Iscas Intelectuais
Produtividade Antifrágil
Produtividade Antifrágil
PRODUTIVIDADE ANTIFRÁGIL vem para provocar você a rever ...

Ver mais

Cafezinho Live
Cafezinho Live
Luciano Pires, criador e apresentador dos podcasts Café ...

Ver mais

Me Engana Que Eu Gosto
Me Engana Que Eu Gosto
Me engana que eu gosto: dois meio brasis jamais somarão ...

Ver mais

Tá chegando o Podcast Café Brasil 700!
Tá chegando o Podcast Café Brasil 700!
Tá chegando a hora do Podcast Café Brasil 700!

Ver mais

Café Brasil 719 – Licença poética
Café Brasil 719 – Licença poética
Quem me acompanha há muitos anos sabe que tive um amigo ...

Ver mais

Café Brasil Especial – Heróis da Saúde 12 – The Dark Side Of The Moon
Café Brasil Especial – Heróis da Saúde 12 – The Dark Side Of The Moon
Olha, este é outro daqueles programas de sonho, ...

Ver mais

Café Brasil Especial – Heróis da Saúde 11 – Qual é seu propósito?
Café Brasil Especial – Heróis da Saúde 11 – Qual é seu propósito?
Eu acho que você já deve ter sido questionado sobre ...

Ver mais

Café Brasil 718 – No lugar do outro
Café Brasil 718 – No lugar do outro
É nos momentos de tempestade, de crise, quando não há ...

Ver mais

LíderCast 200 – Marcio Ballas
LíderCast 200 – Marcio Ballas
Apresentador de televisão, ator e palhaço profissional. ...

Ver mais

LíderCast 199 – Ricardo Corrêa
LíderCast 199 – Ricardo Corrêa
Empreendedor, fundador da Ramper, uma conversa ...

Ver mais

LíderCast 198 – Hélio Contador
LíderCast 198 – Hélio Contador
Ex-executivo de grandes empresas do setor automotivo, ...

Ver mais

LíderCast 197 – Luciana Cardoso
LíderCast 197 – Luciana Cardoso
A jovem executiva que coordena um dos grandes desafios ...

Ver mais

Minuto da Produtividade 4 – Registre os pensamentos e ideias
Minuto da Produtividade 4 – Registre os pensamentos e ideias
A mente da gente é que nem o Windows; está agitando mas ...

Ver mais

Minuto da Produtividade 3 – Livre-se do lixo
Minuto da Produtividade 3 – Livre-se do lixo
Minuto da Produtividade 3 - Livre-se do lixo

Ver mais

Minuto da Produtividade 2 – Desenvolva sua própria pegada produtiva
Minuto da Produtividade 2 – Desenvolva sua própria pegada produtiva
Desenvolva a sua própria pegada produtiva!

Ver mais

Minuto da Produtividade 1 – A arte de dizer não!
Minuto da Produtividade 1 – A arte de dizer não!
Produtividade é a arte de dizer NÃO!

Ver mais

QI, educação e literatura
Gustavo Bertoche
É preciso lançar pontes.
O QI médio em praticamente todos os países do mundo cresceu muito nos últimos 100 anos.   Na Alemanha e nos EUA, o crescimento do QI médio foi de mais de 30 pontos. No Quênia e na Argentina, foi ...

Ver mais

Perfeccionismo só é defeito quando mal utilizado
Henrique Szklo
Iscas Criativas
Ao ser questionada sobre quais são seus defeitos, muita gente coloca, envergonhadamente, o perfeccionismo como um dos mais tóxicos, como está na moda dizer. Muitos, inclusive, culpam este ...

Ver mais

A economia criativa pode ser essencial para o pós-pandemia?
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
A economia criativa pode ser essencial para o pós-pandemia? “… as crises econômicas inevitavelmente dão origem a períodos críticos em que uma economia é refeita para que possa recuperar-se ...

Ver mais

Samba no céu
Chiquinho Rodrigues
Por volta dos anos 90 a Som Livre lançou um álbum com o infeliz nome de “Samba no Céu”. Eu me lembro de alguns nomes como Elis, Cartola, Pixinguinha, Gonzaguinha e outros artistas que já haviam ...

Ver mais

Cafezinho 284 – A polarização de araque
Cafezinho 284 – A polarização de araque
Assistir a rinha de galos diária tem o mesmo efeito que ...

