Iscas Intelectuais
Como decidi em quem votarei para Presidente
Como decidi em quem votarei para Presidente
Não sei se estou certo, não fui pela emoção, não estou ...

Ver mais

Democracia, Tolerância e Censura
Democracia, Tolerância e Censura
O que distingue uma democracia de uma ditadura é a ...

Ver mais

O dia seguinte
O dia seguinte
Com o aumento considerável do mercado de palestrantes ...

Ver mais

Fact Check? Procure o viés.
Fact Check? Procure o viés.
Investigar o que é verdade e o que é mentira - com base ...

Ver mais

635 – De onde surgiu Bolsonaro?
635 – De onde surgiu Bolsonaro?
O pau tá quebrando, a eleição ainda indefinida e nunca ...

Ver mais

634 – Me chama de corrupto, porra!
634 – Me chama de corrupto, porra!
Cara, que doideira é essa onda Bolsonaro que, se você ...

Ver mais

633 – Ballascast
633 – Ballascast
O Marcio Ballas, que é palhaço profissional, me ...

Ver mais

632 – A era da inveja
632 – A era da inveja
Uma pesquisa de 2016 sobre comportamento humano mostrou ...

Ver mais

LíderCast 128 – Leide Jacob
LíderCast 128 – Leide Jacob
Empreendedora cultural e agora cineasta, que ...

Ver mais

LíderCast 127 – Lito Rodriguez
LíderCast 127 – Lito Rodriguez
Empreendedor, criador da DryWash, outro daqueles ...

Ver mais

LíderCast 126 – Alexis Fonteyne
LíderCast 126 – Alexis Fonteyne
Empresário criativo e agora candidato a Deputado ...

Ver mais

LíderCast 125 – João Amoêdo
LíderCast 125 – João Amoêdo
Decidimos antecipar o LíderCast com o João Amoêdo ...

Ver mais

046 – Para quem vai anular o voto
046 – Para quem vai anular o voto
Fiz um vídeo desenhando claramente o que acontece com ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata - Temporada 02 Episódio 09 Quando ...

Ver mais

Marxistas brasileiros vivem espécie de alucinação coletiva recorrente
Carlos Nepomuceno
O jornal Folha de São Paulo publica um artigo feita por uma petista confessa: Ver aqui: https://www.facebook.com/carlos.nepomuceno/posts/10156853246303631 …sem nenhum fato, baseado em ...

Ver mais

Sempre, sempre Godwin
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
O advogado Mike Godwin criou em 1990 a seguinte “lei” das analogias nazistas: “À medida que uma discussão online se alonga, a probabilidade de surgir uma comparação envolvendo Adolf Hitler ou os ...

Ver mais

É mais fácil seguir o grupo
Jota Fagner
Origens do Brasil
Existe uma crença muito difundida de que a história humana avança em etapas gradativas e que culminará numa revolução transformadora. O tipo de revolução muda conforme o viés ideológico. A ...

Ver mais

Bolsonaro e Transformação Digital
Carlos Nepomuceno
Vivemos o início de Revolução Civilizacional na qual ao se plantar um "pé de cooperativa de táxi" por mais que se tome litros de Design Thinking não nasce nunca um Uber.

Ver mais

Cafezinho 116 – Os demônios brochadores
Cafezinho 116 – Os demônios brochadores
O que vem por aí? Uma mudança ou nova brochada?

Ver mais

Cafezinho 115 – Um voto não vale uma amizade
Cafezinho 115 – Um voto não vale uma amizade
Não gaste sua energia e seu tempo precioso de vida ...

Ver mais

Cafezinho 114 – E se?
Cafezinho 114 – E se?
Mudanças só acontecem quando a crise que sofremos for ...

Ver mais

Cafezinho 113 – Merdades e Ventiras
Cafezinho 113 – Merdades e Ventiras
Conte até dez antes de compartilhar uma merdade

Ver mais

O livro dos Porquês.

O livro dos Porquês.

Bárbara Stock -

A rotina empreendedora está longe de ser rotina. Na verdade, ser empreendedor, empreendedor mesmo, daqueles raiz, sabe? é não ter rotina, é saber conviver com as solidões, as viagens loucas, a estrada, o ar, os livros e aprender a ter como melhor amigo o celular e o notebook que você carrega pra cima e pra baixo. Nessa falta de rotina, milhares de vezes penso em desistir. Agora mesmo, escrevendo esse texto, me lembrei que mais cedo, na estrada em mais uma viagem de trabalho, pensei em desistir.

