Iscas Intelectuais
Podpesquisa 2018
Podpesquisa 2018
Em sua quarta edição, a PodPesquisa 2018 recebeu mais ...

Ver mais

Como decidi em quem votarei para Presidente
Como decidi em quem votarei para Presidente
Não sei se estou certo, não fui pela emoção, não estou ...

Ver mais

Democracia, Tolerância e Censura
Democracia, Tolerância e Censura
O que distingue uma democracia de uma ditadura é a ...

Ver mais

O dia seguinte
O dia seguinte
Com o aumento considerável do mercado de palestrantes ...

Ver mais

642 – A caverna de todos nós
642 – A caverna de todos nós
Olhe em volta, quanta gente precisando de ajuda, quanta ...

Ver mais

641 – O delito de ser livre
641 – O delito de ser livre
Na ofensiva contra a liberdade, fica cada vez mais ...

Ver mais

640 – O monumento à incompetência
640 – O monumento à incompetência
É muito fácil e confortável examinar o passado com os ...

Ver mais

639 – Chega de falar de política
639 – Chega de falar de política
Diversos ouvintes mandam mensagens pedindo para que eu ...

Ver mais

LíderCast 135 – Thalis Antunes
LíderCast 135 – Thalis Antunes
Gestor de Conteúdo da Campus Party, que tinha tudo para ...

Ver mais

LíderCast 134 – Diego Porto Perez
LíderCast 134 – Diego Porto Perez
O elétrico Secretário de Esportes do Governo de ...

Ver mais

LíderCast 133 – Dennis Campos e Cláudio Alves
LíderCast 133 – Dennis Campos e Cláudio Alves
Empreendedores que criam no grande ABC uma agência de ...

Ver mais

LíderCast 132 – Alessandro Loiola
LíderCast 132 – Alessandro Loiola
Médico, escritor, um intelectual inquieto, capaz de ...

Ver mais

Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Um bate papo entre Adalberto Piotto, Carlos Nepomuceno ...

Ver mais

046 – Para quem vai anular o voto
046 – Para quem vai anular o voto
Fiz um vídeo desenhando claramente o que acontece com ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

O Trivium – uma introdução
Alexandre Gomes
As Sete Artes Liberais era a forma que os jovens eram preparados desde a Antiguidade até a alta Idade Média para educação superior. E a introdução nas Sete Artes era pelo Trivium, um método que ...

Ver mais

Live de terça – a liderança liberal
Carlos Nepomuceno
Live de terçaA liderança liberalTENHA VISÃO MAIS SOFISTICADA SOBRE O NOVO SÉCULO!TURMA PERMANENTE, COMECE HOJE!"O curso me ajudou a pensar o digital como meio e não fim". – JEAN ...

Ver mais

A Tribo da Política – ou a Democracia das Identidades
Alessandro Loiola
Talvez nunca antes na história desses país os recorrentes embates na Internet tenham mostrado de modo tão claro nossa admirável habilidade de nos submetermos à polarização político-ideológica. ...

Ver mais

Coerência, essa cachorra
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
Coerência é o nome do bichinho de estimação da lulada, a seita que virou torcida de presídio. Coerência é muito maltratada; não dão atenção a ela, nem a alimentam. Ao contrário, é sempre ...

Ver mais

Cafezinho 132 – Os cagonautas
Cafezinho 132 – Os cagonautas
Seu chefe é um cagonauta? Hummmm...tome cuidado, viu?

Ver mais

Cafezinho 131 – Compartilhe!
Cafezinho 131 – Compartilhe!
Seja a mídia que você quer ver no mundo

Ver mais

Cafezinho 130 – Juniorização
Cafezinho 130 – Juniorização
Está dada vez mais difícil falar com o Presidente, o ...

Ver mais

Cafezinho 129 – Minority Report Tropical
Cafezinho 129 – Minority Report Tropical
O Brasil se transformou na República do Futuro do Subjuntivo.

Ver mais

Expectativas

Expectativas

Jorge De Lima - Iscas Olhos&Alma -

O início de um novo ano chegou e no período de festas vivenciamos uma legião de expectativas que nos consomem. Quem não sonha com um futuro melhor e diferente? Do presente de natal, como vai ser a ceia, se vamos ter um momento animado, como vai ser o amigo secreto e a abertura dos presente, o que cada um vai ganhar. Na sequência em menos de uma semana vem a virada de ano, a retrospectiva do mal vivido, e a previsão do que vai ser a nova vida; criamos metas, planos, promessas; prometemos parar com vícios; que vamos cuidar melhor da saúde, da educação, que vamos viver melhor de formas alternativas. Tudo isto é muito bonito, mas como qualquer outro tipo de promessa perdura no máximo dois dias. A famosa amnésia dos políticos…

Expectativas e promessas andam juntas. A expectativa é o futurismo, o amanhã, o querer entender o depois pra imaginar se existe uma leve segurança, é prever, tentar aprisionar a intuição, é olhar no horizonte atrás de nuvens de chuva ou perceber se o dia vai ser ensolarado. A promessa é irmã inseparável da expectativa. Como o não sei que anuncia o inconsciente, as defesas da psique, prometer é apenas a verborragia que cobre um vazio. É o patético ato de falar para não ter de agir. Prometer não é um contrato, tampouco uma jura. Prometer não chega a ser a mentira deslavada, em alguns casos, mas a promessa muitas vezes recorre a amnésia de curto prazo, por não ser estrutural, recai nos descartes e o próprio individuo não a leva a sério. Um bom exemplo foram as promessas de campanha feitas na corrida eleitoral há dois meses… o que mesmo é que foi prometido? Que trabalhadores não teriam direitos revogados, que o atual governo não iria promover ajustes com o arrocho para a população, que não teríamos aumento de impostos… tudo que foi criticado no discurso da oposição agora é aplicado pela esquerda neo liberal. Os discursos foram promessas vazias, mentiras e omissão. Que tal a falta de reajuste na Receita Federal?

Quem vive de expectativas é frustrado, se torna melancólico, naturalmente triste, inseguro e sem fé. Viver de futuro é não encarar o dia a dia, o trabalho, é manter acesa a chama de uma ilusão que não se constitui. Várias pessoas com imensa imaturidade que não conseguem produzir vivem de futurologia, de previsão e pouca ou rara ação. Não fazem hoje por que seu amanhã é incerto, um traço de Senex em uma estrutura Pueril. E isto é vivenciado coletivamente neste período de fim de ano. Algumas pessoas estendendo isto por toda a vida. Pra que o esforço se amanhã posso ganhar na loteria? É um marcante traço de uma personalidade imatura.  Igualzinho a educação e o pré sal da Petrobras. Senta e espera! Para não necessitar prometer e ou viver de expectativas faça um planejamento pra sua vida para curto, médio e longo prazo. Faça isto com coisas palpáveis, claras objetivas, reais com pé no chão. Funciona bem se você for maleável e sincero com sua própria vida, se tiver um pouco de dedicação e persistência. Que tal levar sua própria vida a sério?

Ver Todos os artigos de Jorge De Lima