Podcast Café Brasil com Luciano Pires
Silvio Santos, Zé Celso e o Oficina
Silvio Santos, Zé Celso e o Oficina
Uma reunião para ser objeto de estudo em qualquer aula ...

Ver mais

#TransgressaoEhIsso
#TransgressaoEhIsso
Transgredir é muito mais que pintar o rosto, urinar na ...

Ver mais

Vem aí o Cafezinho
Vem aí o Cafezinho
Nasce nesta segunda, 4/9 o CAFEZINHO, podcast ...

Ver mais

Educação adulta
Educação adulta
Preocupados demais com a educação de nossos filhos, ...

Ver mais

587 – Podres de Mimados
587 – Podres de Mimados
Você já reparou como estão mudando os padrões morais, ...

Ver mais

586 – LiderCast 7
586 – LiderCast 7
E o LíderCast vai para a sétima temporada! No programa ...

Ver mais

585 – Tolerância e relativismo
585 – Tolerância e relativismo
Quando aceitamos o relativismo, cada pessoa tem direito ...

Ver mais

Café Brasil 584 – O muitos e o um
Café Brasil 584 – O muitos e o um
Que loucura é essa na qual embarcamos? As pessoas estão ...

Ver mais

LíderCast 087 – Ricardo Camps
LíderCast 087 – Ricardo Camps
Ricardo Camps, empreendedor e fundador do Tocalivros, ...

Ver mais

LíderCast 086 – Gustavo Succi
LíderCast 086 – Gustavo Succi
Gustavo Succi, é especialista em empreendedorismo na ...

Ver mais

LíderCast 085 William Polis
LíderCast 085 William Polis
William é um daqueles empreendedores que a gente gosta: ...

Ver mais

LíderCast 084 Rodrigo Azevedo
LíderCast 084 Rodrigo Azevedo
LiderCast 084 – Rodrigo Azevedo – Rodrigo Azevedo é ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata - Temporada 02 Episódio 09 Quando ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 08 Já falei ...

Ver mais

A história secreta da criatividade
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
A história secreta da criatividade  Leitura com elevada agregação de conhecimento “Montar uma organização criativa é difícil, mas mantê-la criativa é muito mais. Por quê? Porque todo paradigma ...

Ver mais

Sobre uma incrível oportunidade que perdi na vida
Mauro Segura
Transformação
Nem sempre é fácil avaliarmos as oportunidades que a vida coloca diante de nós, principalmente quando somos muito jovens. Essa é uma história que nunca contei para ninguém, diz respeito a uma ...

Ver mais

Aplicando 5S na vida pessoal
Tom Coelho
Sete Vidas
“Com organização e tempo, acha-se o segredo de fazer tudo, e fazer bem-feito.” (Pitágoras)   Em Administração, utilizamos um expediente importado lá do Oriente, mais precisamente do Japão ...

Ver mais

Irmãos cara de pau
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
Tudo bem, o Brasil todo tá cansado de saber que ministério é apenas moeda de troca política; bons tempos em que servia só para alavancar os assuntos, prioridades e planejamento de cada pasta. ...

Ver mais

Cafezinho 20 – A professora
Cafezinho 20 – A professora
imagine se milhares, milhões de brasileiros pensassem ...

Ver mais

Cafezinho 19 – Mia Couto
Cafezinho 19 – Mia Couto
Mia Couto fala de umas coisas que têm sido esquecidas: ...

Ver mais

Cafezinho 18 – Indicativa x Impositiva
Cafezinho 18 – Indicativa x Impositiva
Indicativa x impositiva. Uma palavrinha muda tudo...

Ver mais

Cafezinho 17 – Oportunismo disciplinado
Cafezinho 17 – Oportunismo disciplinado
Oportunismo disciplinado. Mais que os 60% de ...

Ver mais

586 – LiderCast 7

586 – LiderCast 7

Luciano Pires -

E o LíderCast vai para a sétima temporada! No programa de hoje eu vou apresentar o elenco, viu? Empreendedorismo, liderança e histórias de gente que faz acontecer!

Posso entrar?

Amigo, amiga, não importa quem seja, bom dia, boa tarde, boa noite, este é o Café Brasil e eu sou o Luciano Pires.

E quem vai levar o e-book Me engana que eu gosto é a Vanda, de Juiz de Fora.

