Iscas Intelectuais
Educação adulta
Educação adulta
Preocupados demais com a educação de nossos filhos, ...

Ver mais

É tudo soda
É tudo soda
Isca intelectual de Luciano Pires lembrando que ...

Ver mais

A selhófrica da pleita
A selhófrica da pleita
Isca intelectual de Luciano Pires tratando do nonsense ...

Ver mais

Freestyle
Freestyle
Isca Intelectual de Luciano Pires dizendo que quando ...

Ver mais

571 – Fala sério
571 – Fala sério
Podcast Café brasil 571 - Fala Sério - Todo povo tem o ...

Ver mais

Café Brasil Curto 12 – Viver do passado
Café Brasil Curto 12 – Viver do passado
Que triste sina. Em vez de aprender com o passado, ...

Ver mais

Café Brasil Curto 11 – Os mais vivos
Café Brasil Curto 11 – Os mais vivos
Os vivos serão sempre, e cada vez mais, governados ...

Ver mais

570 – LíderCast 6
570 – LíderCast 6
Hoje apresentamos nosso elenco de convidados da ...

Ver mais

LíderCast 073 Lucas Mendes
LíderCast 073 Lucas Mendes
LíderCast 073 Lucas Mendes está à frente da implantação ...

Ver mais

LíderCast 072 Oscar Maroni
LíderCast 072 Oscar Maroni
Oscar Maroni se identifica como “dono de uma empresa ...

Ver mais

LíderCast 071 Bene Barbosa
LíderCast 071 Bene Barbosa
LíderCast 071 Bene Barbosa é um dos mais ferrenhos ...

Ver mais

LíderCast 070 – Alexandre Barroso
LíderCast 070 – Alexandre Barroso
Hoje conversamos com Alexandre Barroso, num programa ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata - Temporada 02 Episódio 09 Quando ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 08 Já falei ...

Ver mais

A Era da Integração
Tom Coelho
Sete Vidas
“Eu sou eu mais as minhas circunstâncias.” (José Ortega y Gasset)   Um dia você apanha um velho álbum de fotografias e começa a revisitar seu passado. Entre as imagens registradas nas fotos ...

Ver mais

Nas redes sociais, você é o que publica
Mauro Segura
Transformação
A facilidade e a displicência com que publicamos algo numa rede social são incríveis. As vezes publicamos coisas que não entendemos bem e nem temos consciência do impacto que causamos.

Ver mais

Abaixo a polícia, viva o bandido!
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
Não, pára. Tudo bem que nós, viventes dessa nau dos insensatos chamada Brasil, estamos com o couro grosso de tanta asneira, e achávamos que discursos de Dilma seriam o ápice da fronteira entre a ...

Ver mais

O Festival de Besteira que Assola a Esquerda Brasileira
Bruno Garschagen
Ciência Política
Diante da condenação por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, intelectuais, professores, artistas, estudantes e os demais suspeitos de sempre negam que Lula tenha cometido os crimes pelos ...

Ver mais

Os humanos insistem em dar certo na Terra. Os humanos.

Os humanos insistem em dar certo na Terra. Os humanos.

Adalberto Piotto - Olhar Brasileiro -

Diante da foto do policial turco tirando o corpo de um menino sírio da praia, li mais de um comentário de quem questiona a humanidade na Terra.

O impacto em si de tamanha tragédia humana em formato infantil supera qualquer outra dor. Isso é a nossa humanidade quem diz.

Por isso, não sinto dor menor que a de quem, revoltado diante da foto, questiona o projeto humano, o homem.

Dói igual. É preciso e importante pra mim deixar isso claro. Não haveria como ser diferente diante desse dolorido caso.

Mas o policial que, compadecido e solidário, tira o corpo do menino da praia é humano.

É preciso enxergar esse lado. O lado de quem se mobiliza.

Por isso são muito humanos os outros humanos ativistas que lutam na Europa para tentar abrigar os desabrigados foragidos de regimes fascistas que tem líderes aparentemente humanos.

Além dos exércitos de humanos que combatem o Estado Islâmico.

Ou os médicos sem fronteiras, os humanistas e os integrantes dos vários serviços humanitários que tentam salvar e assistir humanos.

Se na história teve Hitler, teve Schindler também.

Se teve a SS, teve o exército alemão do coronel Stauffenberg.

O ser humano, permita-me, não deu errado. Apenas luta para mais gente dar certo e corrigir desvios.

E precisaremos os de bem insistir sempre para continuarmos a ser maioria.

A dor que esta foto traz do menino morto é de algo desumano.

Extremamente desumano.

Ver Todos os artigos de Adalberto Piotto