Iscas Intelectuais
Como decidi em quem votarei para Presidente
Como decidi em quem votarei para Presidente
Não sei se estou certo, não fui pela emoção, não estou ...

Ver mais

Democracia, Tolerância e Censura
Democracia, Tolerância e Censura
O que distingue uma democracia de uma ditadura é a ...

Ver mais

O dia seguinte
O dia seguinte
Com o aumento considerável do mercado de palestrantes ...

Ver mais

Fact Check? Procure o viés.
Fact Check? Procure o viés.
Investigar o que é verdade e o que é mentira - com base ...

Ver mais

635 – De onde surgiu Bolsonaro?
635 – De onde surgiu Bolsonaro?
O pau tá quebrando, a eleição ainda indefinida e nunca ...

Ver mais

634 – Me chama de corrupto, porra!
634 – Me chama de corrupto, porra!
Cara, que doideira é essa onda Bolsonaro que, se você ...

Ver mais

633 – Ballascast
633 – Ballascast
O Marcio Ballas, que é palhaço profissional, me ...

Ver mais

632 – A era da inveja
632 – A era da inveja
Uma pesquisa de 2016 sobre comportamento humano mostrou ...

Ver mais

LíderCast 128 – Leide Jacob
LíderCast 128 – Leide Jacob
Empreendedora cultural e agora cineasta, que ...

Ver mais

LíderCast 127 – Lito Rodriguez
LíderCast 127 – Lito Rodriguez
Empreendedor, criador da DryWash, outro daqueles ...

Ver mais

LíderCast 126 – Alexis Fonteyne
LíderCast 126 – Alexis Fonteyne
Empresário criativo e agora candidato a Deputado ...

Ver mais

LíderCast 125 – João Amoêdo
LíderCast 125 – João Amoêdo
Decidimos antecipar o LíderCast com o João Amoêdo ...

Ver mais

046 – Para quem vai anular o voto
046 – Para quem vai anular o voto
Fiz um vídeo desenhando claramente o que acontece com ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata - Temporada 02 Episódio 09 Quando ...

Ver mais

Marxistas brasileiros vivem espécie de alucinação coletiva recorrente
Carlos Nepomuceno
O jornal Folha de São Paulo publica um artigo feita por uma petista confessa: Ver aqui: https://www.facebook.com/carlos.nepomuceno/posts/10156853246303631 …sem nenhum fato, baseado em ...

Ver mais

Sempre, sempre Godwin
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
O advogado Mike Godwin criou em 1990 a seguinte “lei” das analogias nazistas: “À medida que uma discussão online se alonga, a probabilidade de surgir uma comparação envolvendo Adolf Hitler ou os ...

Ver mais

É mais fácil seguir o grupo
Jota Fagner
Origens do Brasil
Existe uma crença muito difundida de que a história humana avança em etapas gradativas e que culminará numa revolução transformadora. O tipo de revolução muda conforme o viés ideológico. A ...

Ver mais

Bolsonaro e Transformação Digital
Carlos Nepomuceno
Vivemos o início de Revolução Civilizacional na qual ao se plantar um "pé de cooperativa de táxi" por mais que se tome litros de Design Thinking não nasce nunca um Uber.

Ver mais

Cafezinho 116 – Os demônios brochadores
Cafezinho 116 – Os demônios brochadores
O que vem por aí? Uma mudança ou nova brochada?

Ver mais

Cafezinho 115 – Um voto não vale uma amizade
Cafezinho 115 – Um voto não vale uma amizade
Não gaste sua energia e seu tempo precioso de vida ...

Ver mais

Cafezinho 114 – E se?
Cafezinho 114 – E se?
Mudanças só acontecem quando a crise que sofremos for ...

Ver mais

Cafezinho 113 – Merdades e Ventiras
Cafezinho 113 – Merdades e Ventiras
Conte até dez antes de compartilhar uma merdade

Ver mais

Zicosur

Zicosur

Luiz Alberto Machado - Iscas Econômicas -

ZICOSUR

 

Uma experiência de integração regional

 

“O que nos une é mais do que o que nos separa”.

Aurelio Echazú Salmón

 

Atendendo a convite do gerente geral da consultoria Desarrollo de Negocios Internacionales, Marcelo Elizondo, e do Consejo Federal de Inversiones (CFI), participei, no dia 20 de novembro, do Seminário de Integração Regional do ZICOSUR, realizado em Buenos Aires, nas magníficas instalações do Palácio San Martín, sede do Ministério das Relações Exteriores da Argentina.