“Bom dia, Luciano. Aqui é a Vanda de Juiz de Fora e há alguns meses e quinhentos e tantos programas, terminei a minha maratona e aqui vai o meu comentário.

Que delícia! Que deleite! Sensacional! Que maravilha! Muita emoção, muita emoção! Em tudo. No conteúdo, que muitas vezes me fez pensar a respeito de vários conceitos, muitas vezes discordando em vários aspectos e ainda assim enriquecendo sempre o meu cabedal, uma admiração incrível pela sua coragem, pela sua obstinação, pela maneira como você conduz as coisas, pela elegância com que você responde a todos os comentários. Que delícia ver a evolução do programa, as entrevistas onde você conta um pouco da sua trajetória, o nascimento do programa, a evolução dele, o programa fim do Café Brasil, que só não me deu um susto enorme porque eu tinha os seguintes gravados no meu computador, então eu sabia que não tinha acabado. As idas e vindas das pessoas, inclusive a vinda do Lalá, a ida da Nakata, a volta da Nakata.

E cara! Parabéns. Uma admiração enorme por você, por toda essa equipe, pelo trabalho de pesquisa, pela quantidade de informação que você coloca à disposição das pessoas… e eu acho que é muita emoção, difícil até colocar tudo que eu tenho vontade de falar, eu ia falar horas e horas e horas. Então eu só tenho que te agradecer muito. Uma gratidão, uma gratitude enorme por ter isso na minha vida. 

E como comentário final eu diria pra você: o seu programa, ele é muito, muito, muitas vezes um alimento para o cérebro, realmente como você diz, né? Fazer o cérebro tanquinho. E falar um pouco sobre os programas de música. 

Cara! Esses programas eles são um alimento pra alma. Não deixe de fazê-los. Eu tenho Stairway to heaven, Bohemian Rhapsody e vários outros que estão no meu celular, inclusive e quando eu quero escutar alguma coisa que me emociona e eu estou sem sabe o que ouvir, são eles que eu ouço. 

Um grande abraço e que você seja sempre muito iluminado nos seus caminhos.”

Cacetada… Uma maratona com mais de 500 programas, Vanda! Não sei se isso é overdose, mas eu fico fascinado. Aliás, é um barato entrar lá no portal, no podcast número 1, e ver o pessoal escrevendo na área de comentários: “tô começando a maratona hoje!”… Imaginar… é muita coisa… Olha Vanda, eu acho que a esta altura temos uma história construída, viu ? E o que nos deixa especialmente felizes é saber que mesmo em programas publicados 10, 11 anos atrás, o alimento para o cérebro não perdeu o prazo de validade! É fascinante…

Muito bem. A Vanda receberá um KIT DKT, recheado de produtos PRUDENCE, como géis lubrificantes e preservativos masculino e feminino. PRUDENCE é a marca dos produtos que a DKT distribui como parte de sua missão para conter as doenças sexualmente transmissíveis e contribuir para o controle da natalidade.  O que a DKT faz é marketing social e você contribui quando usa produtos Prudence. facebook.com/dktbrasil.

Vamos lá então! Ô…. com convidados…. vamos de maratona… vem cá…

Na hora do amor, use

Todos – Prudence. Prudence. Prudence. Prudence. Prudence. Prudence.

Luciano – …….chega, chega… tá bom… tá bom…

Por falar em maratona…. vamos de Café Brasil Premium. Cara! Tá uma maratona ali… tem muito material, tem um monte de… eu fico assustado quando eu vejo a quantidade de sumários, de vídeos, de textos, de podcasts que tem lá dentro. É uma festa, cara! Pra quem quiser crescer. Tem gente até falando que é melhor que MBA, cara! Vem cá, vem, ó: cafebrasilpremium.com.br, se mexe aí, cara! Vai lá dar uma olhada. Tem um monte de material legal. Conheça nossa proposta. Junte-se aos mais de 1085 assinantes que estão lá…

cafebrasilpremium.com.br.

Conteúdo extra-forte.

Vamos lá então, hein? O LíderCast vai para a sétima temporada, completando 97 programas. Tá chegando o 100. Tem sido uma festa fazer esse podcast, especialmente pela oportunidade de conhecer uma turma da pesada, fazer amigos e aprender. Aprender muito!

