Portal Café Brasil
O pacto dos canalhas
O pacto dos canalhas
Isca Intelectual de Luciano Pires sobre o grande mal ...

Ver mais

A colheita
A colheita
isca intelectual de Luciano Pires, sobre um Brasil que ...

Ver mais

Pelo exemplo
Pelo exemplo
Isca intelectual de Luciano Pires sobre gestão. Todo ...

Ver mais

Quem faz nossa cabeça
Quem faz nossa cabeça
Isca intelectual de Luciano Pires. Imagino uma criança ...

Ver mais

562 – Orgulho de ser corrupto
562 – Orgulho de ser corrupto
Podcast Café Brasil 562 - Orgulho de ser corrupto. ...

Ver mais

561 – Intueri
561 – Intueri
Podcast Café Brasil 561 - Intueri. Às vezes você tem a ...

Ver mais

560 – Welcome to the Hotel California
560 – Welcome to the Hotel California
Podcast Café Brasil 560 - Hotel Califórnia. O programa ...

Ver mais

559 – Vida de vampiro
559 – Vida de vampiro
Podcast Café brasil 559 - Vida de vampiro. Ainda na ...

Ver mais

LíderCast 069 – Panela Produtora
LíderCast 069 – Panela Produtora
Hoje converso com Daniel, Filipe, Janjão e Rhaissa ...

Ver mais

LíderCast 068 – Gilmar Lopes
LíderCast 068 – Gilmar Lopes
Hoje converso com Gilmar Lopes, que de pedreiro se ...

Ver mais

LíderCast 067 – Roberto Caruso
LíderCast 067 – Roberto Caruso
Hoje conversamos com Roberto Caruso, um empreendedor ...

Ver mais

LíderCast 066 – Alex Bezerra de Menezes
LíderCast 066 – Alex Bezerra de Menezes
Hoje converso com Alex Bezerra de Menezes, que é Clark ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata - Temporada 02 Episódio 09 Quando ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 08 Já falei ...

Ver mais

A mentalidade da caixa preta
Raiam Santos
Fiquei um tempinho distante do MundoRaiam porque estava em “Modo Buda” focado 100% na produção do meu quinto livro CLASSE ECONÔMICA: PAÍSES BALCÃS. Agora que o livro já tá na mão da ...

Ver mais

O coração da empresa
Tom Coelho
Sete Vidas
“Se fôssemos bons em tudo não necessitaríamos trabalhar em equipe.” (Gisela Kassoy)   É comum qualificarmos as empresas como “organismos vivos”. E, sob esta ótica, comparar seu funcionamento ...

Ver mais

Manual de disrupção do marketing
Mauro Segura
Transformação
17 fenômenos acontecendo no marketing que nem todo mundo está enxergando

Ver mais

Todos iguais. SQN
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
A atual crise, com a delação dos famigerados irmãos Joesley e Wesley Batista, tem causado reações estranhas da nobre plateia; há mais fervura nas torcidas contra (e a favor do quanto-pior-melhor ...

Ver mais

Trio Esperança

Trio Esperança

Luciano Pires -

Iniciou a carreira em 1961,apresentando-se em shows de calouros, como o de Hélio Ricardo. Nesse mesmo ano, gravou pela Odeon o primeiro disco, um 78 rpm com as músicas “Rock do espirro” (Fernando César e Alfredo Max) e “O menino do amendoim” (José Messias). O disco teve a vendagem de 150 cópias.

Em 1962, obteve o primeiro sucesso, com a gravação de “Filme triste”, uma versão de Romeu Nunes.

No ano seguinte, obteve novo sucesso com “O passo do elefantinho”, versão de Ruth Blanco para música de Henry Mancini, lançado no programa de TV “Noite de gala”. Também em 1962, lançou um compacto duplo, com destaque para a música “Dominique”.

Em 1963, gravou o LP “Nós somos o sucesso”.

No ano seguinte, lançou “A lagartixa” e “Contando estrelas” em compacto simples pela Odeon. Também em 1964, obteve sucesso com a gravação de “Meu bem lolipop”, lançado em compacto simples, e gravou o LP “Três vezes sucesso”.

Em 1965, lançou, em compacto simples, a música “A festa do Bolinha” (Roberto Carlos e Erasmo Carlos), grande sucesso não apenas do trio como também do movimento Jovem Guarda.

No ano seguinte, gravou o LP “A festa do Bolinha”.

Lançou, em 1967, o LP “A festa do Trio Esperança”.

No ano seguinte, gravou o LP “O fabuloso Trio Esperança” e lançou em compacto simples “Você só pensa em você” e “Queria confessar”. Também em 1968, Evinha concorreu ao IV Festival Internacional da Canção (TV Globo), com “Cantiga por Luciana” (Edmundo Souto e Paulinho Tapajós), classificando a canção em primeiro lugar no evento, nas fases nacional e internacional, e recebendo o prêmio Galo de Ouro. Em seguida, a cantora desligou-se do trio e partiu para carreira solo, sendo substituída por sua irmã Mariza.

Na década de 1970, o trio lançou mais quatro LPs, todos intitulados “Trio Esperança”.

Mais tarde, Eva, Regina e Mariza mudaram-se para a França, onde voltaram a formar o trio, lançando, na década de 1990, os CDs “A capela do Brasil” (1992), “Segundo” (1995) e “Nosso mundo” (1999).

Em 2007, as três cantoras apresentaram-se ao lado dos irmãos Renato, Ronaldo e Roberto Corrêa, integrantes do grupo Golden Boys, e do irmão Mario, que integrou uma das formações do Trio Esperança, no Garden Hall (RJ). O espetáculo foi gravado para lançamento em DVD.


Trio Esperança ontem e hoje

[youtube]CDSVvemnykc[/youtube]
[youtube]dXm-zigYoZ0[/youtube]
[youtube]VMgCx3Vsp20[/youtube]
[youtube]qfPaW2sJPO8[/youtube]