Podcast Café Brasil com Luciano Pires
Síntese de indicadores sociais 2016 do IBGE
Síntese de indicadores sociais 2016 do IBGE
O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - ...

Ver mais

Silvio Santos, Zé Celso e o Oficina
Silvio Santos, Zé Celso e o Oficina
Uma reunião para ser objeto de estudo em qualquer aula ...

Ver mais

#TransgressaoEhIsso
#TransgressaoEhIsso
Transgredir é muito mais que pintar o rosto, urinar na ...

Ver mais

Vem aí o Cafezinho
Vem aí o Cafezinho
Nasce nesta segunda, 4/9 o CAFEZINHO, podcast ...

Ver mais

597 – Simplifique
597 – Simplifique
O programa de hoje é um presente. Reproduzimos na ...

Ver mais

596 – A complicada arte de ver – revisitado
596 – A complicada arte de ver – revisitado
“A árvore que o sábio vê não é a mesma árvore que o ...

Ver mais

595 – A empatia positiva
595 – A empatia positiva
Se você construir uma linha emocional imaginária, numa ...

Ver mais

594 – Sultans of Swing
594 – Sultans of Swing
Láááááá em 1977 uma obscura banda inglesa começou a ...

Ver mais

LíderCast 96 – Ricardo Geromel
LíderCast 96 – Ricardo Geromel
Ricardo Geromel, que sai do Brasil para jogar futebol, ...

Ver mais

LíderCast 95 – Pascoal da Conceição
LíderCast 95 – Pascoal da Conceição
Pascoal da Conceição, que fala sobre a vida de ator no ...

Ver mais

LíderCast 94 – Marcelo e Evelyn Barbisan
LíderCast 94 – Marcelo e Evelyn Barbisan
Marcelo e Evelyn Barbisan. O Marcelo é médico, a Evelyn ...

Ver mais

LíderCast 93 – Max Oliveira
LíderCast 93 – Max Oliveira
Max Oliveira, empreendedor que fundou a Max Milhas, uma ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata - Temporada 02 Episódio 09 Quando ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 08 Já falei ...

Ver mais

País de Santos
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
Há dias um assunto artificialmente inflado ocupa sites e jornais: A posse interrompida da ex-quase-futura ministra do Trabalho, deputada federal Cristiane Brasil (PTB/RJ), filha do conhecido ...

Ver mais

Jonatan, o Tolo
Bruno Garschagen
Ciência Política
Jonatan é o tolo cuja credulidade fantasiosa corrompeu qualquer traço de inocência

Ver mais

Projeções econômicas do Brasil para 2018
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Projeções econômicas do Brasil para 2018[1] Com uma sólida formação humanista, um economista pode afirmar que quanto menor a intervenção do Estado na economia de mercado, mais rico será este país ...

Ver mais

Vale fazer um curso universitário se as profissões vão desaparecer?
Mauro Segura
Transformação
Numa perspectiva de que tudo muda o tempo todo, será que vale a pena sentar num banco de universidade para se formar numa profissão que vai desaparecer ou se transformar nos próximos anos?

Ver mais

Cafezinho 39 – Como fazer críticas nutritivas
Cafezinho 39 – Como fazer críticas nutritivas
Num cafezinho anterior falei sobre a importância de ...

Ver mais

Cafezinho 38 – A agarra
Cafezinho 38 – A agarra
Basta implantar uma dúvida, uma agarra... e pronto! A ...

Ver mais

Cafezinho 37 – Sobre críticas
Cafezinho 37 – Sobre críticas
Saber avaliar as críticas é fundamental, mas saber ...

Ver mais

Cafezinho 36 – Velhos problemas
Cafezinho 36 – Velhos problemas
O Brasil não tem problemas novos.

Ver mais

Café Brasil Curto 06 – O Gestor

Café Brasil Curto 06 – O Gestor

Luciano Pires -

Então chega a pergunta: Luciano, porque ficam querendo que o Dória se pronuncie sobre temas como aborto, homofobia, racismo blábláblá, mimimi? O cara não tem que ser Gerente da cidade? Não é essa a função do prefeito?

Bem para responder vou ter de usar o conceito “direita x esquerda”, mesmo sabendo que ele hoje está esculhambado. E a resposta serve para qualquer um que se situar mais à direita. O Doria vem do meio que eu vim: o do empresariado, o do mundo dos negócios, onde a ideologia que vale é dar lucro, o resto é conversa de acadêmico e de político. O Doria ainda é um animal atrelado ao capital, sua ideologia é dar lucro. Com o tempo e o traquejo no universo da política, provavelmente começará a abraçar alguma causa e não tenho dúvidas que vai arrastar as asas para o que eles chamam de “social democracia”.

Para responder a pergunta então, vou situar o Doria mais à direita da esquerda que hoje é dona das narrativas, ok?

Os caras ficam querendo que o Dória se pronuncie sobre temas sociais porque a narrativa da esquerda se dá no campo moral. É para lá que eles arrastam a discussão, enquanto a direita fica no campo da economia e da eficiência de gestão, áreas às quais o povo não dá a menor bola. Aliás, áreas que não têm o menor apelo popular, onde não existe emoção, não existe poesia. Gestão e economia são 1 + 1 = 2. Ponto.

É preciso, portanto, arrastar o Doria – ou qualquer outro representante de uma ala que se situe mais à direita –  para a discussão moral, assim fica mais fácil destruí-lo, pois como gestor ele terá de tomar decisões que vão se chocar com a narrativa moral à qual estamos acostumados. Assim ele será o vilão que pinta a cidade de cinza; o desalmado que coloca a polícia para desmontar a cracolândia; o insensível que manda tirar famílias carentes de propriedades invadidas; o ogro que aumentou a velocidade das marginais e jogou a flor no chão, etc.

E se for possível tirar de sua boca uma opinião que possa ser classificada como homofóbica, misógina, preconceituosa ou “elitista”, tá feita a festa.

Entendeu? É na discussão moral que eles fazem a sua cabeça.

Eu sou o Luciano Pires e esta provocação faz parte do fitness intelectual que você encontra no www.cafebrasilpremium.com.br