Iscas Intelectuais
Como decidi em quem votarei para Presidente
Como decidi em quem votarei para Presidente
Não sei se estou certo, não fui pela emoção, não estou ...

Ver mais

Democracia, Tolerância e Censura
Democracia, Tolerância e Censura
O que distingue uma democracia de uma ditadura é a ...

Ver mais

O dia seguinte
O dia seguinte
Com o aumento considerável do mercado de palestrantes ...

Ver mais

Fact Check? Procure o viés.
Fact Check? Procure o viés.
Investigar o que é verdade e o que é mentira - com base ...

Ver mais

634 – Me chama de corrupto, porra!
634 – Me chama de corrupto, porra!
Cara, que doideira é essa onda Bolsonaro que, se você ...

Ver mais

633 – Ballascast
633 – Ballascast
O Marcio Ballas, que é palhaço profissional, me ...

Ver mais

632 – A era da inveja
632 – A era da inveja
Uma pesquisa de 2016 sobre comportamento humano mostrou ...

Ver mais

631 – O valor de seu voto – Revisitado
631 – O valor de seu voto – Revisitado
Mais discussão de ano de eleição: afinal o que é o ...

Ver mais

LíderCast 127 – Lito Rodriguez
LíderCast 127 – Lito Rodriguez
Empreendedor, criador da DryWash, outro daqueles ...

Ver mais

LíderCast 126 – Alexis Fonteyne
LíderCast 126 – Alexis Fonteyne
Empresário criativo e agora candidato a Deputado ...

Ver mais

LíderCast 125 – João Amoêdo
LíderCast 125 – João Amoêdo
Decidimos antecipar o LíderCast com o João Amoêdo ...

Ver mais

LíderCast 124 – Sidnei Alcântara Oliveira
LíderCast 124 – Sidnei Alcântara Oliveira
Segunda participação no LíderCast, com uma história que ...

Ver mais

046 – Para quem vai anular o voto
046 – Para quem vai anular o voto
Fiz um vídeo desenhando claramente o que acontece com ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata - Temporada 02 Episódio 09 Quando ...

Ver mais

Nobel de Economia valoriza sustentabilidade e inovação tecnológica
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Nobel de Economia valoriza sustentabilidade e inovação tecnológica “Nossos filhos terão mais de quase tudo, com uma gritante exceção: eles não terão mais tempo. À medida que a renda e os salários ...

Ver mais

Ah, se os políticos usassem sua criatividade para o bem
Henrique Szklo
Tem gente que acha que os políticos não são corruptos. Nós é que somos certinhos demais. Já o meu amigo Rodriguez diz que o pior tipo de político é o honesto, porque, além de trouxa, é traidor da ...

Ver mais

Somos quem podemos ser
Jota Fagner
Origens do Brasil
Já faz um tempo que venho desiludido quanto aos resultados da educação. Ainda acredito que ela seja essencial, mas já consigo enxergar que não basta. Uma pessoa bem instruída não é garantia de ...

Ver mais

História da riqueza no Brasil
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
História da riqueza no Brasil  Cinco séculos de pessoas, costumes e governos “A proposta de uma revolução copernicana na análise e interpretação da história do Brasil – esta é a marca ...

Ver mais

Cafezinho 115 – Um voto não vale uma amizade
Cafezinho 115 – Um voto não vale uma amizade
Não gaste sua energia e seu tempo precioso de vida ...

Ver mais

Cafezinho 114 – E se?
Cafezinho 114 – E se?
Mudanças só acontecem quando a crise que sofremos for ...

Ver mais

Cafezinho 113 – Merdades e Ventiras
Cafezinho 113 – Merdades e Ventiras
Conte até dez antes de compartilhar uma merdade

Ver mais

Cafezinho 112 – Como decidi meu voto
Cafezinho 112 – Como decidi meu voto
Meu voto é estratégico, para aquilo que o momento exige.

Ver mais

Depende de você

Depende de você

Adalberto Piotto - Olhar Brasileiro -

Manifestação

Por Adalberto Piotto

Será que os brasileiros irão às ruas no domingo?

Você tem a resposta. Se for, fomos milhões que estivemos lá. Se não for, não fomos.

Na verdade, nós, os outros, que não você que não for, diremos que fomos. Mas seria melhor que você também fosse e fizesse parte desse “fomos” coletivo e comprometido com o Brasil.

Não há mais razão para alguém terceirizar seus anseios e desejos de fazer deste país uma nação ao esperar que outros façam por ele o que ele deveria fazer. De ir às ruas dar um basta definitivo às mazelas, aos absurdos e aos reinados da hipocrisia e corrupção que pretensos líderes se dão ao se imaginarem salvadores da pátria. Porque não existem, não salvam, não protegem nada além de seus escusos interesses em detrimento do bem-estar social de milhões.

Por isso, vá.

Eles precisam do seu imobilismo e da sua ignorância para se perpetuarem no poder ou se acharem acima da lei, mesmo quando convocados a dar simples depoimentos.

Eles querem morar em sítios cinematográficos, coberturas e triplex de frente ao mar, mas não gostam de trabalhar para conquistar. Para eles, favores de amigos são sempre bem-vindos, até porque estes amigos foram beneficiados por outros favores ilícitos antes de se aventurarem na “bondade” ao patriarca da “gentileza” com o alheio.

Esses pretensos líderes de pelotões de sindicalizados e de movimentos sociais de manipulados precisam que você, um cidadão do bem e honesto, fique em casa, ignore seus compatriotas e se mantenha reclamando sem nada fazer.

É o que eles precisam: do seu nada para que eles possam tudo…contra você e seu país.

Já mostraram que podem e conseguem.

Por isso, temem algo que os tire da liderança do atraso que pune você e do avanço da riqueza inescrupulosa que os privilegia. Só a  eles.

Querem que você seja eternamente alguém que de tudo reclame, porque lhes dá argumentos para promessas irresponsáveis, e nada faça, porque não lhes tira o poder de sempre prometer e enganar sob e sobre tudo.

Então vá às ruas no domingo, dia 13.

Se outros irão também e seremos milhões?

A resposta você tem.

Se for você for, seremos.

Ps.: Eu, Adalberto Piotto, brasileiro, irei à avenida Paulista no dia 13, domingo. Como fui nos outros. Não consigo imaginar um privilégio maior de poder dar meu apoio ao meu país.

 

Ver Todos os artigos de Adalberto Piotto