Iscas Intelectuais
Bandidos Na TV
Bandidos Na TV
Assisti Bandidos Na Tv, nova série na NetFlix, que ...

Ver mais

1964 – O Brasil entre armas e livros
1964 – O Brasil entre armas e livros
Um documentário para ser visto como outro ângulo pelo ...

Ver mais

Os Podcasts Café Brasil Musicais
Os Podcasts Café Brasil Musicais
Música é uma de nossas grandes paixões, por isso de ...

Ver mais

#DicaNetFlix Trotsky
#DicaNetFlix Trotsky
É uma série de terror. Tem assassinos em série, ...

Ver mais

670 – A nova Previdência
670 – A nova Previdência
No dia 12 de Junho fomos à Brasília e, no Ministério da ...

Ver mais

669 – Fora da Caixa 2
669 – Fora da Caixa 2
Você não precisa inventar a lâmpada para ser original. ...

Ver mais

668 – Fora da caixa
668 – Fora da caixa
Não é fácil hoje em dia ter uma ideia original, ...

Ver mais

667 – Ajuda, por favor
667 – Ajuda, por favor
Toda mudança implica em incomodação. Se não incomoda, ...

Ver mais

LíderCast 157 – Marcel Van Hattem
LíderCast 157 – Marcel Van Hattem
Marcel Van Hattem é um jovem Deputado Federal pelo ...

Ver mais

LíderCast 156 – Karina Oliani e Carlos Morey
LíderCast 156 – Karina Oliani e Carlos Morey
Aproveitando que o Everest está sendo discutido na ...

Ver mais

LíderCast Temporada 12
LíderCast Temporada 12
Vem aí a Temporada 12 do LíderCast, que será lançada na ...

Ver mais

LíderCast 155 – Emilio Dantas Costa
LíderCast 155 – Emilio Dantas Costa
Servidor público de carreira, que a partir das ...

Ver mais

Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Um bate papo entre Adalberto Piotto, Carlos Nepomuceno ...

Ver mais

046 – Para quem vai anular o voto
046 – Para quem vai anular o voto
Fiz um vídeo desenhando claramente o que acontece com ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

TRIVIUM: CAPITULO 2 – AMBIGUIDADE DA LINGUAGEM (parte 10)
Alexandre Gomes
Já que uma PALAVRA é um SÍMBOLO, um SIGNO ARBITRÁRIO ao qual é imposto um significado por convenção, é natural que esteja sujeita (a palavra) à AMBIGUIDADE. E isso pode surgir de alguns pontos: ...

Ver mais

O salário do professor brasileiro é um dos mais baixos do mundo
Gustavo Bertoche
É preciso lançar pontes.
Matéria de ontem no jornal O Globo nos lembra um fato que é amplamente reconhecido: os professores brasileiros estão entre os que recebem os menores salários no mundo inteiro. Em relação aos ...

Ver mais

As cigarras, as formigas e o tal do viés ideológico
Carlos Nepomuceno
RESUMO DA LIVE: LIVE COMPLETA.

Ver mais

Komsomol brasileiro
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
Um dos métodos mais eficazes para garantir a lavagem cerebral nos jovens de tenra idade (muitas vezes órfãos, vítimas da guerra ou dos pavorosos assassinatos em massa ordenados por Stalin) na ...

Ver mais

Cafezinho 188 – O coeficiente de trouxidão
Cafezinho 188 – O coeficiente de trouxidão
É seu coeficiente de trouxidão, com a suspensão ...

Ver mais

Cafezinho 187 – Quem merece seu tempo de vida
Cafezinho 187 – Quem merece seu tempo de vida
Meu tempo de vida está sendo enriquecido ou só desperdiçado?

Ver mais

Cafezinho 186 – A disciplina intelectual
Cafezinho 186 – A disciplina intelectual
Na definição dos dicionários, disciplina é o conjunto ...

Ver mais

Cafezinho 185 – O princípio Eisenhower
Cafezinho 185 – O princípio Eisenhower
Dê uma olhada nas pautas em discussão nas mídias. Veja ...

Ver mais

Convivendo com a mudança

Convivendo com a mudança

Luiz Alberto Machado - Iscas Econômicas -

Convivendo com a mudança… 

Para o aperfeiçoamento profissional 

“O triunfo nada mais é do que o momento glorioso em que a dúvida se dissipa. Isso ocorre somente àqueles que estão dispostos a mudar.”

Marcela Claro

No ano passado, por ocasião do Fórum Internacional de Criatividade e Inovação (FICI) realizado em Vitória, fui surpreendido pela consulta de uma das expositoras do referido evento, Marcela Claro. Ela queria saber se eu aceitaria escrever o prefácio do seu novo livro, a ser lançado no primeiro semestre de 2016.

Honrado com a solicitação, aceitei imediatamente e passei a aguardar ansioso pelo texto, a fim de tomar conhecimento do conteúdo do livro.

Quando recebi, fiquei muito bem impressionado com o mesmo, uma vez que o livro aborda uma série de temas sobre os quais eu também costumo me debruçar em minhas leituras e pesquisas, tais como liderança, tomada de decisão, capacidade de assumir riscos e outros que são indispensáveis para o êxito de qualquer profissional no mundo contemporâneo.

