Portal Café Brasil
É tudo soda
É tudo soda
Isca intelectual de Luciano Pires lembrando que ...

Ver mais

A selhófrica da pleita
A selhófrica da pleita
Isca intelectual de Luciano Pires tratando do nonsense ...

Ver mais

Freestyle
Freestyle
Isca Intelectual de Luciano Pires dizendo que quando ...

Ver mais

O Cagonauta
O Cagonauta
Isca intelectual de Luciano Pires. Se o seu chefe é um ...

Ver mais

567 – Carta ao jovem desempregado
567 – Carta ao jovem desempregado
Podcast Café Brasil 567 - Carta ao jovem desempregado. ...

Ver mais

Café Brasil Curto 04 – O preço da liberdade
Café Brasil Curto 04 – O preço da liberdade
Isca intelectual de Luciano Pires lembrando que ...

Ver mais

Café Brasil Curto 03 – FISCALMENTE ILUDIDOS
Café Brasil Curto 03 – FISCALMENTE ILUDIDOS
Isca intelectual de Luciano Pires lembrando que não ...

Ver mais

Café Brasil Curto 02 – A FORMATURA
Café Brasil Curto 02 – A FORMATURA
Isca intelectual de Luciano Pires lembrando que quem ...

Ver mais

LíderCast 070 – Alexandre Barroso
LíderCast 070 – Alexandre Barroso
Hoje conversamos com Alexandre Barroso, num programa ...

Ver mais

LíderCast 069 – Panela Produtora
LíderCast 069 – Panela Produtora
Hoje converso com Daniel, Filipe, Janjão e Rhaissa ...

Ver mais

LíderCast 068 – Gilmar Lopes
LíderCast 068 – Gilmar Lopes
Hoje converso com Gilmar Lopes, que de pedreiro se ...

Ver mais

LíderCast 067 – Roberto Caruso
LíderCast 067 – Roberto Caruso
Hoje conversamos com Roberto Caruso, um empreendedor ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata - Temporada 02 Episódio 09 Quando ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 08 Já falei ...

Ver mais

Ainda sobre a competitividade
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Ainda sobre a competitividade Algumas comparações “A competitividade de um país não começa nas indústrias ou nos laboratórios de engenharia. Ela começa na sala de aula.” Lee Iacocca Meu último ...

Ver mais

Faz isso não…
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
Temer, ao contrário de Dilma, é um político experiente, com muitos anos de vivência no ramo. Daí o estranhamento acerca dos erros que vem cometendo, de forma infantil, na condução da política ...

Ver mais

Dukkha
Filipe Aprigliano
Iscas do Apriga
Isca intelectual de Filipe Aprigliano sobre a primeira nobre verdade.

Ver mais

O furo no casco
Filipe Aprigliano
Iscas do Apriga
Isca Intelectual de Filipe Aprigliano sobre definir prioridades na eventualidade da tomada do poder por psicopatas.

Ver mais

Rafinha Bastos

Rafinha Bastos

Luciano Pires -

Rafael Bastos Hocsman, mais conhecido como Rafinha Bastos, (Porto Alegre, 5 de dezembro de 1976) é um humorista, apresentador de televisão, ator e repórter brasileiro.

Rafinha Bastos nasceu em família de origem judaica, formou-se como jornalista pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS). Começou a sua carreira na televisão trabalhando nas emissoras Rede Manchete (entre 1997 e 1999), TVE Brasil (de 1999 à 2001) e RBS TV (entre 2001 e 2006). Atualmente trabalha da Rede Bandeirantes de Televisão.

Após a conclusão do seu curso superior, ele viajou para os Estados Unidos com planos de investir em uma outra carreira: a de jogador de basquete, devido a sua altura 2,00 M, esporte que praticou profissionalmente até os vinte e cinco anos. Em 1999, Rafinha competiu na Liga Universitária Norte-Americana (NCAA) pela Universidade de Nebraska-Lincoln, onde teve seu primeiro contato com a Stand-up Comedy, o chamado “humor de cara-limpa”.

Morando fora do Brasil, resolveu criar uma página na Internet para estabelecer comunicação com seus amigos brasileiros e fazer humor. O site cresceu e acabou transformando-se na Página do Rafinha, sendo posteriormente incorporado ao conteúdo humorístico do Portal Terra. Ele já satirizou artistas como Kelly Key, Sandy e Junior, Britney Spears e até grupos clássicos dos anos 70/80 como Village People e ABBA. As produções têm edição, direção e interpretação de Rafinha.

Em 2002 Rafinha se mudou para São Paulo, onde passou a apresentar programas online e na TV aberta para o público jovem. Em 2004 atuou no mercado publicitário, participando de campanhas para marcas como Club Social, Volkswagen, Vivo, Nova Schin, entre outras. A entrada neste novo mercado marcou também a sua estreia nos palcos.

Em 2004, ele entrou em cartaz, ao lado de Marcelo Mansfield e Marcela Leal, com o show de stand-up comedy “Mondo Canne”. Em 2005, juntamente com Márcio Ribeiro e Henrique Pantarotto, inaugurou o Clube da Comédia Stand Up, show de humor de São Paulo.

Em 2007 Rafinha Bastos passou a apresentar um programa de humor erótico chamado Privê 89, ao lado da radialista Dani Taranha, na rádio 89 FM de São Paulo.

Rafinha também atuou na série de televisão Mothern, exibida pelo canal GNT. Também já participou do espetáculo de humor “Improvável”, além de ter feito uma participação especial na série Descolados da MTV como ator.

É torcedor fanático do Sport Club Internacional, tendo sido escolhido como mais um cônsul cultural do clube durante partida final do Campeonato Brasileiro de 2009.

Atualmente, é um dos apresentadores do programa CQC da Band e, desde maio de 2010, Rafinha Bastos integra o programa A Liga, exibido pela mesma emissora.

Em 2010, ao lado de seu colega de comédia Danilo Gentili e o produtor Italo Gusso, abriu na Rua Augusta, em São Paulo, o primeiro comedy club do Brasil, chamado de Comedians Club. O local tem como molde as tradicionais casas americanas do gênero.

Em 24 de março de 2011 foi eleito pelo jornal americano New York Times a personalidade mais influente do Twitter.

Em entrevista à revista Rolling Stone do mês de maio de 2011, Rafinha Bastos causou polêmica ao confirmar que em seu show faz piadas de humor negro, dando por exemplo esta: “mulheres feias deveriam agradecer caso fossem estupradas, afinal os estupradores estavam lhes fazendo um favor, uma caridade”.

A Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM) do governo federal brasileiro emitiu uma nota, repudiando as piadas do apresentador e gerando o ofício nº 926/2011 no Ministério Público Federal, entendendo que tais declarações fazem apologia ao crime de estupro.

http://www.rafinhabastos.com.br/


Rafinha Bastos

[youtube]vdMD2jCdWP4[/youtube]
[youtube]nXNY8r93NT8[/youtube]
[youtube]cTlV9OpvMQ0[/youtube]