Assine o Café Brasil
Iscas Intelectuais
A rã e o escorpião
A rã e o escorpião
Isca intelectual de Luciano Pires, dizendo que é como ...

Ver mais

Fake News
Fake News
Isca intelectual lembrando da teoria dos Quatro Rês, ...

Ver mais

Matrizes da Violência
Matrizes da Violência
Isca intelectual lembrando que os presídios brasileiros ...

Ver mais

Mudei de ideia
Mudei de ideia
Isca intelectual de Luciano Pires incentivando que você ...

Ver mais

544 – Persuadível
544 – Persuadível
Podcast Café Brasil 544 - Persuadível. Vivemos numa ...

Ver mais

543 – Desengajamento moral
543 – Desengajamento moral
Podcast Café Brasil 543 - Desengajamento moral. Como é ...

Ver mais

542 – Tapestry
542 – Tapestry
Podcast Café Brasil 542 - Tapestry. Em 1971 uma cantora ...

Ver mais

541 – A festa do podcast
541 – A festa do podcast
Podcast Café Brasil 541 - A festa do Podcast. ...

Ver mais

LíderCast 056 – Paula Miraglia
LíderCast 056 – Paula Miraglia
LiderCast 056 - Hoje conversaremos com Paula Miraglia, ...

Ver mais

LíderCast 055 – Julia e Karine
LíderCast 055 – Julia e Karine
LiderCast 055 - Hoje vamos conversar com duas jovens ...

Ver mais

LíderCast 054 – Rodrigo Dantas
LíderCast 054 – Rodrigo Dantas
LiderCast 054 - Hoje vamos falar com o empreendedor ...

Ver mais

LíderCast 053 – Adalberto Piotto
LíderCast 053 – Adalberto Piotto
LiderCast 053 - Hoje vamos entrevistar Adalberto ...

Ver mais

045 – Recuperando do trauma
045 – Recuperando do trauma
Quando terminar o trauma, quando o Brasil sair deste ...

Ver mais

Vem Pra Rua!
Vem Pra Rua!
Um recado para os reacionários que NÃO vão às ruas dia ...

Ver mais

44 – Tudo bem se me convém – Palestra no Epicentro
44 – Tudo bem se me convém – Palestra no Epicentro
Apresentação de Luciano Pires no Epicentro em Campos de ...

Ver mais

43 – Gloria Alvarez – Sobre República e Populismo
43 – Gloria Alvarez – Sobre República e Populismo
Gloria Alvarez, do Movimento Cívico Nacional da ...

Ver mais

Metamorfose ambulante
Tom Coelho
Sete Vidas
“Se hoje eu sou estrela amanhã já se apagou. Se hoje eu te odeio amanhã lhe tenho amor.” (Raul Seixas)   Foram necessários 18 séculos para que a teoria geocêntrica, segundo a qual a Terra ...

Ver mais

A verdade inconveniente da política atual
Bruno Garschagen
Ciência Política
Isca Intelectual de Bruno Garschagen, lembrando que o risco imediato para o futuro do mundo não é a desgraça do populismo: é o casamento incestuoso entre a degradação da política de hoje com a ...

Ver mais

A força da vocação
Tom Coelho
Sete Vidas
“Eu nunca quis ser o maior ou o melhor. Queria apenas desenhar.” (Mauricio de Sousa)   Mônica, Cebolinha, Cascão, Magali. É quase impossível que estes personagens de histórias em quadrinhos ...

Ver mais

O caos no Rio de Janeiro tem muitos culpados. E uma explicação
Bruno Garschagen
Ciência Política
Isca intelectual de Bruno Garschagen, lembrando que o que está acontecendo neste momento no Rio de Janeiro revela que a relação do carioca com a política não mudou muito desde o final do século 19.

Ver mais

Pedido de ajuda

Pedido de ajuda

Jorge De Lima - Iscas Olhos&Alma -

Duas da manhã e o telefone toca. A voz desesperada não dizia muita coisa. Meio quieta, falando pouco, evasiva, tensa. Tensão no ar, misturando choro com desespero. Forte ansiedade expressa na fala rápida, na urgência de querer ajuda. Duas da manhã e a pessoa do outro lado diz que não aguenta mais, que não vê sentido na existência, que o mundo é cruel com quem está doente, que ninguém lhe entende e que  seria muito bom morrer…

Em um primeiro momento de intervenção em crise o que fazemos é acolher um paciente. Não importa sua história pregressa, de onde vem, o que passou para chegar a este estado. Neste primeiro momento de um tratamento o que fazemos é dar colo, ouvir, mostrar que vamos juntos encontrar uma solução para seu problema e que estamos juntos nesta jornada. Aqui não é espaço das teorias, mas do humano, do acolhimento, do olho no olho, da busca de serenidade.

Uma pessoa em crise normalmente está tensa, nervosa, nem sempre apresenta fala coerente, evidenciando um discurso truncado, podendo chorar e rir ao mesmo tempo. Dar colo, acolher pode salvar uma vida que em desespero faz besteira. Outro dia recebi um senhor de ar triste, que não dizia coisa com coisa, que não marcou horário e que passou e bateu na porta pedindo ajuda. Era dor e desespero, não sabia quem e o que buscava, ele  não aguentava mais o sofrimento em que vivia.

Nestes mais de 20 anos de prática profissional como analista e psicólogo clínico na lida diária com pacientes com depressão e outras doenças mentais, percebi que todos os pacientes avisam que estão com problemas e que a maior parte das pessoas ignora ou não leva a sério os avisos dados, e que muita coisa pior poderia ser evitada se as pessoas estivessem mais atentas a alguns sinais bem claros que descreverei:

A) quando a pessoa abandona as coisas que mais gosta de fazer. Quando deixa hábitos, o lazer ou o que lhe dava alegria e descontraia;

B) Fique atento a amigos que desaparecem, que somem sem explicações. A pessoa em crise tende a se isolar a evitar os outros;

C) Atenção a crises de irritabilidade, agressividade, apatia fora de contexto e ou fora de hora;

D) Extrema atenção caso algum conhecido comece a resolver coisas práticas da vida como fazer testamento, encerrar conta em banco, pedir demissão de emprego estável;

E) cuidado com quem fala muito de morte dizendo que ela não é tão ruim assim.

Estes são alguns pontos iniciais que juntos dão indicativo claro que a pessoa está com problemas e que necessita de ajuda urgente. Na dúvida não arrisque, procure ajuda de um profissional o mais rápido possível. E se quiser ajudar acolha com carinho. Um dia quem pode precisar é você!

Ver Todos os artigos de Jorge De Lima