Iscas Intelectuais
1964 – O Brasil entre armas e livros
1964 – O Brasil entre armas e livros
Um documentário para ser visto como outro ângulo pelo ...

Ver mais

Os Podcasts Café Brasil Musicais
Os Podcasts Café Brasil Musicais
Música é uma de nossas grandes paixões, por isso de ...

Ver mais

#DicaNetFlix Trotsky
#DicaNetFlix Trotsky
É uma série de terror. Tem assassinos em série, ...

Ver mais

Visualizando as estruturas do discurso do Portal Café Brasil
Visualizando as estruturas do discurso do Portal Café Brasil
Se você se aproximar do Café Brasil, prepare-se para ...

Ver mais

661 – A teoria do valor subjetivo
661 – A teoria do valor subjetivo
O mercado é o resultado da interação entre milhões de ...

Ver mais

660 – Na esquina da sua casa
660 – Na esquina da sua casa
Não espere que o Estado se preocupe com o indivíduo. O ...

Ver mais

659 – Empreendedorismo no Palco
659 – Empreendedorismo no Palco
Muitos anos atrás, acho que uns 20, fui convidado para ...

Ver mais

658 – Chá com a gente
658 – Chá com a gente
Este programa reproduz a edição especial do Podcast Chá ...

Ver mais

LíderCast 149 – Ronaldo Tenório
LíderCast 149 – Ronaldo Tenório
Empreendedor, que vem lá do nordeste para mudar a vida ...

Ver mais

LíderCast 148 – Bruno Busquet
LíderCast 148 – Bruno Busquet
CEO da Tupiniq,In Inside Out Agency e president do ...

Ver mais

LíderCast 147 – Sherlock Gomes
LíderCast 147 – Sherlock Gomes
Músico, um guitarrista e baixista excepcional cuja ...

Ver mais

LíderCast 146 – Cândido Pessoa
LíderCast 146 – Cândido Pessoa
Um intelectual, professor no Paradigma centro de ...

Ver mais

Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Um bate papo entre Adalberto Piotto, Carlos Nepomuceno ...

Ver mais

046 – Para quem vai anular o voto
046 – Para quem vai anular o voto
Fiz um vídeo desenhando claramente o que acontece com ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

CAPITULO 2 – AS DEZ CATEGORIAS DO SER (parte 6)
Alexandre Gomes
Eu tenho que ser sincero com você guria (ou velhinho…) esta parte do segundo capítulo será bem chata, pois iremos tratar de algo realmente formal e de certa forma, burocrático: as Dez ...

Ver mais

Que falta faz Roberto Campos!
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Que falta faz Roberto Campos!  Homenagem em três livros “O bem que o Estado pode fazer é limitado; o mal, infinito. O que ele nos pode dar é sempre menos do que nos pode tirar.” Roberto Campos ...

Ver mais

O copo, a água e o STF
Carlos Nepomuceno
RESUMO DA LIVE: LIVE COMPLETA: https://web.facebook.com/carlos.nepomuceno/videos/10157256876268631 RESUMO DAS LIVES ANTERIORES: https://www.youtube.com/playlist?list=PL7XjPl0uOsj8TxfUISqzcl4YrxYBC0vOw

Ver mais

O Rock, Bruce Springsteen e uma lição sobre liderança!
Jeison Arenhart De Bastiani
Outro dia assisti boquiaberto algo que não sei muito bem como descrever, mas posso afirmar que foi incrível e vou contar para você como um músico (que confesso não acompanhar muito) me deu uma ...

Ver mais

Cafezinho 169 – O silêncio das pedras
Cafezinho 169 – O silêncio das pedras
Há silêncios e silêncios. Há o silêncio das pedras. Há ...

Ver mais

Cafezinho 168 – O que nos define
Cafezinho 168 – O que nos define
O que nos define são os adversários que vencemos.

Ver mais

Cafezinho 167 – Monstros da negatividade
Cafezinho 167 – Monstros da negatividade
“O otimista é o pessimista bem informado”, lembra ...

Ver mais

Cafezinho 166 – O nobre
Cafezinho 166 – O nobre
Este Brasil de 2019 é muito diferente daquele de 2015.

Ver mais

Marxistas brasileiros vivem espécie de alucinação coletiva recorrente

Marxistas brasileiros vivem espécie de alucinação coletiva recorrente

Carlos Nepomuceno -
O jornal Folha de São Paulo publica um artigo feita por uma petista confessa:

Ver aqui:
https://www.facebook.com/carlos.nepomuceno/posts/10156853246303631

…sem nenhum fato, baseado em suposições.

A essa matéria que foi criada sem nenhum critério jornalístico, passa a se chamar “escândalo”.

Vejamos a definição:

Escândalo: “indignação, perplexidade ou sentimento de revolta provocados por >>>> ato <<<<< que viola convenções morais e regras de decoro.”

Note bem que se fala de ATO e não de suposição de ATO, só podemos nos escandalizar por algo que foi feito, acontecido, e não por algo que achamos que ocorreu.

Estamos escandalizado pela suposição de algo que ocorreu ou que vai ocorrer, mas não por que ocorreu!

Não se sabe quem fez, como fez, que impacto teve na campanha, que tipo de fake news foi feita (qual foi a que colou e a que não colou) e que teria prejudicado o Haddad, ao ponto de ter criado uma distorção na campanha.

Que dados existem que comprovam, qual a relação disso com o candidato, em que momento, quais os fatos que corroboram tal ATO?

Mas, como vivemos na ILHA DA FANTASIA MARXISTA estamos “escandalizados”.

Note que toda vez que os marxistas brasileiros são obrigados a lidar com a realidade (impeachment, prisão do Lula e agora a eleição do Bolsonaro) precisam criar uma espécie de:

ALUCINAÇÃO NA TERRA DO NUNCA

Todos em uníssono vão para determinada ilha e ficam, entre eles, repetindo determinada palavra diversas vezes, golpe, golpe, golpe, lula livre, lula livre, fraude, fraude, fraude.

A alucinação dura o tempo em que a realidade se mostra real e no momento seguinte se precisa de mais uma dose de RIVOTRIL IDEOLÓGICO para poder continuar a VIAGEM.

Vivemos no Brasil um fenômeno de alucinação coletiva que é um case e tanto para quem trabalha com o tema.

Tal alucinação se alastrou para setores, tais como a imprensa do país e do exterior, que antes ainda contavam com algum prestígio, intelectuais do brasil e fora, ONU, OEA.

Aos poucos, fomos descobrindo que mais e mais pessoas ALUCINADAS estavam entre nós, apenas em estágio de ALUCINAÇÃO PASSIVA, que sai para a ATIVA, quando sentem que a realidade vai tirá-los do castelo imaginário que criaram – com salários, impostos, incentivos, bolsas, etc pagos por nós.

O que me assusta não é o fato de estarmos descobrindo isso AGORA, mas de estarmos descobrindo isso TÃO TARDE.

Estes malucos foram governo por DUAS DÉCADAS e nós achávamos que eram pessoas razoáveis e “normais”.

Há muito que fazer para que o Brasil passe de País TOTALMENTE tomado por esta ideologia primitiva e tribal e entre FINALMENTE na sociedade contemporânea, na qual a máxima é “todos são iguais perante a lei, inclusive o Maluf, o Temer, o Aécio e o Lula, mesmo sendo guerreiro do povo brasileiro”.

Faltam 9 dias para a queda da bastilha!

E o palácio de Versalhes está em chamas….

Ver Todos os artigos de Carlos Nepomuceno