Podcast Café Brasil com Luciano Pires
Síntese de indicadores sociais 2016 do IBGE
Síntese de indicadores sociais 2016 do IBGE
O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - ...

Ver mais

Silvio Santos, Zé Celso e o Oficina
Silvio Santos, Zé Celso e o Oficina
Uma reunião para ser objeto de estudo em qualquer aula ...

Ver mais

#TransgressaoEhIsso
#TransgressaoEhIsso
Transgredir é muito mais que pintar o rosto, urinar na ...

Ver mais

Vem aí o Cafezinho
Vem aí o Cafezinho
Nasce nesta segunda, 4/9 o CAFEZINHO, podcast ...

Ver mais

601 – Alfabetização para a Mídia II
601 – Alfabetização para a Mídia II
Publicamos um videocast sobre Alfabetização para a ...

Ver mais

600 – God Save The Queen
600 – God Save The Queen
Café Brasil 600... Chegou a hora de comemorar outra ...

Ver mais

599 – Gastando tempo
599 – Gastando tempo
Quem ouve o Café Brasil há algum tempo sabe da minha ...

Ver mais

598 – O bovárico
598 – O bovárico
Madame Bovary é um livro clássico que nos apresenta a ...

Ver mais

LíderCast 97 – Michael Oliveira
LíderCast 97 – Michael Oliveira
Michael Oliveira, que é criador e apresentador do ...

Ver mais

LíderCast 96 – Ricardo Geromel
LíderCast 96 – Ricardo Geromel
Ricardo Geromel, que sai do Brasil para jogar futebol, ...

Ver mais

LíderCast 95 – Pascoal da Conceição
LíderCast 95 – Pascoal da Conceição
Pascoal da Conceição, que fala sobre a vida de ator no ...

Ver mais

LíderCast 94 – Marcelo e Evelyn Barbisan
LíderCast 94 – Marcelo e Evelyn Barbisan
Marcelo e Evelyn Barbisan. O Marcelo é médico, a Evelyn ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata - Temporada 02 Episódio 09 Quando ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 08 Já falei ...

Ver mais

Mostrem essa coragem toda!
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
Não há mais o que falar, esmiuçar ou palpitar sobre a intervenção federal na Segurança do Rio de Janeiro. Entre especialistas da área, especialistas do nada, gente se fingindo de especialista e ...

Ver mais

Como não combater a inflação
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Como não combater a inflação  O livro que, infelizmente, poucos leram “Os controles são profunda e intrinsecamente imorais. Substituindo o governo da lei e da cooperação voluntária no mercado ...

Ver mais

Como vencer um debate tendo razão
Bruno Garschagen
Ciência Política
O estrondoso sucesso do psicólogo canadense Jordan Peterson tem mostrado coisas extremamente interessantes sobre como parte da sociedade reage diante de alguém que sabe defender corajosamente as ...

Ver mais

O oitavo círculo
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
Faz uns bons anos, no departamento de trânsito de uma pequena e pacata cidade do interior paulista. Um cliente sofreu alguns danos em seu carro, devido aos quebra-molas exagerados, muito acima ...

Ver mais

Cafezinho 48 – As reformas
Cafezinho 48 – As reformas
Reformas estruturais implicam em mudanças na forma como ...

Ver mais

Cafezinho 47 – Os poblema
Cafezinho 47 – Os poblema
Como as mídias sociais revelaram o tamanho do desastre ...

Ver mais

Cafezinho 46 – Experimente
Cafezinho 46 – Experimente
Experimente abrir uma empresa. Seja o dono.

Ver mais

Cafezinho 45 – O louco
Cafezinho 45 – O louco
Na semana passada, quase sete anos após a apresentação ...

Ver mais

Café Brasil Curto 17 – Cadê elas?

Café Brasil Curto 17 – Cadê elas?

Luciano Pires -

A eleição de 2018 marcará a estreia do Partido Novo em uma corrida eleitoral para cargos federais. E eles criaram um processo bastante curioso para seleção de candidatos a candidatos. Primeiro o interessado deve pagar uma taxa de inscrição de 600 reais, não é pra qualquer um. Depois deve mandar um vídeo de apresentação e fazer uma prova online sobre os conceitos e valores que regem o Novo. Em seguida, passa por uma sabatina feita por cinco membros do Novo e precisa da aprovação de ao menos três deles. Depois, o candidato deve participar ativamente do dia a dia do partido e se engajar na atração de novos filiados. É como um ensaio para a campanha eleitoral. A última fase, que acontecerá em dezembro, consistirá na preparação dos candidatos para a campanha e para uma eventual pós-vitória.

Na primeira etapa, 460 pessoas se inscreveram em 13 estados e só 284 foram aprovadas. Os caras não chegaram para brincar e os selecionados estão lá no novo.org.br para todo mundo ver. É um processo muito diferente daqueles aos quais estamos acostumados, que por si só eliminará muitos desqualificados. Não garante que o candidato seja santo, mas dificulta o acesso dos demônios. Não é legal isso? Pois é. Mas eles estão com um problema.

Como a tradição de participação das mulheres na política é praticamente inexistente, o partido está encontrando muitas dificuldades de montar uma lista de candidatas nas várias regiões onde tem representação. As mulheres estão acanhadas. No Congresso hoje elas representam cerca de 10% dos eleitos. No Judiciário e no Executivo não deve ser diferente. Mas mesmo sendo tão poucas, você já viu o barulho que elas têm feito? Dilma, Janaína, Gleisi, Simone, Vanessa, Carmen Lúcia, Raquel, Ana Amélia… Elas estão agitando, para o bem e para o mal, muito mais que muitos barbados que há anos estão lá. Mas ainda são poucas.

Moça, o Partido Novo tem uma pegada liberal, foi fundado por não políticos e está com uma proposta muito interessante e séria. Mas se o Novo, se o liberalismo, não for sua praia, não faz mal. Entre noutro! Faça crescer a participação feminina na política.

O Brasil não chegará muito longe só com aqueles Orcs que hoje habitam Brasília.