Podcast Café Brasil com Luciano Pires
O dia seguinte
O dia seguinte
Com o aumento considerável do mercado de palestrantes ...

Ver mais

Fact Check? Procure o viés.
Fact Check? Procure o viés.
Investigar o que é verdade e o que é mentira - com base ...

Ver mais

O impacto das mídias sociais nas eleições
O impacto das mídias sociais nas eleições
Baixe a pesquisa da IdeiaBigdata que mostra o impacto ...

Ver mais

Síntese de indicadores sociais 2016 do IBGE
Síntese de indicadores sociais 2016 do IBGE
O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - ...

Ver mais

626 – AlôTénica – A Podpesquisa
626 – AlôTénica – A Podpesquisa
O programa reproduz a conversa entre Luciano Pires, Leo ...

Ver mais

625 – João Amoêdo
625 – João Amoêdo
Continuando a conversa com candidatos a Presidente nas ...

Ver mais

624 – Paulo Rabello de Castro
624 – Paulo Rabello de Castro
Na medida do possível, estamos conversando com ...

Ver mais

623 – A lógica da adequação
623 – A lógica da adequação
O tema de hoje é negociação, partindo da famosa análise ...

Ver mais

LíderCast 120 – Alexandre Correia
LíderCast 120 – Alexandre Correia
Luciano: Bom-dia, boa-tarde, boa-noite. Bem-vindo, ...

Ver mais

LíderCast 119 – Fabiano Calil
LíderCast 119 – Fabiano Calil
Educação financeira é seu mote, até o dia em que ele ...

Ver mais

LíderCast 118 – Maria Luján Tubio
LíderCast 118 – Maria Luján Tubio
Jovem argentina, com vivência em vários países e que ...

Ver mais

LíderCast 125 – João Amoêdo
LíderCast 125 – João Amoêdo
Decidimos antecipar o LíderCast com o João Amoêdo ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata - Temporada 02 Episódio 09 Quando ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 08 Já falei ...

Ver mais

Os millennials não são tão criativos quanto pensam
Henrique Szklo
Tenho um amigo, o Rodriguez, que parece ter sido gerado não pelo útero da mãe, mas pelo intestino grosso dela. Seu mau humor é folclórico. E infinito. Estamos num boteco um dia desses quando ele ...

Ver mais

Precisamos reaprender a olhar
Mauro Segura
Transformação
Numa era em que o tempo parece escoar pelos dedos, ironicamente precisamos reaprender a "sentar e observar".

Ver mais

Homenagem aos Economistas 2018
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Homenagem aos Economistas 2018 Memoráveis citações  “Aquele que for somente um economista não tem condições de ser um bom economista, pois todos os nossos problemas tocam em questões de ...

Ver mais

Empurrando com a barriga
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Empurrando com a barriga  Cenários da economia brasileira “A arte da previsão consiste em antecipar o que acontecerá e depois explicar o porquê não aconteceu.” Winston Churchill  Considerações ...

Ver mais

Cafezinho 99 – Competência Moral
Cafezinho 99 – Competência Moral
Competência técnica e profissional tem jeito, o ...

Ver mais

Cafezinho 98 – Os poetas da corrupção
Cafezinho 98 – Os poetas da corrupção
Os advogados e jornalistas que insistem que não existe ...

Ver mais

Cafezinho 97 – Os ciclos
Cafezinho 97 – Os ciclos
A vida acontece, em ciclos. E fica a cada dia mais ...

Ver mais

Cafezinho 96 – A cozinha e a lixeira
Cafezinho 96 – A cozinha e a lixeira
O Brasil é uma grande cozinha. Nela existe uma lixeira. ...

Ver mais

Café Brasil Curto 01 – É TUDO SODA

Café Brasil Curto 01 – É TUDO SODA

Luciano Pires -

Sheena Iyengar, professora na escola de negócios de Columbia, nos EUA, desenvolve um trabalho de pesquisa sobre como as pessoas realizam suas escolhas. Durante pesquisa realizada com pessoas que cresceram sob regimes socialistas/comunistas, ela fez uma curiosa descoberta. Ao receber os grupos, Sheena oferecia sete diferentes tipos ou marcas de refrigerantes, perguntando qual as pessoas desejavam. E repetidamente, ouvia “qualquer uma”, afinal era tudo soda. A percepção só mudou quando foram oferecidos água e suco além das sete sodas. Então as pessoas passaram a ver três opções: soda, água e suco.

Sheena percebeu a diferença entre quem cresceu debaixo de um regime socialista, sem opções e sem exposição ao marketing, e os norte-americanos, por exemplo, com sua devoção quase religiosa às marcas.

E ela concluiu: para nós, que estamos expostos a opções de escolha e propagandas associadas a essas opções, escolher uma marca tem mais a ver com quem nós somos do que com o que o produto é.

Essa reflexão me surgiu neste final de semana ao ver as capas das revistas semanais e as mídias sociais definindo de vez que todos os políticos e todos os partidos são iguais: é tudo soda!

A crise política que a cada dia se torna mais profunda está causando a destruição de marcas construídas ao longo dos últimos 30 anos. Partidos e políticos que laboriosamente elaboraram suas narrativas, estão se desfazendo diante da percepção popular de que é tudo soda. E isso é péssimo, pois se é tudo igual, o jeito é escolher o menos ruim.

Mas quem escolhe o menos ruim, continua escolhendo o ruim.

Moral da história: assim como fomos expostos às propagandas das sodas que consumimos, mas no final escolhemos aquelas cujo sabor mais apreciamos, fomos expostos às propagandas dos políticos e partidos e percebemos os que têm gosto ruim. E se concluímos que todos têm gosto ruim, tá na hora de mudar pra suco. Ou água.

Abra os olhos para novas narrativas, para novas propostas, para marcas que você nunca viu. Mas jamais se esqueça: o produto que você escolher tem mais a ver com quem você é do que com a marca em si.