Iscas Intelectuais
Silvio Santos, Zé Celso e o Oficina
Silvio Santos, Zé Celso e o Oficina
Uma reunião para ser objeto de estudo em qualquer aula ...

Ver mais

#TransgressaoEhIsso
#TransgressaoEhIsso
Transgredir é muito mais que pintar o rosto, urinar na ...

Ver mais

Vem aí o Cafezinho
Vem aí o Cafezinho
Nasce nesta segunda, 4/9 o CAFEZINHO, podcast ...

Ver mais

Educação adulta
Educação adulta
Preocupados demais com a educação de nossos filhos, ...

Ver mais

591 – Alfabetização para a mídia
591 – Alfabetização para a mídia
Hoje em dia as informações chegam até você ...

Ver mais

590 – O que aprendi com o câncer
590 – O que aprendi com o câncer
O programa de hoje é uma homenagem a uns amigos ...

Ver mais

589 – A cultura da reclamação
589 – A cultura da reclamação
Crianças mimadas, multiculturalismo, politicamente ...

Ver mais

588 – Escola Sem Partido
588 – Escola Sem Partido
Poucos temas têm despertado tantas paixões como a ...

Ver mais

LíderCast 90 – Marcelo Ortega
LíderCast 90 – Marcelo Ortega
Marcelo Ortega, palestrante na área de vendas, outro ...

Ver mais

LíderCast 89 – Bruno Teles
LíderCast 89 – Bruno Teles
Bruno Teles, um educador que sai de Sergipe para se ...

Ver mais

LíderCast 88 – Alfredo Rocha
LíderCast 88 – Alfredo Rocha
Alfredo Rocha, um dos pioneiros no segmento de ...

Ver mais

LíderCast 087 – Ricardo Camps
LíderCast 087 – Ricardo Camps
Ricardo Camps, empreendedor e fundador do Tocalivros, ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata - Temporada 02 Episódio 09 Quando ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 08 Já falei ...

Ver mais

Tolerância? Jura?
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
Engraçada essa tal “tolerância” que pregam por aí, por dois simples motivos: 1) é de mão única e 2) pretende tolher até o pensamento do indivíduo. Exagero? Não mesmo. Antes que algum ...

Ver mais

Ensaio sobre a amizade
Tom Coelho
Sete Vidas
“A gente só conhece bem as coisas que cativou. Os homens não têm mais tempo de conhecer coisa alguma. Compram tudo prontinho nas lojas. Mas como não existem lojas de amigos, os homens não têm ...

Ver mais

Um reino que sente orgulho de seus líderes
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Um reino que sente orgulho de seus líderes  Victoria e Abdul   Uma vez mais, num curto espaço de tempo, o cinema nos brinda com um filme baseado na história de uma destacada liderança britânica. ...

Ver mais

O que aprendi com o câncer
Mauro Segura
Transformação
Esse é o texto mais importante que escrevi na vida. Na ponta da caneta havia um coração batendo forte. Todo o resto perto a importância perto do que vivemos ao longo desse ano.

Ver mais

Cafezinho 27 – Planos ou esperanças
Cafezinho 27 – Planos ou esperanças
Tem gente que, em vez de planos, só tem esperança.

Ver mais

Cafezinho 26 – Brasil Futebol Clube
Cafezinho 26 – Brasil Futebol Clube
Não dá para ganhar um jogo sem acreditar no time.

Ver mais

Cafezinho 25 – Podres de mimados 2
Cafezinho 25 – Podres de mimados 2
O culto do sentimento destrói a capacidade de pensar e ...

Ver mais

Cafezinho 24 – Não brinco mais
Cafezinho 24 – Não brinco mais
Pensei em não assistir mais, até perceber que só quem ...

Ver mais

Onde seus valores encontram a sua carreira?

Onde seus valores encontram a sua carreira?

Waleska Farias - Iscas Liderança -

Existem dois momentos cruciais na vida de cada pessoa. O primeiro é quando ela nasce. O outro é quando ela descobre o que dá sentido à sua existência e a partir daí começa a criar sua realidade em convergência com o que quer e com quem, realmente, é para, então, exercer de modo consciente a gestão da sua trajetória profissional.

 

Através das interfaces do coaching é possível perceber que muitas pessoas dedicam parte das suas vidas à efetivação de graduações e especializações, mas não conseguem construir uma trajetória profissional de sucesso por não serem capazes de identificar seus valores e conjugá-los à sua missão de vida.

Sem ter uma clara percepção de si mesmo e dos valores e habilidades pelos quais você é definido, fica difícil estabelecer um diferencial que possibilite a construção da autenticidade que gera a credibilidade e sustenta a reputação.

Valores indicam talentos que por sua vez ilustram a missão que orienta e sustenta a finalidade da existência: O que cada indivíduo se propõe a fazer e para quem, promovendo a construção de uma imagem consistente do que pode realizar.

Todo ser humano precisa ter um sentido que sustente suas decisões e o ajude a ser fiel aos seus propósitos na conquista da motivação necessária para seguir um caminho que o leve ao encontro do porque da sua existência e o permita viver e produzir no “melhor de si”.

Somente a partir da percepção dos próprios valores é que o profissional chega ao significado da sua missão e conquista a plenitude por trabalhar na condição de como é melhor, alcançando seus objetivos não por imposição da convenção de sucesso, mas por ser único na disposição do que é em essência pela escolha de ser feliz.

A construção do sucesso no plano de gestão de carreira é um processo individual e diretamente proporcional à legitimação do desejo de cada um na satisfação única de conjugar sua vida pessoal e profissional pela validação dos valores intrínsecos aos sonhos e aspirações.

Sem mais perda de tempo, identifique seus valores, encontre-se e reposicione-se. Retome as rédeas da sua vida para suas mãos:

  1. Defina o significado da sua carreira.
  2. Investigue suas reais necessidades e aspirações/inspirações.
  3. Identifique seus objetivos e alinhe-os ao seu querer.

Enxergue-se como autor e não refém da sua história e determine-se na disposição de efetivar como realidade o que você acredita ser o seu ideal de vida.

Waleska Farias.
Coaching, Gestão de carreira e Imagem

Ver Todos os artigos de Waleska Farias