Vamos então à nova temporada. Segura aí, ó.

No 86 é o Gustavo Succi, especialista em empreendedorismo na nova economia que acredita que todos podem e devem ser felizes no trabalho. E que o trabalho é a melhor maneira que temos de mudar o jogo, de criar um mundo melhor. O mote do Gustavo é: problema de liderado é problema de líder.

gustavo succi

 

 

 

 

 

 

Hoje, uma das coisas que orienta a minha vida: escala de impacto. Escala de impacto é o quanto você consegue, eu falo em termos de negócio, né? O quanto você consegue com o seu negócio, impactar o mundo pra se tornar melhor. A principal discussão da empresa… eu hoje sou mentor executivo, sou conselheiro de empresas e nos conselhos que eu faço parte, quanto você está atingindo do seu propósito e qual a escala de impacto, se você ainda não sabe qual a escala de impacto do seu propósito, as primeiras coisas a serem definidas e eu acompanho isso antes de olhar o DRE, nas reuniões de conselho. É isso que interessa.

No LíderCast 87  é o Ricardo Camps, empreendedor e fundador do Tocalivros, um ambiente de assinatura recorrente onde você tem acesso a audiolivros. É uma história de um empreendedor brasileiro que,  não acha o que precisa e inventa.

ricardo camps

A gente buscou quais eram as metodologias que tinham fora, até mesmo, antes disso, a gente achou que o nosso business era vender audiolivros, a gente tentou terceirizar a área de tecnologia e quando a gente tentou terceirizar foi pra uma empresa de e-commerce que ela montava já… entrego o e-commerce pronto, olha só! E a gente: fantástico. O meu business não é tecnologia, meu business é audiolivro, né? Editorial. Pra que, né? Não funcionou, deu pau, quase foi pro jurídico, né? Aí depois a gente entrou prum lado de software house, primeiro agência e depois uma software house pra desenvolver o software on demand, né? Bom. Pra que, né? A agência não funcionou, porque a gente sabia exatamente o que a gente queria, mas a gente só não queria colocar a mão na massa do desenvolvimento.

No LíderCast 88, Alfredo Rocha, um dos pioneiros no segmento de palestras no Brasil, com uma atuação fora dos padrões, digamos, normais. Alfredo Rocha vive, come e respira vendas. E é caipira do interior. Que nem eu…

alfredo rocha

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 essa é a visão do velho vendedor, do passado. É a visão do passado. Quando eu falo a visão do passado, mas é uma visão mais comum até hoje, na mente de todo mundo. Vai fazer o que? Vou prestar um vestibular. E se não passar? Ah! Vou ser vendedor mesmo. O mundo mudou muito. Hoje venda, é arte. Quatro coisas importantes. Venda hoje… primeiro, venda é emoção. Venda é emoção, venda é arte, venda é técnica e venda é ciência.  Hoje, com esses aparelhos de ressonância magnética funcional, o neuromarketing, a neurovendas, está cada vez mais esmiuçada. Então hoje, não basta falar: Ah! Eu vou pegar um produto, uma pastinha aí e vou sair vendendo. Hoje você precisa entender que venda é emoção, venda é arte, venda é técnica, venda é ciência.

LíderCast 89 traz Bruno Teles, um educador que sai de Sergipe para se tornar professor na Oral Roberts University nos Estados Unidos, nas disciplinas de International Business, International Marketing e International Finance. Mas não é só isso não, viu? Ele coordena um projeto no iterior do Brasil… bom, é melhor ouvir o programa.

bruno teles

 

 

 

 

 

 

 

 

quando aconteceu isso, eu saquei que muitas das vezes você não tem que fazer nada fora do normal… o que é fora do normal pras outras pessoas? Eu só fui lá e pedi. Eu só fiz isso. Entendeu? Em relação ao estágio, nessa banca de advocacia, eu só parei o carro, entrei e pedi. Então as pessoas, elas tem muito medo, elas fracassam pelo medo de receber um não. 

