Iscas Intelectuais
Democracia, Tolerância e Censura
Democracia, Tolerância e Censura
O que distingue uma democracia de uma ditadura é a ...

Ver mais

O dia seguinte
O dia seguinte
Com o aumento considerável do mercado de palestrantes ...

Ver mais

Fact Check? Procure o viés.
Fact Check? Procure o viés.
Investigar o que é verdade e o que é mentira - com base ...

Ver mais

O impacto das mídias sociais nas eleições
O impacto das mídias sociais nas eleições
Baixe a pesquisa da IdeiaBigdata que mostra o impacto ...

Ver mais

631 – O valor de seu voto – Revisitado
631 – O valor de seu voto – Revisitado
Mais discussão de ano de eleição: afinal o que é o ...

Ver mais

630 – Outra Guerreira – Simone Mozilli
630 – Outra Guerreira – Simone Mozilli
Este é outro Café Brasil que reproduz na íntegra um ...

Ver mais

629 – Gramsci e os Cadernos do Cárcere
629 – Gramsci e os Cadernos do Cárcere
Essa aparente doideira que aí está não é doideira. É ...

Ver mais

628 – O olhar de pânico
628 – O olhar de pânico
Aí você para, cansado, desmotivado, olha em volta e se ...

Ver mais

LíderCast 125 – João Amoêdo
LíderCast 125 – João Amoêdo
Decidimos antecipar o LíderCast com o João Amoêdo ...

Ver mais

LíderCast 124 – Sidnei Alcântara Oliveira
LíderCast 124 – Sidnei Alcântara Oliveira
Segunda participação no LíderCast, com uma história que ...

Ver mais

LíderCast 123 – Augusto Pinto
LíderCast 123 – Augusto Pinto
Empreendedor com uma história sensacional de quem ...

Ver mais

LíderCast 122 – Simone Mozzilli
LíderCast 122 – Simone Mozzilli
Uma empreendedora da área de comunicação, que descobre ...

Ver mais

046 – Para quem vai anular o voto
046 – Para quem vai anular o voto
Fiz um vídeo desenhando claramente o que acontece com ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata - Temporada 02 Episódio 09 Quando ...

Ver mais

Júlio de Mesquita Filho e a contrarrevolução cultural
Jota Fagner
Origens do Brasil
A ideia de concentração hegemônica não é exclusividade de Gramsci, outros autores de diferentes espectros ideológicos propuseram caminhos parecidos. Júlio de Mesquita Filho é um deles É preciso ...

Ver mais

Imagine uma facada diferente
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
Imagine Fernando Haddad sendo vítima de uma tentativa de assassinato. Por um ex-militante do DEM ou do PSL, no mesmo dia em que Bolsonaro quase morreu pelas mãos de um ex-PSOL. Primeiramente, os ...

Ver mais

Uma discussão sobre inteligência artificial na educação
Mauro Segura
Transformação
Uma discussão sobre os benefícios que as novas tecnologias podem trazer para a educação brasileira. Mas será que estamos preparados para isso?

Ver mais

A burocracia e a Ignorância Artificial
Henrique Szklo
O Estado brasileiro, desde 1500, tem se esmerado em atravancar qualquer mecanismo da administração pública com um emaranhado de processos burocráticos de alta complexidade, difícil interpretação ...

Ver mais

Cafezinho 107 – O voto proporcional
Cafezinho 107 – O voto proporcional
Seu voto, antes de ir para um candidato, vai para um ...

Ver mais

Cafezinho 106 – Sobre fake news
Cafezinho 106 – Sobre fake news
Fake News são como ervas daninhas, não se combate ...

Ver mais

Cafezinho 105 – Quem categoriza?
Cafezinho 105 – Quem categoriza?
Quem define e categoriza o que será medido pode ...

Ver mais

Cafezinho 104 – A greta
Cafezinho 104 – A greta
Dois meio Brasis jamais somarão um Brasil inteiro.

Ver mais

Carta à Luciano Pires

Carta à Luciano Pires

Jorge De Lima - Iscas Olhos&Alma -

Ao amigo Luciano…

 

 

Conheci o amigo Luciano Pires por acaso. Foi um dia em que ouvia a radio

CBN e o ouvi falando de seu projeto de critica cultural o querer

“despocotizar” o Brasil.

 

Nesta altura da vida já escrevia em jornais e participava da mídia

nacional ha dez anos. Ouvi sua entrevista e não me contive. Ele

reproduzia o que vinha pregando ha pelo menos uma década. Em áreas

distintas do saber o que Luciano Pires dizia era o que periodicamente

questionava. Por que em nossa sociedade cultuamos as coisas de péssimo

gosto? Por que deixamos a mediocridade falar mais alto? Quem são os

formadores de opinião?

 

Lembrei de um debate em radio que fiz na finada Radio Companhia FM na

região da grande Goiânia. Lembrei de um professor de sociologia que

ficou irritado quando disse que a sociedade estava caótica por que os

formadores de opinião tinham se tornado omissos e que batiam palmas diante

das atrocidades de nossa sociedade. No dia do debate na rádio a central telefônica estourou

pela quantidade de ouvintes que queriam opinar concordando.

 

Eu e Luciano após meu contato inicial,  iniciamos uma vasta troca de correspondência e ele havia se

se tornado mais um leitor de minha produção.Após seis meses do contato

inicial ele me faz o convite para começar a escrever no Café Brasil,

parceria que temos desde 2006 (não sei bem a data certa). Semana passada comemoramos

mais de 500 mil likes/mês no PortalCaféBrasil.

 

Meus artigos e produção são a releitura dos fatos e atos de nossa

história, do cotidiano sobre uma perspectiva analítica. Sou um

questionador da vida, da existência e das incoerências de nosso dia a

dia.

 

Minha experiência profissional diária em consultório como analista e psicólogo clínico me faz observar no

atacado os dramas da existência. Não lido com números mas com a alma das

pessoas, com sua mente, medos, anseios, com sua vocação, com seus dons e

potencial.Amo meu trabalho e me realizo no que faço e escrever me ajuda

a repensar a vida. É mais uma forma de ajudar as pessoas

preventivamente.

Dias atrás fiquei feliz de ver que havia ajudado uma brasileira que

tentou suicídio na Suíça. Ela havia lido os materiais sobre depressão

que coloquei em nosso website e no PortalCaféBrasil, a leitura a ajudou.

Por uma vida salva, valeu a pena.

Mas na verdade acho pouco. Temos 350 milhões de pacientes no mundo com

depressão para curar, 2 bilhões com transtornos de ansiedade, no mundo,

10 milhões com compulsão ou vicio. E eu fiz tão pouco.

 

Aqui agradeço publicamente o amigo Luciano Pires e os parceiros destes

tantos anos. Não ligo para os números dos likes que temos que beiram

meio milhão ao mês. Também não ligo para as várias indicações de prêmios

que temos recebido nestes 20 anos de carreira. Quem me conhece

pessoalmente sabe que isto não importa.

 

O que me realiza na vida é receber no consultório um pai de família que

por causa de um transtorno bipolar tem a vida arruinada ficando de cama

4 anos. Ao ver que com o tratamento certo, lentamente o paciente recria

sua existência e vida voltando a sociedade, produzindo. Isto me alegra e

emociona.

 

Obrigado Luciano por fazer parte desta corrente de boa fé que questiona,

que traz luz as pessoas, que ajuda a salvar vidas.O maior presente que temos é poder ajudar as pessoas e nossa sociedade.estrada

Ver Todos os artigos de Jorge De Lima