Iscas Intelectuais
O desengajamento moral
O desengajamento moral
Isca intelectual de Luciano Pires sobre o ...

Ver mais

O ridículo
O ridículo
Isca intelectual de Luciano Pires pra incomodar: será ...

Ver mais

Quando um não quer.
Quando um não quer.
Isca intelectual de Luciano Pires com um exemplo de ...

Ver mais

Um bosta
Um bosta
Isca intelectual de Luciano Pires lembrando que ...

Ver mais

549 – Os quatro compromissos
549 – Os quatro compromissos
Podcast Café Brasil 549 - Os quatro compromissos. Cara, ...

Ver mais

548 – O efeito borboleta
548 – O efeito borboleta
Podcast Café Brasil 548 - O efeito borboleta. Você já ...

Ver mais

547 – Sobre desigualdade
547 – Sobre desigualdade
Podcast Café Brasil 547 - Sobre desigualdade. O tema da ...

Ver mais

546 – Só por hoje
546 – Só por hoje
Podcast Café Brasil 546 - Só por hoje. Adicção é o ...

Ver mais

LíderCast 056 – Paula Miraglia
LíderCast 056 – Paula Miraglia
LiderCast 056 - Hoje conversaremos com Paula Miraglia, ...

Ver mais

LíderCast 055 – Julia e Karine
LíderCast 055 – Julia e Karine
LiderCast 055 - Hoje vamos conversar com duas jovens ...

Ver mais

LíderCast 054 – Rodrigo Dantas
LíderCast 054 – Rodrigo Dantas
LiderCast 054 - Hoje vamos falar com o empreendedor ...

Ver mais

LíderCast 053 – Adalberto Piotto
LíderCast 053 – Adalberto Piotto
LiderCast 053 - Hoje vamos entrevistar Adalberto ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 07
Videocast Nakata T02 07
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 07 Se a sua ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 06
Videocast Nakata T02 06
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 06 Em seu dia a ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 05
Videocast Nakata T02 05
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 05 Começo esta ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 04
Videocast Nakata T02 04
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 4 Você reparou ...

Ver mais

Desafiando a Zona de Conforto
Mauro Segura
Transformação
Como podemos superar os nossos receios de tomar riscos? Como podemos mudar o curso da nossa história? A decisão de mudar é meramente individual. Aqui Mauro Segura conta algumas histórias e dá ...

Ver mais

Especial é o seu bolso, não o cheque
Tom Coelho
Sete Vidas
“Você não fica rico com o que ganha; fica rico com o que poupa.” (Yoshio Teresawa)   Crédito de cheque especial lembra visita de parentes distantes. Eles chegam quase sem avisar para um ...

Ver mais

O que vi e vivi nos dias de terror no Espírito Santo
Bruno Garschagen
Ciência Política
Isca Intelectual de Bruno Garschagen. O que aconteceu no Espírito Santo abre uma janela de oportunidade fabulosa para discutirmos temas fundamentais para a segurança da sociedade.

Ver mais

Carnaval: síntese da economia criativa
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Carnaval: síntese da economia criativa “A ‘Cadeia Produtiva do Carnaval’ pode ser traduzida num conceito formal de ‘Economia Criativa e Multidisciplinar’, pois lida com a interface entre ...

Ver mais

Quer mudar o mundo? Fale com seu chefe.

Quer mudar o mundo? Fale com seu chefe.

Adalberto Piotto - Olhar Brasileiro -

O escândalo da Volkswagen, acusada de usar a tecnologia em seus carros para fraudar os números reais das emissões de poluentes, é só a pequena parte revelada de um mundo corporativo carcomido pela falácia dos “valores” morais, do ego do marketing da pretensa responsabilidade social, da falsa gentileza entre parceiros e do lucro a qualquer custo proveniente do desavergonhado acordo entre chefes vorazes e funcionários comprometidos apenas com seus empregos.

Quantos subordinados, os reais executores, silenciaram-se para levar ou preservar alguma vantagem?

Quantos mais fazem o mesmo em outras atividades de outras empresas?

Qual a diferença do ponto de vista da honestidade entre o chefe mal intencionado e o funcionário que aceita executar o malfeito?

Qual a diferença entre o empregado que aceita ser desonesto porque pode perder o emprego e o empresário acusado da operação Lava Jato, por exemplo, que disse que topou pagar corrupção no esquema da Petrobras para não perder a empreitada?

Não há diferença! Nenhuma. Valores éticos não têm preço.

Por isso, nesse cenário corporativo, as exceções são poucas.

Menos do que você imagina e do que os discursos inflamados, sorrisos e tapinhas nas costas fazem prever.

Afinal, pra essa gente, a ética, a transparência, o meio ambiente e o futuro coletivo podem esperar.

Pra mudar o mundo, comece falando com seu chefe.

E com sua própria consciência.

Ver Todos os artigos de Adalberto Piotto