pré-requisitos para ser nutritivo. Gente nutritiva tem atitude na direção de valorizar o tempo das pessoas. E isso não dá para comprar com dinheiro.

Mantenha isso em mente da próxima vez que um cliente chegar até você. Ao recebê-lo, você estará sendo divertido? Informativo? Confiável? Articulado?

Se não, você tem um problema.

Lembre-se sempre que tempo é vida. Valorize a vida que os outros dão a você.