Iscas Intelectuais do Café Brasil

Iscas Intelectuais
Aprenderemos algo?
Fernando Lopes - Iscas Politicrônicas

Sim… afinal, não é possível que atravessemos esse inferno “coronário” sem tirar algum ensinamento, alguma aprendizagem, disso tudo. No caso do brasileiro, alguma disciplina e respeito, e já tá ótimo. Seria muito bom se as duas qualidades dessem um upgrade nesta terra onde os Macunaímas se reproduzem em progressão geométrica. Não podemos sair dessa fria […]

| 26/03/2020 - Fernando Lopes em Iscas Politicrônicas
Liga e desliga
Chiquinho Rodrigues

Ela disse pra mim que gostar e desgostar eram coisas simples! Que existia dentro dela um botão de “liga e desliga”. Quando esse botão estava no “liga” era porque ela estava amando. Mas quando ela se enchia o saco do cara, era só girar o botão pro “desliga” e ela simplesmente deixava de gostar! Esse […]

| 26/03/2020 - Chiquinho Rodrigues
Vivendo e aprendendo
Luiz Alberto Machado - Iscas Econômicas

Vivendo e aprendendo  Lições da quarentena “Vivendo e aprendendo a jogar Vivendo e aprendendo a jogar Nem sempre ganhando Nem sempre perdendo Mas, aprendendo a jogar.” Guilherme Arantes O mundo todo está passando por uma experiência inédita. Mesmo em situações críticas, como em guerras, jamais havia ocorrido uma situação como a de agora, com a […]

| 25/03/2020 - Luiz Alberto Machado em Iscas Econômicas
É possível detectar o que é apropriação cultural?
Henrique Szklo - Iscas Criativas

Neste carnaval, mais uma vez um tema bastante polêmico voltou à discussão com força e apesar de ninguém ter pedido, gostaria de oferecer minha contribuição para o samba-enredo “Apropriação Cultural: O Ataque dos Colonizadores Oportunistas Contra as Minorias Oprimidas da Mãe Terra”. Pretendo colocar prós e contras do conceito e, adianto, não chegarei à uma […]

| 18/03/2020 - Henrique Szklo em Iscas Criativas
Uma lan house no céu
Chiquinho Rodrigues

Sabe… Todo músico tem um público imaginário. Quando pego meu violão e sozinho em casa toco algo que gosto, sempre imagino uma pequena e seleta platéia me assistindo. Nessa platéia (que varia muito) estão amigos que eu admiro o bom gosto, outras pessoas que eu pouco conheço, mas que gostaria que me ouvissem tocando e […]

| 12/03/2020 - Chiquinho Rodrigues
Por que o diálogo político é tão difícil?
Gustavo Bertoche - É preciso lançar pontes.

Amigos, desde 2013 assistimos ao crescimento de uma polarização política que a nossa geração não conhecia. Como intelectual crítico, não sigo critérios pré-determinados por nenhum partido ou grupo político: sou completamente livre para circular, sem nenhuma culpa, entre idéias e autores de todas as cores. Estudo de Lukács a Voegelin, de Marilena Chauí a Olavo […]

| 02/03/2020 - Gustavo Bertoche em É preciso lançar pontes.
O Músico Substituto
Chiquinho Rodrigues

Repito sempre a seguinte frase do pianista, arranjador e compositor Cezar Camargo Mariano: “Não é a gente que escolhe o instrumento, é o instrumento que escolhe a gente”. E o saxofone escolheu o Cazé. O Cazé era de uma família de músicos (até onde eu sei) todos eles saxofonistas. Eu cheguei a tocar com dois […]

| 27/02/2020 - Chiquinho Rodrigues
Desencontros da educação com o mundo real
Luiz Alberto Machado - Iscas Econômicas

Desencontros da educação com o mundo real “Infelizmente, poucas pessoas entendem a conexão entre criatividade e inovação. Fala-se muito sobre a ‘lei da inovação’, mas ninguém fala sobre a ‘lei da criatividade’. Seria ideal que isso ocorresse”. Solange Wechsler Por ocasião do Congresso Brasileiro de Economia de 2019, realizado em Florianópolis, fui procurado por uma […]

| 20/02/2020 - Luiz Alberto Machado em Iscas Econômicas
Resenha: Meu Pai, o Guru do Presidente
Jota Fagner - Origens do Brasil

