Podcast Café Brasil com Luciano Pires
#TransgressaoEhIsso
#TransgressaoEhIsso
Transgredir é muito mais que pintar o rosto, urinar na ...

Ver mais

Vem aí o Cafezinho
Vem aí o Cafezinho
Nasce nesta segunda, 4/9 o CAFEZINHO, podcast ...

Ver mais

Educação adulta
Educação adulta
Preocupados demais com a educação de nossos filhos, ...

Ver mais

É tudo soda
É tudo soda
Isca intelectual de Luciano Pires lembrando que ...

Ver mais

583 – A regra dos dois desvios
583 – A regra dos dois desvios
Nunca brigue se o adversário estiver a mais de dois ...

Ver mais

582 – Sobre transgressão
582 – Sobre transgressão
Alguns fatos recentes trouxeram à tona a discussão ...

Ver mais

581 – Carta aos jornalistas
581 – Carta aos jornalistas
Advogados erram. Treinadores erram. Mecânicos erram. ...

Ver mais

580 – O esquecimento do bem
580 – O esquecimento do bem
O Brasil continua de pé, apesar de todos os tropeços e ...

Ver mais

LíderCast 085 William Polis
LíderCast 085 William Polis
William é um daqueles empreendedores que a gente gosta: ...

Ver mais

LíderCast 084 Rodrigo Azevedo
LíderCast 084 Rodrigo Azevedo
LiderCast 084 – Rodrigo Azevedo – Rodrigo Azevedo é ...

Ver mais

LíderCast 083 Itamar Linhares
LíderCast 083 Itamar Linhares
Itamar Linhares é médico-cirurgião na cidade de ...

Ver mais

LíderCast 082 Bruno Soalheiro
LíderCast 082 Bruno Soalheiro
LiderCast 082 – Bruno Soalheiro – Bruno criou a ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata - Temporada 02 Episódio 09 Quando ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 08 Já falei ...

Ver mais

Mudança, inovação e o espírito conservador
Bruno Garschagen
Ciência Política
Mudei de casa recentemente. Muito mais do que necessário, mudei porque quis, porque considerei que seria melhor. Mudar é sempre, porém, um tormento. Embalar os pertences, transportá-los para ...

Ver mais

O pior dos pecados
Tom Coelho
Sete Vidas
“A conduta é um espelho no qual todos exibem sua imagem.” (Goethe)   Um renomado palestrante é contratado para fazer uma apresentação em um evento de uma multinacional. Porém, apenas uma ...

Ver mais

Gênese da corrupção
Tom Coelho
Sete Vidas
“(…) que os criminosos fiquem em terra de meus senhorios e vivam e morram nela, especialmente na capitania do Brasil que ora fiz mercê a Vasco Fernandes Coutinho (…) e indo-se para ...

Ver mais

Analfabetismo funcional
Tom Coelho
Sete Vidas
“Só a educação liberta.” (Epicteto)   O índice de reprovação no exame anual da Ordem dos Advogados do Brasil, em São Paulo, tem atingido a impressionante marca de 90%. Realizado em duas ...

Ver mais

Cafezinho 14 – A sala, o piano e a partitura
Cafezinho 14 – A sala, o piano e a partitura
Mesmo uma obra de arte, só tem utilidade de houver uma ...

Ver mais

Cafezinho 13 – A sociedade da confiança
Cafezinho 13 – A sociedade da confiança
Quem confia nas leis não precisa quebrá-las.

Ver mais

Cafezinho 12 – Os tortos e os direitos
Cafezinho 12 – Os tortos e os direitos
Eu sou direito. Quero tratamento diferente dos tortos.

Ver mais

Cafezinho 11 – Vergulho e Orgonha
Cafezinho 11 – Vergulho e Orgonha
Se tenho orgulho de meu país? Sim. Mas também tenho vergonha.

Ver mais

Café Brasil Curto 17 – Cadê elas?

Café Brasil Curto 17 – Cadê elas?

Luciano Pires -

A eleição de 2018 marcará a estreia do Partido Novo em uma corrida eleitoral para cargos federais. E eles criaram um processo bastante curioso para seleção de candidatos a candidatos. Primeiro o interessado deve pagar uma taxa de inscrição de 600 reais, não é pra qualquer um. Depois deve mandar um vídeo de apresentação e fazer uma prova online sobre os conceitos e valores que regem o Novo. Em seguida, passa por uma sabatina feita por cinco membros do Novo e precisa da aprovação de ao menos três deles. Depois, o candidato deve participar ativamente do dia a dia do partido e se engajar na atração de novos filiados. É como um ensaio para a campanha eleitoral. A última fase, que acontecerá em dezembro, consistirá na preparação dos candidatos para a campanha e para uma eventual pós-vitória.

Na primeira etapa, 460 pessoas se inscreveram em 13 estados e só 284 foram aprovadas. Os caras não chegaram para brincar e os selecionados estão lá no novo.org.br para todo mundo ver. É um processo muito diferente daqueles aos quais estamos acostumados, que por si só eliminará muitos desqualificados. Não garante que o candidato seja santo, mas dificulta o acesso dos demônios. Não é legal isso? Pois é. Mas eles estão com um problema.

Como a tradição de participação das mulheres na política é praticamente inexistente, o partido está encontrando muitas dificuldades de montar uma lista de candidatas nas várias regiões onde tem representação. As mulheres estão acanhadas. No Congresso hoje elas representam cerca de 10% dos eleitos. No Judiciário e no Executivo não deve ser diferente. Mas mesmo sendo tão poucas, você já viu o barulho que elas têm feito? Dilma, Janaína, Gleisi, Simone, Vanessa, Carmen Lúcia, Raquel, Ana Amélia… Elas estão agitando, para o bem e para o mal, muito mais que muitos barbados que há anos estão lá. Mas ainda são poucas.

Moça, o Partido Novo tem uma pegada liberal, foi fundado por não políticos e está com uma proposta muito interessante e séria. Mas se o Novo, se o liberalismo, não for sua praia, não faz mal. Entre noutro! Faça crescer a participação feminina na política.

O Brasil não chegará muito longe só com aqueles Orcs que hoje habitam Brasília.