Portal Café Brasil
#EnquantoIsso
#EnquantoIsso
Isca intelectual de Luciano Pires sobre celebrar ...

Ver mais

O desengajamento moral
O desengajamento moral
Isca intelectual de Luciano Pires sobre o ...

Ver mais

O ridículo
O ridículo
Isca intelectual de Luciano Pires pra incomodar: será ...

Ver mais

Quando um não quer.
Quando um não quer.
Isca intelectual de Luciano Pires com um exemplo de ...

Ver mais

550 – Carnaval revisitado
550 – Carnaval revisitado
Podcast Café Brasil 550 - Carnaval Revisitado. Mais um ...

Ver mais

549 – Os quatro compromissos
549 – Os quatro compromissos
Podcast Café Brasil 549 - Os quatro compromissos. Cara, ...

Ver mais

548 – O efeito borboleta
548 – O efeito borboleta
Podcast Café Brasil 548 - O efeito borboleta. Você já ...

Ver mais

547 – Sobre desigualdade
547 – Sobre desigualdade
Podcast Café Brasil 547 - Sobre desigualdade. O tema da ...

Ver mais

LíderCast 056 – Paula Miraglia
LíderCast 056 – Paula Miraglia
LiderCast 056 - Hoje conversaremos com Paula Miraglia, ...

Ver mais

LíderCast 055 – Julia e Karine
LíderCast 055 – Julia e Karine
LiderCast 055 - Hoje vamos conversar com duas jovens ...

Ver mais

LíderCast 054 – Rodrigo Dantas
LíderCast 054 – Rodrigo Dantas
LiderCast 054 - Hoje vamos falar com o empreendedor ...

Ver mais

LíderCast 053 – Adalberto Piotto
LíderCast 053 – Adalberto Piotto
LiderCast 053 - Hoje vamos entrevistar Adalberto ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata - Temporada 02 Episódio 09 Quando ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 08 Já falei ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 07
Videocast Nakata T02 07
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 07 Se a sua ...

Ver mais

Como não saber pela imprensa o que acontece na política
Bruno Garschagen
Ciência Política
Isca intelectual de Bruno Garschagen, afirmando que basta que um político não seja a expressão daquele ideal de mundo acalentado por certos jornalistas para que eles abram mão do compromisso de ...

Ver mais

A arte de empreender
Tom Coelho
Sete Vidas
“É melhor aproximadamente agora do que exatamente nunca. Quem espera permanentemente pelo melhor momento jamais vai empreender.” (Aleksandar Mandic)   O Brasil é o 7º colocado mundial entre ...

Ver mais

Kenneth Arrow
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Kenneth Arrow   1921 – 2017 “Kenneth Arrow foi o mais importante economista teórico do século XX.” Paul Samuelson Kenneth Arrow nasceu em Nova York, EUA, em 1921. Estudou sempre em sua ...

Ver mais

Desafiando a Zona de Conforto
Mauro Segura
Transformação
Como podemos superar os nossos receios de tomar riscos? Como podemos mudar o curso da nossa história? A decisão de mudar é meramente individual. Aqui Mauro Segura conta algumas histórias e dá ...

Ver mais

Susan B. Anthony

Susan B. Anthony

Luciano Pires -

Susan Brownell Anthony (5 de fevereiro de 1820 – 13 de março de 1906) foi uma feminista que  lutou pelo Direitos das Mulheres.

Professora feminista, sufragista e reformista estadunidense nascida em South Adams, Massachusetts, que junto com Elizabeth Cady Stanton (1815-1902) ficou conhecida por sua luta pela igualdade da mulher no direito à educação, ao trabalho e ao voto.

Filha de Daniel Anthony, industrial do algodão e um liberal Quaker, foi educada pelas irmãs e com professores particulares.

Após completar sua educação na Friends’ Boarding-School, em Philadelphia, ela ensinou em New York (1835-1850). depois seguiu a família quando o pai mudou-se para Washington County, New York (1826) e finalmente instalou-se em Rochester (1846).

Fez seu primeiro discurso em público (1847) e começou suas atividades pela emancipação feminina e participou da convenção de Albany (1851). No ano seguinte a Woman’s New York State Temperance Society foi organizada.

Pouco anos depois (1857) tornou-se uma ativa defensora da abolição da escravatura. Numa convenção de professores em Troy (1858), posicionou-se em favor da educação em igualdade de condições para ambos os sexos. Ativa politicamente em New York, iniciou a luta pelo voto feminino.

Foi ao Kansas (1867) com Elizabeth Cady Stanton e Lucy Stone, e obtiveram 9000 votos em favor do sufrágio feminino.

No ano seguinte (1868), em cooperação com Mrs. Stanton e Parker Pillsbury, e com assistência de George F. Train, iniciaram a publicação do semanário feminista The Revolutionist, em New York City. Participou (1872) da eleição congressional do estado de Rochester, mas a votação feminina foi considerada ilegal. Nos anos seguintes continuou sua luta e a atuando como professora em New Rochelle e Canajoharie, NY.

Publicou com Elizabeth Cady Stanton e Matilda Joslyn Gage, The History of Woman Suffrage (1881) em dois volumes.

Quando morreu (1906), vítima de pneumonia e um conseqüente ataque cardíaco, apenas quatro estados, Wyoming, Colorado, Idaho e Utah, tinham adotado o sufrágio feminino. Em todo o país só a partir da emenda 19 (1920). Foi enterrada no Mount Hope Cemetery, Rochester, Monroe County, New York, USA.

http://www.infopedia.pt/$susan-b.-anthony

Algumas frases

Não confio em gente que sabe exatamente o que Deus quer que elas façam. Sempre coincide com aquilo que elas próprias desejam.

Eu nasci uma herege. Desconfio de gente que sabe tanto sobre o que Deus quer que elas façam aos outros.

A mulher não deve depender da proteção do homem, mas deve ser ensinada a se proteger.


Susan B. Anthony