Portal Café Brasil
É tudo soda
É tudo soda
Isca intelectual de Luciano Pires lembrando que ...

Ver mais

A selhófrica da pleita
A selhófrica da pleita
Isca intelectual de Luciano Pires tratando do nonsense ...

Ver mais

Freestyle
Freestyle
Isca Intelectual de Luciano Pires dizendo que quando ...

Ver mais

O Cagonauta
O Cagonauta
Isca intelectual de Luciano Pires. Se o seu chefe é um ...

Ver mais

Café Brasil Curto 04 – O preço da liberdade
Café Brasil Curto 04 – O preço da liberdade
Isca intelectual de Luciano Pires lembrando que ...

Ver mais

Café Brasil Curto 03 – FISCALMENTE ILUDIDOS
Café Brasil Curto 03 – FISCALMENTE ILUDIDOS
Isca intelectual de Luciano Pires lembrando que não ...

Ver mais

Café Brasil Curto 02 – A FORMATURA
Café Brasil Curto 02 – A FORMATURA
Isca intelectual de Luciano Pires lembrando que quem ...

Ver mais

566 – Mindset
566 – Mindset
Podcast Café Brasil 566 - Mindset. Você já ouviu dizer ...

Ver mais

LíderCast 070 – Alexandre Barroso
LíderCast 070 – Alexandre Barroso
Hoje conversamos com Alexandre Barroso, num programa ...

Ver mais

LíderCast 069 – Panela Produtora
LíderCast 069 – Panela Produtora
Hoje converso com Daniel, Filipe, Janjão e Rhaissa ...

Ver mais

LíderCast 068 – Gilmar Lopes
LíderCast 068 – Gilmar Lopes
Hoje converso com Gilmar Lopes, que de pedreiro se ...

Ver mais

LíderCast 067 – Roberto Caruso
LíderCast 067 – Roberto Caruso
Hoje conversamos com Roberto Caruso, um empreendedor ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata - Temporada 02 Episódio 09 Quando ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 08 Já falei ...

Ver mais

Ainda sobre a competitividade
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Ainda sobre a competitividade Algumas comparações “A competitividade de um país não começa nas indústrias ou nos laboratórios de engenharia. Ela começa na sala de aula.” Lee Iacocca Meu último ...

Ver mais

Faz isso não…
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
Temer, ao contrário de Dilma, é um político experiente, com muitos anos de vivência no ramo. Daí o estranhamento acerca dos erros que vem cometendo, de forma infantil, na condução da política ...

Ver mais

Dukkha
Filipe Aprigliano
Iscas do Apriga
Isca intelectual de Filipe Aprigliano sobre a primeira nobre verdade.

Ver mais

O furo no casco
Filipe Aprigliano
Iscas do Apriga
Isca Intelectual de Filipe Aprigliano sobre definir prioridades na eventualidade da tomada do poder por psicopatas.

Ver mais

Susan B. Anthony

Susan B. Anthony

Luciano Pires -

Susan Brownell Anthony (5 de fevereiro de 1820 – 13 de março de 1906) foi uma feminista que  lutou pelo Direitos das Mulheres.

Professora feminista, sufragista e reformista estadunidense nascida em South Adams, Massachusetts, que junto com Elizabeth Cady Stanton (1815-1902) ficou conhecida por sua luta pela igualdade da mulher no direito à educação, ao trabalho e ao voto.

Filha de Daniel Anthony, industrial do algodão e um liberal Quaker, foi educada pelas irmãs e com professores particulares.

Após completar sua educação na Friends’ Boarding-School, em Philadelphia, ela ensinou em New York (1835-1850). depois seguiu a família quando o pai mudou-se para Washington County, New York (1826) e finalmente instalou-se em Rochester (1846).

Fez seu primeiro discurso em público (1847) e começou suas atividades pela emancipação feminina e participou da convenção de Albany (1851). No ano seguinte a Woman’s New York State Temperance Society foi organizada.

Pouco anos depois (1857) tornou-se uma ativa defensora da abolição da escravatura. Numa convenção de professores em Troy (1858), posicionou-se em favor da educação em igualdade de condições para ambos os sexos. Ativa politicamente em New York, iniciou a luta pelo voto feminino.

Foi ao Kansas (1867) com Elizabeth Cady Stanton e Lucy Stone, e obtiveram 9000 votos em favor do sufrágio feminino.

No ano seguinte (1868), em cooperação com Mrs. Stanton e Parker Pillsbury, e com assistência de George F. Train, iniciaram a publicação do semanário feminista The Revolutionist, em New York City. Participou (1872) da eleição congressional do estado de Rochester, mas a votação feminina foi considerada ilegal. Nos anos seguintes continuou sua luta e a atuando como professora em New Rochelle e Canajoharie, NY.

Publicou com Elizabeth Cady Stanton e Matilda Joslyn Gage, The History of Woman Suffrage (1881) em dois volumes.

Quando morreu (1906), vítima de pneumonia e um conseqüente ataque cardíaco, apenas quatro estados, Wyoming, Colorado, Idaho e Utah, tinham adotado o sufrágio feminino. Em todo o país só a partir da emenda 19 (1920). Foi enterrada no Mount Hope Cemetery, Rochester, Monroe County, New York, USA.

http://www.infopedia.pt/$susan-b.-anthony

Algumas frases

Não confio em gente que sabe exatamente o que Deus quer que elas façam. Sempre coincide com aquilo que elas próprias desejam.

Eu nasci uma herege. Desconfio de gente que sabe tanto sobre o que Deus quer que elas façam aos outros.

A mulher não deve depender da proteção do homem, mas deve ser ensinada a se proteger.


Susan B. Anthony