Podcast Café Brasil com Luciano Pires
Brazilian Rhapsody
Brazilian Rhapsody
O pessoal da Chinchila fez uma paródia de Bohemian ...

Ver mais

O Guia do Anunciante em Podcasts
O Guia do Anunciante em Podcasts
O Guia do Anunciante em Podcasts traz informações ...

Ver mais

Bandidos Na TV
Bandidos Na TV
Assisti Bandidos Na Tv, nova série na NetFlix, que ...

Ver mais

1964 – O Brasil entre armas e livros
1964 – O Brasil entre armas e livros
Um documentário para ser visto como outro ângulo pelo ...

Ver mais

679 – Será que acordamos?
679 – Será que acordamos?
Adalberto Piotto apresenta o programa Cenário Econômico ...

Ver mais

678 – Dominando a Civilidade
678 – Dominando a Civilidade
Vivemos uma epidemia de incivilidade que ...

Ver mais

677 – Teorias da Conspiração
677 – Teorias da Conspiração
Vivemos numa sociedade assolada por grandes ...

Ver mais

676 – Homem na Lua 2
676 – Homem na Lua 2
Cinquenta anos atrás o homem pousou na Lua. Mas parece ...

Ver mais

LíderCast 166 – Juliana e Abbey Alabi
LíderCast 166 – Juliana e Abbey Alabi
O Abbey é um imigrante africano, que chegou ao Brasil ...

Ver mais

LíderCast 165 – Ícaro de Carvalho
LíderCast 165 – Ícaro de Carvalho
Um dos mais influentes profissionais de comunicação ...

Ver mais

LíderCast 164 – Artur Motta
LíderCast 164 – Artur Motta
Professor que fez transição de carreira e usa podcasts ...

Ver mais

LíderCast 163 – Amanda Sindman
LíderCast 163 – Amanda Sindman
Profissional de comunicação, jornalista e mulher trans. ...

Ver mais

Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Um bate papo entre Adalberto Piotto, Carlos Nepomuceno ...

Ver mais

046 – Para quem vai anular o voto
046 – Para quem vai anular o voto
Fiz um vídeo desenhando claramente o que acontece com ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Resumo da Aula 2 do Curso On-line de Filosofia (COF)
Eduardo Ferrari
Resumos e Artigos
A segunda aula do COF, ministrada em 21 de março de 2009, teve a duração de 3h43min e foi resumida em menos de cinco minutos de leitura, com o objetivo de levar ao conhecimento do leitor uma ...

Ver mais

A quem interessa a divisão da sociedade?
Jota Fagner
Origens do Brasil
O atual estado de intolerância ao pensamento diferente, manifesto nas agressões que começam nas redes sociais e terminam em confrontos físicos no meio da rua, é o resultado de um processo de ...

Ver mais

TRIVIUM: CAPÍTULO 3 – MORFOLOGIA CATEGOREMÁTICA (parte 2)
Alexandre Gomes
Depois de listar todas as CATEGORIAS DE PALAVRAS, de acordo com a Gramática Geral irei tratar com mais calma de cada categoria. Seguindo a lista da lição anterior, vamos começar pelo grupo das ...

Ver mais

Simples assim
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Simples assim Excelência em Educação Dia 10 de agosto, compareci a um evento muitíssimo interessante. Estimulado pela chamada do convite eletrônico – Avanços na educação pública: o que podemos ...

Ver mais

Cafezinho 205 – Agrotóxicos – melhor seria não usar V
Cafezinho 205 – Agrotóxicos – melhor seria não usar V
O problema do agrotóxico no Brasil não é dos ...

Ver mais

Cafezinho 204 – Agrotóxicos – melhor seria não usar IV
Cafezinho 204 – Agrotóxicos – melhor seria não usar IV
Ainda existe hoje uma cultura, muito estimulada por ...

Ver mais

Cafezinho 203 – Agrotóxicos – melhor seria não usar III
Cafezinho 203 – Agrotóxicos – melhor seria não usar III
Quem é o idiota que quer deliberadamente envenenar seus ...

Ver mais

Cafezinho 202 – Agrotóxicos – melhor seria não usar II
Cafezinho 202 – Agrotóxicos – melhor seria não usar II
Se não bastassem as dificuldades para comprar, ...

Ver mais

Café Brasil Curto 15 – Oito ou oitenta

Café Brasil Curto 15 – Oito ou oitenta

Luciano Pires -

Publiquei um post de uma amiga argentina e vive no Brasil há uns 4 ou 5 anos, chamado 20 razões para amar o Brasil e os brasileiros (https://www.facebook.com/luciano.pires/posts/897325193755023). Os comentários começaram legais, lembrando que temos mesmo que valorizar nossas virtudes. Mas logo chegaram os comentaristas que não conseguem admitir que possa existir algo de bom no Brasil. E o exercício de ler o post e os comentários nos provoca dissonância cognitiva, aquela sensação desagradável de conviver com duas ideias contraditórias ao mesmo tempo. Sabe quando você olha aquele franguinho a passarinho que sua mãe preparou com tanto carinho e lembra do documentário sobre matadouros de animais? Pois é. Dissonância cognitiva.

A dissonância cognitiva torna tudo absoluto, não existem mais meios termos. Desaprendemos a usar “talvez”, “alguns”, “a maioria”, ” a minoria”, evitando os malefícios da generalização. Surgem então os justiceiros sociais, aquela gente  mal humorada que exibe virtudes, princípios, credos e valores morais que na verdade não possui. Que pratica a censura para garantir a liberdade de opinião. Mata em nome da paz. Rouba em nome da justiça social. Agride em nome da democracia. Quebra a Constituição em nome da segurança jurídica. Diz uma coisa e age ao contrário. E na busca de uma utopia nos perdemos em confrontos. No “nós” contra “eles”. Que porre, meu!

Dá para dar um tempo e apreciar as 20 razões da minha amiga para amar o Brasil e os brasileiros? Dá para respeitar a opinião dela? Acho que dá para ter 40. 100. 1000 razões para amar o Brasil, sem imaginar que vivemos num paraíso. O Brasil pode ser céu e inferno ao mesmo tempo, aqui e agora.

Ler aquele post da minha amiga me fez muito bem ao trazer de volta coisas das quais eu posso me orgulhar. Por alguns segundos me vi refletindo a respeito, especialmente pelas palavras ditas por alguém que vivem em vários países e que não está aqui apenas em visita, mas vivendo e trabalhando.

Mas logo chegaram os que me acordaram daquele sonho e me esfregaram na cara a merda de país no qual vivemos. Será que tem de ser assim? 8 ou 80? Sempre? Será que cabe um “talvez”? Um “alguns”? ou “algumas vezes”? Cara, se dê ao direito de curtir coisas boas. Um pouco de mel em vez de só fel.

Vai mudar a realidade? Não. Mas seu coração agradece.