Iscas Intelectuais
#TransgressaoEhIsso
#TransgressaoEhIsso
Transgredir é muito mais que pintar o rosto, urinar na ...

Ver mais

Vem aí o Cafezinho
Vem aí o Cafezinho
Nasce nesta segunda, 4/9 o CAFEZINHO, podcast ...

Ver mais

Educação adulta
Educação adulta
Preocupados demais com a educação de nossos filhos, ...

Ver mais

É tudo soda
É tudo soda
Isca intelectual de Luciano Pires lembrando que ...

Ver mais

583 – A regra dos dois desvios
583 – A regra dos dois desvios
Nunca brigue se o adversário estiver a mais de dois ...

Ver mais

582 – Sobre transgressão
582 – Sobre transgressão
Alguns fatos recentes trouxeram à tona a discussão ...

Ver mais

581 – Carta aos jornalistas
581 – Carta aos jornalistas
Advogados erram. Treinadores erram. Mecânicos erram. ...

Ver mais

580 – O esquecimento do bem
580 – O esquecimento do bem
O Brasil continua de pé, apesar de todos os tropeços e ...

Ver mais

LíderCast 085 William Polis
LíderCast 085 William Polis
William é um daqueles empreendedores que a gente gosta: ...

Ver mais

LíderCast 084 Rodrigo Azevedo
LíderCast 084 Rodrigo Azevedo
LiderCast 084 – Rodrigo Azevedo – Rodrigo Azevedo é ...

Ver mais

LíderCast 083 Itamar Linhares
LíderCast 083 Itamar Linhares
Itamar Linhares é médico-cirurgião na cidade de ...

Ver mais

LíderCast 082 Bruno Soalheiro
LíderCast 082 Bruno Soalheiro
LiderCast 082 – Bruno Soalheiro – Bruno criou a ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata - Temporada 02 Episódio 09 Quando ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 08 Já falei ...

Ver mais

Mudança, inovação e o espírito conservador
Bruno Garschagen
Ciência Política
Mudei de casa recentemente. Muito mais do que necessário, mudei porque quis, porque considerei que seria melhor. Mudar é sempre, porém, um tormento. Embalar os pertences, transportá-los para ...

Ver mais

O pior dos pecados
Tom Coelho
Sete Vidas
“A conduta é um espelho no qual todos exibem sua imagem.” (Goethe)   Um renomado palestrante é contratado para fazer uma apresentação em um evento de uma multinacional. Porém, apenas uma ...

Ver mais

Gênese da corrupção
Tom Coelho
Sete Vidas
“(…) que os criminosos fiquem em terra de meus senhorios e vivam e morram nela, especialmente na capitania do Brasil que ora fiz mercê a Vasco Fernandes Coutinho (…) e indo-se para ...

Ver mais

Analfabetismo funcional
Tom Coelho
Sete Vidas
“Só a educação liberta.” (Epicteto)   O índice de reprovação no exame anual da Ordem dos Advogados do Brasil, em São Paulo, tem atingido a impressionante marca de 90%. Realizado em duas ...

Ver mais

Cafezinho 14 – A sala, o piano e a partitura
Cafezinho 14 – A sala, o piano e a partitura
Mesmo uma obra de arte, só tem utilidade de houver uma ...

Ver mais

Cafezinho 13 – A sociedade da confiança
Cafezinho 13 – A sociedade da confiança
Quem confia nas leis não precisa quebrá-las.

Ver mais

Cafezinho 12 – Os tortos e os direitos
Cafezinho 12 – Os tortos e os direitos
Eu sou direito. Quero tratamento diferente dos tortos.

Ver mais

Cafezinho 11 – Vergulho e Orgonha
Cafezinho 11 – Vergulho e Orgonha
Se tenho orgulho de meu país? Sim. Mas também tenho vergonha.

Ver mais

Castelo de Areia

Castelo de Areia

Jorge De Lima - Iscas Olhos&Alma -

Para que serve mesmo o código de defesa do consumidor? Tem praticidade real ou é apenas pra ser enrolado? Um cidadão vai ser protegido quando for lesado ao tentar adquirir um produto que é mostrado na propaganda e quando recebe esse produto, constata que pouco do que foi prometido condiz com o ofertado?

Hoje sou um crítico do marketing que faz satanás parecer anjo. Hoje vivemos um cenário em que os direitos são diariamente desconstruídos por bancos, empresas de telefonia, pelos governos (federal, estadual, municipal) que muito cobram em impostos e pouco nos oferecem, em total ineficácia. Hoje é cena rotineira em nossa sociedade ver excelentes vendedores, com ampla oratória mas com péssimos produtos e serviços. Hoje é lícito mentir, enganar, promover o que não presta. E o cidadão que se dane! Que gaste tempo e dinheiro indo a justiça para não receber o que lhe é devido pela morosidade do judiciário, que com consenso acoberta grupos como bancos telefonia, empresas de plano de saúde,…

E se aplicássemos a lei do código de defesa do consumidor em nossa política, no sistema eleitoral brasileiro, o que ocorreria? Teríamos um problema intenso por que existe muita mentira usada em horário eleitoral. Candidatos mentem muito, falam de números fictícios, de realidades inexistentes, falsas, vendem o que não vão entregar, falam do que não fizeram, maquiam os números ruins evidenciando falta total de ética e respeito com a inteligência. Mas a mentira do marketing não se sustenta e este produto, nossa política, está podre, não funciona direito, fede. A fábrica vai devolver? Mandamos pra assistência técnica? O que fazer com esta encrenca?

Os números absolutos da auditoria do tribunal de contas da união evidenciam que o Brasil é um pais ineficaz, que sofre de falta de gestão, que é incompetente na área de educação, saúde, transporte público,… as temáticas que ressoam no coletivo e que não vão mudar por falta de cabeças pensantes, por falta de gestão e competência. O tribunal de contas em sua auditoria chega as mesmas conclusões que o mercado fala há anos: o custo Brasil o torna ineficaz. Muito dinheiro arrecadado, muito desvio, corrupção institucionalizada e nenhum preso, aliás vários reeleitos. Pagamos pela construção de uma ponte quatro vezes e ela não fica pronta e ninguém sabe onde o dinheiro vai parar. O produto não é entregue, e se for entregue chega estragado com a culpa imposta ao cliente que o recebe.

Mas podemos aplicar a lei do código de defesa do consumidor na política? Por que tantas pessoas sabendo que este produto é estragado, que ele mata, que dá mais despesa que resultado, por que é que as pessoas persistem em adquiri-lo, dando vazão a ilusão de que ele um dia vai funcionar bem?

Ver Todos os artigos de Jorge De Lima