Iscas Intelectuais
Fact Check? Procure o viés.
Fact Check? Procure o viés.
Investigar o que é verdade e o que é mentira - com base ...

Ver mais

O impacto das mídias sociais nas eleições
O impacto das mídias sociais nas eleições
Baixe a pesquisa da IdeiaBigdata que mostra o impacto ...

Ver mais

Síntese de indicadores sociais 2016 do IBGE
Síntese de indicadores sociais 2016 do IBGE
O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - ...

Ver mais

Silvio Santos, Zé Celso e o Oficina
Silvio Santos, Zé Celso e o Oficina
Uma reunião para ser objeto de estudo em qualquer aula ...

Ver mais

Café Brasil 613 – Biologia política
Café Brasil 613 – Biologia política
E aí? Você é de direita ou de esquerda? Se incomoda com ...

Ver mais

612 – O Efeito Genovese
612 – O Efeito Genovese
Em 1964, Kitty Genovese foi assassinada em Nova York. ...

Ver mais

611 – Momentos felizes
611 – Momentos felizes
Felicidade não existe. O que existe na vida são ...

Ver mais

610 – Abre-te Sésamo
610 – Abre-te Sésamo
Abre-te Sésamo é a frase mágica do conto de Ali-Babá e ...

Ver mais

LíderCast 109 – Romeo Busarello
LíderCast 109 – Romeo Busarello
LíderCast 109 - Hoje conversamos com Romeo Busarello, É ...

Ver mais

Lídercast 108 – Leandro Nunes
Lídercast 108 – Leandro Nunes
LíderCast 108 - Hoje conversamos com Leandro Nunes, um ...

Ver mais

Lídercast 107 – Lucia Bellocchio
Lídercast 107 – Lucia Bellocchio
Hoje conversamos com Lucia Bellocchio, uma jovem ...

Ver mais

LíderCast 106 – Labi Mendonça
LíderCast 106 – Labi Mendonça
LíderCast 106 - 106 - Hoje conversamos com Labi ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata - Temporada 02 Episódio 09 Quando ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 08 Já falei ...

Ver mais

Interpretações do Brasil X – As escolhas públicas e as instituições como pano de fundo
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Interpretações do Brasil X As escolhas públicas e as instituições como pano de fundo “Bons jogos dependem mais de boas regras do que de bons jogadores.” James Buchanan  Considerações iniciais A ...

Ver mais

O que aprender quando o futuro já era
Mauro Segura
Transformação
A minha experiência no ano passado mostrou que a história de viver cada dia como se fosse o último é uma baboseira. Aprendi que eu não preciso ter planos mirabolantes para ter uma vida digna, ...

Ver mais

MInha culpa é sua, camarada!
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
A tragédia do edifício que pegou fogo e desabou no Largo do Paissandu, em São Paulo, desvendou mais um bem bolado golpe; e golpe, novamente, travestido de “movimento social”: A máfia das invasões ...

Ver mais

O domínio esquerdista na dramaturgia brasileira
Bruno Garschagen
Ciência Política
Hoje, não há qualquer ameaça ao domínio da esquerda nas novelas, filmes, séries, teatro, programas de TV, jornalismo. Por isso a reação agressiva quando alguma obra fura a ditadura cultural.

Ver mais

Cafezinho 73 – Estupidez Coletiva
Cafezinho 73 – Estupidez Coletiva
Não interessa determinar o que é verdade e o que é ...

Ver mais

Cafezinho 72 – Fake News 1
Cafezinho 72 – Fake News 1
Quem julga o juiz?

Ver mais

Cafezinho 71 – Reenquadre o hater
Cafezinho 71 – Reenquadre o hater
Reenquadre o otário e ele vira ouro. Reenquadre a ...

Ver mais

Cafezinho 70 – O Efeito Genovese
Cafezinho 70 – O Efeito Genovese
O comportamento de quem vê algo errado e nada faz a ...

Ver mais

Eles Não Querem Vender

Eles Não Querem Vender

Suely Pavan Zanella - Iscas Comportamentais -

ELES NÃO QUEREM VENDER!vendasbaixas

Por Suely Pavan Zanella

Crise, crise, crise…É a palavra que mais ouvimos na TV e lemos em diferentes portais.

Porém, na vida real, o que se vê em shoppings, lojas de rua e supermercados, são pessoas que não querem vender, e até sentem um prazer quase orgástico ao dizer “Não” para o cliente. São mal selecionadas para os cargos e extremamente mal treinadas.

Se antigamente a toda a vez que um vendedor ouvia um não como resposta isso significava venda perdida, hoje a impressão que tenho na maioria dos casos, sem fazer nenhum tipo de generalização, é que pouco importa se a venda é efetuada ou não.

E não é à toa que na maioria das vezes preferimos comprar via Internet, mesmo que tenhamos problema futuros. Como boa compradora pela Internet posso dizer que os prazos para a entrega na maioria das lojas aumentaram, e há uma quase escassez de produtos. Ou seja, se gastam rios de dinheiro em propaganda para absolutamente nada. Imagino até, que ao contrário do que dizem as notícias sobre a crise, os donos de lojas e supermercados estão pouco se lixando sobre o fato de venderem ou não.  Se apenas leem números ao invés de irem a campo não conseguirão detectar o problema do desatendimento e a falta de vontade em vender.

Compraram a tal crise como um produto da moda, ao invés de tomarem providencias assertivas e reforçarem sua força de vendas através de processos seletivos exemplares (a base de qualquer boa empresa) , bons treinamentos de vendas e atendimento ao cliente, e claro, acompanhamento acirrado por parte dos gestores através de processos e liderança (aquele ingrediente que anda em falta na maioria das empresas).

Na profecia de autorrealização, números e não sintomas são analisados, a crise finalmente vencerá. Faltam produtos nas lojas, embora hajam pessoas com desejo de comprar. Faltam também funcionários nos caixas o que gera descontentamento por parte dos clientes, e principalmente gente gabaritada para atender e vender.

Ontem tive o desabor de constatar mais uma vez este processo de não vendas por parte das lojas do shopping. É a semana que antecede o Dia da Criança. Comprar brinquedos pela Internet significava que o mesmo chegaria 3 ou 4 dias após a data. Lá fui eu ao shopping. Estresse na certa!

Mas, não pense você que isso aconteceu apenas nesta data, desde o ano passado tenho alertado para este problema. No Natal conversei com clientes, por exemplo, e o descontentamento com maus vendedores e atendentes era geral, além da falta de produtos que ocorreu também na Copa do Mundo, como já relatei em outros textos.

Quem quer saber o que acontece tem que ir pra rua, ao invés de ficar em escritórios, esta é a regra básica de vendas.

Mas, quem quer vender? É melhor mesmo acreditar em crise. Quando era uma das sócias da Natura dona Yara do Amaral Pricolli costumava dizer nas reuniões de vendas: Tirem a bunda da cadeira!

Hoje sobram bundas sentadas nas cadeiras assistindo TV e vendo notícias sobre a crise na Internet. Vender que é bom, nada!

Ver Todos os artigos de Suely Pavan Zanella