Portal Café Brasil
Bandidos Na TV
Bandidos Na TV
Assisti Bandidos Na Tv, nova série na NetFlix, que ...

Ver mais

1964 – O Brasil entre armas e livros
1964 – O Brasil entre armas e livros
Um documentário para ser visto como outro ângulo pelo ...

Ver mais

Os Podcasts Café Brasil Musicais
Os Podcasts Café Brasil Musicais
Música é uma de nossas grandes paixões, por isso de ...

Ver mais

#DicaNetFlix Trotsky
#DicaNetFlix Trotsky
É uma série de terror. Tem assassinos em série, ...

Ver mais

669 – Fora da Caixa 2
669 – Fora da Caixa 2
Você não precisa inventar a lâmpada para ser original. ...

Ver mais

668 – Fora da caixa
668 – Fora da caixa
Não é fácil hoje em dia ter uma ideia original, ...

Ver mais

667 – Ajuda, por favor
667 – Ajuda, por favor
Toda mudança implica em incomodação. Se não incomoda, ...

Ver mais

666 – O diabo é o pai do rock
666 – O diabo é o pai do rock
Existem dezenas de explicações para o 666 ser chamado ...

Ver mais

LíderCast 156 – Karina Oliani e Carlos Morey
LíderCast 156 – Karina Oliani e Carlos Morey
Aproveitando que o Everest está sendo discutido na ...

Ver mais

LíderCast Temporada 12
LíderCast Temporada 12
Vem aí a Temporada 12 do LíderCast, que será lançada na ...

Ver mais

LíderCast 155 – Emilio Dantas Costa
LíderCast 155 – Emilio Dantas Costa
Servidor público de carreira, que a partir das ...

Ver mais

LíderCast 154 – Diógenes e Michelle Cezila
LíderCast 154 – Diógenes e Michelle Cezila
Empreendedores brasileiros, que se mudam para os ...

Ver mais

Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Cafezinho Live – Como será o Brasil com Bolsonaro
Um bate papo entre Adalberto Piotto, Carlos Nepomuceno ...

Ver mais

046 – Para quem vai anular o voto
046 – Para quem vai anular o voto
Fiz um vídeo desenhando claramente o que acontece com ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Komsomol brasileiro
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
Um dos métodos mais eficazes para garantir a lavagem cerebral nos jovens de tenra idade (muitas vezes órfãos, vítimas da guerra ou dos pavorosos assassinatos em massa ordenados por Stalin) na ...

Ver mais

O terrorismo do país da mesada
Carlos Nepomuceno
LIVE COMPLETA.

Ver mais

O que é Respeito?*
Alessandro Loiola
Quando éramos crianças, fomos ensinados, por bem ou por mal, a respeitar nossos pais e professores, nossa família, as autoridades, as regras, as leis, os sentimentos das pessoas, os emblemas de ...

Ver mais

RevoX: Pense fora do caixão
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
RevoX: Pense fora do caixão Participe você também “Quando foi a última vez que você fez alguma coisa pela primeira vez?” Acompanhei a primeira sessão da webcast RevoX – A revolução ...

Ver mais

Cafezinho 186 – A disciplina intelectual
Cafezinho 186 – A disciplina intelectual
Na definição dos dicionários, disciplina é o conjunto ...

Ver mais

Cafezinho 185 – O princípio Eisenhower
Cafezinho 185 – O princípio Eisenhower
Dê uma olhada nas pautas em discussão nas mídias. Veja ...

Ver mais

Cafezinho 184 – O desequilíbrio do gênio
Cafezinho 184 – O desequilíbrio do gênio
Só consigo entender isso como o desequilíbrio do gênio.

Ver mais

Cafezinho 183 – Ostracismo social
Cafezinho 183 – Ostracismo social
Olhando os jornais e tevês, parece que estamos inertes, ...

Ver mais

Cafezinho 183 – Ostracismo social

Cafezinho 183 – Ostracismo social

Luciano Pires -

Em 2013, o senador paraguaio Victor Bogado foi acusado de contratar uma babá com salário mensal equivalente a R$ 8.200. Metade saía da folha de pagamentos do Legislativo e metade do caixa da Itaipu Binacional. Quando o Ministério Público paraguaio decidiu processar o Senador, 23 de seus 45 colegas votaram contra a retirada da imunidade parlamentar, o que causou indignação nacional. E a reação popular foi ótima: o ostracismo social. Diversas empresas publicaram anúncios pedindo a renúncia dos 23 que confundiam imunidade com impunidade, e cartazes com seus nomes foram afixados na entrada de postos de gasolina, shopping centers e cinemas, informando que não eram bem-vindos. Senadores foram impedidos de entrar ou expulsos de restaurantes. Até os táxis aderiram! A pressão foi tanta que os senadores voltaram atrás e autorizaram o processo contra o criador da “babá de ouro”.

Viu que genial? “Ostracismo social”, sem precisar de radicalismos…. apenas a reação legítima da sociedade contra quem não demonstra dignidade no exercício de seu mandato, chamando-os pelos nomes que eles têm.

Contei essa história numa de minhas palestras e a reação que ouvi de várias pessoas foi a esperada: “Ah, no Brasil isso não dá certo. Ninguém vai se importar.”

Pois bem, acabamos de ter uma demonstração: seis ex-ministros da educação se reuniram para gerar um documento com sugestões sobre o que fazer com a educação brasileira, pela qual foram responsáveis nos últimos 24 anos. Cara, eu teria vergonha no lugar deles, mas não, os seis foram paparicados, ganharam destaque na imprensa. Um deles, Cristóvão Buarque, disse “Estamos tentando dar nossa contribuição para que a marcha das últimas décadas não seja interrompida, mas, sim, acelerada.” Que marcha, cara pálida? Para o abismo, é? O projeto de vocês não deu certo, não funcionou, não pode ser acelerado, tem de ser mudado. Radicalmente.

Mas olhando os jornais e tevês, parece que estamos inertes, esquecemos tudo! Desconhecemos o ostracismo social e trazemos essas múmias de volta. Se queremos botar ordem na bagunça, temos que apontar os responsáveis, dizer seus nomes em voz alta, pregar um cartaz com suas fotos na porta de entrada, chamá-los pelo que são de verdade: no caso dos ex-ministros da educação, no mínimo de incompetentes.

Ostracismo social é o nome do jogo. Até para quem não tem vergonha.

 

Este cafezinho chega a você com apoio do Cafebrasilpremium.com.br, um MLA – Master Life Administration, que ajuda a refinar sua capacidade de julgamento e tomada de decisão. www.cafebrasilpremium.com.br