Iscas Intelectuais
#DicaNetFlix Trotsky
#DicaNetFlix Trotsky
É uma série de terror. Tem assassinos em série, ...

Ver mais

Visualizando as estruturas do discurso do Portal Café Brasil
Visualizando as estruturas do discurso do Portal Café Brasil
Se você se aproximar do Café Brasil, prepare-se para ...

Ver mais

Café Brasil Premium – Retrospectiva 2018
Café Brasil Premium – Retrospectiva 2018
Ao longo de 2018 o Café Brasil Premium decolou e ...

Ver mais

#Retrospectiva PodSumários
#Retrospectiva PodSumários
Comece 2019 praticando o Fitness Intelectual. A barriga ...

Ver mais

656 – Rua Ramalhete
656 – Rua Ramalhete
Este programa é uma homenagem ao Tavito, que faleceu em ...

Ver mais

655 – É carnaval
655 – É carnaval
Tem gente boa, muito boa, fazendo a legítima música de ...

Ver mais

654 – Sarau Café Brasil III
654 – Sarau Café Brasil III
Realizamos mais uma edição do Café Brasil Premium, ...

Ver mais

653 – LíderCast 11
653 – LíderCast 11
Mais uma temporada do LíderCast. Esta aqui é a décima ...

Ver mais

LíderCast 144 – Daniel Arcoverde e Rafael Belmonte
LíderCast 144 – Daniel Arcoverde e Rafael Belmonte
Os jovens empreendedores que criaram a netshow.me, uma ...

Ver mais

LìderCast 143 – Doug Alvoroçado
LìderCast 143 – Doug Alvoroçado
Esse alvoroçado não é nome não, é adjetivo. Um ...

Ver mais

LíderCast 142 – Marcelo Pimenta
LíderCast 142 – Marcelo Pimenta
O Menta é um facilitador da inovação, um inquieto ...

Ver mais

LíderCast 141 – Ronaldo Lira
LíderCast 141 – Ronaldo Lira
Procurador do Ministério Público do Trabalho, uma ...

Ver mais

Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Um bate papo entre Adalberto Piotto, Carlos Nepomuceno ...

Ver mais

046 – Para quem vai anular o voto
046 – Para quem vai anular o voto
Fiz um vídeo desenhando claramente o que acontece com ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Defendam Douglas também
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
Não conhece Douglas Leandro Clizesqui? Sem problemas. Ninguém conhece. Ele é pai de Douglas Murilo, uma das oito vítimas fatais no massacre da escola estadual em Suzano; o caso todos conhecem. ...

Ver mais

A abundante mente semanal
Carlos Nepomuceno
RESUMO DA LIVE: https://youtu.be/hHzgP5sqbjM LIVE COMPLETA: https://www.facebook.com/carlos.nepomuceno/videos/10157193323018631/   Quer fazer? Me mande um zap: 21-996086422. R$ 200,00 ...

Ver mais

Luciano Pires, o cara que chegou ao meiostream
Carlos Nepomuceno
RESUMO: “ Podcast não tem ouvinte. Podcast tem torcida”!!! – Luciano Pires. Tive o prazer de conversar ontem por mais de uma hora com o criativo Luciano Pires, coordenador do projeto Café Brasil, ...

Ver mais

Por dentro da comunicação interna do McDonald’s no Brasil
Mauro Segura
Transformação
Como fazer comunicação interna p/ uma empresa que tem 50 mil jovens funcionários, sendo que 90% deles estão no primeiro emprego, atendendo mais de 2 milhões de clientes todos os dias? Como gerir ...

Ver mais

Cafezinho 159 – O bobo da corte
Cafezinho 159 – O bobo da corte
O palhaço, o bobo, o gozador, é o único a perceber a ...

Ver mais

Cafezinho 158 – O tempo que lhe resta
Cafezinho 158 – O tempo que lhe resta
Dê o primeiro passo para fazer com que o tempo de vida ...

