Portal Café Brasil
Síntese de indicadores sociais 2016 do IBGE
Síntese de indicadores sociais 2016 do IBGE
O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - ...

Ver mais

Silvio Santos, Zé Celso e o Oficina
Silvio Santos, Zé Celso e o Oficina
Uma reunião para ser objeto de estudo em qualquer aula ...

Ver mais

#TransgressaoEhIsso
#TransgressaoEhIsso
Transgredir é muito mais que pintar o rosto, urinar na ...

Ver mais

Vem aí o Cafezinho
Vem aí o Cafezinho
Nasce nesta segunda, 4/9 o CAFEZINHO, podcast ...

Ver mais

597 – Simplifique
597 – Simplifique
O programa de hoje é um presente. Reproduzimos na ...

Ver mais

596 – A complicada arte de ver – revisitado
596 – A complicada arte de ver – revisitado
“A árvore que o sábio vê não é a mesma árvore que o ...

Ver mais

595 – A empatia positiva
595 – A empatia positiva
Se você construir uma linha emocional imaginária, numa ...

Ver mais

594 – Sultans of Swing
594 – Sultans of Swing
Láááááá em 1977 uma obscura banda inglesa começou a ...

Ver mais

LíderCast 96 – Ricardo Geromel
LíderCast 96 – Ricardo Geromel
Ricardo Geromel, que sai do Brasil para jogar futebol, ...

Ver mais

LíderCast 95 – Pascoal da Conceição
LíderCast 95 – Pascoal da Conceição
Pascoal da Conceição, que fala sobre a vida de ator no ...

Ver mais

LíderCast 94 – Marcelo e Evelyn Barbisan
LíderCast 94 – Marcelo e Evelyn Barbisan
Marcelo e Evelyn Barbisan. O Marcelo é médico, a Evelyn ...

Ver mais

LíderCast 93 – Max Oliveira
LíderCast 93 – Max Oliveira
Max Oliveira, empreendedor que fundou a Max Milhas, uma ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata - Temporada 02 Episódio 09 Quando ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 08 Já falei ...

Ver mais

País de Santos
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
Há dias um assunto artificialmente inflado ocupa sites e jornais: A posse interrompida da ex-quase-futura ministra do Trabalho, deputada federal Cristiane Brasil (PTB/RJ), filha do conhecido ...

Ver mais

Jonatan, o Tolo
Bruno Garschagen
Ciência Política
Jonatan é o tolo cuja credulidade fantasiosa corrompeu qualquer traço de inocência

Ver mais

Projeções econômicas do Brasil para 2018
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Projeções econômicas do Brasil para 2018[1] Com uma sólida formação humanista, um economista pode afirmar que quanto menor a intervenção do Estado na economia de mercado, mais rico será este país ...

Ver mais

Vale fazer um curso universitário se as profissões vão desaparecer?
Mauro Segura
Transformação
Numa perspectiva de que tudo muda o tempo todo, será que vale a pena sentar num banco de universidade para se formar numa profissão que vai desaparecer ou se transformar nos próximos anos?

Ver mais

Cafezinho 39 – Como fazer críticas nutritivas
Cafezinho 39 – Como fazer críticas nutritivas
Num cafezinho anterior falei sobre a importância de ...

Ver mais

Cafezinho 38 – A agarra
Cafezinho 38 – A agarra
Basta implantar uma dúvida, uma agarra... e pronto! A ...

Ver mais

Cafezinho 37 – Sobre críticas
Cafezinho 37 – Sobre críticas
Saber avaliar as críticas é fundamental, mas saber ...

Ver mais

Cafezinho 36 – Velhos problemas
Cafezinho 36 – Velhos problemas
O Brasil não tem problemas novos.

Ver mais

Cafezinho 17 – Oportunismo disciplinado

Cafezinho 17 – Oportunismo disciplinado

Luciano Pires -

Depois de mais de 40 anos trabalhando, hoje consigo olhar para trás e perceber que acabei adotando um estilo de gestão bem brasileiro, que chamo de “Oportunismo Disciplinado”. Sempre trabalhei com a equação “sessenta por quarenta”. Meus planos têm 60% das variáveis sob controle, as outras 40% eu guardo para as oportunidades. Digo que esse é um estilo brasileiro pois não tenho dúvidas que ele só existe em função de nossa completa incapacidade de planejar firme e a longo prazo no Brasil. A cada minuto é um susto, uma lei que muda, o caminhão que quebrou, o motoboy que não chegou, o sistema que caiu. Não sei o que vai acontecer, mas aconteça o que acontecer, estou pronto para tirar proveito. Se a surpresa é uma oportunidade, encaixe-se no plano! Não dá é para deixar passar por “ não estar no orçamento”, percebe? Se eu tivesse um plano rígido, focado, obcecado pelo controle, talvez fosse ainda hoje um executivo de multinacional, não um escritor, palestrante, radialista, podcaster, cartunista… educador. Aliás, talvez você nem estivesse me lendo aqui.

Meu plano de vida só tem 60% firmes, o resto é flexível, aberto às oportunidades. E como essa atitude não faz “parte do plano”, mas “É” o plano, as oportunidades surgem naturalmente.  Mais que isso: conto com elas. Busco por elas. Pela surpresa. O preço disso é manter-se antenado todo o tempo, buscando de forma contínua e sistemática pela oportunidade que surgirá quando eu dobrar a esquina. E recebe-la de braços abertos.

Oportunismo disciplinado. Mais que os 60% de organização e controle, sou os 40% flexibilizados, improvisados e irreverentes. Mas disciplinados.

________________________________________

Para assinar o Cafezinho:

No WATSAPP: bit.ly/querocafezinho

Feed do Cafezinho: http://feed.portalcafebrasil.com.br/tools/cafezinho.xml
Para iTunes: https://itunes.apple.com/br/podcast/cafezinho-caf%C3%A9-brasil/id1281343582?mt=2