Podcast Café Brasil com Luciano Pires
#TransgressaoEhIsso
#TransgressaoEhIsso
Transgredir é muito mais que pintar o rosto, urinar na ...

Ver mais

Vem aí o Cafezinho
Vem aí o Cafezinho
Nasce nesta segunda, 4/9 o CAFEZINHO, podcast ...

Ver mais

Educação adulta
Educação adulta
Preocupados demais com a educação de nossos filhos, ...

Ver mais

É tudo soda
É tudo soda
Isca intelectual de Luciano Pires lembrando que ...

Ver mais

583 – A regra dos dois desvios
583 – A regra dos dois desvios
Nunca brigue se o adversário estiver a mais de dois ...

Ver mais

582 – Sobre transgressão
582 – Sobre transgressão
Alguns fatos recentes trouxeram à tona a discussão ...

Ver mais

581 – Carta aos jornalistas
581 – Carta aos jornalistas
Advogados erram. Treinadores erram. Mecânicos erram. ...

Ver mais

580 – O esquecimento do bem
580 – O esquecimento do bem
O Brasil continua de pé, apesar de todos os tropeços e ...

Ver mais

LíderCast 085 William Polis
LíderCast 085 William Polis
William é um daqueles empreendedores que a gente gosta: ...

Ver mais

LíderCast 084 Rodrigo Azevedo
LíderCast 084 Rodrigo Azevedo
LiderCast 084 – Rodrigo Azevedo – Rodrigo Azevedo é ...

Ver mais

LíderCast 083 Itamar Linhares
LíderCast 083 Itamar Linhares
Itamar Linhares é médico-cirurgião na cidade de ...

Ver mais

LíderCast 082 Bruno Soalheiro
LíderCast 082 Bruno Soalheiro
LiderCast 082 – Bruno Soalheiro – Bruno criou a ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata - Temporada 02 Episódio 09 Quando ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 08 Já falei ...

Ver mais

Mudança, inovação e o espírito conservador
Bruno Garschagen
Ciência Política
Mudei de casa recentemente. Muito mais do que necessário, mudei porque quis, porque considerei que seria melhor. Mudar é sempre, porém, um tormento. Embalar os pertences, transportá-los para ...

Ver mais

O pior dos pecados
Tom Coelho
Sete Vidas
“A conduta é um espelho no qual todos exibem sua imagem.” (Goethe)   Um renomado palestrante é contratado para fazer uma apresentação em um evento de uma multinacional. Porém, apenas uma ...

Ver mais

Gênese da corrupção
Tom Coelho
Sete Vidas
“(…) que os criminosos fiquem em terra de meus senhorios e vivam e morram nela, especialmente na capitania do Brasil que ora fiz mercê a Vasco Fernandes Coutinho (…) e indo-se para ...

Ver mais

Analfabetismo funcional
Tom Coelho
Sete Vidas
“Só a educação liberta.” (Epicteto)   O índice de reprovação no exame anual da Ordem dos Advogados do Brasil, em São Paulo, tem atingido a impressionante marca de 90%. Realizado em duas ...

Ver mais

Cafezinho 14 – A sala, o piano e a partitura
Cafezinho 14 – A sala, o piano e a partitura
Mesmo uma obra de arte, só tem utilidade de houver uma ...

Ver mais

Cafezinho 13 – A sociedade da confiança
Cafezinho 13 – A sociedade da confiança
Quem confia nas leis não precisa quebrá-las.

Ver mais

Cafezinho 12 – Os tortos e os direitos
Cafezinho 12 – Os tortos e os direitos
Eu sou direito. Quero tratamento diferente dos tortos.

Ver mais

Cafezinho 11 – Vergulho e Orgonha
Cafezinho 11 – Vergulho e Orgonha
Se tenho orgulho de meu país? Sim. Mas também tenho vergonha.

Ver mais

570 – LíderCast 6

570 – LíderCast 6

Luciano Pires -

Hoje apresentamos nosso elenco de convidados da Temporada 6 do LíderCast. Entrevistas fascinantes, provocativas, até mesmo incômodas. Liderança e empreendedorismo na veia!

Posso entrar?

Amigo, amiga, não importa quem seja, bom dia, boa tarde, boa noite, este é o Café Brasil e eu sou o Luciano Pires.

E quem vai levar o e-book Me engana que eu gosto é o Hugo Brito.

