Iscas Intelectuais
Brazilian Rhapsody
Brazilian Rhapsody
O pessoal da Chinchila fez uma paródia de Bohemian ...

Ver mais

O Guia do Anunciante em Podcasts
O Guia do Anunciante em Podcasts
O Guia do Anunciante em Podcasts traz informações ...

Ver mais

Bandidos Na TV
Bandidos Na TV
Assisti Bandidos Na Tv, nova série na NetFlix, que ...

Ver mais

1964 – O Brasil entre armas e livros
1964 – O Brasil entre armas e livros
Um documentário para ser visto como outro ângulo pelo ...

Ver mais

679 – Será que acordamos?
679 – Será que acordamos?
Adalberto Piotto apresenta o programa Cenário Econômico ...

Ver mais

678 – Dominando a Civilidade
678 – Dominando a Civilidade
Vivemos uma epidemia de incivilidade que ...

Ver mais

677 – Teorias da Conspiração
677 – Teorias da Conspiração
Vivemos numa sociedade assolada por grandes ...

Ver mais

676 – Homem na Lua 2
676 – Homem na Lua 2
Cinquenta anos atrás o homem pousou na Lua. Mas parece ...

Ver mais

LíderCast 166 – Juliana e Abbey Alabi
LíderCast 166 – Juliana e Abbey Alabi
O Abbey é um imigrante africano, que chegou ao Brasil ...

Ver mais

LíderCast 165 – Ícaro de Carvalho
LíderCast 165 – Ícaro de Carvalho
Um dos mais influentes profissionais de comunicação ...

Ver mais

LíderCast 164 – Artur Motta
LíderCast 164 – Artur Motta
Professor que fez transição de carreira e usa podcasts ...

Ver mais

LíderCast 163 – Amanda Sindman
LíderCast 163 – Amanda Sindman
Profissional de comunicação, jornalista e mulher trans. ...

Ver mais

Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Um bate papo entre Adalberto Piotto, Carlos Nepomuceno ...

Ver mais

046 – Para quem vai anular o voto
046 – Para quem vai anular o voto
Fiz um vídeo desenhando claramente o que acontece com ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Resumo da Aula 2 do Curso On-line de Filosofia (COF)
Eduardo Ferrari
Resumos e Artigos
A segunda aula do COF, ministrada em 21 de março de 2009, teve a duração de 3h43min e foi resumida em menos de cinco minutos de leitura, com o objetivo de levar ao conhecimento do leitor uma ...

Ver mais

A quem interessa a divisão da sociedade?
Jota Fagner
Origens do Brasil
O atual estado de intolerância ao pensamento diferente, manifesto nas agressões que começam nas redes sociais e terminam em confrontos físicos no meio da rua, é o resultado de um processo de ...

Ver mais

TRIVIUM: CAPÍTULO 3 – MORFOLOGIA CATEGOREMÁTICA (parte 2)
Alexandre Gomes
Depois de listar todas as CATEGORIAS DE PALAVRAS, de acordo com a Gramática Geral irei tratar com mais calma de cada categoria. Seguindo a lista da lição anterior, vamos começar pelo grupo das ...

Ver mais

Simples assim
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Simples assim Excelência em Educação Dia 10 de agosto, compareci a um evento muitíssimo interessante. Estimulado pela chamada do convite eletrônico – Avanços na educação pública: o que podemos ...

Ver mais

Cafezinho 205 – Agrotóxicos – melhor seria não usar V
Cafezinho 205 – Agrotóxicos – melhor seria não usar V
O problema do agrotóxico no Brasil não é dos ...

Ver mais

Cafezinho 204 – Agrotóxicos – melhor seria não usar IV
Cafezinho 204 – Agrotóxicos – melhor seria não usar IV
Ainda existe hoje uma cultura, muito estimulada por ...

Ver mais

Cafezinho 203 – Agrotóxicos – melhor seria não usar III
Cafezinho 203 – Agrotóxicos – melhor seria não usar III
Quem é o idiota que quer deliberadamente envenenar seus ...

Ver mais

Cafezinho 202 – Agrotóxicos – melhor seria não usar II
Cafezinho 202 – Agrotóxicos – melhor seria não usar II
Se não bastassem as dificuldades para comprar, ...

Ver mais

A Ilusão de que “O Sucesso depende de Trabalhar Muito”

A Ilusão de que “O Sucesso depende de Trabalhar Muito”

0oyawkward -

Como encontrei o Felipe Bahia? Foi indicação de um amigo que me impressionou pelo emagrecimento. Perguntei se ele estava fazendo dieta e ele disse: “Sim. Pela mente”. E eu pensei: “Lá vem…”. Ele então me contou que estava fazendo um coaching com o Felipe Bahia, que se apresenta assim e seu site:

“Tentei de quase tudo para emagrecer, e cheguei a desistir. Pois toda dieta e toda academia que me matriculava eu abandonava em uma ou duas semanas. Eu não estava gostando de mim mesmo, e meu desempenho profissional só piorava. Decidi então aprender como poderia ser mais motivado, produzir mais e crescer profissionalmente, e nessa caminhada emagreci 23kg. Hoje continuo estudando mais ainda e ajudando pessoas em todo o Brasil e no exterior a Emagrecerem DEFINITIVAMENTE.”

