Videocasts Café Brasil
Palestra O Meu Everest
Palestra O Meu Everest
Meu amigo Irineu Toledo criou um projeto chamado ...

Ver mais

Brazilian Rhapsody
Brazilian Rhapsody
O pessoal da Chinchila fez uma paródia de Bohemian ...

Ver mais

O Guia do Anunciante em Podcasts
O Guia do Anunciante em Podcasts
O Guia do Anunciante em Podcasts traz informações ...

Ver mais

Bandidos Na TV
Bandidos Na TV
Assisti Bandidos Na Tv, nova série na NetFlix, que ...

Ver mais

686 – O Meu Everest
686 – O Meu Everest
Em 2001 eu fiz talvez a maior viagem da minha vida. ...

Ver mais

685 – Entrevista no Ranking dos Políticos
685 – Entrevista no Ranking dos Políticos
O Ranking dos Políticos é uma iniciativa civil para ...

Ver mais

684 – Susceptibilidade à negatividade
684 – Susceptibilidade à negatividade
Você está na boa, trabalhando ou fazendo suas coisas, ...

Ver mais

683 – O peixe
683 – O peixe
E aí, hein? Dar o peixe ou ensinar a pescar? Será que ...

Ver mais

LíderCast 173 – Henrique Prata
LíderCast 173 – Henrique Prata
O homem que fundou o Hospital do Câncer de Barretos, ...

Ver mais

LíderCast 172 – Paulo Vieira
LíderCast 172 – Paulo Vieira
Paulo Vieira está à frente da Next Academy, maior ...

Ver mais

LíderCast 171 – Fabiana Salles
LíderCast 171 – Fabiana Salles
Uma empreendedora que, a partir da criação de um ...

Ver mais

LíderCast 170 – Rodrigo Galvão
LíderCast 170 – Rodrigo Galvão
Rodrigo Galvão assumiu aos 35 anos de idade a posição ...

Ver mais

Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Um bate papo entre Adalberto Piotto, Carlos Nepomuceno ...

Ver mais

046 – Para quem vai anular o voto
046 – Para quem vai anular o voto
Fiz um vídeo desenhando claramente o que acontece com ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Destaques da Aula 5 do Curso on-line de Filosofia (COF)
Eduardo Ferrari
Resumos e Artigos
Lembremos que o objetivo dessa série é chamar atenção para o conteúdo do Curso On-line de Filosofia, que pode ser acessado na página do Seminário de Filosofia. Os principais destaques da aula de ...

Ver mais

Trivium: Capítulo 3 – Palavras atributivas: Verbos (parte 4)
Alexandre Gomes
As palavras ATRIBUTIVAS expressam os ACIDENTES que existem na substância.  Os atributos PRIMÁRIOS incluem:   verbos; “eu preciso escrever um exemplo?” substantivos verbais; “ela cultiva o ...

Ver mais

Voz de mulher
Chiquinho Rodrigues
Tem alguns jingles que são uma merda! Ou não! (Fiz vários assim). Basta você ouvir uma só vez e aquele troço fica azucrinando dentro da sua cabeça o dia todo. (bom para o cliente!) Em compensação ...

Ver mais

Sinopse para um curta
Chiquinho Rodrigues
Dois personagens e 43 figurantes. Locações: Duas salas, um estacionamento e uma recepção. Se não tiver verba, uma sala só dá. (Foda-se a produção) Personagem 1: Felipe Freitas. 29 anos, solteiro, ...

Ver mais

Cafezinho 220 – Mulheres gostosas fazem sexo e morrem no Everest
Cafezinho 220 – Mulheres gostosas fazem sexo e morrem no Everest
Assim como dinheiro atrai dinheiro, popularidade atrai ...

Ver mais

Cafezinho 219 – Brasil recusado na OCDE
Cafezinho 219 – Brasil recusado na OCDE
Para essa gente, o Brasil não pode dar certo.

Ver mais

Cafezinho 218 – Ignorância Pluralística
Cafezinho 218 – Ignorância Pluralística
Colocando em você o medo de ser apontado como o único ...

Ver mais

Cafezinho 217 – Os sinais
Cafezinho 217 – Os sinais
Os sinais de que o Brasil é diferente do que aparece na ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 05

Videocast Nakata T02 05

Ciça Camargo -

REFLETINDO SOBRE A SATISFAÇÃO DO CLIENTE

Começo esta reflexão com uma pergunta:

O que você faz pela satisfação do cliente?