LíderCast 90 tem Marcelo Ortega, meu querido amigo, palestrante na área de vendas, outro daqueles cuja vida é andar por este país treinando profissionais na nobre arte de vender. O Marcelo constrói sua carreira do zero, cara! E tá aí, ó!

marcelo ortega

 

 

 

 

 

 

 

 

…que que eu fiz, Luciano. Isso era 2004, quando eu começo a fazer os eventos. Eu não tinha livro. Eu tinha um manual de treinamento chamado Sucesso em vendas, um Troller, que era o carro que eu tinha na época, e era o meu escritório: o Troller e o manual. Nesse momento eu falei: cara, agora eu vou investir nisso. Criei  site, criei não sei o que tem, comecei a gravar coisas, comecei a fazer clube do vendedor, com o Martim na época, eu estava fazendo um monte de coisas e a minha carreira não deslanchava. A ponto de eu conseguir ganhar dinheiro, como as pessoas acham que é: ah! É fácil. Como ganhar seis mil, dez mil, quinze mil numa palestra, eu falando duas horas. Eu tinha quarenta e oito horas pra falar. Dava treinamento de  quarenta e oito horas, trinta e duas horas. Eu tinha que condensar, fazer em uma e agradar e ser percebido e tal. Então, eu quebrei em 2005 de uma maneira incrível…

LíderCast 91 com Saulo Arruda, que teve uma longa carreira como executivo na indústria automobilística. Até que uma repentina internação em função da pressão alta o levou a repensar seus hábitos. Saulo descobriu  a corrida de rua e depois as provas de longa distância e… lá vem ele.

saulo arruda

 

 

 

 

 

 

 

 

Eu não acredito que as pessoas te ensinem. Acredito que as pessoas te dão um feedback, se você deve colocar o calcanhar ou a ponta do pé, a sua passada, a sua elevação de joelho, a sua elevação de calcanhar, eles vão fazer essa crítica. Na prática, toda essa critica é muito bem-vinda, mas o que me faz correr longas distâncias é um autoconhecimento. É como se, durante a minha corrida, eu ficasse o tempo todo sentindo os músculos da perna, identificando aquele que  está se cansando e buscando, por várias vezes uma passada diferente pra descansar um músculo e forçar outro músculo. Então, esse autoconhecimento, você adquire com o tempo. É como passar a marcha num carro, imagina um carro manual. Involuntariamente, você consegue conversar com a pessoa do lado e botar primeira, segunda, terceira, quarta e quinta e sentir se o carro está indo bem ou não. Você consegue conciliar a embreagem com a marcha. Então, tem alguém que vai te ensinar a passar a marcha, mas depois, você faz isso de forma involuntária e você começa a pensar assim: agora eu quero dirigir mais economicamente pra consumir menos combustível. E aí você começa a tomar cuidado daquilo. 

LíderCast 92 traz Viviane Sedola, empreendedora que faz parte da direção da Kickante, plataforma brasileira de crowdfunding, também chamado de financiamento coletivo. Uma história fascinante de gente que começa um projeto a partir de um sonho e hoje realiza o sonho de milhares de outros empreendedores.

viviane sedola

 

 

 

 

 

 

 

… isso me traz até o meu momento presente. Eu tinha pra mim: um dia eu vou fazer cerâmica. No dia que eu tiver o meu sabático, quando… um monte de condição, eu falei: quer saber? Um dia é hoje. Vou começar a fazer cerâmica amanhã. Não tem isso de um dia. Então, isso é algo que eu aprendi muito com a Candice, essa dinâmica de pensamento de: o que a gente quer fazer, é isso? Vamos fazer agora. Tá aqui. Estão aqui os passos e os prazos praquilo. Então é tudo uma questão de organização. Você consegue fazer o que você quiser.

No LíderCast 93 convidei Max Oliveira, empreendedor que fundou a Max Milhas, uma premiada iniciativa que compra e vende milhas aéreas , tornando mais próximo das pessoas o sonho de viajar pelo Brasil e pelo mundo. Outro daqueles empreendedores que, a partir de uma visão, inventa um negócio muito bem sucedido e, nas horas vagas, faz música.

max oliveira

 

 