De todos eles, no entanto, o tema que mais me chamou atenção dos que são focalizados no livro foi o da mudança, razão pela qual foi o que mais enfatizei na elaboração do prefácio.

Estar preparado para se adaptar às mudanças que ocorrem num ritmo frenético nos dias de hoje é fundamental. Fazer tal afirmação não constitui novidade alguma e reconhecer a validade dela é provavelmente um consenso. Entretanto, muita gente que concorda com essa afirmação não está preparada para mudar e, vendo-se diante da necessidade de fazê-lo, resiste vigorosamente, consciente ou inconscientemente.

Marcela Claro, autora do livro Atitudes para alcançar o êxito profissional em tempos de crise é um exemplo vivo de quem, por diferentes razões, passou por mudanças relevantes ao longo de sua vida, que acabaram se tornando essenciais para que se transformasse numa verdadeira referência naquilo que faz, seja como executiva na área de psicologia organizacional e coaching, seja como professora ou conferencista e, mais recentemente, como escritora.

Atitudes... Marcela Claro

No livro, ela consegue transmitir de forma clara e concisa, uma série de recomendações para quem quer se aperfeiçoar na carreira profissional, independentemente do segmento de atuação.

A leitura do texto e a responsabilidade de escrever o prefácio deram-me enorme satisfação e permitiram que eu revivesse momentos inesquecíveis vividos nas minhas próprias pesquisas sobre a questão da mudança, que incluíram a leitura de clássicos como Tudo que é sólido desmancha no ar, de Marshall Berman, e A estrutura das revoluções científicas, de Thomas Khun, dos fascinantes O fim das distâncias, de Frances Cairncross, O mundo é plano, de Thomas Friedman, e O lado oculto das mudanças, de Luc de Brabandere, ou mesmo do divertido O pavão na terra dos pinguins, de Barbara “BJ” Hateley e Warren H. Schmidt. Tudo isso tendo como fundo musical verdadeiros filósofos contemporâneos, como Nelson Motta e Lulu Santos (Como uma onda), Cazuza (O tempo não para) e Vinícius de Moraes e Toquinho (Aquarela). Que delícia de viagem!!!

Como registrei no prefácio, não há dúvida de que toda e qualquer mudança implica risco e muito pouca gente se sente à vontade diante de situações dessa natureza. Porém, encarar as mudanças é inevitável e, frente a essa inevitabilidade, vale reproduzir uma citação do grande filósofo dinamarquês Søren Kierkegaard, incluída no recém-publicado livro de citações de Gustavo Franco e Fabio Giambiagi, intitulado Antologia da maldade: “Ousar é perder o equilíbrio momentaneamente. Não ousar é perder-se”.

Por fim, ao encerrar este artigo convidando o amigo internauta para embarcar na viagem proposta por Marcela Claro, recorro a outra citação, também utilizada no prefácio, esta atribuída a Mark Twain:

“Daqui a vinte anos você estará mais decepcionado

pelas coisas que você não fez do que pelas que fez.

Então jogue fora as amarras.

Navegue para longe do porto seguro.

Agarre o vento em suas velas.

Explore. Sonhe. Descubra.”

 

Iscas para quem quiser se aprofundar

Referências e indicações bibliográficas

BERMAN. Marshall. Tudo o que é sólido desmancha no ar: a aventura da modernidade. Tradução de Carlos Felipe Moisés e Ana Maria F. Ioratti. São Paulo: Companhia das Letras, 2007.

BRABANDERE, Luc de. O lado oculto das mudanças: a verdadeira inovação requer mudança de percepções. Tradução de Ricardo Bastos Vieira. Rio de Janeiro: Elsevier; Boston, MA: The Boston Consulting Group, 2006.

Cairncross, Frances. O fim das distâncias: como a revolução nas comunicações transformará nossas vidas. Tradução de Edite Sciulli e Marcos T. Rubino. São Paulo: Nobel, 2000.

CLARO, Marcela. Atitudes para alcançar o êxito profissional em tempos de crise. São Paulo: Trevisan Editora, 2016.

FRANCO, Gustavo H. B. e GIAMBIAGI, Fabio. Antologia da maldade: um dicionário de citações, associações ilícitas e ligações perigosas. Rio de Janeiro: Zahar, 2015.

FRIEDMAN, Thomas. O mundo é plano: Uma breve história do século XXI. Tradução de Cristiana Serra e S. Duarte. Rio de Janeiro: Objetiva, 2005.

KUHN, Thomas. A estrutura das revoluções científicas. Tradução de Beatriz Vianna Boeira e Nelson Boeira. São Paulo: Perspectiva, 1982.

Referências musicais

Aquarela. Composição de Vinícius de Moraes e Toquinho. Disponível em https://www.youtube.com/watch?v=-Gsdp2zSCjY.

Como uma onda. Composição de Nelson Motta e Lulu Santos. Disponível em https://www.youtube.com/watch?v=uutFgC6N_vc.O tempo não para. Composição de Cazuza e Arnaldo Brandão. Disponível em https://www.youtube.com/watch?v=TrADo_p3nYU.

Ver Todos os artigos de Luiz Alberto Machado