“Oi Luciano, meu nome é Hugo Brito eu sou de Porto Velho, Rondônia. Só queria deixar uma dica, uma sugestão pra um futuro LíderCast ou podcast qualquer, que você já está há dez anos na podosfera brasileira, Jovem Nerd também. 

Se você fizesse um podcast com eles, seria o evento mais épico da podosfera brasileira. Seria como o episódio que encontraram os Power Rangers e as Tartarugas Ninjas. E também um que eu ia achar foda pra caramba seria com o Christian Gurtner do Escriba Café. 

Não sei se a dica vai servir de alguma coisa, mas está aí a sugestão. Valeu? Tchau.”

Grande Hugo, Power Rangers com Tartarugas Ninjas! Rararara… olha, eu já falei com o Christian, o que falta é bater as agendas aqui, ele vir a São paulo, uma hora vai rolar. A turma do Jovem Nerd eu não convidei, mas vou aproveitar sua dica e fica aqui o convite pra temporada sete do LíderCast. Cruzem os dedos e Go Go Power Rangers!

Muito bem. O Hugo receberá um KIT DKT, recheado de produtos PRUDENCE, como géis lubrificantes e preservativos masculino e feminino. PRUDENCE é a marca dos produtos que a DKT distribui como parte de sua missão para conter as doenças sexualmente transmissíveis e contribuir para o controle da natalidade.  O que a DKT faz é marketing social e você contribui quando usa produtos Prudence. facebook.com/dktbrasil

Vamos lá então! Olha só quem está aqui hoje, cara:  Leonardo, Donatello, Raphael, Michelangelo e a April.

Na hora do amor:

Leonardo, Donatello, Raphael, Michelangelo e a April – use Prudence.

Você agora tem um ambiente para mergulhar mais fundo em conteúdos para seu crescimento pessoal e profissional: lançamos o Café Brasil Premium, nossa “Netflix do Conhecimento”, repleta de sumários de livros, vídeos, podcasts, áudios, tudo que vai te trasnformar num super herói! É um monte de conteúdo. É uma festa para quem quer crescer. Acesse cafebrasilpremium.com.br, conheça nossa proposta e junte-se aos assinantes que já estão viajando por lá.

cafebrasilpremium.com.br

Conteúdo extra-forte.

Muito bem, hoje vou apresentar a Temporada 6 do LíderCast, que chegará até você em parceria com o Comunique-se, a plataforma completa de comunicação digital que permite que sua empresa conte sua história para quem realmente importa. facebook.com/comunique-se.

O LiderCast é lançado por temporadas, às quais os assinantes da Confraria Café Brasil têm livre acesso. Os não assinantes …bem, vamos ver como eu vou fazer desta vez… estou pensando em liberar tudo, viu?. Mas vamos aos convidados:

bene barbosa

LíderCast 071 –Benê Barbosa, um dos mais ferrenhos combatentes pelo direito do brasileiro de possuir uma arma. Mas o Bene é muito mais que isso.

Bene           Desliguei o telefone, de um lado minha mãe, do outro lado minha mulher, já esperando a notícia, já em prantos, eu falei não, calma, vamos ver o que que dá. E aí comecei o tratamento, recebi o diagnóstico da primeira médica de cinco anos, o prognóstico, você tem cinco anos de vida em média, se tudo der certo, mas mesmo assim falei porra, não vai ser assim, não vai ser assim…

Luciano          Vou brigar.

Bene              … eu nunca acreditei que eu fosse morrer, nunca acreditei, mesmo tempo de internação que eu passei, fiz transplante de medula óssea, quimioterapia de alta dose, me arrebentou inteiro, nunca acreditei, tanto é que assim, eu tinha dois empregos na época, eu me afastei de um, que era o de coordenação de treinamento e fiquei no  colégio São Luís, então eu fazia quimioterapia durante o dia e ia dar aula de noite…

Luciano          Estourado.

Bene              … estourado…

Luciano          Arrebentado.

Bene … estourado, mas eu não queria parar, eu não queria parar

oscar maroni

LíderCast 072 – Oscar Maroni se identifica como “dono de uma empresa de entretenimento adulto, o popular puteiro”. É uma visão que vai abalar alguns pilares morais.