O sucesso, sem dúvidas, é um caminho árduo, longo, solitário e para mim o segredo é justamente como você lida com isso. Como você lida com seus estresses, como lida com a pressão, como lida com o “tá tudo errado”.

E por que estou falando isso? Primeiro, porque como sempre digo, nós pais somos um espelho para nossos filhos e não existe jeito de educar a não ser sendo o que você quer que seu filho seja, tendo as qualidades que você espera para ele. Ser empreendedor, antes de qualquer coisa é ser alguém que não desiste independente do status quo. Digo isso à exaustão porque sei o quanto pode ser difícil viver esse estilo de vida. Significa não parar, NUNCA, mesmo que tudo e TODOS estejam contra você. Mesmo que você esteja completamente só e que as contas que precisa acertar são as que você tem consigo mesmo e com o travesseiro, depois de um longo dia de trabalho e muitas tentativas.

Ser empreendedor, é saber que mudanças acontecem rápido e estar sempre preparado para elas. É saber que nada na vida tem garantias. É se jogar com o coração cheio de amor, os olhos cheios de brilho e o corpo cheio de tesão, mesmo quando você tem todos os motivos para jogar a toalha e pedir arrego. Não arregue! Não abaixe a cabeça! Não desista de seus planos.

Mude sua estratégia.

Há pouco tempo tive a oportunidade de conhecer (pela internet) um pai desses, espelho para o filho, um pai que desde sempre ensina seu filho que quem quer, corre atrás, que quem realmente quer, arruma um jeito. E com isso nasceu o pequeno grande empreendedor Daniel, filho do professor universitário Guga Pessoas.

Daniel, de 6 anos, queria um videogame.

“- Papai, mamãe, quero um videogame? Nos pediu, Daniel.

Quando dissemos que não iríamos comprar, ele falou que não é justo termos o nosso dinheiro e ele não. Em seguida perguntou, como poderia ganhar o dinheiro dele.

Dá para acreditar?

Pois é, fomos pegos de surpresa. Explicamos um pouco da relação trabalho x salário, esforço x fazer dinheiro. E depois disso:

– Escreva um livro. Foi a sugestão que nos veio à cabeça, para que uma criança de 6 anos possa fazer dinheiro.

– Me ajude que escrevo. Respondeu ele, para mais uma vez nos surpreender e mostrar que estava determinado.

A resposta dele nos fez perceber que estamos no caminho certo, queremos ensinar aos nossos filhos atitudes e pensamentos empreendedores, isso não quer dizer, que esperamos que eles abram um negócio e se tornem empresários. SER EMPREENDEDOR é muito mais amplo do que isso: é tomar as rédeas da sua vida; é ter atitude; é ir buscar e conseguir o que quer; é não ficar esperando as coisas acontecerem.”

Nesse trecho eu reproduzi o depoimento orgulhoso dos pais Guga e Marcella. E a ilustração deste post é a capa do e-book Daniel & suas histórias. Livro I – O Livro dos porquês.

livro daniel

O Lançamento oficial foi na feira do Livro da Escola Avançar, dia 14 de abril de 2018, mas já está à venda por apenas R$ 5,00. O primeiro livro de um pequeno empreendedor com 6 anos de idade.

O que é possível depreender dessa história?

Primeiro: a criança pediu e não recebeu de mão beijada.

Segundo: os pais não disseram apenas “não”, mas apontaram um caminho.

Terceiro: o caminho não foi apenas uma tarefa automática tipo “venda sua bicicleta”, mas sim “crie alguma coisa que tenha valor”.

Quarto: quando a criança disse que precisava de ajuda, os pais deram

Quinto: é evidente que não foi a criança que publicou na Amazon, mas os pais. E assim deram à ela a oportunidade de acompanhar o processo (espelho) e compreender que sim, é possível criar algo e ter esse algo ofertado à muitas pessoas.

Imagine a cabecinha do Daniel ao ver sua criação publicada e, mais ainda, sendo lançada oficialmente para outras pessoas?

E o mais legal foi saber que a inspiração para o Guga educar seus filhos para desenvolver competências empreendedoras, foi uma inspiração que veio do #Lidercast do Café Brasil com o Luciano Pires entrevistando a mim!

Se você se interessar, o livro do Daniel está à venda na Amazon (https://amzn.to/2IdTccB).

Essa pequena e simples história de empreendedorismo infantil é uma das que me motiva a continuar com meu propósito de educar crianças e jovens empreendedores.

Parabéns ao Guga por criar esse pequeno grande ser humano de 6 anos que já sabe que quando quer algo da vida, tem que sair atrás de um jeito de conseguir.

Ver Todos os artigos de Bárbara Stock