Podcast Café Brasil com Luciano Pires
#TransgressaoEhIsso
#TransgressaoEhIsso
Transgredir é muito mais que pintar o rosto, urinar na ...

Ver mais

Vem aí o Cafezinho
Vem aí o Cafezinho
Nasce nesta segunda, 4/9 o CAFEZINHO, podcast ...

Ver mais

Educação adulta
Educação adulta
Preocupados demais com a educação de nossos filhos, ...

Ver mais

É tudo soda
É tudo soda
Isca intelectual de Luciano Pires lembrando que ...

Ver mais

579 – A arte de falar merda
579 – A arte de falar merda
Tenha um filtro, meu caro, minha cara. Para o bem do ...

Ver mais

578 – O Círculo de ouro
578 – O Círculo de ouro
Você já parou para pensar que talvez ninguém faça ...

Ver mais

577 – Dois pra lá, dois pra cá
577 – Dois pra lá, dois pra cá
Existe uma divisão política, social e cultural no ...

Ver mais

576 – Gratitude
576 – Gratitude
Gratitude vem do inglês e francês e significa que ...

Ver mais

LíderCast 082 Bruno Soalheiro
LíderCast 082 Bruno Soalheiro
LiderCast 082 – Bruno Soalheiro – Bruno criou a ...

Ver mais

LíderCast 081 Lucia Helena Galvão Maya
LíderCast 081 Lucia Helena Galvão Maya
LíderCast 081 – Lúcia Helena Galvão Maya é diretora da ...

Ver mais

LíderCast 080 Tito Gusmão
LíderCast 080 Tito Gusmão
LíderCast 080 – Tito Gusmão – Tito Gusmão é um jovem ...

Ver mais

LíderCast 079 Marcio Appel
LíderCast 079 Marcio Appel
LíderCast 079 –Marcio Appel executivo à frente da ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata - Temporada 02 Episódio 09 Quando ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 08 Já falei ...

Ver mais

Os jacobinos da “nova direita”
Bruno Garschagen
Ciência Política
Quando os antissocialistas mimetizam a mentalidade e a ação política do inimigo, tornam-se o espelho da perfídia.

Ver mais

A hora e a vez da criatividade
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
A hora e a vez da criatividade  Por que não no Brasil? “Eu olho para as coisas como elas sempre foram e pergunto: Por quê? Eu olho para as coisas como elas poderão vir a ser e pergunto: Por que ...

Ver mais

Cala a boca, Magdo!
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
Quem não se lembra do “Cala a boca, Magda”, repetido por Caco Antibes no Sai de Baixo? Magda, sua esposa, era de uma estupidez oceânica, e o bordão era gritado a cada asneira dita pela bela ...

Ver mais

Síndrome de Deus
Tom Coelho
Sete Vidas
“Existe uma força vital curativa com a qual o médico tem de contar. Afinal, não é o médico quem cura doenças: ele deve ser o seu intérprete.” (Hipócrates)   Dediquei-me nas últimas semanas ...

Ver mais

Cafezinho 6 – Celebrando o fracasso
Cafezinho 6 – Celebrando o fracasso
Sobre como aprender com nossos insucessos, ...

Ver mais

Cafezinho 5 – Pimenta Azteca
Cafezinho 5 – Pimenta Azteca
O nome disso é livre mercado, goste você de Pimenta ...

Ver mais

Cafezinho 4 – A intolerância
Cafezinho 4 – A intolerância
Uma organização conhecida por investir em cultura ...

Ver mais

Cafezinho 3 – A inércia
Cafezinho 3 – A inércia
Issac Newton escreveu que “um objeto que está em ...

Ver mais

Café Brasil Curto 19 – Mudar por discurso?

Café Brasil Curto 19 – Mudar por discurso?

Luciano Pires -

Ah, o Brasil sempre foi assim, não vai mudar. Que coisa! Por que é tão difícil mudar? Mudanças só acontecem quando a crise que sofremos for maior que a dor de uma nova solução.

Por que Temer não vai cair? Porque o povo sabe que a solução vai doer mais. Tira Temer entra Rodrigo Maia… Cara, dói só de pensar. Essa solução dolorosa faz com que ninguém vá às ruas para tirar Temer. Ruim com ele, pior sem ele.

Há quem jure que a mudança é difícil pois as pessoas têm medo da mudança. Não. As pessoas têm medo do desconhecido, do que pode acontecer com elas em razão da mudança. Olhe aí a discussão em torno das Reformas Trabalhista e da Previdência. Todo mundo quer reformas, mas os que se sentem ameaçados de perder seus privilégios berram a tragédia que acontecerá se a reforma for implementada: você não vai mais ter férias, não vai ter hora de almoço, não vai ter fundo de garantia, não vai ter aumento de salário, sua mulher grávida vai trabalhar dentro de um forno… úúúúúúúúu. Usam o medo da consequência das mudanças para impedir as mudanças.

Já se disse muito por aí: as pessoas não mudam quando veem a luz, só mudam quando sentem o calor. O brasileiro não vai mudar por discurso, pelo blábláblá das mídias sociais ou a conversa mole da imprensa ou de grupinhos de pressão. Vai mudar pela ruptura, pelo calor, pela dor. Quer ver como é? Olhe pra Venezuela. Quantos corpos, quanto sangue falta para que eles saiam da luz para o calor? Nós aqui não precisamos chegar a tanto.

Basta que eu, você, ele e ela aí do seu lado saiamos das trevas. Aceitemos a luz. E paremos com essa bobagem do sempre foi assim.

É por isso que tem de mudar.