Iscas Intelectuais
Silvio Santos, Zé Celso e o Oficina
Silvio Santos, Zé Celso e o Oficina
Uma reunião para ser objeto de estudo em qualquer aula ...

Ver mais

#TransgressaoEhIsso
#TransgressaoEhIsso
Transgredir é muito mais que pintar o rosto, urinar na ...

Ver mais

Vem aí o Cafezinho
Vem aí o Cafezinho
Nasce nesta segunda, 4/9 o CAFEZINHO, podcast ...

Ver mais

Educação adulta
Educação adulta
Preocupados demais com a educação de nossos filhos, ...

Ver mais

587 – Podres de Mimados
587 – Podres de Mimados
Você já reparou como estão mudando os padrões morais, ...

Ver mais

586 – LiderCast 7
586 – LiderCast 7
E o LíderCast vai para a sétima temporada! No programa ...

Ver mais

585 – Tolerância e relativismo
585 – Tolerância e relativismo
Quando aceitamos o relativismo, cada pessoa tem direito ...

Ver mais

Café Brasil 584 – O muitos e o um
Café Brasil 584 – O muitos e o um
Que loucura é essa na qual embarcamos? As pessoas estão ...

Ver mais

LíderCast 087 – Ricardo Camps
LíderCast 087 – Ricardo Camps
Ricardo Camps, empreendedor e fundador do Tocalivros, ...

Ver mais

LíderCast 086 – Gustavo Succi
LíderCast 086 – Gustavo Succi
Gustavo Succi, é especialista em empreendedorismo na ...

Ver mais

LíderCast 085 William Polis
LíderCast 085 William Polis
William é um daqueles empreendedores que a gente gosta: ...

Ver mais

LíderCast 084 Rodrigo Azevedo
LíderCast 084 Rodrigo Azevedo
LiderCast 084 – Rodrigo Azevedo – Rodrigo Azevedo é ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata - Temporada 02 Episódio 09 Quando ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 08 Já falei ...

Ver mais

A história secreta da criatividade
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
A história secreta da criatividade  Leitura com elevada agregação de conhecimento “Montar uma organização criativa é difícil, mas mantê-la criativa é muito mais. Por quê? Porque todo paradigma ...

Ver mais

Sobre uma incrível oportunidade que perdi na vida
Mauro Segura
Transformação
Nem sempre é fácil avaliarmos as oportunidades que a vida coloca diante de nós, principalmente quando somos muito jovens. Essa é uma história que nunca contei para ninguém, diz respeito a uma ...

Ver mais

Aplicando 5S na vida pessoal
Tom Coelho
Sete Vidas
“Com organização e tempo, acha-se o segredo de fazer tudo, e fazer bem-feito.” (Pitágoras)   Em Administração, utilizamos um expediente importado lá do Oriente, mais precisamente do Japão ...

Ver mais

Irmãos cara de pau
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
Tudo bem, o Brasil todo tá cansado de saber que ministério é apenas moeda de troca política; bons tempos em que servia só para alavancar os assuntos, prioridades e planejamento de cada pasta. ...

Ver mais

Cafezinho 20 – A professora
Cafezinho 20 – A professora
imagine se milhares, milhões de brasileiros pensassem ...

Ver mais

Cafezinho 19 – Mia Couto
Cafezinho 19 – Mia Couto
Mia Couto fala de umas coisas que têm sido esquecidas: ...

Ver mais

Cafezinho 18 – Indicativa x Impositiva
Cafezinho 18 – Indicativa x Impositiva
Indicativa x impositiva. Uma palavrinha muda tudo...

Ver mais

Cafezinho 17 – Oportunismo disciplinado
Cafezinho 17 – Oportunismo disciplinado
Oportunismo disciplinado. Mais que os 60% de ...

Ver mais

Ô, dona Maria…

Ô, dona Maria…

Fernando Lopes - Iscas Politicrônicas -

Dona Maria… olha, pode ficar sossegada. Ninguém, nem mesmo os mais ferrenhos inimigos do lulismo, essa religião maligna que vocês abraçam, vai defender as pessoas que fizeram aquela sujeira com a sua filha. Foi uma coisa ruim, e coisas ruins devem ser reprimidas, claro.

Talvez tenha sido um crime; embora sua filha tenha postado livremente as fotos, não se deve expô-las – muito menos acompanhadas de comentários degradantes. Isso é coisa reprovável ao extremo, e pode ser crime.

E é justamente aí que a história da senhora fica muito enrolada.

