Portal Café Brasil
#DicaNetFlix Trotsky
#DicaNetFlix Trotsky
É uma série de terror. Tem assassinos em série, ...

Ver mais

Visualizando as estruturas do discurso do Portal Café Brasil
Visualizando as estruturas do discurso do Portal Café Brasil
Se você se aproximar do Café Brasil, prepare-se para ...

Ver mais

Café Brasil Premium – Retrospectiva 2018
Café Brasil Premium – Retrospectiva 2018
Ao longo de 2018 o Café Brasil Premium decolou e ...

Ver mais

#Retrospectiva PodSumários
#Retrospectiva PodSumários
Comece 2019 praticando o Fitness Intelectual. A barriga ...

Ver mais

657 – Brumadinho e a Challenger
657 – Brumadinho e a Challenger
A tragédia da explosão da Challenger em 1986 marcou ...

Ver mais

656 – Rua Ramalhete
656 – Rua Ramalhete
Este programa é uma homenagem ao Tavito, que faleceu em ...

Ver mais

655 – É carnaval
655 – É carnaval
Tem gente boa, muito boa, fazendo a legítima música de ...

Ver mais

654 – Sarau Café Brasil III
654 – Sarau Café Brasil III
Realizamos mais uma edição do Café Brasil Premium, ...

Ver mais

LíderCast 145 – Ana Paula Andrade
LíderCast 145 – Ana Paula Andrade
CEO de uma multinacional de trademarketing, a Marco ...

Ver mais

LíderCast 144 – Daniel Arcoverde e Rafael Belmonte
LíderCast 144 – Daniel Arcoverde e Rafael Belmonte
Os jovens empreendedores que criaram a netshow.me, uma ...

Ver mais

LìderCast 143 – Doug Alvoroçado
LìderCast 143 – Doug Alvoroçado
Esse alvoroçado não é nome não, é adjetivo. Um ...

Ver mais

LíderCast 142 – Marcelo Pimenta
LíderCast 142 – Marcelo Pimenta
O Menta é um facilitador da inovação, um inquieto ...

Ver mais

Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Um bate papo entre Adalberto Piotto, Carlos Nepomuceno ...

Ver mais

046 – Para quem vai anular o voto
046 – Para quem vai anular o voto
Fiz um vídeo desenhando claramente o que acontece com ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Uma certa ideia de Brasil
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Uma certa ideia de Brasil Excelente retrospectiva de 2003 a 2018 “Precisamos ter uma ideia de como nos vemos como país, de nosso passado, nosso presente e nosso futuro.” Pedro Malan Este não é, ...

Ver mais

CAPÍTULO 2 – LINGUAGEM E SEUS SÍMBOLOS (parte 4)
Alexandre Gomes
O caminho até agora está ficando longo, não é? Por mais que eu use exemplos próximos da realidade; ainda assim, eu e você estamos buscando entender conceitos abstratos. Afinal, estamos falando ...

Ver mais

Só envelhece quem perde a curiosidade
Henrique Szklo
O mundo está muito óbvio. As coisas têm sido analisadas pelos pontos de vista mais superficiais e, em geral, equivocados. Julga-se por aparência, por condição financeira, por orientação sexual, ...

Ver mais

Defendam Douglas também
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
Não conhece Douglas Leandro Clizesqui? Sem problemas. Ninguém conhece. Ele é pai de Douglas Murilo, uma das oito vítimas fatais no massacre da escola estadual em Suzano; o caso todos conhecem. ...

Ver mais

Cafezinho 161 – A prisão do ex-presidente
Cafezinho 161 – A prisão do ex-presidente
Embora pareça que tudo está dentro da esfera criminal, ...

Ver mais

Cafezinho 160 – Os cinco estágios
Cafezinho 160 – Os cinco estágios
Ajudando a compreender o cenário político brasileiro.

Ver mais

Cafezinho 159 – O bobo da corte
Cafezinho 159 – O bobo da corte
O palhaço, o bobo, o gozador, é o único a perceber a ...

Ver mais

Cafezinho 158 – O tempo que lhe resta
Cafezinho 158 – O tempo que lhe resta
Dê o primeiro passo para fazer com que o tempo de vida ...

Ver mais

Cafezinho 97 – Os ciclos

Cafezinho 97 – Os ciclos

Luciano Pires -

Uma das vantagens de envelhecer é a oportunidade de compreender que a vida é feita de ciclos. Olha só: temos a infância, a adolescência, a juventude, a maturidade, a envelhescência e a velhice. Em cada fase descobrimos coisas novas que servem de base para a fase seguinte. Aos 50 anos comprovei que a partir da maturidade são os ciclos de nossos filhos que determinam os nossos. Pouco depois que meu filho nasceu, 34 anos atrás, mudei-me de São Paulo para Alphaville em busca de um lugar calmo para viver, que me lembrasse a Bauru onde nasci. O interior, a comunidade, o sossego e a qualidade de vida que aquela Alphaville de 1986 oferecia. E assim foi.

O nascimento de minha filha, 28 anos atrás, coincidiu com a mudança para uma casa em Aldeia da Serra onde permaneci por 8 anos, até que as crianças atingiram uma idade crítica dos 12 a 14 anos, quando Aldeia da Serra não bastava mais. Foi quando percebi que um ciclo havia passado, o da infância dos filhos. Era hora de retornar para Alphaville, onde as necessidades da adolescência seriam melhor atendidas. Em 1997 fomos para o condomínio Melville, para a casa de nossos sonhos. E ali foram anos fantásticos até os adolescentes chegarem aos 20 anos… Em 2012 meu filho mudou-se para São Paulo e minha filha estudava e trabalhava também por lá. O ciclo da adolescência se encerrara. E a casa dos meus sonhos ficou grande e vazia. As “crianças” estavam distantes. Era hora de mudar novamente. E me vi às voltas com a busca de uma nova casa, desta vez dentro de São Paulo, perto dos filhos, menor e mais adequada ao novo ciclo que se iniciava. Perdi o sono a cada noite, só de pensar que iria me desfazer da casa de meus sonhos…

E então, em dezembro de 2014 encontrei um apartamento em Moema e, muito a contragosto, comecei o processo de mudança. Iniciado o processo, as coisas começaram a acontecer. Encontrei uma casinha deliciosa para instalar meu escritório, distante 80 metros de meu apartamento. Parei de usar automóvel. Faço quase tudo que preciso a pé e de UBER. E apareceu uma oportunidade de construir um estúdio dentro da casa que eu aluguei. O apartamento se mostra mais que suficiente, fica todo mundo feliz e, aos 60 anos, comecei um novo ciclo, o da envelhescência. O da velhice ainda vai chegar. Olho para trás e não me arrependo de nada.

É assim mesmo que a vida acontece, em ciclos. E fica a cada dia mais claro que permanecer preso a um ciclo é negar-se a oportunidade de evoluir.

Assine gratuitamente o Cafezinho por WhatsApp: bit.ly/assinecafezinho

Feed: http://feed.portalcafebrasil.com.br/tools/cafezinho.xml

Oferecimento: blog.nakata.com.br