Portal Café Brasil
Silvio Santos, Zé Celso e o Oficina
Silvio Santos, Zé Celso e o Oficina
Uma reunião para ser objeto de estudo em qualquer aula ...

Ver mais

#TransgressaoEhIsso
#TransgressaoEhIsso
Transgredir é muito mais que pintar o rosto, urinar na ...

Ver mais

Vem aí o Cafezinho
Vem aí o Cafezinho
Nasce nesta segunda, 4/9 o CAFEZINHO, podcast ...

Ver mais

Educação adulta
Educação adulta
Preocupados demais com a educação de nossos filhos, ...

Ver mais

591 – Alfabetização para a mídia
591 – Alfabetização para a mídia
Hoje em dia as informações chegam até você ...

Ver mais

590 – O que aprendi com o câncer
590 – O que aprendi com o câncer
O programa de hoje é uma homenagem a uns amigos ...

Ver mais

589 – A cultura da reclamação
589 – A cultura da reclamação
Crianças mimadas, multiculturalismo, politicamente ...

Ver mais

588 – Escola Sem Partido
588 – Escola Sem Partido
Poucos temas têm despertado tantas paixões como a ...

Ver mais

LíderCast 91 – Saulo Arruda
LíderCast 91 – Saulo Arruda
Saulo Arruda, que teve uma longa carreira como ...

Ver mais

LíderCast 90 – Marcelo Ortega
LíderCast 90 – Marcelo Ortega
Marcelo Ortega, palestrante na área de vendas, outro ...

Ver mais

LíderCast 89 – Bruno Teles
LíderCast 89 – Bruno Teles
Bruno Teles, um educador que sai de Sergipe para se ...

Ver mais

LíderCast 88 – Alfredo Rocha
LíderCast 88 – Alfredo Rocha
Alfredo Rocha, um dos pioneiros no segmento de ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata - Temporada 02 Episódio 09 Quando ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 08 Já falei ...

Ver mais

Vale fazer um curso universitário se as profissões vão desaparecer?
Mauro Segura
Transformação
Numa perspectiva de que tudo muda o tempo todo, será que vale a pena sentar num banco de universidade para se formar numa profissão que vai desaparecer ou se transformar nos próximos anos?

Ver mais

Tolerância? Jura?
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
Engraçada essa tal “tolerância” que pregam por aí, por dois simples motivos: 1) é de mão única e 2) pretende tolher até o pensamento do indivíduo. Exagero? Não mesmo. Antes que algum ...

Ver mais

Ensaio sobre a amizade
Tom Coelho
Sete Vidas
“A gente só conhece bem as coisas que cativou. Os homens não têm mais tempo de conhecer coisa alguma. Compram tudo prontinho nas lojas. Mas como não existem lojas de amigos, os homens não têm ...

Ver mais

Um reino que sente orgulho de seus líderes
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Um reino que sente orgulho de seus líderes  Victoria e Abdul   Uma vez mais, num curto espaço de tempo, o cinema nos brinda com um filme baseado na história de uma destacada liderança britânica. ...

Ver mais

Cafezinho 27 – Planos ou esperanças
Cafezinho 27 – Planos ou esperanças
Tem gente que, em vez de planos, só tem esperança.

Ver mais

Cafezinho 26 – Brasil Futebol Clube
Cafezinho 26 – Brasil Futebol Clube
Não dá para ganhar um jogo sem acreditar no time.

Ver mais

Cafezinho 25 – Podres de mimados 2
Cafezinho 25 – Podres de mimados 2
O culto do sentimento destrói a capacidade de pensar e ...

Ver mais

Cafezinho 24 – Não brinco mais
Cafezinho 24 – Não brinco mais
Pensei em não assistir mais, até perceber que só quem ...

Ver mais

Rubi

Rubi

Luciano Pires -

Radicado em São Paulo desde 92, já dividiu o palco com Elza Soares, Vânia Bastos, Zélia Duncan e Chico César, entre outros grandes nomes da música brasileira.

Na atual cena musical paulistana, tem participado de projetos como “Encontros com a Nova Safra da MPB”, “Quinta Mariana”, “Quatro Vozes”, “Catarse”, “Prata da Casa” do SESC São Paulo, “Novos e consagrados Talentos” do Instituto Cultural Itaú, além de fazer temporadas em teatros e casas de show, como o Teatro Crowne Plaza.

Lançou seu primeiro cd, Rubi, em 98, com produção musical e arranjos de Mário Manga. No repertório, músicas de Chico César, Luiz Gonzaga, Zeca Baleiro, Arrigo Barnabé, Carlos Careqa, Celso Sim e Kléber Albuquerque.

Participou do “The Brazilian Festival in Island East”, em Hong Kong (China), ao lado da cantora Ceumar, em dezembro de 2000.

Viajou todo o Brasil fazendo shows em 2004 e 2005 e, em São Paulo, apresentou-se em várias unidades dos Sesc nos seus mais variados projetos, com destaque para o “Saberes”, apresentado na Rede Sesc de Televisão.

Em 2005 lançou o seu segundo cd, Infinito Portátil, pelo Selo Sete Sóis. Com design arrojado, o cd vem num estojo redondo de madeira embuia e é todo conceitual, tanto na estética visual quanto na sonoridade, norteado pelo despojamento, pela nudez – um disco semi artesanal, onde a voz e a instrumentação são privilegiadas e ostentadas. Neste mesmo ano Rubi conquistou o 1º lugar na escolha do público e o 3º na escolha do júri do 8º Prêmio Visa Mpb, além de ter sido contemplado no Projeto Petrobras Cultural, para a gravação de um disco ao vivo. No papel do personagem central, Rubi participou do elenco da peça infantil “Felizardo”, que foi contemplada com o “APCA” de 2005.

Com o grupo “Choramundo”, composto por músicos de diversas nacionalidades, em 2006 participou do Projeto “Brazil Holanda Jazz Festival”. Além dos shows e de continuar em cartaz com a peça “Felizardo”, em 2007 Rubi lançou o cd Paisagem Humana, um projeto conjunto entre Petrobras, Eldorado e Sete Sóis, e foi selecionado no projeto Rumos Itaú Cultural 2008.

http://www.rubibr.com/

http://www.myspace.com/rubibr


Rubi

[youtube]lcCYS6b5ugU[/youtube]
[youtube]mgFNWGhwduY[/youtube]
[youtube]2HarjzpN8hI[/youtube]