Iscas Intelectuais
Como decidi em quem votarei para Presidente
Como decidi em quem votarei para Presidente
Não sei se estou certo, não fui pela emoção, não estou ...

Ver mais

Democracia, Tolerância e Censura
Democracia, Tolerância e Censura
O que distingue uma democracia de uma ditadura é a ...

Ver mais

O dia seguinte
O dia seguinte
Com o aumento considerável do mercado de palestrantes ...

Ver mais

Fact Check? Procure o viés.
Fact Check? Procure o viés.
Investigar o que é verdade e o que é mentira - com base ...

Ver mais

634 – Me chama de corrupto, porra!
634 – Me chama de corrupto, porra!
Cara, que doideira é essa onda Bolsonaro que, se você ...

Ver mais

633 – Ballascast
633 – Ballascast
O Marcio Ballas, que é palhaço profissional, me ...

Ver mais

632 – A era da inveja
632 – A era da inveja
Uma pesquisa de 2016 sobre comportamento humano mostrou ...

Ver mais

631 – O valor de seu voto – Revisitado
631 – O valor de seu voto – Revisitado
Mais discussão de ano de eleição: afinal o que é o ...

Ver mais

LíderCast 127 – Lito Rodriguez
LíderCast 127 – Lito Rodriguez
Empreendedor, criador da DryWash, outro daqueles ...

Ver mais

LíderCast 126 – Alexis Fonteyne
LíderCast 126 – Alexis Fonteyne
Empresário criativo e agora candidato a Deputado ...

Ver mais

LíderCast 125 – João Amoêdo
LíderCast 125 – João Amoêdo
Decidimos antecipar o LíderCast com o João Amoêdo ...

Ver mais

LíderCast 124 – Sidnei Alcântara Oliveira
LíderCast 124 – Sidnei Alcântara Oliveira
Segunda participação no LíderCast, com uma história que ...

Ver mais

046 – Para quem vai anular o voto
046 – Para quem vai anular o voto
Fiz um vídeo desenhando claramente o que acontece com ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata - Temporada 02 Episódio 09 Quando ...

Ver mais

Nobel de Economia valoriza sustentabilidade e inovação tecnológica
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Nobel de Economia valoriza sustentabilidade e inovação tecnológica “Nossos filhos terão mais de quase tudo, com uma gritante exceção: eles não terão mais tempo. À medida que a renda e os salários ...

Ver mais

Ah, se os políticos usassem sua criatividade para o bem
Henrique Szklo
Tem gente que acha que os políticos não são corruptos. Nós é que somos certinhos demais. Já o meu amigo Rodriguez diz que o pior tipo de político é o honesto, porque, além de trouxa, é traidor da ...

Ver mais

Somos quem podemos ser
Jota Fagner
Origens do Brasil
Já faz um tempo que venho desiludido quanto aos resultados da educação. Ainda acredito que ela seja essencial, mas já consigo enxergar que não basta. Uma pessoa bem instruída não é garantia de ...

Ver mais

História da riqueza no Brasil
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
História da riqueza no Brasil  Cinco séculos de pessoas, costumes e governos “A proposta de uma revolução copernicana na análise e interpretação da história do Brasil – esta é a marca ...

Ver mais

Cafezinho 115 – Um voto não vale uma amizade
Cafezinho 115 – Um voto não vale uma amizade
Não gaste sua energia e seu tempo precioso de vida ...

Ver mais

Cafezinho 114 – E se?
Cafezinho 114 – E se?
Mudanças só acontecem quando a crise que sofremos for ...

Ver mais

Cafezinho 113 – Merdades e Ventiras
Cafezinho 113 – Merdades e Ventiras
Conte até dez antes de compartilhar uma merdade

Ver mais

Cafezinho 112 – Como decidi meu voto
Cafezinho 112 – Como decidi meu voto
Meu voto é estratégico, para aquilo que o momento exige.

Ver mais

Lições de astronomia

Lições de astronomia

Tom Coelho - Sete Vidas -

“A hora mais escura da noite é justamente aquela
que nos permite ver melhor as estrelas.”
(Charles Beard)

 

Uma moto, dois jovens e um carro em alta velocidade. Um acidente. E Bruno, 19 anos, foi ter com a UTI da Santa Casa. Salvo pelo uso do capacete, que manteve a integridade de suas funções cerebrais, e pela providência divina, que lhe preservou a coluna, um garoto exemplar teve interrompida sua adolescência, recebendo como presente, às vésperas de seu 20o aniversário, cirurgias, tubos e pinos.

Seu pai, Márcio, um dentre tantos empresários que lutam diuturnamente, com dificuldade, pela perenidade de seu negócio, alijado do crédito oficial, tomando recursos em empresas de factoring a juros exorbitantes, viu-se num primeiro momento sem chão. E sem céu. Foi quando me disse: “Eu estava desanimado, deprimido, sem o menor estímulo para trabalhar. Mas quando vi meu filho abrir os olhos, como que anunciando sua luta pela vida, percebi que agora, acima de tudo, não poderia me entregar. Quero ter a empresa em ordem para quando ele voltar. Eu sou estrela, e não cometa”.

Cometas são corpos celestes formados por pequenas partículas sólidas, poeira, gelo e gases congelados que descrevem órbitas, em geral muito alongadas, ao redor do Sol. Ao se aproximarem dele, a ação da radiação solar sobre os gases do cometa provoca o aparecimento da cauda, que pode atingir milhares de quilômetros de extensão.

Mas o que nos chama a atenção com relação aos cometas são outros aspectos. Vistosos, irrompem o espaço deixando um rastro de luz, atraindo os olhares de cientistas, curiosos e amantes. À distância, parecem belos. E inofensivos. Mas um desvio de suas rotas que possa sinalizar colisão em terra é suficiente para provocar apreensão, angústia e preocupação. Com longos períodos de circulação, normalmente superior a cem anos, passam sem deixar lembrança, caindo no esquecimento até mesmo de quem muito os admirou.

Estrelas também são corpos celestes formados a partir da concentração, por ação gravitacional, de nuvens de gás, especialmente hidrogênio, e poeira cósmica, capazes de produzir e emitir radiação eletromagnética e com deslocamento escalar quase imperceptível ao olho humano.

Na verdade, as estrelas evoluem muito lentamente, em intervalos da ordem de milênios a milhões de anos. Deslocam-se muito rapidamente, mas como estão a distâncias tão grandes, sua posição relativa só é percebida ao longo dos séculos.

Porém, o que admiramos nas estrelas é sua capacidade singular de produzir luz própria e iluminar os céus. Assim foi na noite do nascimento de Cristo, quando uma delas guiou os três reis magos para que encontrassem a manjedoura. Assim é nas noites que agora se sucedem. Quando estamos tristes, chegam a nos acalentar; quando alegres, parecem a nós piscar; quando perdidos, podem nos orientar; quando amedrontados, são as ruas a alumiar.

Assim podemos igualmente trilhar nosso caminho pela vida. Luz vermelha fulgurante na juventude, luz azul brilhante na maturidade. Desenvolvimento gradual e contínuo. Referência a estudiosos, inspiração a poetas, admiração a enamorados. Presença marcante no decorrer de anos. No firmamento e na memória.

 

* Tom Coelho é educador, palestrante em gestão de pessoas e negócios, escritor com artigos publicados em 17 países e autor de nove livros. E-mail: [email protected] Visite: www.tomcoelho.com.br e www.setevidas.com.br.

Ver Todos os artigos de Tom Coelho