Meu Pai, o Guru do Presidente, escrito pela Heloísa Helena de Carvalho Arribas e Henri Alfred Bugalho, é um livro que pretende retratar a conturbada relação entre Olavo Luiz Pimentel de Carvalho (o guru do presidente) e sua filha Heloísa de Carvalho (coautora da obra). No entanto, o lançamento apressado acabou comprometendo a qualidade do […]

| 20/02/2020 - Jota Fagner em Origens do Brasil
Todas mesmo?
Fernando Lopes - Iscas Politicrônicas

Levado pelos ventos da modinha do movimento americano Me too, nascido da hipocrisia e do revanchismo de gente (genta, Dilma?) que não admite seu passado arrivista e joga para a plateia enquanto conta seus milhões no banco, o extremo-feminismo desembarcou no Brasil com tudo, encontrando terreno fértil em cabeças que pouco raciocinam – no máximos […]

| 17/02/2020 - Fernando Lopes em Iscas Politicrônicas
Lendas urbanas volume um
Chiquinho Rodrigues

Ademar e Ademir eram gêmeos siameses isquiópagos. Gêmeos siameses xifópagos (E não XiPófagos como alguns entendem) são aqueles unidos por um segmento físico. A nomenclatura provém de xifóide que é o apêndice terminal do osso esterno (com s) situado na frente do tórax onde se unem as costelas Ademar e Ademir eram Gêmeos siameses isquiópagos. […]

| 13/02/2020 - Chiquinho Rodrigues
Trivium: Capítulo 3 – Extensão e IntenSão* dos Termos (parte 10)
Alexandre Gomes

* Antes das piadas com o S no título, explico: a palavra “intensão” existe e é mais clara que “compreensão” (que poderia ter sido usada) por dois motivos: 1) a semelhança/oposição com a palavra “extensão” e 2) em Lógica, o significado de “intensão” nem sempre coincide com o de “compreensão”. Veja o original inglês: intension […]

| 11/02/2020 - Alexandre Gomes
Lady Murphy
Chiquinho Rodrigues

Há alguns anos dei aula em um conservatório musical em São Paulo onde conheci uma senhora muito interessante chamada Charlote Mellors Buckingham. Era uma elegante senhora inglesa alta e magra que vivia quase o tempo todo vestida de preto e carregava pra onde quer que fosse um fino estojo de couro onde guardava seu amado […]

| 30/01/2020 - Chiquinho Rodrigues
Minha despedida
Chiquinho Rodrigues

Como você bem sabe, sou músico e tenho uma produtora de vídeo aqui em São Paulo que é o Estúdio Bandeirantes. Atendemos clientes de quase todo o Brasil. Seja fazendo arranjos, produção de Cds, jingles ou vídeos empresariais e comerciais. Pois bem. Você sabe também o quanto eu amo escrever aqui neste espaço. Porém isso […]

| 23/01/2020 - Chiquinho Rodrigues
Documentira
Fernando Lopes - Iscas Politicrônicas

Até anteontem, os Estados Unidos eram o império do mal, a síntese de tudo de ruim que há no universo; um inferno habitado por seres inumanos, que massacram sul-americanos por puro prazer sádico, e cujo produto da indústria cinematográfica não passava de lixo enlatado a serviço da colonização mental de cucarachas abaixo do Equador. Em […]

| 21/01/2020 - Fernando Lopes em Iscas Politicrônicas
A harpa elétrica
Chiquinho Rodrigues

Valdenir era um cara que acreditava piamente em reencarnação. Mas não era só isso… Acreditava também em vidas passadas, ufos e astrologia. Flertava com o candomblé, o budismo e era também um católico fervoroso (uma puta salada eu sei… mas era uma figura super doce). Era um negro baiano filho de uma família pobre nascido […]

| 16/01/2020 - Chiquinho Rodrigues