Oscar         outro dia também eu presenciei uma cena parecida, três senhores, vi que era alto executivo, entraram, era 4 horas da tarde, ficaram conversando entre si e aí beberam, pegaram 3 ou 4 mulheres, eu vi que eles estavam assim… até a postura física, como psicólogo… subiram assim meio silenciosos e tal, de repente vinham umas gargalhadas, eles divertidos, eles fizeram uma suruba. Aí esses senhores descem, já era 7, 8 horas da noite, pista de dança funcionando, se você visse aqueles senhores dançando música eletrônica, com aquele roupão, aquele pintinho ali aparecendo, que coisa linda aquilo, eu vi vida naqueles senhores jovens, fabuloso isso, o ser humano não tem idade para ser feliz, sai da cadeira de roda, para de ver a novela e o jogo do Corinthians, vai para o Bahamas Club se divertir, independente da sua idade, você merece ser feliz!

lucas mendes

LíderCast 073 – Lucas Mendes que está à frente da implantação no Brasil da Wework, uma organização que promete revolucionar o conceito de “coworking”.

Lucas           A ideia das pessoas que acreditarem numa coisa que é maior que elas e poderem se encontrar fisicamente para compartilhar o momento, seja de um culto ou do que quer que seja, isso está no DNA do ser humano. E agora o wework, não é só a gente, mas tem outras empresas fazendo coisas legais e parecidas, acho que tenta entender um pouco o que que é isso do ponto de vista do ser humano e aplicar isso pros negócios. Então, as pessoas vão pra um lugar que elas gostam, elas vão encontrar um monte de gente interessante, que acreditam em coisas parecidas e isso não depende se a pessoa é de uma empresa grande, de uma empresa pequena e se ela é nova…o pessoal fala: isso é coisa de milênio. Não é coisa de milênio. É coisa e quem acha que participar disso se energiza, o cara vai sair de lá feliz, tem a ver com o futuro do trabalho no sentido de… trabalho não é mais aquela coisa de … a origem da palavra trabalho que é tortura, né? Não é isso. Trabalho é umacoisa que você tem que se realizar. Você fica muito tempo trabalhando pra fazer uma coisa que você não gosta. 

camila

LíderCast 074 – Camila Achutti é uma jovem e muito bem-sucedida empreendedora, que desponta numa área por muito tempo dominada por homens. Olha! E a moça faz chover, viu?

Camila         … e aí eu passei e cheguei no Instituto de Matemática e Estatística da Universidade de São Paulo, no departamento de Ciência da Computação, no dia 8 de março de 2010, que era o dia da mulher. Eu cheguei lá, o professor estava dando uma aula de algoritmos, que eu nem sabia o que era, eu não sabia o significado da palavra algoritmos. Esse era o nível que eu cheguei na faculdade. Cheguei, sentei, olhei em volta, não entendi nada, escutei cinco minutos o que o professor está falando e falei: eita! Eu não sei nada. E agora? Vou arrumar um caderno. Eu cheguei atrasada, porque eu morava em Guarulhos na época, então era meio treta chegar na faculdade, cheguei atrasada e falei: não. Ele deve ter falado alguma coisa que eu não peguei. Eu vou arrumar um caderno. E foi aí que eu saquei o que tinha acontecido. Eu olhei em volta e não tinha o caderno. Porque eu falei: vou pegar de uma menina que a letrinha é melhor, né? Não tinham. Não tinham meninas na turma. Foi aí que caiu a minha ficha. Eu fiquei sentadinha lá quieta, no canto, vendo se alguém ia vir falar comigo, ninguém veio falar comigo, e aí eu fui embora do mesmo jeito que eu voltei e falei: ferrou! E foi aí que nasceu o Mulheres na computação. Porque eu cheguei em casa aos prantos, achando que eu era a única pessoa azarada, uma em quarenta e nove homens, tipo a sala lotada, eu era a única menina…

renato seraphin

LíderCast 075 – Renato Seraphin é presidente da Albaugh, uma empresa do segmento de agronegócios, que tem o desafio de se tornar líder da “segunda divisão”, como a campeã dos genéricos. É uma aula da liderança e gestão.