Outro conselho legal pra quem está começando, cara: tenha a capacidade de diferenciar o que que é uma boa ideia e um bom negócio, que está ligado ao que você falou: você vale e o que você faz. Porque tem gente que tem uma ideia que é sensacional, a ideia. Só que faz um negócio ali e não vale tanto. O cara usa, curte….. muda a vida do cara, um negócio que agrega tanto. Quanto você pagaria? Nada. Ah não! Mas no Whatsapp ninguém pagou nada. Peraí. Mas o Whatsapp tu joga na mega sena. Mais fácil ganhar na mega sena do que criar um novo Whatsapp. Entendeu? Então cara, o que que é uma ideia legal que gera um bom negócio, que é um negócio que consegue ser sustentável, que as pessoas veem valor pra pagar, que seja publicidade, mas que realmente tenha uma adesão grande pra ter visibilidade. Acho que viver de publicidade no Brasil é mais difícil, uma startup de tecnologia mas, nada é impossível. Então, acho que é isso: diferenciar muito bem que valor que você realmente entrega. Você vai ser remunerado por aquele valor que o seu negócio entrega, né?

No LíderCast 94, Marcelo e Evelyn Barbisan. O Marcelo é médico, a Evelyn é dentista, são casados e vivem em Ji-Paraná, Rondônia. Marcelo faz parte da Confraria Café Brasil, onde conheceu o Ronny Clayton d´Ajuda e o seu projeto de ação social na África. Inspirados, Marcelo e Evelyn embarcam no projeto e eu converso com os dois no dia seguinte de sua chegada de volta ao Brasil. Relatam uma experiência transformadora de ajuda a comunidades africanas onde falta tudo. Menos amor.

barbisan

 

 

Marcelo – O lado positivo foi a receptividade, a recepção das pessoas é maravilhosa, o amor que eles tem. Quando nós chegamos, as crianças vem nos abraçar, os adultos fazem questão de vir pegar na mão, cumprimentar, sorrir.

Evelyn – …eles fazem fila. 

Marcelo – … fazem fila pra falar coma gente, abraçar. Então, o amor que aquelas pessoas, mesmo vivendo numa condição de miséria tem, você chega nas casas pra conversar com as pessoas… lá o café da manhã chama “mata bicho”. Então você chega, pergunta: já matabichou hoje? Já tomou café da manhã? Não. A gente não tem comida. Mas, se Deus quiser, amanhã nós vamos ter. 

Evelyn – … e feliz

Marcelo – … felizes, sorrindo. 

Evelyn – … porque amanhã vai ter. 

LíderCast 95 tem: tchan tchan tchan tchan!!!Pascoal da Conceição, que fala sobre a vida de ator no Brasil. Pascoal faz parte da vida de muitos brasileiros que encantou como o Dr. Abobrinha no inesquecível Castelo Rá Tim Bum.

pascoal da conceicao

 

 

 

 

Onde estamos agora? O que que eu estou fazendo aqui? Ah sim! Claro! Mais uma vez, pronto para mais um ataque geral. O que? Eu sei bem o que você está pensando. Não não sei! Sei muito bem. Oh eu sei! Eu quero tudo pra mim! E tudo um dia será de quem? Meu, meu, meu!

No LíderCast 96, Ricardo Geromel, que sai do Brasil para jogar futebol, acaba trabalhando no mercado financeiro, depois aceita um convite da revista Forbes, que culmina com o lançamento de seu livro BILIONÁRIOS, onde investiga o que é que esses caras tem em comum. Mas o Ricardo é muito mais que um escritor…

ricardo geromel

 

Meu vô criou a gente com uma frase. Ele falava: tá difícil? Acorda mais cedo e vai dormir mais tarde. Trabalha, neguinho. Então, eu sou fluente em cinco idiomas. E às vezes as pessoas quando sabem elas falam: “Nossa! Você tem uma facilidade pra aprender idiomas.” Minha mãe que fala: “Facilidade? Desde os quinze anos esse doido acorda cinco e meia, seis horas da manhã e ninguém interrompe ele até as nove que ele está focado em algum projeto.” E os projetos, por uma época, foram línguas porque, como eu estudei administração, administração é muito intangível, não é igual a medicina. O que é que você aprende? Falei: ôpa, tenho que ter uma… daí foi que eu foquei em línguas e tem uns exames internacionais pra fazer as tais Polis, que um chama GMAT. Então a faculdade que eu fiz, não é uma Ivy League. As Ivy League são as top universidades americanas. eu falei: ué? … então eu foquei em fazer a tal prova, daí fiz a tal prova, tirei uma nota estelar, porque me preparei, não foi que apareci lá e de gênio não tem nada e daí apliquei e eu queria morar em Paris, porque eu queria fazer a pós em francês. Então fui aceito em outras universidades, apliquei pra várias, mas eu queria aquela que era no coração de Paris, que era a mais antiga do mundo, fundada por Napoleão…

