Iscas Intelectuais
Tá chegando o Podcast Café Brasil 700!
Tá chegando o Podcast Café Brasil 700!
Tá chegando a hora do Podcast Café Brasil 700!

Ver mais

Aplicativos IOS e Android para o Café Brasil Premium!
Aplicativos IOS e Android para o Café Brasil Premium!
MUDANÇAS IMPORTANTES NO CAFÉ BRASIL PREMIUM A você que ...

Ver mais

Café Brasil no Top 10 Podbean
Café Brasil no Top 10 Podbean
O Café Brasil está entre os Top 10 numa das maiores ...

Ver mais

O Irlandês
O Irlandês
O Irlandês é um PUTA filme, para ser degustado. Se você ...

Ver mais

700 – Girl Power
700 – Girl Power
Bem, você sabe que sempre que chegamos num programa ...

Ver mais

699- Um brasileiro
699- Um brasileiro
Como sabemos que muitos ouvintes do Café Brasil não ...

Ver mais

698 – A Mente Moralista
698 – A Mente Moralista
Somos criaturas profundamente intuitivas cujas ...

Ver mais

697 – O isentão
697 – O isentão
Quando você não tem político de estimação é muito bom ...

Ver mais

LíderCast 183 – Antonio Mamede
LíderCast 183 – Antonio Mamede
Ex-executivo de grandes empresas, hoje consultor e ...

Ver mais

LíderCast 182 – Alexis Fontaine
LíderCast 182 – Alexis Fontaine
Segunda participação do Deputado Federal do partido ...

Ver mais

LíderCast 181 – Christian Gurtner
LíderCast 181 – Christian Gurtner
Christian Gurtner – O homem que leva a gente para ...

Ver mais

LíderCast 180 – Marco Aurélio Mammute
LíderCast 180 – Marco Aurélio Mammute
Luciano Pires: Bom dia, boa tarde, boa noite. ...

Ver mais

Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Um bate papo entre Adalberto Piotto, Carlos Nepomuceno ...

Ver mais

046 – Para quem vai anular o voto
046 – Para quem vai anular o voto
Fiz um vídeo desenhando claramente o que acontece com ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

A harpa elétrica
Chiquinho Rodrigues
Valdenir era um cara que acreditava piamente em reencarnação. Mas não era só isso… Acreditava também em vidas passadas, ufos e astrologia. Flertava com o candomblé, o budismo e era também ...

Ver mais

Trivium: Capítulo 3 – Classificação dos Termos (parte 9)
Alexandre Gomes
Continuando os resumos depois de um belo fim de ano, vou continuar detalhando mais sobre os o que são os termos e suas variedades. Perceba que isso é muito mais uma base de compreensão lógica das ...

Ver mais

Primeiras impressões de 2020
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Primeiras impressões de 2020 “A economia compreende todas as atividades do país, mas nenhuma atividade do país compreende a economia.” Millôr Fernandes O ano está apenas começando, mas algumas ...

Ver mais

Lendas urbanas volume um
Chiquinho Rodrigues
Ademar e Ademir eram gêmeos siameses isquiópagos. Gêmeos siameses xifópagos (E não XiPófagos como alguns entendem) são aqueles unidos por um segmento físico. A nomenclatura provém de xifóide que ...

Ver mais

Cafezinho 247 – Compartilhe!
Cafezinho 247 – Compartilhe!
Sobre o hábito de compartilhar aquilo que vale a pena.

Ver mais

Cafezinho 246 – Setecentos
Cafezinho 246 – Setecentos
São 74 minutos de puro deleite.

Ver mais

Cafezinho 245 – Como censurar o Porta dos Fundos
Cafezinho 245 – Como censurar o Porta dos Fundos
Democracia é a liberdade de dizer “não”, mesmo que você ...

Ver mais

Cafezinho 244 – A bomba
Cafezinho 244 – A bomba
Os mais bobinhos vão acreditar na intenção que a ...

Ver mais

De Marceline para o mundo

De Marceline para o mundo

Luiz Alberto Machado - Iscas Econômicas -

De Marceline para o mundo

 Encantamento como objetivo

 Capa_Marceline_FINAL.indd

“Gosto do impossível porque lá a concorrência é menor”.

Walt Disney

O título deste artigo integra o título completo de um livro lançado em 2016 pela Editora Senac, que conta a história de um dos maiores ícones do mundo do entretenimento.

Walt Disney: de Marceline para o mundo – o palco de sonhos, este o título completo, foi escrito por um empresário brasileiro que atua no ramo da educação corporativa, onde aplica muitos dos ensinamentos adquiridos nos anos em que trabalhou no Grupo Disney, no qual chegou, inclusive, a ser professor regular da Disney University, além de ministrar palestras no Disney Institute.

Embora o autor, Claudemir Oliveira, afirme não se tratar de uma biografia de Walt Disney – por existirem disponíveis algumas bem mais completas –, a leitura do livro permite ter uma boa noção da trajetória pessoal de Disney.

O que o autor afirma pretender, obtendo pleno êxito em sua pretensão, é mostrar como se deu a construção de um dos mais bem sucedidos grupos empresariais de todo o mundo, chamando atenção para as enormes dificuldades enfrentadas ao longo dessa trajetória.

A Marceline do título é o nome de uma pequena cidade norte-americana, próxima de Kansas City, na qual Walt Disney viveu por cinco anos na sua infância. Esses anos são considerados por Walt Disney como os mais felizes de sua vida, razão pela qual ele se utilizou de lembranças dessa época e partes da cidade como inspiração para várias atrações de seus parques temáticos.

Mesmo se declarando ardoroso admirador de Walt Disney, o autor tem o grande mérito de não se limitar a indicar apenas os aspectos favoráveis da personalidade de Disney, mencionando também alguns traços questionáveis e dificuldades que ele possuía, como, por exemplo, o de fazer elogios públicos a seus colaboradores.

Dos inúmeros pontos que me agradaram no livro, gostaria de encerrar este pequeno artigo mencionando três deles: o primeiro diz respeito à obsessão de Walt Disney com a busca da perfeição em todos os seus projetos, começando pela produção de seus filmes e chegando à construção e manutenção dos parques e hotéis; o segundo reside na sua capacidade de ser criativo, mesmo que para isso fosse necessário correr riscos na busca do aparentemente impossível; o terceiro, por fim, refere-se a seu incrível poder de antecipação, pois teve a clara percepção – que muitos não têm até hoje – de que o objetivo a ser buscado por qualquer empresa não deve se limitar a oferecer bens ou serviços de qualidade para atender as expectativas de seus clientes, mas sim de superá-las.

A meu juízo, isso implica em “encantar” os clientes, única forma de garantir a fidelização dos mesmos num mundo altamente competitivo. De minha parte, sendo bastante rigoroso, quando penso em produtos ou marcas que têm esse poder de me encantar, apenas dois me vêm imediatamente à cabeça, o Cirque du Soleil e o mundo de sonhos criado por Walt Disney.

Ver Todos os artigos de Luiz Alberto Machado