Renato             O primeiro pensamento que dá quando você tem uma oferta dessa é o medo, né? O medo toma conta, porque você tem filhos, a sua vida não depende mais de você, eu teria que sair de São Paulo e ir pra Goiânia, cara! Mudaria tudo na minha vida. Mudaria todas as coisas da minha vida e o primeiro sentimento é medo. Então você é estável, você está bem e o medo te domina. Só que … eu falava assim: cara! Desse jeito, sem autonomia, sem eu ter vontade de acordar cedo, de trabalhar com gana, eu não sou eu. Eu estou perdendo a minha essência. Falei: cara! Eu vou nesse desafio, se errar errou, eu volto pra trás, começo tudo de novo mas, eu fui, porque eu queria trabalhar num lugar que eu voltasse a ter a minha energia. 

raquel e leo spencer

LíderCast 076  – Raquel e Leo Spencer, que estão à frente do Viajo, Logo Existo, projeto que os levou a viajar por mais de 140 países, de carro. Venha viajar conosco.

Leo               Do meu lado, em relação à família, foi muito mais tranquilo, porque eu já tinha morado na Austrália alguns anos estudando, já tinha viajado bastante e mais do que isso, como o diálogo foi sempre tranquilo em casa, eles sabiam que eu não ia sair pra fazer uma coisa porra louca, vamos pensar assim? Eles confiavam em mim, acho que essa é a palavra. Eles sabiam que eu não ia sair do banco pra fazer qualquer coisa, depois ia voltar. Então eles sentaram comigo. E ai, o que você está achando? Isso pai. Eu estou pensando em viajar o mundo de carro, a ideia é essa, eu já tinha resposta pra um monte de pergunta, eles adoraram. Meu pai é o maior embaixador do projeto até hoje, super fascinado com isso. Já do lado da Raquel, é o antagonismo. Por que? Quando a Raquel saiu do Mato Grosso do Sul pra vir morar em São Paulo, teve uma ruptura muito grande, ela deixar a mãe dela pra trás, pra vir tocar, trabalhar, estudar, o que é que seja. Ela começa a desenvolver na carreira, ela ganha uma projeção, ela cresce na carreira e quando tudo está indo muito bem ela resolve falar assim: mãe! Eu vou sair do banco, pra ir morar com esse rapaz que eu estou namorando há dois anos, num carro e vou abrir mão de tudo o que a gente fez. Nesse momento a mãe dela bate e fala: calma aí. Você tem certeza? Ela começa a por um monte de dúvida.

Luciano       Não foi pra isso que eu criei uma filha…

Raquel         Não. o ponto dela não era nem esse, era: a gente abriu mão de uma convivência de mãe e filha pra você conseguir chegar mais longe, pra você ter novas oportunidades. E agora que você conquistou tudo que você queria, você vai abrir mão disso? 

waldey sanches

LíderCast 077 – Waldey Sanches, um experiente ex-Presidente de empresas multinacionais, que agora se prepara para seguir carreira solo. E começa sabe onde? No Caminho de Santiago.

Uma vez, um dos nossos administradores… já é falecido, ele chegou lá pro general e falou: general, nós não estamos tendo cooperação, o pessoal não segue a disciplina que nós precisamos pra montar os tratores, tal…e o general falou: vamos lá, quero ver isso pessoalmente. E foram lá, até a linha de montagem e o general chamou um dos supervisores dele, um dos funcionários dele, o sujeito veio, se aproximou e falou: deita aí no chão. E o cara deitou. Chão meio sujo de … chão de fábrica. Aí falou: rasteja até lá na porta e volta. E o cara foi rastejando até lá a porta e voltou. Bateu continência, sei lá o que, e aí o general Nazar virou pro meu gerente lá e falou assim: isso é pra você ver que não são os iraquianos que não são obedientes e disciplinados. Vocês é que não sabem mandar. 

leo lopes

LíderCast 078 – Leo Lopes é uma referência quando se fala em podcasts no Brasil. Ele é o fundador da primeira empresa que está vivendo 100% de podcasts. Um empreendedor. Um batalhador.

Leo                      Era a realização de um sonho conhecer ao mesmo tempo sabe o Japa, o Emílio, o Ceará, o Bola, todo mundo que estava ali e é… pessoas que lidam com isso no dia-a-dia, que era, pessoas tão distantes e de repente… claro que foi um dia só, foi uma visita, mas foi mágico, sair de um ambiente de terno e gravata dentro de uma unidade religiosa pra no dia seguinte estar num dos estúdios mais importantes do Brasil. 

Luciano             … estar sentado onde as coisas acontecem. 