Antes que me responda, eu tenho uma fórmula para ter a satisfação do cliente na palma da sua mão!

A fórmula da satisfação do cliente

Sa = De – Ex

Satisfação (As) é igual a desempenho (De) menos expectativa (Ex).

Satisfação é o contentamento do cliente. É a realização daquilo que ele esperava ao entrar em contato com você.

Desempenho,  como já falamos em outras conversas, é o resgate do nosso empenho. Neste caso, é a capacidade de solucionar o problema do cliente.

Expectativa é a esperança do cliente apoiada em promessas. Ou seja: ele vai até você com uma expectativa gerada por inúmeros fatores, como uma propaganda, uma indicação etc.

Voltando à fórmula: Satisfação é igual a Desempenho menos Expectativa. Se o desempenho for maior que a expectativa, a satisfação é positiva. Se o desempenho é menor que a expectativa, a satisfação é negativa.

O ano é 2014. Estamos a caminho das finais da Copa do Mundo. O Brasil entra em campo contra a Alemanha. Nossa expectativa é de ganhar o jogo de goleada, e o que vemos é o inesquecível 7 a 1. Percebeu? Desempenho muito menor que a expectativa, satisfação negativa.

O x da questão é: como chegar ao resultado positivo da equação?

Com uma tarefa dividida em duas etapas.

Primeiro, gerenciar o desempenho. Isso significa ter controle sobre:

  • Cálculo de duração das tarefas e da capacidade de atendimento;
  • Capacitação dos funcionários;

Esses são apenas alguns exemplos de gerenciamento, no dia a dia, a partir do conhecimento que você possui sobre o próprio negócio, para ter a certeza de que você é capaz de cumprir o que será prometido.

A etapa seguinte, e que muitos juram ser impossível, é o gerenciamento da expectativa do cliente. Eu digo: é possível, sim!

Como gerenciar a expectativa do cliente

Veja o que aconteceu comigo e me ajuda a exemplificar a expectativa do cliente.

Fui a um bar, com um cliente e pedi uma caipirinha de vodca. Mas eu queria com minha vodca preferida, a Stolichnaya. A resposta do garçom?

– Não temos.

Pedi então com outra vodca que ele tinha. E em vez de limão, pedi com lima da pérsia. A resposta?

– Não temos.

Me conformei então com uma caipirinha de vodca comum com limão. E fiquei esperando, resignado. Alguns minutos depois chega o garçom com uma bandeja, e nela uma garrafa de vodca Stolichnaya e um copo com lima da pérsia e gelo!

Aquele garçom virou o herói da minha noite!

Depois que voltei pra casa, pensei… Mas se ele tinha a vodca que eu queria, e a lima da pérsia, por que disse que não tinha? Oras, porque o garçom era bom! Ele sabia que se atendesse o que eu pedi, entregando um desempenho igual à minha expectativa, apenas cumpriria sua obrigação. Eu ficaria satisfeito e nada mais aconteceria. Mas ele queria mais, e fez o quê? Gerenciou minha expectativa. Ao dizer que não tinha o que eu queria, jogou minha expectativa lá embaixo. E assim pode entregar um desempenho muito superior à minha expectativa, gerando uma satisfação muito positiva. Entendeu?

Viu como é possível gerenciar expectativas?

Mas o garçom só fez isso porque sabia que eu não iria embora, em busca da caipirosca em outro boteco. Eu disse que ele era bom!

O mesmo pode ser feito por você! Além de ter a capacidade de solucionar os problemas do cliente, você deve entender a expectativa dele e, assim, gerenciá-la. Quer um exemplo prático?

Sabe aquele serviço que você vai terminar na quarta feira? Prometa para o cliente entregar na quinta… e entregue na quarta!

Não parece uma bobagem? Pois é. Mas o efeito disso na construção de sua imagem como “o cara” que supera as expectativas é imenso.

Mas se é tão simples, por que é que quase ninguém faz?

Bem, quantos vendedores você conhece que são capazes de prometer menos do que podem entregar? Pouquíssimos, aposto. A maioria das pessoas, e isso é característica dos brasileiros, na ânsia de agradar, de impressionar, de não perder o negócio, promete mais do que pode entregar. Cria uma expectativa maior que a capacidade de entrega. Expectativa maior que o desempenho, satisfação negativa. Lembra da fórmula?

Satisfação é igual a desempenho menos expectativa.