Iscas Intelectuais
A “Netflix de Conteúdo”
A “Netflix de Conteúdo”
Surge o Café Brasil Premium, uma espécie de "Netflix do ...

Ver mais

OrgulhoDeSerCorrupto
OrgulhoDeSerCorrupto
Isca intelectual de Luciano Pires. Neste Brasil ...

Ver mais

O moço do Uber
O moço do Uber
Isca intelectual de Luciano Pires relatando uma ...

Ver mais

A terceirização e os brontossauros
A terceirização e os brontossauros
A terceirização e os brontossauros. Isca intelectual de ...

Ver mais

558 – O Café Brasil Premium
558 – O Café Brasil Premium
Podcast Café Brasil 558 - O Café Brasil Premium. No ...

Ver mais

557 – Três princípios para falar de Justiça
557 – Três princípios para falar de Justiça
Podcast Café Brasil 557 - Três princípios para falar de ...

Ver mais

556 – Certos abraços – Revisitado
556 – Certos abraços – Revisitado
Podcast Café Brasil 556 - Certos abraços - Revisitado. ...

Ver mais

555 – Uma proposta para reforma da Previdência
555 – Uma proposta para reforma da Previdência
Podcast Café Brasil 555 - Uma proposta para transformar ...

Ver mais

LíderCast 065 – Antonio Carlos Sartini
LíderCast 065 – Antonio Carlos Sartini
Hoje recebo Antonio Carlos de Moraes Sartini, Bacharel ...

Ver mais

LíderCast 064 – Luiz Henrique Romagnoli
LíderCast 064 – Luiz Henrique Romagnoli
Hoje recebo o Roma, Luiz Henrique Romagnoli, que faz ...

Ver mais

LíderCast 063 – Diogenes Lucca
LíderCast 063 – Diogenes Lucca
Hoje converso com Diogenes Luca, fundador e ex-comando ...

Ver mais

LíderCast 062 – Felipe Pires e Katiusca Carvalho
LíderCast 062 – Felipe Pires e Katiusca Carvalho
Hoje recebemos Felipe Pires e Katiusca Carvalho. O ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata - Temporada 02 Episódio 09 Quando ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 08 Já falei ...

Ver mais

Uma nova vida em dois anos
Tom Coelho
Sete Vidas
“Semeia um pensamento, colhe um ato; semeia um ato, colhe um hábito; semeia um hábito, colhe um caráter; semeia um caráter, colhe um destino.” (Marion Lawense)   A vida me tem sido um ...

Ver mais

Quando sucesso e dinheiro não resolvem teu problema
Raiam Santos
Esse aqui é um post que foge um pouco da pegada recente aqui do MundoRaiam.com. Hoje não tem Fiverr, não tem audiolivros, não tem viagem pra Ásia e nem experimento social. Acho que nunca escrevi ...

Ver mais

Duas listas diferentes
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
Já assistiu A Lista de Schindler? Não? Assista, é excelente. Já viu? Veja de novo. Uma das cenas mais tocantes é a da elaboração da lista de pessoas que o protagonista pretende “comprar” do ...

Ver mais

Políticos de carreira: o maior mal do Brasil
Raiam Santos
Chega pra um amigo teu e pergunta o seguinte: “Qual é o maior problema do Brasil hoje em dia?” Te garanto que pelo menos 90% dessa galera vai responder algo relacionado à política. ...

Ver mais

Uma lástima em nome da arte

Uma lástima em nome da arte

Adalberto Piotto - Olhar Brasileiro -

Por Adalberto Piotto 

Eu nunca achei opinião de artista, sobre política e sociedade, algo superior.
Na média, não.
Sobre arte, a que praticam, algo muito ou pouco especializada, dependendo do caso.
Mas sempre foi uma opinião a se ouvir porque traz pontos de vista com outras abrangências. Essa é a riqueza do debate.
No entanto, por deslumbre, alguns artistas brasileiros começaram a se achar com opinião superior ou foram e são tratados assim.
Nunca entendi isso. Por quê?
Curiosamente, por outro lado, justamente os artistas que entrevistei, quando despidos da arte, sendo só cidadãos, abandonando o personagem, sem a pretensão da superioridade, sempre se revelaram mais humanistas e realmente conectados com a sociedade.
Ouvi deles análises de riqueza de quem olha ao redor se sentindo de fato parte dele.
Trouxeram posições e opiniões elevadas em percepção social e nunca reivindicaram tratamento especial a sua cidadania e participação política. QueriamEu nunca achei opinião de artista, sobre política e sociedade, algo superior.
Na média, não.
Sobre arte, a que praticam, algo muito ou pouco especializada, dependendo do caso.
Mas sempre foi uma opinião a se ouvir porque traz pontos de vista com outras abrangências. Essa é a riqueza do debate.
No entanto, por deslumbre, alguns artistas brasileiros começaram a se achar com opinião superior ou foram e são tratados assim.
Nunca entendi isso. Por quê?
Curiosamente, por outro lado, justamente os artistas que entrevistei, quando despidos da arte, sendo só cidadãos, abandonando o personagem, sem a pretensão da superioridade, sempre se revelaram mais humanistas e realmente conectados com a sociedade.
Ouvi deles análises de riqueza de quem olha ao redor se sentindo de fato parte dele.
Trouxeram posições e opiniões elevadas em percepção social e nunca reivindicaram tratamento especial a sua cidadania e participação política. Queriam participar, estar lá como cidadãos. Como gente que pisa no chão da vida, não no palco da ilusão.
Lembrando disso, de todas essas experiências, eu, que fiz questão de trazer artistas para meus trabalhos de discussão brasileira, me pergunto:
Que valor intelectual tem esses artistas de uma suposta esquerda que, de tão ciosa e egoísta, nem sei o que é?
Pensar o que desse fetiche por ministérios e um zelo pelo Minc que cria, no mínimo, suspeitas sobre o real interesse deles?
De ocupações e “abraçassaços” que envolvem prédios e privilégios e expurgam da discussão nacional os reais problemas brasileiros, qual o objetivo real disso?
Ah se tivéssemos todos esses artistas abraçando hospitais públicos de cidadãos golpeados pela corrupção de seus heróis – dos artistas – e o péssimo atendimento.
Mas não. Isso é para o povo.
E povo não sobe ao palco.

Ver Todos os artigos de Adalberto Piotto