Iscas Intelectuais
O dia seguinte
O dia seguinte
Com o aumento considerável do mercado de palestrantes ...

Ver mais

Fact Check? Procure o viés.
Fact Check? Procure o viés.
Investigar o que é verdade e o que é mentira - com base ...

Ver mais

O impacto das mídias sociais nas eleições
O impacto das mídias sociais nas eleições
Baixe a pesquisa da IdeiaBigdata que mostra o impacto ...

Ver mais

Síntese de indicadores sociais 2016 do IBGE
Síntese de indicadores sociais 2016 do IBGE
O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - ...

Ver mais

618 – No Toca Fitas Do Meu Carro – Scary Pockets
618 – No Toca Fitas Do Meu Carro – Scary Pockets
Mais um programa musical. E daqueles, cara. Você sabe ...

Ver mais

617 – O Clube da Música Autoral
617 – O Clube da Música Autoral
Uma das coisas mais fascinantes de quem se dispõe, como ...

Ver mais

616 – Na média
616 – Na média
Num ambiente construído para que as pessoas fiquem “na ...

Ver mais

615 – Fake News? Procure o viés
615 – Fake News? Procure o viés
Nova Iorque, madrugada de março de 1964. No bairro do ...

Ver mais

LíderCast 112 – Paulo Rabello de Castro
LíderCast 112 – Paulo Rabello de Castro
Professor, consultor, com vasta experiência no setor ...

Ver mais

LíderCast 111 – Tiemi Yamashita
LíderCast 111 – Tiemi Yamashita
LíderCast 111 - Hoje conversamos com Tiemi Yamashita, ...

Ver mais

LíderCast 110 – Rafael Baltresca
LíderCast 110 – Rafael Baltresca
LíderCast 110 - Hoje conversamos com Rafael Baltresca, ...

Ver mais

LíderCast 109 – Romeo Busarello
LíderCast 109 – Romeo Busarello
LíderCast 109 - Hoje conversamos com Romeo Busarello, É ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata - Temporada 02 Episódio 09 Quando ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 08 Já falei ...

Ver mais

Lições de viagem 11 – Santa Catarina
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Lições de viagem 11 Santa Catarina e seus diferenciais  Percebi que me encontrava num estado diferenciado na primeira vez que estive em Santa Catarina, em 1980, quando fui ministrar aulas em dois ...

Ver mais

Solidão em rede: estamos cada vez mais solitários
Mauro Segura
Transformação
Vivemos a "cultura do estresse", de não perder tempo e usar cada minuto para sermos mais produtivos. Mas isso tem um preço.

Ver mais

1936, 1984, 1918
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
A guerra civil espanhola (1936-1939) foi assustadora, cruel, mas teve seus lances tragicômicos. Um deles era a eterna bagunça entre as muitas facções que formavam as Forças Republicanas, ...

Ver mais

Região de conflito duplamente em foco
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Região de conflito duplamente em foco “Fronteiras? Nunca vi uma. Mas ouvi dizer que existem na mente de algumas pessoas.” Thor Heyerdahl Não é sempre que alguns dos focos mais controvertidos das ...

Ver mais

Cafezinho 82 – Paciência
Cafezinho 82 – Paciência
O que uma árvore frondosa precisa para se manter firme ...

Ver mais

Cafezinho 81 – A Confederação
Cafezinho 81 – A Confederação
A Confederação mais eficiente do Brasil é a dos bandidos.

Ver mais

Cafezinho 80 – A Copa que era nossa
Cafezinho 80 – A Copa que era nossa
Ao contrário do que acreditam coxinhas e petralhas, o ...

Ver mais

Cafezinho 79 – Desengajados Ativos
Cafezinho 79 – Desengajados Ativos
Engajamento vem do francês engager, que quer dizer “se ...

Ver mais

Lições de astronomia

Lições de astronomia

Tom Coelho - Sete Vidas -

“A hora mais escura da noite é justamente aquela
que nos permite ver melhor as estrelas.”
(Charles Beard)

 

Uma moto, dois jovens e um carro em alta velocidade. Um acidente. E Bruno, 19 anos, foi ter com a UTI da Santa Casa. Salvo pelo uso do capacete, que manteve a integridade de suas funções cerebrais, e pela providência divina, que lhe preservou a coluna, um garoto exemplar teve interrompida sua adolescência, recebendo como presente, às vésperas de seu 20o aniversário, cirurgias, tubos e pinos.

Seu pai, Márcio, um dentre tantos empresários que lutam diuturnamente, com dificuldade, pela perenidade de seu negócio, alijado do crédito oficial, tomando recursos em empresas de factoring a juros exorbitantes, viu-se num primeiro momento sem chão. E sem céu. Foi quando me disse: “Eu estava desanimado, deprimido, sem o menor estímulo para trabalhar. Mas quando vi meu filho abrir os olhos, como que anunciando sua luta pela vida, percebi que agora, acima de tudo, não poderia me entregar. Quero ter a empresa em ordem para quando ele voltar. Eu sou estrela, e não cometa”.

Cometas são corpos celestes formados por pequenas partículas sólidas, poeira, gelo e gases congelados que descrevem órbitas, em geral muito alongadas, ao redor do Sol. Ao se aproximarem dele, a ação da radiação solar sobre os gases do cometa provoca o aparecimento da cauda, que pode atingir milhares de quilômetros de extensão.

Mas o que nos chama a atenção com relação aos cometas são outros aspectos. Vistosos, irrompem o espaço deixando um rastro de luz, atraindo os olhares de cientistas, curiosos e amantes. À distância, parecem belos. E inofensivos. Mas um desvio de suas rotas que possa sinalizar colisão em terra é suficiente para provocar apreensão, angústia e preocupação. Com longos períodos de circulação, normalmente superior a cem anos, passam sem deixar lembrança, caindo no esquecimento até mesmo de quem muito os admirou.

Estrelas também são corpos celestes formados a partir da concentração, por ação gravitacional, de nuvens de gás, especialmente hidrogênio, e poeira cósmica, capazes de produzir e emitir radiação eletromagnética e com deslocamento escalar quase imperceptível ao olho humano.

Na verdade, as estrelas evoluem muito lentamente, em intervalos da ordem de milênios a milhões de anos. Deslocam-se muito rapidamente, mas como estão a distâncias tão grandes, sua posição relativa só é percebida ao longo dos séculos.

Porém, o que admiramos nas estrelas é sua capacidade singular de produzir luz própria e iluminar os céus. Assim foi na noite do nascimento de Cristo, quando uma delas guiou os três reis magos para que encontrassem a manjedoura. Assim é nas noites que agora se sucedem. Quando estamos tristes, chegam a nos acalentar; quando alegres, parecem a nós piscar; quando perdidos, podem nos orientar; quando amedrontados, são as ruas a alumiar.

Assim podemos igualmente trilhar nosso caminho pela vida. Luz vermelha fulgurante na juventude, luz azul brilhante na maturidade. Desenvolvimento gradual e contínuo. Referência a estudiosos, inspiração a poetas, admiração a enamorados. Presença marcante no decorrer de anos. No firmamento e na memória.

 

* Tom Coelho é educador, palestrante em gestão de pessoas e negócios, escritor com artigos publicados em 17 países e autor de nove livros. E-mail: [email protected] Visite: www.tomcoelho.com.br e www.setevidas.com.br.

Ver Todos os artigos de Tom Coelho