Iscas Intelectuais
O dia seguinte
O dia seguinte
Com o aumento considerável do mercado de palestrantes ...

Ver mais

Fact Check? Procure o viés.
Fact Check? Procure o viés.
Investigar o que é verdade e o que é mentira - com base ...

Ver mais

O impacto das mídias sociais nas eleições
O impacto das mídias sociais nas eleições
Baixe a pesquisa da IdeiaBigdata que mostra o impacto ...

Ver mais

Síntese de indicadores sociais 2016 do IBGE
Síntese de indicadores sociais 2016 do IBGE
O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - ...

Ver mais

626 – AlôTénica – A Podpesquisa
626 – AlôTénica – A Podpesquisa
O programa reproduz a conversa entre Luciano Pires, Leo ...

Ver mais

625 – João Amoêdo
625 – João Amoêdo
Continuando a conversa com candidatos a Presidente nas ...

Ver mais

624 – Paulo Rabello de Castro
624 – Paulo Rabello de Castro
Na medida do possível, estamos conversando com ...

Ver mais

623 – A lógica da adequação
623 – A lógica da adequação
O tema de hoje é negociação, partindo da famosa análise ...

Ver mais

LíderCast 120 – Alexandre Correia
LíderCast 120 – Alexandre Correia
Luciano: Bom-dia, boa-tarde, boa-noite. Bem-vindo, ...

Ver mais

LíderCast 119 – Fabiano Calil
LíderCast 119 – Fabiano Calil
Educação financeira é seu mote, até o dia em que ele ...

Ver mais

LíderCast 118 – Maria Luján Tubio
LíderCast 118 – Maria Luján Tubio
Jovem argentina, com vivência em vários países e que ...

Ver mais

LíderCast 125 – João Amoêdo
LíderCast 125 – João Amoêdo
Decidimos antecipar o LíderCast com o João Amoêdo ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata - Temporada 02 Episódio 09 Quando ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 08 Já falei ...

Ver mais

Os millennials não são tão criativos quanto pensam
Henrique Szklo
Tenho um amigo, o Rodriguez, que parece ter sido gerado não pelo útero da mãe, mas pelo intestino grosso dela. Seu mau humor é folclórico. E infinito. Estamos num boteco um dia desses quando ele ...

Ver mais

Precisamos reaprender a olhar
Mauro Segura
Transformação
Numa era em que o tempo parece escoar pelos dedos, ironicamente precisamos reaprender a "sentar e observar".

Ver mais

Homenagem aos Economistas 2018
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Homenagem aos Economistas 2018 Memoráveis citações  “Aquele que for somente um economista não tem condições de ser um bom economista, pois todos os nossos problemas tocam em questões de ...

Ver mais

Empurrando com a barriga
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Empurrando com a barriga  Cenários da economia brasileira “A arte da previsão consiste em antecipar o que acontecerá e depois explicar o porquê não aconteceu.” Winston Churchill  Considerações ...

Ver mais

Cafezinho 98 – Os poetas da corrupção
Cafezinho 98 – Os poetas da corrupção
Os advogados e jornalistas que insistem que não existe ...

Ver mais

Cafezinho 97 – Os ciclos
Cafezinho 97 – Os ciclos
A vida acontece, em ciclos. E fica a cada dia mais ...

Ver mais

Cafezinho 96 – A cozinha e a lixeira
Cafezinho 96 – A cozinha e a lixeira
O Brasil é uma grande cozinha. Nela existe uma lixeira. ...

Ver mais

Cafezinho 95 – Banco traseiro
Cafezinho 95 – Banco traseiro
A fila anda! A gente muda! O tempo passa! O mundo é ...

Ver mais

Democracia?

Democracia?

Jorge De Lima - Iscas Olhos&Alma -

Bandeira do brasil pegando fogo

 

Democracia?

 

Estes dias vi dois amigos discutindo sobre política. Eram no início da discussão amigos… depois de meia hora de contenda, os ânimos exaltados e a temática ficou acalorada. Mais dez minutos e a verborragia toma conta, impropérios, xingos, ofensas e o fim da amizade se consolida no desrespeito total e irrestrito. O fato que acabei assistindo tem me sido relatado em várias vezes em nossa atualidade. Passionalidade, o instinto que tomou conta, a razão obliterada, fanatismo, patrulhamento ideológico, intolerância, ataques, fofoca, maledicência. É proibido discordar, falar da realidade sem sofrer ataques ou perseguição.

 

Estecenário comum que hoje ocorre na sociedade tem início claro nas estratégias de campanha decretada pelos marqueteiros do horror. Dá audiência atacar, mostrar se truculento, agredir. Assim foi trucidada a candidata Marina no primeiro turno deste pleito. PT e PSDB desrespeitando a mulher, a candidata, a pessoa, a trajetória. E hoje ironicamente quem atacou sofre do mesmo mal feito a outrem.

 

Mas quem foi que falou que nossos políticos respeitam alguém? Acaso foi respeitada a população que foi as ruas em julho do ano passado pedir melhoria na área da educação e saúde? Não fez parte das estratégias dos políticos tirar a legitimidade dos movimentos sociais que queriam transformações? Quanto dinheiro não foi investido para classificar de arruaceiros, marginais os professores, os profissionais da saúde e educação que tinham reinvindicações objetivas? Eu que fui as ruas, que vi o povo querendo mudanças me vi silenciado, calado, amordaçado diante do discurso oficial e do jogo feito pela mídia.

 

Hoje vivemos uma ditadura que desrespeita a diversidade, a oposição, a democracia, o povo. Vivemos em uma ditadura velada que cerceia, que ataca, que é incapaz do debate e a construção de ideias a partir de pontos contraditórios, ou seja não existe consenso ou mediação. Isto para mim representa a falência de nosso sistema político e a falta total de habilidade de negociação dos futuros gestores de nossa nação. Sobra truculência, desrespeito, cinismo, ironia, mentiras, fofoca, e muito fanatismo de ambos os lados de uma polarização extremamente patológica.

 

As pessoas brigando nas redes sociais, nas ruas, com ofensas, humilhação são fiel retrato deste sistema, são o espelho da politica que pode ser traduzida em intolerância. Particularmente fiquei feliz ao ver que 46% de nossos políticos foram substituídos. Porém outros 54% ainda são os mesmos, muitos fundamentalistas, agressores, corruptos, moralistas de fachada.

 

Democracia é o jogo entre poder vigente e oposição em um sistema dialético. Isto é desconstruído em nossa atualidade que é permeada pela ideia de um poder eterno, vitalício e consequentemente burro.

Ver Todos os artigos de Jorge De Lima