Ver mais

Cafezinho 157 – Papo de bêbado 2
Cafezinho 157 – Papo de bêbado 2
Se eu fosse o Bolsonaro, nestes primeiros 100 dias ...

Ver mais

Cafezinho 156 – O que é que aconteceu com o carnaval?
Cafezinho 156 – O que é que aconteceu com o carnaval?
O que é que aconteceu com o carnaval? Meus amigos da ...

Ver mais

Do Sucesso a depressão

Do Sucesso a depressão

Jorge De Lima - Iscas Olhos&Alma -

pitbull ataque

 

Do Sucesso a depressão

Estes dias fui instigado por uma série de artigos e comentários que infelizmente acabei lendo nas redes sociais sobre a morte do ator norte americano Robin Williams que sofreu de depressão por mais de 10 anos se tratando sem êxito. No ar um vazio e a dúvida: Por que?

 

Mas ele não foi o único: O comediante John Belushi; o cantor do Nirvana Kurt Cobain; O Ator australiano Heath Ledger; a dupla Champignon e Chorão; o humorista Hermes, só para citar alguns de uma lista imensa. O que passa?

 

Um dos comentários mais comuns que vi nestes últimos dias é um bem típico de quem não sabe nada sobre depressão. Mas ele era rico, tinha tudo, podia sair com quem quisesse, era famoso.

Nestes mais de 20 anos de prática profissional como analista e psicólogo clínico atendi muita gente de sucesso e dinheiro com depressão: atores, cantores, empresários. Uma doença não escolhe quem vai atacar. Uma boa parte das pessoas não sabe que dinheiro, poder e solidão andam juntos.

Muita gente que tem sucesso não tem direito a levar uma vida comum. Não tem sossego pra comer um lanche em um shopping center, e ou sair com o filho em um parquinho. A fama tem um alto preço. Muitos para manter o sucesso vivenciam uma profunda despersonalização virando um papel, uma representação, um joguete das rodas sociais e das revistas de fofoca.

Muitos tem uma profunda perda de identidade que deteriora, sonhando com a vida comum, mas permanecendo presos pelo poder ao que foi conquistado.

 

Muitas pessoas não sabem que os pacientes com depressão são pessoas com alma sensível, mais observadoras, críticas da existência. O outro lado da melancolia descrita na filosofia por Hipócrates e por Sócrates mostra existir consciência porém com o rompimento da alegria, o ser que fica desanimado, sem vontade. Na antiguidade isto já fazia parte das observações que hoje boa parte das pessoas não percebe.

 

Hoje na estrutura social que vivemos na qual sofremos uma intensa despersonalização, na qual existe o rompimento notório da identidade, em uma estrutura na qual pessoas se transformam diariamente em objetos descartáveis, em uma sociedade violenta, competitiva, na qual a religião virou apenas negócio, não é de se estranhar que exista uma enxurrada de casos de depressão que atinge todas as classes, credo,  todos os níveis de formação intelectual, todas as raças.  A depressão nada mais é que o retrato claro da perda da humanidade, da ruptura com a essência, da nulidade da vontade. Uma boa parte das pessoas já não sabe mais quem é, e qual foi um dia o sonho de sua vida. Alienação e banalidade que para uma alma sensível mata. Poderia ficar semanas escrevendo sobre os vários fatores da depressão.

 

Mas o que me incomoda é ver o sadismo coletivo que rotula, diagnostica, e por fim traça o perfil de um desconhecido por e para uma doença que hoje tem ar de instituição, é o grande carimbo. O fruto disto é o patrulhamento ideológico, o isolamento, o preconceito que surge pelos profissionais de saúde se alastrando por toda sociedade. Por isto relatos de pacientes se tratando há mais de 10 anos sem melhora. Quem se importa?

Uma doença que tem cura, levada por profissionais, por boa parte da sociedade, pela indústria que lucra, com superficialidade. Não foi um ator que morreu, foi mais um de nós que me faz pensar e refletir: até quando vamos tratar deste assunto com banalidade?

Ver Todos os artigos de Jorge De Lima