 

ZICOSUR é a sigla de Zona Centro-Oeste da América do Sul, uma instituição impulsionada por governos e empresários, com o objetivo de coordenar posições de consenso e amplo apoio territorial, para integrar a zona central da América do Sul. Criado em 1997, tem como membros plenos 44 governos locais de 6 países: 10 províncias da Argentina, 8 departamentos da Bolívia, 1 estado do Brasil (Mato Grosso do Sul), 4 regiões do Chile, 4 departamentos do Peru e todos os departamentos do Paraguai.

 

Desde sua criação, a instituição trabalha ativamente para obter uma inserção internacional competitiva da região, promovendo o desenvolvimento da infraestrutura para a articulação de eixos de comunicação comuns que facilitem o deslocamento de pessoas e bens e agilizem o comércio intra e extrazona, e contribuam para o encontro e o reconhecimento dos povos que a integram, potencializando o desenvolvimento harmônico e sustentável.

 

Minha participação ocorreu no primeiro dos três painéis que compuseram o Seminário, intituladoIntegração nos novos cenários geopolíticos: Enfoques para a integração produtiva, a nível internacional e de entidades subnacionais (experiência comparada). Neste primeiro painel falaram também Theresa Durnbeck, secretária de Investimentos, Assuntos Internacionais e Promoção do Governo da Província do Chaco, República Argentina, Mariano L. Bernárdez, diretor para a Europa e América Latina do Institute for Performance & Management, de Chicago, EUA, e Oscar Stark Robledo, vice-ministro de Indústria e Comércio do Paraguai e professor da Faculdade de Ciências Econômicas e Administrativas da Universidade Americana de Assunção.

 

Em minha exposição, depois de um rápido apanhado histórico sobre a melhora da imagem do Brasil graças ao processo de redemocratização, à abertura da economia e à conquista da estabilidade em decorrência do Plano Real, destaquei o papel desempenhado, no plano nacional, pela Agência de Cooperação Internacional – ABC, pelas instituições e empresas de pesquisa de projeção internacional, como a Embrapa, e pela APEX – Agência Brasileira de Promoção de Exportações, e, no plano de estados e municípios, pelas Secretarias (ou Assessorias Especiais) de Relações Internacionais, pelas confederações, federações e associações empresariais e sindicais e, por fim, pelas universidades. Para encerrar, exibi as capas da revista The Economist, de 2009 e de 2013, com as manchetes respectivas “Brazil takes off” e “Has Brazil blown it?”, com o objetivo de mostrar a preocupação com que a comunidade internacional tem visto a condução recente da política econômica, marcada por crescente intervenção governamental, constantes mudanças das “regras do jogo” e por uma preocupante criatividade na contabilidade nacional.

 

O segundo painel, intitulado Integração e dinamização empresarial: Análise de casos de transnacionalização de empresas, contou com os depoimentos de Caio Augusto Monteiro Rebello, da Randon, do Brasil, Martin Migoya, da Globant, da Argentina, e de Aurélio Echazú Salmón, gerente geral da Echazú & Asociados Proveedores Industriales, de Santa Cruz de la Sierra, Bolívia.

 

O terceiro e último painel, Promoção e políticas públicas para a integração econômica, técnicas e recursos utilizados pelos organismos de promoção e facilitação, teve a participação de Augusto Costa, secretário de Comércio Exterior da Chancelaria Argentina, Patricio Fuenzalida Ramírez, secretário regional do Ministério da Agricultura do Chile, e Eusebio Pillado, ex-diretor da ProMexico.

 

Considerei o Seminário extremamente positivo, especialmente no sentido de contribuir para a divulgação de uma experiência de integração regional como é o ZICOSUR, e de apontar avanços e dificuldades ao seu desenvolvimento. Considerando o marasmo em que se encontra o MERCOSUL, cada vez mais dominado por questões políticas e ideológicas, fiquei com a sensação de que o ZICOSUR possui um dinamismo bem maior, produto, em grande parte, do forte envolvimento do setor privado, que vê, nessa experiência, uma real oportunidade para a remoção de obstáculos legais e institucionais e, em consequência, de maiores chances para a realização de negócios.

 

Iscas para ir mais fundo no assunto

 

Referências e indicações webgráficas

 

MACHADO, Luiz Alberto. Nem tanto pra lá, nem tanto pra cá – Mudança de imagem. Disponível emhttp://www.portalcafebrasil.com.br/iscas-intelectuais/economicas/nem-tanto-pra-la-nem-tanto-pra-ca.

 

_______________ Confiança – Difícil de conquistar, fácil de perder. Disponível emhttp://www.portalcafebrasil.com.br/iscas-intelectuais/economicas/confianca.

 

Ver Todos os artigos de Luiz Alberto Machado