No LíderCast 97, temos Michael Oliveira, que é criador e apresentador do Podcast Líder HD e que tem feito a cabeça de muita gente por aí. Um papo com um sujeito que abraçou o conceito da Liderança Evolutiva para ajudar você a conquistar, comandar, inspirar, engajar, transformar, valorizar, persuadir e amar as pessoas de verdade. É mole ou quer mais, hein?

michael oliveira

 

A espinha dorsal do meu sistema versa sobre liderança evolutiva. Eu digo que a humanidade, desde o surgimento do homem, até então, a gente vem experimentando vários ciclos de nível de consciência, de crescimento, de evolução e que vão evoluir no nosso nível de consciência. E a liderança, em paralelo, ela também veio passando por essas transformações. A cada ciclo da história, a liderança ela vai se posicionando de formas novas de acordo com o nível de consciência da humanidade. Então, por exemplo, se a gente pegar lá no começo da nossa história, do homem, o que que era? A gente era anima, bicho, né? Então é extremamente territorial e ali, quem era líder era o cara que tinha força. Literalmente, o que dava porrada no outro, ele era o alfa. Então, assim como você liga em qualquer canal, Discovery Channel, National, esses… National Geographic, por aí vai, então você vê os programas de animais, aquele era o comportamento de um líder, né? Bom, com o passar do tempo a gente começa a entender os efeitos da natureza, o que que acontece, o homem, pra ser líder, não bastava só ter força, ele tinha que ter certos entendimentos de como é que funcionava o entorno dele, né? Armas, comportamento dos animais tal, isso dá a ele um diferencial de liderança. Então o conhecimento entra ali num segundo nível de consciência, né?

Muito bem, taí a Temporada 7 do LíderCast, que é lançado, já falei, por temporadas, né? Os assinantes da Confraria Café Brasil e do Café Brasil Premium têm acesso imediato à temporada completa. A todos os episódios de uma vez só. Os não assinantes – preste atenção – receberão os programas completos, gratuitamente, um por semana. Saiba mais como assinar no cafebrasil.top .

Lembrando que todas as conversas estão transcritas no lidercast.com.br .

Assine a Confraria Café Brasil em cafebrasil.top. O custo é de dez reais por mês. Dez reais, dez reaizinhos, mais ou menos dois pães de queijo ou então uma cerveja quente, que darão a você acesso imediato a todos os arquivos desta temporada do LíderCast mais de 16 horas de conversas para quem quiser fazer uma maratona e explodir a cabeça…

Dará acesso também ao Grupo Café Brasil no Telegram, que reúne ouvintes dos podcasts Café Brasil e LíderCast , uma turma muito legal que está lá discutindo temas importantes, compartilhando ideias e recebendo conteúdos exclusivos.

E também dará acesso a outros conteúdos como convites para eventos, arquivos especiais, roteiros dos programas a serem gravados, vídeos, livros e muito mais.

Com o compenetrado Lalá Moreira na técnica, a estudiosa Ciça Camargo na produção e eu, este eterno aprendiz, Luciano Pires, na direção e apresentação.

Este é o Café Brasil. De onde veio este programa tem muito mais. Visite para ler artigos, para acessar o conteúdo deste podcast, para visitar nossa lojinha no … portalcafebrasil.com.br.

Mande um comentário de voz pelo WhatSapp no 11 96429 4746. Quem estiver fora do país, é o: 55 11 96429 4746. E também estamos no Telegram, com o grupo Café Brasil.

Mergulhe fundo no mundo do Café Brasil acessando:

Para a Confraria, cafebrasil.top.

E agora, você vai parar o programa agora e vai correr ali e vai digitar, ó: cafebrasilpremium.com.br e vai dar uma olhada ver o que tem lá, pô.

Conteúdo provocativo, grupos de discussão e uma turma da pesada, reunida para trocar ideias de forma educada, compartilhando conhecimento e crescendo junto!

E para terminar, uma frase do executivo norte americano Harold Geneen

No mundo dos negócios todos são pagos em duas moedas: dinheiro e experiência. Agarre a experiência primeiro, o dinheiro virá depois.