Iscas Intelectuais
Fact Check? Procure o viés.
Fact Check? Procure o viés.
Investigar o que é verdade e o que é mentira - com base ...

Ver mais

O impacto das mídias sociais nas eleições
O impacto das mídias sociais nas eleições
Baixe a pesquisa da IdeiaBigdata que mostra o impacto ...

Ver mais

Síntese de indicadores sociais 2016 do IBGE
Síntese de indicadores sociais 2016 do IBGE
O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - ...

Ver mais

Silvio Santos, Zé Celso e o Oficina
Silvio Santos, Zé Celso e o Oficina
Uma reunião para ser objeto de estudo em qualquer aula ...

Ver mais

614 – Limão ou limonada
614 – Limão ou limonada
No começo dos anos 1970 apareceu um termo que anos mais ...

Ver mais

Café Brasil 613 – Biologia política
Café Brasil 613 – Biologia política
E aí? Você é de direita ou de esquerda? Se incomoda com ...

Ver mais

612 – O Efeito Genovese
612 – O Efeito Genovese
Em 1964, Kitty Genovese foi assassinada em Nova York. ...

Ver mais

611 – Momentos felizes
611 – Momentos felizes
Felicidade não existe. O que existe na vida são ...

Ver mais

LíderCast 110 – Rafael Baltresca
LíderCast 110 – Rafael Baltresca
LíderCast 110 - Hoje conversamos com Rafael Baltresca, ...

Ver mais

LíderCast 109 – Romeo Busarello
LíderCast 109 – Romeo Busarello
LíderCast 109 - Hoje conversamos com Romeo Busarello, É ...

Ver mais

Lídercast 108 – Leandro Nunes
Lídercast 108 – Leandro Nunes
LíderCast 108 - Hoje conversamos com Leandro Nunes, um ...

Ver mais

Lídercast 107 – Lucia Bellocchio
Lídercast 107 – Lucia Bellocchio
Hoje conversamos com Lucia Bellocchio, uma jovem ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata - Temporada 02 Episódio 09 Quando ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 08 Já falei ...

Ver mais

Complexo e outros males
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
Uma das expressões que a esquerda (radical ou não) adora usar é o tal “complexo de vira-latas”. Essa gente não tem a menor ideia do que seja isso, nem de quem cunhou a expressão, mas a macaqueia ...

Ver mais

Interpretações do Brasil X – As escolhas públicas e as instituições como pano de fundo
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Interpretações do Brasil X As escolhas públicas e as instituições como pano de fundo “Bons jogos dependem mais de boas regras do que de bons jogadores.” James Buchanan  Considerações iniciais A ...

Ver mais

O que aprender quando o futuro já era
Mauro Segura
Transformação
A minha experiência no ano passado mostrou que a história de viver cada dia como se fosse o último é uma baboseira. Aprendi que eu não preciso ter planos mirabolantes para ter uma vida digna, ...

Ver mais

MInha culpa é sua, camarada!
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
A tragédia do edifício que pegou fogo e desabou no Largo do Paissandu, em São Paulo, desvendou mais um bem bolado golpe; e golpe, novamente, travestido de “movimento social”: A máfia das invasões ...

Ver mais

Cafezinho 74 – O valor subjetivo
Cafezinho 74 – O valor subjetivo
Os impostos estão lá sim, altíssimos, exorbitantes, mas ...

Ver mais

Cafezinho 73 – Estupidez Coletiva
Cafezinho 73 – Estupidez Coletiva
Não interessa determinar o que é verdade e o que é ...

Ver mais

Cafezinho 72 – Fake News 1
Cafezinho 72 – Fake News 1
Quem julga o juiz?

Ver mais

Cafezinho 71 – Reenquadre o hater
Cafezinho 71 – Reenquadre o hater
Reenquadre o otário e ele vira ouro. Reenquadre a ...

Ver mais

Foi o fim

Foi o fim

Jorge De Lima - Iscas Olhos&Alma -

 

Estes dias recebi uma carta de uma leitora que dizia:” Por que é que as pessoas tem sido tão egoístas, e têm  um comportamento duplo, por qual motivo falam uma coisa e fazem outra? Terminei um namoro recente por causa disto. Ele me cobrava atenção, carinho, dedicação, fidelidade mas toda hora que precisava dele não podia contar. Eu o ajudava com suas coisas mas quando precisava dele, ele começava a reclamar, virava as costas, sumia e me deixava sozinha. Ele tinha um discurso de dividir, de cuidar, de dizer que se importa mas de fato era cada um por si. Cansei de ser sozinha a dois. Depois que o larguei comecei a perceber que tem muita gente vivendo assim como isto é possível”?

Transcrevi o fragmento da carta que pontua a situação de muitas pessoas. Vários pacientes na atualidade relatam tal tipo de situação. A crise afetiva decorrente do convívio com o egoísmo. O dois que é um, que ignora a existência do outro. Eco ou Narciso? Sefizo ou Liriope?

Na vida conheci e convivi com várias pessoas com este tipo de perfil. É muito difícil por que o “Venha a nós destitui o vosso reino”. O relacionamento é meio autista e você é considerado qual um abajur de quinta categoria. Como no descrito pela  carta se o egoísta tem um problema é seu dever o ajudar, mas se você tem problema favor não contar com ele.

Pessoas egoístas tem dificuldade de socializar, de manter um vinculo afetivo sadio, de entender o sentido das palavras caridade e amor. Por viverem focados no próprio umbigo, em uma introversão patológica destituem o outro com facilidade do relacionamento, seus afetos, carência, desejo, sonhos, enfim o outro é problema dele próprio.

Porém aprendi que o problema nem sempre está no egoísta. Muitas vezes o parceiro é mais culpado que o próprio egoísta por que se cala, por que não roda a baiana na primeira vez que o outro pisa na bola, por que  é conivente com o egoísmo, muitas vezes por que é bonzinho demais na hora errada e vai deixando, deixando até que o relacionamento se torne insuportável. Quem não sabe o prazer de dividir também não reconhece o prazer de existir. Particularmente acho impossível se relacionar com um egoísta sem se violentar e a conivência é aqui  um pecado mortal. Tolerância demais na hora errada estraga.

Relacionamento sadio envolve dedicação, doação, cuidado, respeito, carinho, tempo e que se preste muita atenção no outro. Quem ama cuida, se importa, gosta de perceber o outro, suas necessidades e diferenças. Quem ama faz de tudo para ver o outro bem, satisfeito, alegre, feliz é um esforço agradável, que a pessoa faz sem reclamar. Se você quer amar cuide, aprenda a se doar. Tenha a certeza que os egoístas que ai estão vão passar o resto da existência reclamando e insatisfeitos.

Ver Todos os artigos de Jorge De Lima