Pra quem não tá sabendo o que ocorreu, segue um briefing jornalístico, ou ao menos com esse caráter: Há poucos dias, pessoas (ainda não identificadas) copiaram fotos que a filha da nobre deputada lulista Maria do Rosário, essa empedernida, destemida, resoluta e invencível defensora de Lula & turminha, postou numa rede social. Ao que parece, a mocinha tem problemas de magreza ou algo do gênero, e foram feitas alusões a uso de drogas e doenças. O ato é absurdo. Não se faz isso com ninguém, muito menos com uma adolescente. O caso, devidamente noticiado, foi meio abafado pelo furor carnavalesco e pelas balas perdidas (algumas achadas por turistas inocentes) no Rio.

A reação da deputada foi firme. Em nota, botou a polícia federal, a civil, a CIA, bombeiros, FBI, Mossad, escoteiros, o agente 86, Força Aérea, exército bolivariano, fantasma de Fidel Castro, e, se der, até o Harry Potter pra prender, esfolar, capar e aplicar umas 30 penas de morte seguidas nesses que ela classifica como “bandidos”. Confira: http://congressoemfoco.uol.com.br/noticias/maria-do-rosario-vai-a-pf-para-punir-responsaveis-por-exibicao-de-fotos-intimas-da-filha/

Pois é, dona Maria. A senhora é a versão mais explícita do ditado que ensina que pimenta nos aconchegos alheios é refresco.

Afinal, a senhora passou anos, décadas, rugindo contra as polícias, acusando-as de torturadoras, ineficientes, e que só prendem pretos e pobres. E hoje “exige” tudo dessas mesmas polícias. Pois é.

Outro fato muito interessante: A senhora e seus cumpanhêro sempre classificaram as prisões como verdadeiros calabouços, masmorras que serviriam apenas como escolas do crime. Não seria o caso, então, de perdoar essas pessoas, se é que eles de fato cometeram algum crime?

Pior: desde o dilúvio, a senhora insiste que os criminosos, na verdade, não são exatamente criminosos. São apenas vítimas de uma sociedade machista, capitalista, higienista, e sei lá mais quantos “istas”. Portanto, seguindo seu amoroso conselho, não tenha o coração peludo… entenda que essas pessoas são apenas outras vítimas da sociedade, e que foram levadas a fazer isso. Enfim, essa coisa de culpa difusa que vocês do lulismo conhecem muito bem.

Bom, fosse em Cuba o acontecido, envolvendo algum membro do partido comunista, os sujeitos seriam fuzilados em praça pública junto com suas famílias; e a senhora, sempre tão atenta aos direitos humanos, não daria nem um pio. Como nunca deu diante das atrocidades cubanas.

Em 2003 a senhora foi às lágrimas defendendo Champinha. Lembra-se? A senhora classificou aquele monstro, assassino, torturador e estuprador, como “criança”. Uma das vítimas desse bandido imundo se chamava Liana Friedenbach, e tinha apenas 16 anos – a mesma idade de sua filha hoje – quando foi selvagemente torturada, estuprada vários dias, e assassinada. A senhora correu a defender esse lixo em forma de gente. Se as pessoas que replicaram as fotos de sua filha forem menores, a senhora será tão condescendente de novo? Ou será que quando a filha é da senhora a regra é outra, e Talião se sobrepõe? Ou o mero uso de fotos de uma menor vestida, sem expô-la a nada muito grave, é mais punível que tortura, estupro reiterado e assassinato duplo? Pense nisso.

Mas, vá lá, dona Maria. Vamos supor que essa polícia que a senhora tanto despreza, esse judiciário que a senhora odeia por “perseguir” seu chefe e seus camaradas, e essas cadeias que a senhora abomina, tudo e todos corrompidos pela classe média capitalista-ista-ista-ista que lhe causa náuseas… enfim, que tudo funcione bem, e essas pessoas sejam identificadas, julgadas, condenadas e punidas – SE é que cometeram algum crime. O que será delas depois de cumpridas eventuais penas?

A senhora sempre afirmou que os presos devem ser acolhidos como amor e carinho; seja nas tais “saidinhas” ou ao fim da pena, eles devem ser tratados com muito afeto, calor humano! Assim sendo, a senhora poderá abrigá-los em sua casa quando forem libertados… peeeeeeeeeeensa numa ideia ótima!

Olha, dona Maria… se tudo der certo (ou errado, dependendo do ponto de vista), e se a senhora for fiel às suas ideias inacreditavelmente malucas, vai acabar dando uma surra em sua filha por ter “causado” tudo isso contra as verdadeiras “vítimas”, que hoje a senhora pretende punir. Se Champinha merecia o perdão, essas pessoas que replicaram fotos públicas de uma adolescente vestida, de uma rede social na qual ela própria postou, merecem o quê? Um Chicabon e um tapinha nas costas? Vivo, o grande João Ubaldo Ribeiro diria novamente que, com perdão aos latinistas, alieno culo piper refrigerium est.

Culpa da sociedade – sacumé, dona.

Ver Todos os artigos de Fernando Lopes