Iscas Intelectuais
Me Engana Que Eu Gosto
Me Engana Que Eu Gosto
Me engana que eu gosto: dois meio brasis jamais somarão ...

Ver mais

Tá chegando o Podcast Café Brasil 700!
Tá chegando o Podcast Café Brasil 700!
Tá chegando a hora do Podcast Café Brasil 700!

Ver mais

Aplicativos IOS e Android para o Café Brasil Premium!
Aplicativos IOS e Android para o Café Brasil Premium!
MUDANÇAS IMPORTANTES NO CAFÉ BRASIL PREMIUM A você que ...

Ver mais

Café Brasil no Top 10 Podbean
Café Brasil no Top 10 Podbean
O Café Brasil está entre os Top 10 numa das maiores ...

Ver mais

701 – Sorte
701 – Sorte
E aí? Você se considera uma pessoa sortuda ou azarada? ...

Ver mais

700 – Girl Power
700 – Girl Power
Bem, você sabe que sempre que chegamos num programa ...

Ver mais

699- Um brasileiro
699- Um brasileiro
Como sabemos que muitos ouvintes do Café Brasil não ...

Ver mais

698 – A Mente Moralista
698 – A Mente Moralista
Somos criaturas profundamente intuitivas cujas ...

Ver mais

LíderCast 184 – Michelle Susan
LíderCast 184 – Michelle Susan
Uma lutadora, que sai do zero para trabalhar em ...

Ver mais

LíderCast 183 – Antonio Mamede
LíderCast 183 – Antonio Mamede
Ex-executivo de grandes empresas, hoje consultor e ...

Ver mais

LíderCast 182 – Alexis Fontaine
LíderCast 182 – Alexis Fontaine
Segunda participação do Deputado Federal do partido ...

Ver mais

LíderCast 181 – Christian Gurtner
LíderCast 181 – Christian Gurtner
Christian Gurtner – O homem que leva a gente para ...

Ver mais

Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Um bate papo entre Adalberto Piotto, Carlos Nepomuceno ...

Ver mais

046 – Para quem vai anular o voto
046 – Para quem vai anular o voto
Fiz um vídeo desenhando claramente o que acontece com ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Minha despedida
Chiquinho Rodrigues
Como você bem sabe, sou músico e tenho uma produtora de vídeo aqui em São Paulo que é o Estúdio Bandeirantes. Atendemos clientes de quase todo o Brasil. Seja fazendo arranjos, produção de Cds, ...

Ver mais

Documentira
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
Até anteontem, os Estados Unidos eram o império do mal, a síntese de tudo de ruim que há no universo; um inferno habitado por seres inumanos, que massacram sul-americanos por puro prazer sádico, ...

Ver mais

A harpa elétrica
Chiquinho Rodrigues
Valdenir era um cara que acreditava piamente em reencarnação. Mas não era só isso… Acreditava também em vidas passadas, ufos e astrologia. Flertava com o candomblé, o budismo e era também ...

Ver mais

Trivium: Capítulo 3 – Classificação dos Termos (parte 9)
Alexandre Gomes
Continuando os resumos depois de um belo fim de ano, vou continuar detalhando mais sobre os o que são os termos e suas variedades. Perceba que isso é muito mais uma base de compreensão lógica das ...

Ver mais

Cafezinho 249 – Na vanguarda do atraso
Cafezinho 249 – Na vanguarda do atraso
Para que, daqui a 40 anos, os jovens que hoje têm ido ...

Ver mais

Cafezinho 248 – O meiostream
Cafezinho 248 – O meiostream
Sobre se considerar bem-sucedido sendo o que se é.

Ver mais

Cafezinho 247 – Compartilhe!
Cafezinho 247 – Compartilhe!
Sobre o hábito de compartilhar aquilo que vale a pena.

Ver mais

Cafezinho 246 – Setecentos
Cafezinho 246 – Setecentos
São 74 minutos de puro deleite.

Ver mais

Viva Narciso

Viva Narciso

Jota Fagner - Origens do Brasil -

A nossa vaidade nos impede de construir um ambiente mais tolerável

A palavra “insentão”, popularizada nos últimos anos, serve para classificar a pessoa que não se deixa iludir pelo canto da sereia da direita ou da esquerda. O grande problema é achar que todas as visões de mundo se resumem a esses dois espectros. Pior ainda é classificar de modo pejorativo aqueles que não rezam pelo mesmo credo que você.

Já flertei com os dois lados, até perceber que não apoio nenhuma ideologia na sua totalidade. Fico me perguntando quando foi que procurar o caminho do meio virou um defeito? A partir de que ponto se tornou desejável abraçar ideias extremistas?

Qualquer um que frequente as redes sociais sabe que aquilo lá virou um campo de guerra. Uma guerra ideológica e sem muito sentido. O povão contra o povão. Seria mais sensato o povão contra os governantes, não importando o espectro político desses governantes. A divisão dicotômica, no entanto, tem servido muito bem aos interesses dos poderosos.

Por definição, quem está no poder deveria ser vidraça, mas isso é inconcebível para alguns. Os erros dos governos anteriores não devem ser esquecidos ou anistiados, mas isso é inadmissível para outros. A velha crença teleológica está muito forte em toda a sociedade. As pessoas realmente querem acreditar que determinadas figuras são a encarnação messiânica que irá nos salvar.

Ter coragem de admitir que errou não é para qualquer um, exige maturidade, exige consciência da nossa insignificância, exige apreço à verdade. Tudo que temos é um insano desejo de impor a nossa visão de mundo, não importando o preço que teremos de pagar por isso. Honestidade intelectual é para poucos.

Não podemos ignorar o nosso narcisismo. É ele quem nos impulsiona a insistir no erro, mesmo quando já está visível para todos ao redor o nosso vacilo. Seria mais honroso assumir a falha. Em tese, é assim que aprendemos, que amadurecemos, que nos aperfeiçoamos.

Mas, impulsionados pelos recursos digitais, todos queremos parecer mais interessantes do que somos, mais inteligentes, mais atraentes, mais capazes. É muito doloroso assumir a nossa pequenez diante do mundo. Enquanto alimentamos nossa vaidade os conflitos se propagam. Viva Narciso!

José Fagner Alves Santos

Ver Todos os artigos de Jota Fagner