Portal Café Brasil
Silvio Santos, Zé Celso e o Oficina
Silvio Santos, Zé Celso e o Oficina
Uma reunião para ser objeto de estudo em qualquer aula ...

Ver mais

#TransgressaoEhIsso
#TransgressaoEhIsso
Transgredir é muito mais que pintar o rosto, urinar na ...

Ver mais

Vem aí o Cafezinho
Vem aí o Cafezinho
Nasce nesta segunda, 4/9 o CAFEZINHO, podcast ...

Ver mais

Educação adulta
Educação adulta
Preocupados demais com a educação de nossos filhos, ...

Ver mais

591 – Alfabetização para a mídia
591 – Alfabetização para a mídia
Hoje em dia as informações chegam até você ...

Ver mais

590 – O que aprendi com o câncer
590 – O que aprendi com o câncer
O programa de hoje é uma homenagem a uns amigos ...

Ver mais

589 – A cultura da reclamação
589 – A cultura da reclamação
Crianças mimadas, multiculturalismo, politicamente ...

Ver mais

588 – Escola Sem Partido
588 – Escola Sem Partido
Poucos temas têm despertado tantas paixões como a ...

Ver mais

LíderCast 91 – Saulo Arruda
LíderCast 91 – Saulo Arruda
Saulo Arruda, que teve uma longa carreira como ...

Ver mais

LíderCast 90 – Marcelo Ortega
LíderCast 90 – Marcelo Ortega
Marcelo Ortega, palestrante na área de vendas, outro ...

Ver mais

LíderCast 89 – Bruno Teles
LíderCast 89 – Bruno Teles
Bruno Teles, um educador que sai de Sergipe para se ...

Ver mais

LíderCast 88 – Alfredo Rocha
LíderCast 88 – Alfredo Rocha
Alfredo Rocha, um dos pioneiros no segmento de ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata - Temporada 02 Episódio 09 Quando ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 08 Já falei ...

Ver mais

Vale fazer um curso universitário se as profissões vão desaparecer?
Mauro Segura
Transformação
Numa perspectiva de que tudo muda o tempo todo, será que vale a pena sentar num banco de universidade para se formar numa profissão que vai desaparecer ou se transformar nos próximos anos?

Ver mais

Tolerância? Jura?
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
Engraçada essa tal “tolerância” que pregam por aí, por dois simples motivos: 1) é de mão única e 2) pretende tolher até o pensamento do indivíduo. Exagero? Não mesmo. Antes que algum ...

Ver mais

Ensaio sobre a amizade
Tom Coelho
Sete Vidas
“A gente só conhece bem as coisas que cativou. Os homens não têm mais tempo de conhecer coisa alguma. Compram tudo prontinho nas lojas. Mas como não existem lojas de amigos, os homens não têm ...

Ver mais

Um reino que sente orgulho de seus líderes
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Um reino que sente orgulho de seus líderes  Victoria e Abdul   Uma vez mais, num curto espaço de tempo, o cinema nos brinda com um filme baseado na história de uma destacada liderança britânica. ...

Ver mais

Cafezinho 27 – Planos ou esperanças
Cafezinho 27 – Planos ou esperanças
Tem gente que, em vez de planos, só tem esperança.

Ver mais

Cafezinho 26 – Brasil Futebol Clube
Cafezinho 26 – Brasil Futebol Clube
Não dá para ganhar um jogo sem acreditar no time.

Ver mais

Cafezinho 25 – Podres de mimados 2
Cafezinho 25 – Podres de mimados 2
O culto do sentimento destrói a capacidade de pensar e ...

Ver mais

Cafezinho 24 – Não brinco mais
Cafezinho 24 – Não brinco mais
Pensei em não assistir mais, até perceber que só quem ...

Ver mais

Socorro Lira

Socorro Lira

Luciano Pires -

Maria do Socorro Pereira nasceu no Sítio Silva, Município de Brejo do Cruz, sertão da Paraíba, em 30 de Janeiro de 1974. Filha da artesã Benedita Pereira e do comerciante José Cassimiro Neto, adotou o nome Socorro Lira por causa do pai, conhecido por Zé Lira. Tem 6 irmãos e 3 irmãs.

Morou na zona rural até os 14 anos, com a mãe, onde cursou a primeira fase do primeiro grau. Quando criança, ocupava seu tempo livre, junto às demais crianças do lugar onde morava, inclusive os irmãos e irmãs, com banho de açude e de riachos, caça, pesca e brincadeiras.

Sempre teve uma grande identificação com a vida simples do campo, traço que ainda conserva com muito zelo. Desde cedo queria ser cantora. Ouvia, pelo rádio, (rádios AM da região, única fonte de informação de que dispunha) Luiz Gonzaga, Jakson do Pandeiro, Clara Nunes, Marinês, as cantorias de viola.

Aprendeu com a família,  que gostava de ouvir, no rádio ou nos “forrós” que aconteciam nas redondezas, a gostar das expressões culturais do lugar e da região.

Em 1985 foi morar na cidade (Brejo do Cruz), com o pai, para continuar os estudos. Desde cedo também trabalhou como artesã (acabamento de rede, principal atividade econômica da região). Na cidade, integrou o movimento juvenil da igreja católica (Pastoral da Juventude do Meio Popular PJMP). Fundou, junto a outros colegas, o grêmio estudantil do colégio onde estudava, onde participou da política estudantil.

Algum tempo depois começou trabalhar como professora da primeira fase do ensino fundamental, no sítio onde nasceu. Depois numa escola da periferia da cidade. Ajudou a fundar o sindicato dos funcionários municipais de Brejo do Cruz e se envolveu com atividades educativas e de formação política com educadores e educadoras, jovens, durante o tempo em que permaneceu em Brejo do Cruz.

A cantora e compositora Socorro Lira lança, em janeiro de 2006, seu quarto CD autoral Intersecção – A Linha e o Ponto, produzido com patrocínio da Petrobrás, através da Lei de Incentivo à Cultura e do Ministério da Cultura. No repertório, canções inéditas como Palavras – faixa que abre o CD, Intersecção, Águas do Piranhas, Todas as Presenças, Amália e uma de domínio público: Senhora Santana.

Poetisa, compositora, intérprete, Socorro é também pesquisadora e produtora cultural, tendo em sua biografia a autoria do projeto Memória Musical da Paraíba que rendeu frutos importantes como os CDs Pedra de Amolar (2004) e Ciranda, Coco-de-Roda e Outros Cantos (DP -2003).

Viaja pelas várias regiões do país, apresentando-se em teatros, feiras e amostras de arte e cultura. Fez a Trilha sonora do curta-metragem A Espera (2003), de Vera da Luz, e excursionou pela Europa, recebendo o Prêmio Europa 98 da “Associazione Sanza Frontiere” (Itália), por seu trabalho musical, bem como por sua participação na vida social, política e cultural do Brasil, a partir do seu Estado, a Paraíba..

http://www.socorrolira.com.br/

http://www.myspace.com/socorrolira

http://www.dicionariompb.com.br/socorro-lira


Socorro Lira

[youtube]WobhfUNRGyY[/youtube]
[youtube]GpGtyFOQDkw[/youtube]
[youtube]T3e5bjg0-G0[/youtube]