Ver mais

Cafezinho 283 – COVID 20
Cafezinho 283 – COVID 20
Precisamos reconhecer quem fez um bom trabalho e punir, ...

Ver mais

Cafezinho 282 – O cochilo de 50 anos
Cafezinho 282 – O cochilo de 50 anos
Passada a pandemia, teremos de ser ainda mais ...

Ver mais

Cafezinho 281 – O freestyle cognitivo
Cafezinho 281 – O freestyle cognitivo
Você aí no seu pedaço tem valor, viu? E faz coisas que ...

Ver mais

Gente Vinil

Gente Vinil

Chiquinho Rodrigues -

Usando a lente e a analogia do Veríssimo percebi que exite gente Long Playing, gente Compacto Simples, gente Cd, gente Vídeo laser e até gente Dvd.

Não tem nada a ver com caráter! Também não tem nada a ver com a tecnologia empregada ou o tamanho de cada uma dessas mídias.

Pois há pessoas pequenas como um Dvd que você sabe, só de olhar, que dentro têm uma grande história com um grande elenco e um menu repleto de opções: trailer, extras, making of e até comentários do diretor.

E pessoas grandes tipo um enorme vídeo laser que se revelam chatas, pesadas, sem conteúdo, ultrapassadas e que a gente precisa ficar trocando de lado para aguentá-las ou sabe-las por inteiro.

Embora tamanho não queira dizer nada… gente vídeo laser não é necessariamente melhor que gente compacto  simples.

Algumas pessoas se apresentam como grandes álbuns Long Playing!

Possuem linda capa e contra capa, são estéreos, Hi-Fi, têm doze faixas, plástico protetor, mas podem estar lhe escondendo algo… Seus sulcos interiores podem estar gastos e intocáveis.

O conteúdo pode ser duvidoso, de mau gosto e ela terá sempre dois lados para se mostrar e confundi-lo.

Já uma pessoa que seja do tipo gente compacto simples de vinil, pode sim ter seu lado B, porém se apresenta em uma modesta embalagem e seu conteúdo simples será sempre, sem surpresas, aquele sucesso contido em sua única faixa.

É muito melhor conviver com alguém do tipo gente-CD, que traga dentro de si um repertório de tudo aquilo que a gente gosta e esteja sempre em nossa cabeceira pronto para ser tocado, do que conviver com alguém que se pareça com o DVD duplo do show ao vivo do Fagner!

Existem pessoas que não se contentam em ser apenas um vinil chato tomando poeira e espaço na prateleira de nossas vidas.

Elas são autênticas coleções em DVD da obra do porra do Oswaldo Montenegro tocado bem alto por um maldito vizinho filho da puta!

Seis horas de Oswaldo Montenegro com direito a convidados especiais como: Ministro Gil, anazalado Belchior, Mauricio Mattar, Fabio Junior, Neuzinha Brizola, Belo, (que salada!), Sérgio Reis, Reginaldo Rossi, Sidney Magal, Wando e o Tiririca!

É fascinante quando alguém que você não imaginava ser mais do que uma simples canção em um 45 RPM, de repente se revela uma sinfonia em digital regida por Von Karajan!

É sempre arriscado prejulgar.

As capas dos discos, como a aparência das pessoas, também nos enganam.

Um álbum pode ter uma capa interessante e dentro conter a banda Calypso!

Um álbum pode ser branco e conter Beatles.

Algumas pessoas se sentem como discos que existem apenas para fazer parte de uma coleção. E não para ser tocados!

Como aquela camisa que você comprou por impulso e jamais usou. E que de vez em quando você experimenta novamente, se olha no espelho e logo desconsidera. Não empresta, não dá essa camisa para ninguém e acaba colocando-a de volta no guarda-roupa para rescender a naftalina o resto da vida.

No fundo somos todos gente vinil.

Sempre espremidos em uma prateleira a espera de sermos descobertos ou revisitados. Somos como canções que marcaram a vida de alguém e que precisamos, para nossa própria subsistência, ser ouvidos novamente.

Aí um dia o telefone toca e é o chamado da saudade.

Você reconhece a voz e ambos tentam reviver antigos sucessos. Porém você percebe então com tristeza que durante esse tempo todo você foi para ela apenas a quarta faixa do Lado B.

No entanto, para você ela foi sempre a primeira do Lado A.

Ver Todos os artigos de Chiquinho Rodrigues