Portal Café Brasil
Brazilian Rhapsody
Brazilian Rhapsody
O pessoal da Chinchila fez uma paródia de Bohemian ...

Ver mais

O Guia do Anunciante em Podcasts
O Guia do Anunciante em Podcasts
O Guia do Anunciante em Podcasts traz informações ...

Ver mais

Bandidos Na TV
Bandidos Na TV
Assisti Bandidos Na Tv, nova série na NetFlix, que ...

Ver mais

1964 – O Brasil entre armas e livros
1964 – O Brasil entre armas e livros
Um documentário para ser visto como outro ângulo pelo ...

Ver mais

679 – Será que acordamos?
679 – Será que acordamos?
Adalberto Piotto apresenta o programa Cenário Econômico ...

Ver mais

678 – Dominando a Civilidade
678 – Dominando a Civilidade
Vivemos uma epidemia de incivilidade que ...

Ver mais

677 – Teorias da Conspiração
677 – Teorias da Conspiração
Vivemos numa sociedade assolada por grandes ...

Ver mais

676 – Homem na Lua 2
676 – Homem na Lua 2
Cinquenta anos atrás o homem pousou na Lua. Mas parece ...

Ver mais

LíderCast 166 – Juliana e Abbey Alabi
LíderCast 166 – Juliana e Abbey Alabi
O Abbey é um imigrante africano, que chegou ao Brasil ...

Ver mais

LíderCast 165 – Ícaro de Carvalho
LíderCast 165 – Ícaro de Carvalho
Um dos mais influentes profissionais de comunicação ...

Ver mais

LíderCast 164 – Artur Motta
LíderCast 164 – Artur Motta
Professor que fez transição de carreira e usa podcasts ...

Ver mais

LíderCast 163 – Amanda Sindman
LíderCast 163 – Amanda Sindman
Profissional de comunicação, jornalista e mulher trans. ...

Ver mais

Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Um bate papo entre Adalberto Piotto, Carlos Nepomuceno ...

Ver mais

046 – Para quem vai anular o voto
046 – Para quem vai anular o voto
Fiz um vídeo desenhando claramente o que acontece com ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Resumo da Aula 2 do Curso On-line de Filosofia (COF)
Eduardo Ferrari
Resumos e Artigos
A segunda aula do COF, ministrada em 21 de março de 2009, teve a duração de 3h43min e foi resumida em menos de cinco minutos de leitura, com o objetivo de levar ao conhecimento do leitor uma ...

Ver mais

A quem interessa a divisão da sociedade?
Jota Fagner
Origens do Brasil
O atual estado de intolerância ao pensamento diferente, manifesto nas agressões que começam nas redes sociais e terminam em confrontos físicos no meio da rua, é o resultado de um processo de ...

Ver mais

TRIVIUM: CAPÍTULO 3 – MORFOLOGIA CATEGOREMÁTICA (parte 2)
Alexandre Gomes
Depois de listar todas as CATEGORIAS DE PALAVRAS, de acordo com a Gramática Geral irei tratar com mais calma de cada categoria. Seguindo a lista da lição anterior, vamos começar pelo grupo das ...

Ver mais

Simples assim
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Simples assim Excelência em Educação Dia 10 de agosto, compareci a um evento muitíssimo interessante. Estimulado pela chamada do convite eletrônico – Avanços na educação pública: o que podemos ...

Ver mais

Cafezinho 205 – Agrotóxicos – melhor seria não usar V
Cafezinho 205 – Agrotóxicos – melhor seria não usar V
O problema do agrotóxico no Brasil não é dos ...

Ver mais

Cafezinho 204 – Agrotóxicos – melhor seria não usar IV
Cafezinho 204 – Agrotóxicos – melhor seria não usar IV
Ainda existe hoje uma cultura, muito estimulada por ...

Ver mais

Cafezinho 203 – Agrotóxicos – melhor seria não usar III
Cafezinho 203 – Agrotóxicos – melhor seria não usar III
Quem é o idiota que quer deliberadamente envenenar seus ...

Ver mais

Cafezinho 202 – Agrotóxicos – melhor seria não usar II
Cafezinho 202 – Agrotóxicos – melhor seria não usar II
Se não bastassem as dificuldades para comprar, ...

Ver mais

Cafezinho 196 – O sequestro do belo

Cafezinho 196 – O sequestro do belo

Luciano Pires -
Cara, essa diabólica estratégia implementada ao longo dos últimos 30/40 anos, de separar o país em grupos e colocar uns contra os outros parece que chegou perto do limite. A questão é política, mas já contaminou a cultura e o comportamento. A consequência mais visível e óbvia é o estrago nos relacionamentos, com interrupção de amizades, rompimento entre familiares e coisas absurdas que temos ouvido e vivido. Mas tem mais.
 
Num final de tarde, ao colocar o computador em modo de suspensão para ir embora, o Windows automaticamente jogou um protetor de tela ao fundo. Era uma foto maravilhosa de um tucano, com cores vibrantes, um enquadramento instigante, aquele bico amarelo tomando quase toda a tela. Maravilhoso! Num monitor de 43 polegadas, foi de tirar o fôlego. Fiquei tão impactado que tirei uma foto do monitor e publiquei nas mídias sociais, dizendo que o Windows tinha me dado um presente. Eu só vi a beleza do tucano. Pronto. E aí começaram a chegar comentários de quem viu o Aécio, de gente fazendo ironia sobre minha preferência política. Afinal, o tucano pertence ao PSDB.
Eu tenho peças de roupa vermelhas. Cada vez que apareço com uma delas, tenho de ouvir piadinhas ou ironias. O vermelho pertence ao PT, à esquerda, e se eu o uso, estou do lado deles.
 
Usei músicas de Chico Buarque num podcast. E chegaram comentários do tipo “uma pena você estragar o programa com esse simpatizante de ditaduras e amigo de bandidos.”
 
Cara, você acha que eu vou dar a meus adversários e detratores o gostinho de impedir que eu poste uma foto que gostei, use uma cor que me agrada, ouça uma música que fez a trilha sonora da minha vida? Mas não mesmo! Não deixarei que esses caras sequestrem o belo, patrulhando para que eu meça o mundo pela régua deles. Não mesmo.
Isso já aconteceu na história, e começou da mesma forma. Alguém sequestrou o bem, e decidiu sumir com quem achava que era do mal. O resultado foram morticínios.
 
Bem, eu comecei este texto dizendo que chegamos perto do limite, não é? Mas por que perto? Porque ainda não começamos a matar em série quem pensa diferente de nós.
 
O lindo tucano é uma ave maravilhosa. O vermelho é uma cor que inspira, dá energia e motiva. Chico Buarque tem músicas que me enchem os olhos d´água, me inspiram e trazem lembranças que não têm preço.
Reduzir tudo isso à uma questão de simpatia por partidos políticos ou ideologias é ser um verdadeiro trouxa.
 
É ser um sequestrador do belo.
 
Pronto. Viu o que você pensou?
 
A palavra “belo” foi sequestrada por um pagodeiro.

Este cafezinho chega a você com apoio do Cafebrasilpremium.com.br, um MLA – Master Life Administration, que ajuda a refinar sua capacidade de julgamento e tomada de decisão. www.cafebrasilpremium.com.br