Iscas Intelectuais
O impacto das mídias sociais nas eleições
O impacto das mídias sociais nas eleições
Baixe a pesquisa da IdeiaBigdata que mostra o impacto ...

Ver mais

Síntese de indicadores sociais 2016 do IBGE
Síntese de indicadores sociais 2016 do IBGE
O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - ...

Ver mais

Silvio Santos, Zé Celso e o Oficina
Silvio Santos, Zé Celso e o Oficina
Uma reunião para ser objeto de estudo em qualquer aula ...

Ver mais

#TransgressaoEhIsso
#TransgressaoEhIsso
Transgredir é muito mais que pintar o rosto, urinar na ...

Ver mais

Café Brasil 613 – Biologia política
Café Brasil 613 – Biologia política
E aí? Você é de direita ou de esquerda? Se incomoda com ...

Ver mais

612 – O Efeito Genovese
612 – O Efeito Genovese
Em 1964, Kitty Genovese foi assassinada em Nova York. ...

Ver mais

611 – Momentos felizes
611 – Momentos felizes
Felicidade não existe. O que existe na vida são ...

Ver mais

610 – Abre-te Sésamo
610 – Abre-te Sésamo
Abre-te Sésamo é a frase mágica do conto de Ali-Babá e ...

Ver mais

LíderCast 109 – Romeo Busarello
LíderCast 109 – Romeo Busarello
LíderCast 109 - Hoje conversamos com Romeo Busarello, É ...

Ver mais

Lídercast 108 – Leandro Nunes
Lídercast 108 – Leandro Nunes
LíderCast 108 - Hoje conversamos com Leandro Nunes, um ...

Ver mais

Lídercast 107 – Lucia Bellocchio
Lídercast 107 – Lucia Bellocchio
Hoje conversamos com Lucia Bellocchio, uma jovem ...

Ver mais

LíderCast 106 – Labi Mendonça
LíderCast 106 – Labi Mendonça
LíderCast 106 - 106 - Hoje conversamos com Labi ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata - Temporada 02 Episódio 09 Quando ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 08 Já falei ...

Ver mais

Interpretações do Brasil X – As escolhas públicas e as instituições como pano de fundo
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Interpretações do Brasil X As escolhas públicas e as instituições como pano de fundo “Bons jogos dependem mais de boas regras do que de bons jogadores.” James Buchanan  Considerações iniciais A ...

Ver mais

O que aprender quando o futuro já era
Mauro Segura
Transformação
A minha experiência no ano passado mostrou que a história de viver cada dia como se fosse o último é uma baboseira. Aprendi que eu não preciso ter planos mirabolantes para ter uma vida digna, ...

Ver mais

MInha culpa é sua, camarada!
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
A tragédia do edifício que pegou fogo e desabou no Largo do Paissandu, em São Paulo, desvendou mais um bem bolado golpe; e golpe, novamente, travestido de “movimento social”: A máfia das invasões ...

Ver mais

O domínio esquerdista na dramaturgia brasileira
Bruno Garschagen
Ciência Política
Hoje, não há qualquer ameaça ao domínio da esquerda nas novelas, filmes, séries, teatro, programas de TV, jornalismo. Por isso a reação agressiva quando alguma obra fura a ditadura cultural.

Ver mais

Cafezinho 72 – Fake News 1
Cafezinho 72 – Fake News 1
Quem julga o juiz?

Ver mais

Cafezinho 71 – Reenquadre o hater
Cafezinho 71 – Reenquadre o hater
Reenquadre o otário e ele vira ouro. Reenquadre a ...

Ver mais

Cafezinho 70 – O Efeito Genovese
Cafezinho 70 – O Efeito Genovese
O comportamento de quem vê algo errado e nada faz a ...

Ver mais

Cafezinho 69 – Quatro Formas de Gastar Dinheiro
Cafezinho 69 – Quatro Formas de Gastar Dinheiro
Gastar nosso dinheiro conosco; nosso dinheiro com ...

Ver mais

Primeiro EU

Primeiro EU

Labi Mendonça - Iscas Anarquiscas -

É o primeiro dia, o começo de mais um. Hoje começam muitas coisas, e outras deveriam continuar.
Nos discursos, declarações, desejos, intensões, tudo parece indicar que baixou o maior sentimento de civilidade, de amor à pátria, de vontade séria de fazer o certo e o melhor. Todos os que se manifestaram, disseram que “agora sim”, “agora vai”, e que o coletivo está acima do individual. Hoje é o primeiro dia. O primeiro que marcará um momento. Eu neste momento imagino que lá no fundo, lá dentro, no íntimo da maioria, uma voz clama por um posicionamento: Primeiro Eu!
Egoistamente, o poder clama em cada um deles, esse bordão. No discurso, no papo, na postura externa, parece o contrário. Mas à medida que os dias forem sendo vencidos, mais e mais, veremos essa inversão se manifestar. Heróis e bandidos se misturam. Chamaram a heroína guerrilheira de bandida assassina, mas ela foi leita por duas vezes pelo processo democrático, e está assumindo o poder novamente. Na platéia, de ternos, elegantes, os maiores chefes de quadrilhas deste País. disfarçados de homens públicos, e eleitos pelo voto popular, que se opõem ao governo, que se arvoram de juízes da honestidade, todos tão venais e mancomunados com a corrupção que não conseguem fazer nada contra o que toma conta do País em todos os níveis de poder. A presidente prometeu lutar contra a corrupção. Eu acredito no verdadeiro desejo dela. Mas não acredito no restante que está lá no congresso, na Câmara, no Senado. Infelizmente, não acredito. Todos podres nos poderes. Para meus olhos e ouvidos é uma ofensa ver e ouvir ali no ambiente:
Sarney, Collor, Renan Calheiros, e tantos outros que nos anos passados provaram a sua venalidade. Esses não tem moral nem ficha limpa para combater nenhum dos outros. Por isso nunca se limpa o processo. Mas tive que ouvir e ver novamente essas pessoas nefastas. Travestidos de representantes do povo. Se lá estão eles, é o povo brasileiro que assim o quis. Triste realidade.
Não preciso aqui listar as promessas, intenções, posturas. Vimos e ouvimos tudo, todos os pronunciamentos. Eu continuarei atento, prestando muita atenção, desconfiado com tudo isso. O que eu tenho visto, nos anos anteriores é que eles provam: PRIMEIRO EU.
Nada mais tenho a dizer.

Ver Todos os artigos de Labi Mendonça