Leo                      … e aí seu senti o seguinte: eu olhei o Emílio do outro lado da cadeira e falei do Djalma Jorge, conversei, tudo mais, falei assim: desde os onze anos de idade eu sempre sonhei sentar nessa cadeira que você está hoje. Aí ele levantou e falou: então senta.

marcio appel

LíderCast 079  – Marcio Appel que é um executivo à frente da indústria de alimentos Bom Sabor, que em 2012 decidiu que representaria o Brasil na Olimpíada de 2016. E conseguiu!

Marcio               … e aí começou 16, estava caminhando bem, eu era o único brasileiro que tinha dois cavalos com índice, eu consegui o índice olímpico no final de 2015, que já é super difícil e daí em uma semana praticamente tudo tinha acabado. Os cavalos iam viajar, todos os cavalos que tinham chance na olimpíada a gente ia viajar pra treinar nos Estados Unidos e na Inglaterra,na véspera de viajar, um dos meus cavalos tinha uma doença que não passava na barreira pra entrar nos Estados Unidos e não pode viajar, ficou pra trás e praticamente já era ele.O outro cavalo chegou nos Estados Unidos, nos primeiros dias de treino ele machucou, o veterinário olhou e falou: olha. Seis meses pelo menos pra esse cavalo se recuperar. Foi a pior semana da minha vida, eu acho. 

Luciano           … você já tinha sido convocado pra olimpíada…

Marcio             não. Ainda estavam aqueles dez. Os dez lá…

Luciano           … e aí você perde os dois cavalos. E aí, cara?

Marcio             Realmente eu chorei demais,  então tem esse lado, acho que qualquer esporte, da lesão e de outros problemas que podem acontecer. E eu em uma semana perdi, praticamente os dois cavalos. 

tito gusmao

LíderCast 080 – Tito Gusmão é um jovem empreendedor que fundou a Warren, empresa que pretende revolucionar a forma como investimos nosso dinheiro.

Tito                      … um mix de duas sensações. Primeiro depois de dez anos sem querer ter virado um executivo, o bichinho lá do empreender estava me incomodando. E aí eu estava lá em Nova York e isso me corroía o estômago. Que é: eu preciso ter a minha empresa. Construir as minhas coisas. Não que eu não tivesse liberdade na outra empresa, emfim tinha, mas eu precisava o meu. E outra coisa que se perdeu no meio do caminho ali que foi a cultura da empresa. Eu não quero ser crítico, mas já sendo um pouco, uma empresa quando ela cresce rápido demais, existe um número mágico de 150 pessoas. Quando passa de 150 pessoas, eu não escuto mais diretamente do Luciano, eu escuto do Joãozinho. E aí o Joãozinho pode estar de boas intenções ou não tão boas intenções. Se ele não está de tão boas intenções ele pode puxar o tapete do Luciano porque ele quer mais bônus, ou quer mais poder, etc.Luciano … pode simplesmente não ter entendido e estar te passando a coisa quebrada que nem entendeu, né?

Tito                       A empresa perde aquele ambiente de cultura bacana, de vamos construir juntos,  de: cara, precisa limpar o chão aqui, vam’bora, vamos todo mundo junto nessa, pra um ambiente de politicagem e quem estava lá no início, quem estava junto pelo sonho, quando começa a virar politicagem, porra, enche o saco demais. 

lucia helena maya

LíderCast 081 – Lucia Helena Galvão Maya, que é diretora da escola de filosofia Nova Acrópole e que… olha bicho, rendeu uma conversa fascinante sobre como a filosofia está presente em nossas vidas.

Lucia                 … Marco Aurélio… desculpe tanta citação, mas é que tem coisas sensacionais na história, você não faz ideia. Marco Aurélio era imperador romano da filosofia estoica e ele dizia: cada ser humano que morre sem que eu tenha conhecido é um universo ímpar e irrepetível com o qual eu deixei de travar contato. Ele tinha um recado pra dar ao mundo, que só ele poderia dar. Ele realizou isso ou não, ele foi ou não um canal. O taoismo também fala sobre isso. Imagina você como um canudo de bambu. A luz entra, se ele está desobstruído, chega a luz lá embaixo. Se ele está obstruído, chega a sombra. Ou seja, a ideia do taoismo é: seja um cano de bambu desobstruído. Não tome pra si a propriedade da luz. Mas, deixe ela passar. Seja simplesmente puro, simplesmente não atrapalhe, pra que as coisas passem através de você. 

bruno soalheiro

LiderCast 082 – Bruno Soalheiro, criou a Academia do Psicólogo, um projeto que pretende disseminar o empreendedorismo para a classe dos psicólogos. É um baita desafio e um papo fascinante sobre gestão de pessoas.

