Portal Café Brasil
Palestra O Meu Everest
Palestra O Meu Everest
Meu amigo Irineu Toledo criou um projeto chamado ...

Ver mais

Brazilian Rhapsody
Brazilian Rhapsody
O pessoal da Chinchila fez uma paródia de Bohemian ...

Ver mais

O Guia do Anunciante em Podcasts
O Guia do Anunciante em Podcasts
O Guia do Anunciante em Podcasts traz informações ...

Ver mais

Bandidos Na TV
Bandidos Na TV
Assisti Bandidos Na Tv, nova série na NetFlix, que ...

Ver mais

690 – Vale quanto?
690 – Vale quanto?
Cara, você aceita pagar pelo ingresso de um show a ...

Ver mais

689 – A Missão
689 – A Missão
De quando em quando publicamos no Café Brasil a íntegra ...

Ver mais

688 – Doar órgãos é doar vida
688 – Doar órgãos é doar vida
A doação de órgãos é um ato de generosidade, é o ...

Ver mais

687 – A herança maldita
687 – A herança maldita
Uma apresentação, com números, do descompromisso, a ...

Ver mais

LíderCast 177 – Rodrigo Ricco
LíderCast 177 – Rodrigo Ricco
CEO da Octadesk, empresa focada na gestão de ...

Ver mais

LíderCast 176 – Willians Fiori
LíderCast 176 – Willians Fiori
Professor, podcaster e profissional de marketing e ...

Ver mais

LíderCast 175 – Marcelo Szuster
LíderCast 175 – Marcelo Szuster
O cara do “Business Agility", que trata da capacidade ...

Ver mais

LíderCast 174 – Eduardo Albano
LíderCast 174 – Eduardo Albano
Diretor de conteúdo da Ubook, plataforma que está ...

Ver mais

Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Um bate papo entre Adalberto Piotto, Carlos Nepomuceno ...

Ver mais

046 – Para quem vai anular o voto
046 – Para quem vai anular o voto
Fiz um vídeo desenhando claramente o que acontece com ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Trivium: Capítulo 3 – Morfologia Sincategoremática (parte 6)
Alexandre Gomes
A MORFOLOGIA SINCATEGOREMÁTICA se refere a PALAVRAS que só tem significado quando associadas a outras PALAVRAS.   Bom, se tais palavras se referente a outras palavras, então as funções delas ...

Ver mais

Vilmoteca
Chiquinho Rodrigues
Ser músico e ter viajado por esse imenso Brasil são dádivas que agradeço todo dia ao Papai do Céu! Ter colecionado experiências e conhecido os mais variados tipos de malucos acabaram fazendo de ...

Ver mais

Trivium: Capítulo 3 – Palavras Atributivas: verbos, advérbios e adjetivos (parte 5)
Alexandre Gomes
Continuando a tratar de VERBOS, irei expor agora sobre as classes de verbos:   TRANSITIVOS: aqueles que expressam uma ação que começa no sujeito (agente) e “vai até” (trans + ire) o objeto ...

Ver mais

Sem enredo
Chiquinho Rodrigues
Ainda bem que o U2 pegou um avião e foi pra puta-que-pariu! Eu já não aguentava mais, cara! Te juro que se eu visse o Bono Vox mais uma vez no Jornal Nacional ou na droga de um palanque qualquer ...

Ver mais

Cafezinho 228 – O medo permanente
Cafezinho 228 – O medo permanente
Enquanto destruíam nosso sistema de justiça criminal ...

Ver mais

Cafezinho 227 – Paralisia por análise
Cafezinho 227 – Paralisia por análise
A falta de experiência e repertório dessa moçada ...

Ver mais

Cafezinho 226 – O MCSC
Cafezinho 226 – O MCSC
Um movimento que independe de partidos, de políticos, ...

Ver mais

Cafezinho 225 – O Meu Everest
Cafezinho 225 – O Meu Everest
Nos livros, isso tem o nome de planejamento estratégico.

Ver mais

Cafezinho 54 – Smart Talk

Cafezinho 54 – Smart Talk

Luciano Pires -
Download do Programa

Jeffrey Pfeffer e Bob Sutton publicaram em 1999 na revista Harvard Business Review,  o artigo The trap of Smart Talk”, que pode ser traduzido como “A armadilha do papo esperto”. Num trecho, eles dizem assim:

“Descobrimos que um tipo muito particular de conversa é um traiçoeiro inibidor da ação nas organizações: o ‘papo esperto’. Os elementos do papo esperto incluem soar pomposamente confiante, articulado e eloquente; ter informações e ideias interessantes e possuir um bom vocabulário. Mas o papo esperto tende a ter outros componentes menos benignos: primeiro, foca no negativo, e segundo, é desnecessariamente complicado ou abstrato (ou ambos). Em outras palavras, as pessoas se apegam ao papo esperto para fazer jorrar críticas e complexidades. Infelizmente, esse tipo de papo tem uma capacidade inquietante de reprimir a ação em seu caminho. É por isso que o chamamos da ‘armadilha do papo esperto’.”

1999. De lá pra cá vimos o crescimento espetacular da indústria do papo esperto, com especialistas, executivos, consultores, coaches, palestrantes e os tais “empreendedores de palco”. Gente que fala bem, mas fica na retórica.

A definição clássica do termo “retórica” é a arte de usar uma linguagem para comunicar de forma eficaz e persuasiva. Isso é bom. Pode inspirar as pessoas a agir! Mas também pode causar destruição, quando é apenas veículo para fórmulas que se dizem infalíveis. Se o papo esperto é recebido sem a preocupação do quando, onde, por que, quais outras técnicas ou soluções estão disponíveis para serem combinadas ou modificadas para atender a seus interesses, aí temos um problema. A bela retórica só ajuda o dono dela. O dono do papo esperto.

Voltarei a esse tema.

________________________________

Para assinar o Cafezinho:

No WhatsApp: bit.ly/querocafezinho

Feed do Cafezinho: http://feed.portalcafebrasil.com.br/tools/cafezinho.xml

Para iTunes: https://itunes.apple.com/br/podcast/cafezinho-caf%C3%A9-brasil/id1281343582?mt=2