Iscas Intelectuais
Brazilian Rhapsody
Brazilian Rhapsody
O pessoal da Chinchila fez uma paródia de Bohemian ...

Ver mais

O Guia do Anunciante em Podcasts
O Guia do Anunciante em Podcasts
O Guia do Anunciante em Podcasts traz informações ...

Ver mais

Bandidos Na TV
Bandidos Na TV
Assisti Bandidos Na Tv, nova série na NetFlix, que ...

Ver mais

1964 – O Brasil entre armas e livros
1964 – O Brasil entre armas e livros
Um documentário para ser visto como outro ângulo pelo ...

Ver mais

678 – Dominando a Civilidade
678 – Dominando a Civilidade
Vivemos uma epidemia de incivilidade que ...

Ver mais

677 – Teorias da Conspiração
677 – Teorias da Conspiração
Vivemos numa sociedade assolada por grandes ...

Ver mais

676 – Homem na Lua 2
676 – Homem na Lua 2
Cinquenta anos atrás o homem pousou na Lua. Mas parece ...

Ver mais

675 – Homem na lua
675 – Homem na lua
Em 20 de Julho de 1969 uma nave feita pelo homem pousou ...

Ver mais

LíderCast 165 – Ícaro de Carvalho
LíderCast 165 – Ícaro de Carvalho
Um dos mais influentes profissionais de comunicação ...

Ver mais

LíderCast 164 – Artur Motta
LíderCast 164 – Artur Motta
Professor que fez transição de carreira e usa podcasts ...

Ver mais

LíderCast 163 – Amanda Sindman
LíderCast 163 – Amanda Sindman
Profissional de comunicação, jornalista e mulher trans. ...

Ver mais

LíderCast 162 – Aldo Pini
LíderCast 162 – Aldo Pini
Ex-diretor de planejamento da agência África, que ...

Ver mais

Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Um bate papo entre Adalberto Piotto, Carlos Nepomuceno ...

Ver mais

046 – Para quem vai anular o voto
046 – Para quem vai anular o voto
Fiz um vídeo desenhando claramente o que acontece com ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Simples assim
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Simples assim Excelência em Educação Dia 10 de agosto, compareci a um evento muitíssimo interessante. Estimulado pela chamada do convite eletrônico – Avanços na educação pública: o que podemos ...

Ver mais

Homenagem aos Economistas 2019
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Homenagem aos Economistas 2019 Memoráveis citações “O Brasil é um país onde você passa quinze dias fora e muda tudo, mas passa quinze anos fora e não muda nada.” Cássio Casseb  “Quando alguém tem ...

Ver mais

O que podemos aprender com a tragédia que virá da Argentina?
Carlos Nepomuceno
O que podemos aprender com a tragédia que virá da Argentina? Live completa.

Ver mais

Ni nóis não
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
A história todo mundo conhece, pelo menos no enredo do samba: Criminosos de extenso currículo (estelionatários, ladrões, traficantes) foram contratados para espionar telefones privados de ...

Ver mais

Cafezinho 204 – Agrotóxicos – melhor seria não usar IV
Cafezinho 204 – Agrotóxicos – melhor seria não usar IV
Ainda existe hoje uma cultura, muito estimulada por ...

Ver mais

Cafezinho 203 – Agrotóxicos – melhor seria não usar III
Cafezinho 203 – Agrotóxicos – melhor seria não usar III
Quem é o idiota que quer deliberadamente envenenar seus ...

Ver mais

Cafezinho 202 – Agrotóxicos – melhor seria não usar II
Cafezinho 202 – Agrotóxicos – melhor seria não usar II
Se não bastassem as dificuldades para comprar, ...

Ver mais

Cafezinho 201 – Agrotóxicos – melhor seria não usar
Cafezinho 201 – Agrotóxicos – melhor seria não usar
Agrotóxicos são a bola da vez. Da forma como é ...

Ver mais

As novidades

As novidades

Fernando Lopes - Iscas Politicrônicas -

Tão numerosas quanto espantosas, são as novidades criadas no meio político para, de alguma forma, beneficiar o lulismo ou seus satélites. De uma criatividade doentia, criminosa.

Vamulá: Semiparlamentarismo. Alguns teleguiados lulistas apareceram com esse monstro, na esperança de afastar o impeachment que bate à porta; uma espécie de “fica-bom-pra-todo- mundo”. Não importa, pra essa gente, que o povo já tenha recusado o parlamentarismo por duas vezes, uma através de referendo em 1963 e a última em 1993, via plebiscito. Não contentes, agora tentam impingir um parlamentarismo mais ou menos, uma espécie de gato com penas e patas de elefante. E nem estamos na Tasmânia para abrigar um bicho tão estranho.

Como até essa gente de poucas luzes percebeu que a ideia era impraticável, voltaram à mesa de projetos e sacaram outra barbaridade: Eleições gerais antecipadas. Pouco importa a total impossibilidade legal disso; para remediar, acenam com uma profunda alteração constitucional que acolha essa imbecilidade, sem a menor chance de aprovação num Congresso rachado, desmoralizado, assediado com propinas e cargos. Um supermercado de deputistas e senateiros – com Dilma enchendo o carrinho de compras. Pior: Tudo absolutamente às claras, como se fosse a coisa mais normal do mundo.

Chamar a oposição de nazista e de fascista não é novo para lulistas, mas é impressionante eles aumentarem a demência comparando-se aos judeus, perseguidos e massacrados aos milhões nos anos 30/40 (conseguem desmoralizar até a Lei de Godwin: https://pt.wikipedia.org/wiki/Lei_de_Godwin ). Sim; esse agora é o discurso de Dilma e Lula – justo este que, na famosa entrevista à Playboy em 1979, disse admirar Hitler por sua tenacidade (detalhes aqui: http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/trinta-anos-de-lula-os-homens-admiraveis/ ). É de chorar. Enquanto apostam nessa vitimização enojante, nesse coitadismo típico, apóiam todas (todas, sem exceção) as ditaduras do mundo, incluídas as que continuam querendo exterminar os judeus, como o Irã, teocracia que apedreja mulheres, gays e qualquer outro que ouse pensar ou ser diferente.

Uma das “melhores” novidades: Impeachment do vice-presidente da República. Essa é fantástica. Não existe na lei do impeachment ( http://www2.camara.leg.br/legin/fed/lei/1950-1959/lei-1079-10-abril-1950-363423-norma-pl.html ), nem é prevista na constituição, e nem nenhum país do mundo. Mas eles são mestres em defender a quadratura do círculo. “Vice versa?”, como perguntaria Millôr… e Ô se versa. Versa e versa muito. Haja vista Sarney, Itamar. Daí o pânico dos lulistas… querem que o vice seja impichado sem assumir o cargo. Mais ou menos como expulsar do jogo o reserva que nem saiu do banco. E pior… sob a alegação de que Temer cometeu pedaladas fiscais – aquelas mesmas que eles afirmam nunca terem sido feitas no governo Dilma!

Coisa de hospício. E os loucos estão no comando.

Ver Todos os artigos de Fernando Lopes