Bruno                 O que eu faço hoje, Luciano é preparar psicólogos para organizarem o seu trabalho. E aí, isso tem a ver com essa parte de business e tem a ver com um pouco da minha vivência pessoal que é um aborrecimento que eu tinha com a forma como as autoridades da psicologia no Brasil falavam do negócio. Existe uma cultura de que se você faz psicologia, você vai morrer de fome ou você não vai conseguir as coisas. Existe uma cultura de que vender o serviço de psicologia também é uma mercantilização, existe uma coisa meio sagrada e eu vim no meio pra dizer: gente! Não é assim, cara! Goste ou não, você está vivendo no meio do capitalismo. Você precisa sobreviver. Você não precisa ser um egoísta cretino, mas pôxa, como é que você se organiza pra sobreviver. Essa foi a minha fala e foi por isso que a coisa deu certo. Desde então eu tenho feito esse trabalho de acolher esse psicólogo que sai da faculdade ou que está ali no mercado, porque a psicologia ela não tem um problema de conteúdo. Ela tem um problema de embalagem muito forte. As pessoas hoje já começaram a entender que cuidar da saúde psíquica, cuidar da saúde emocional é interessante. Só que geralmente elas não buscam um psicólogo pra fazer isso. Por exemplo: eu tenho formação em coaching também. Você vê que o coaching está aí bombando pra todo lado. O coaching hoje, ele ocupa um lugar que a psicologia também poderia ocupar no imaginário popular.

itamar linhares

LiderCast 083 – Itamar Linhares é médico-cirurgião na cidade de Matupá, cidadezinha com pouco mais de 15 mil habitantes, lá onde o Mato Grosso encontra o Pará. Itamar nos dá uma visão única do trabalho do médico no interiorzão do Brasil.

Itamar   Quando chega aquele ambiente que ele é sempre cheio de emoção, é stress, é o paciente que às vezes está mal, tá gritando, ou ele que não está gritando mas a família está próxima ali, se coloca às vezes naquela posição, então poderia ser eu ou um dos meus ali, mas ao mesmo tempo a gente busca focar, tranquilizar a cabeça, colocar o protocolo de atendimento em mente e executar porque a gente tem que pensar que alguém tem que manter a calma aqui pra isso aqui não virar o caos. E que se alguém tem que manter a calma aqui, esse alguém sou eu. Às vezes a gente se depara com uma situação que você sabe que a chance de ter um desfecho pior possível ali é muito grande, às vezes você tem que dar uma notícia pior pra família que está lá fora esperando depois da cirurgia, mas é isso aí que eu escolhi e eu tenho que estar sempre tranquilo, focado e fazer o que eu tenho que fazer.

rodrigo azevedo

LiderCast 084 – Rodrigo Azevedo que é empreendedor e fundador do Comunique-se, um dos mais importantes ambientes para a comunicação das empresas.

Rodrigo             Eu estava lá na minha aula, tava no buraquinho e a professora recebeu um cidadão com um saco de esterco da loja lá de planta. E ela pagou lá o saco de esterco pro cara. Dez reais, não sei lá quanto custa. Mas era um dinheiro que quando eu era muito duro, quando eu vi aquilo eu falei: ela está comprando um saco de merda. Aí na mesma hora me deu um negócio assim na cabeça, quando o cara saiu eu falei….. professora… eu pulei do chão. Professora: você deu dez reais por um saco de esterco. Você me daria os mesmos dez reais por dois sacos? Só que do fresquinho? Era a proposta irrecusável. Porra, pagava dez por um, 10 por dois melhor. Aí o meu plano era esse. Do outro lado da rua tem a praça,

Luciano           ….. os cavalos estão tudo sujando lá,

Rodrigo           … é fábrica de cocô, tudo de graça, vendia na hora aquilo. O duro foi produzir e entregar. eu tinha que catar e era no sábado. Se tem aula sábado. Na minha época tinha aula. Então era assim: a aula ia das sete da manhã até as onze da manhã. Eu ia pra aula às sete, onde era o tempo dos cavalos produzirem lá, fazerem os cocôs deles, e aí quando saia a aula, duas mil crianças, tudo pra praça. E eu fui lá om o saco de supermercado, pá de lixo, pra catar aquela merda toda, fui zoado…

Luciano            …isso que eu ia te perguntar…o tamanho do bullyng…

Rodrigo           … o maior bullying. Eu costumo dizer, ninguém sabe o que é bullying até catar merda na frente da sua escola. 