Bem, estou para conhecer alguém mais cético que eu. E o aval daquele amigo me levou a entrar em contato com o Felipe, com quem já fiz algumas sessões. O “emagreça pela mente” que ele propõe não é aquela coisa de “emagreça dormindo”, mas um exercício de introspectiva, com técnicas de PNL e outros truques que ajudam a gente a programar o cérebro. Eu continuo cético, para mim o resultado dessas sessões deve ser incutir na gente um estado permanente de alerta, com o cérebro não deixando que façamos sem perceber as coisas que nos engordam. Por enquanto o que tenho sentido é que é tudo questão de disciplina. Falar do problema, refletir sobre o problema, ficar atento ao problema e ter disciplina para, ao perceber o ato que não te ajuda, evitar fazê-lo.

Não sei no que vão dar as sessões que estou fazendo. Acho que vou ganhar do Felipe e continuar gordo… Mas fiquei fascinado com as propostas  e o convidei para colaborar com o Portal Café Brasil.

Aqui está seu primeiro texto.

Preciso terminar esta apresentação, tem um Ben & Jerry´s me aguardando ali.

Luciano Pires

________________________________________________________________

A Ilusão de que “O Sucesso depende de Trabalhar Muito”

A título de curiosidade, dei uma olhadinha na lista da Forbes de 2016 e, entre os 70 mais ricos do mundo, só encontrei 16 que estavam visivelmente acima do peso. A grande maioria apresenta o aspecto saudável de quem se cuida em relação à alimentação e atividade física.  Talvez você diga:

– Ah Felipe, eles se cuidam pois já chegaram lá!

Pois aposto que foi o contrário: eles chegaram lá porque se cuidam, e isso é apontado na biografia de alguns como dos Brasileiros da Ambev.

Você já deve ter ouvido muita gente falar que para ter sucesso na vida é preciso trabalhar muito, muito mesmo.  E talvez você tenha acreditado nisso e dado o seu melhor para chegar lá. Mas quero te mostrar que você poderia ter chegado aonde chegou de uma forma incrivelmente melhor. Duvida?

Vamos olhar algumas características apontadas pelas principais revistas profissionais, que fazem um profissional ter sucesso: produtividade, disciplina, criatividade, jogo de cintura, liderança, resiliência, energia, disposição, experiência e conhecimento.

Para mim as principais são: produtividade, energia e disposição, pois tendo-as, você potencializa as outras.

Não é trabalhar muito que dá resultado, é trabalhar de forma inteligente e produtiva que faz um profissional crescer. Quem você acha que ganha mais, um profissional que executa uma função em 6h de trabalho ou um que faz o mesmo em 8h?

Hoje, existem diversas pessoas preocupadas em trabalhar mais, sem se importar com a produtividade, acreditando que horas trabalhadas farão total diferença. Então acabam trabalhando muito, chegam em casa cansadas, comem qualquer porcaria, engordam, dormem mal e repetem esse ciclo todo santo dia. Um ciclo que deixa a vida sem energia, que as deixa cada vez mais cansadas.  Para saber se você está assim, se pergunte:

– Eu termino meu dia com disposição?

Sou adepto de uma outra linha de pensamento, prefiro utilizar meu tempo para potencializar meu trabalho. Se eu posso fazer mais com menos, farei. E para isso sigo uma receita simples: atividade física, cuidar da saúde, estar em família.

E vou lhe dar uma simples razão: pessoas que praticam atividades físicas regularmente e cuidam da alimentação são 30% mais produtivas. Isso acontece pois o cérebro está mais relaxado e consegue focar mais naquilo que está fazendo. Pessoas ativas também faltam menos ao trabalho por problemas de saúde, têm níveis de stress muito menores e ainda conseguem encontrar tempo para estar com a família, se divertindo e se permitindo viver novas experiências que lhes facilitam pensar fora da caixa. Sem contar que terminam o dia com a mesma energia e disposição com que começaram.

Pense como uma empresa, quem você prefere? Uma pessoa produtiva, feliz, com energia e disposta ou uma pessoa que faz muitas horas extras, que vive faltando ao trabalho por questões de saúde e vive à base de remédios para aliviar a dor?

Talvez você ainda duvide de mim, então lhe desafio a fazer uma experiência: mude seu estilo de vida por uma semana e observe seu desempenho.

Se você ficou curioso com a lista da Forbes, aqui está: http://www.forbes.com.br/listas/2016/03/70-maiores-bilionarios-do-mundo-em-2016/#foto1

Ver Todos os artigos de 0oyawkward