085 willian-polis

LiderCast 85 – William Polis, outro exemplo daqueles empreendedores brasileiros que a partir de um sonho, de uma visão, montam um negócio próprio e fazem acontecer.

William       O que eu percebia é que existia aí a oportunidade de fazer a tecnologia com qualidade. Porque tem um outro ponto também que a TI acabou construindo dentro das empresas. A TI é o departamento feito pra complicar o negócio.

Luciano … ele insiste e que eu trabalho pro computador e não o contrário

William … exatamente. E eu, pessoalmente achava isso muito ruim, porque sempre que eu ia fazer alguma coisa, eu sempre buscava fazer alguma coisa que resolvesse o problema do cara. Ou que, pelo menos ajudasse a vida do cara. E era impressionante. Todo lugar que eu ia, ah! Você é do TI? Era impressionante como a cara da pessoa mudava só de falar que era o cara do TI. E aí eu falei: não tá certo isso daí. Não pode ser assim. E tinha um outro ponto também. O TI sempre é caro. E quando a gente vai fazer um projeto, muitas vezes o projeto, um desenvolvimento de software, ele é grande, é caro, é custoso e às vezes não entra nem em produção.Joga fora. Muito dinheiro, joga fora. Não foi uma, duas, foram várias vezes que eu passei um projeto que aconteceu isso. E quando a gente está falando de dinheiro, é na casa de milhões. Imagina você pegar milhões, colocar num projeto, colocar tempo, então você está falando de um ano, um ano e meio de projeto, várias pessoas, 10, 20 pessoas e no final do dia chega: vamos cancelar o projeto porque ele não deu certo. Então muito eu achava isso muito ruim. Eu trabalhei em empresas multinacionais, trabalhei em instituto de pesquisa, trabalhei no exército, a gente foi fazer um trabalho de rastreabilidade e era uma visão muito similar. Todos eles tinham essa visão.

Muito bem, esse aí é o elenco da Temporada 6 do LíderCast, uma viagem fascinante por vários aspectos da liderança e do empreendedorismo com gente que está com a mão na massa. A transcrição de todos os programas você encontra em lidercast.com.br.

E é assim então, ao som da trilha do LíderCast, que vamos saindo curiosos.

Com o interessado Lalá Moreira na técnica, a empreendedora Ciça Camargo na produção e eu, o curioso, Luciano Pires, na direção e apresentação.

Estiveram conosco o ouvinte Hugo Brito,  Bene Barbosa, Oscar Maroni, Lucas Mendes, Camila Achutti, Renato Seraphin, Raquel e Leo Spencer, Waldey Sanches, Leo Lopes, Marcio Appel, Tito Gusmão, Lucia Helena Galvão Maya, Bruno Soalheiro, Itamar Linhares, Rodrigo Azevedo e Willian Polis. Que time, cara!

E não esqueça! O Itaú Cultural está comemorando 30 anos com uma exposição fantástica chamada MODOS DE VER O BRASIL, com grande parte de um acervo construído desde o final dos anos 60, e que permanecerá exposto na OCA, no parque Ibirapuera até 13 de agosto de 2017.  Olha meu, é imperdível. E acesse: facebook.com/itaucultural e deixe lá sua mensagem de parabéns a quem  há 30 anos investe na cultura brasileira.

Este é o Café Brasil. De onde veio este programa tem muito mais. Visite para ler artigos, para acessar o conteúdo deste podcast, para visitar nossa lojinha no … portalcafebrasil.com.br.

Mande um comentário de voz pelo WhatSapp no 11 96429 4746. Quem estiver fora do país, é o: 55 11 96429 4746. E também estamos no Telegram, com o grupo Café Brasil.

Mergulhe fundo no mundo do Café Brasil acessando:

Para a Confraria, cafebrasil.top

E para o Premium: cafebrasilpremium.com.br.

Conteúdo provocativo, grupos de discussão e uma turma da pesada, reunida para trocar ideias de forma educada, compartilhando conhecimento e crescendo juntos!

E para terminar, uma frase do General norte-americano Norman Schwarzkopf:

A liderança é uma poderosa combinação de estratégia e caráter. Mas se tiver de passar sem um, que seja a estratégia.