Assine o Café Brasil
Portal Café Brasil
A rã e o escorpião
A rã e o escorpião
Isca intelectual de Luciano Pires, dizendo que é como ...

Ver mais

Fake News
Fake News
Isca intelectual lembrando da teoria dos Quatro Rês, ...

Ver mais

Matrizes da Violência
Matrizes da Violência
Isca intelectual lembrando que os presídios brasileiros ...

Ver mais

Mudei de ideia
Mudei de ideia
Isca intelectual de Luciano Pires incentivando que você ...

Ver mais

544 – Persuadível
544 – Persuadível
Podcast Café Brasil 544 - Persuadível. Vivemos numa ...

Ver mais

543 – Desengajamento moral
543 – Desengajamento moral
Podcast Café Brasil 543 - Desengajamento moral. Como é ...

Ver mais

542 – Tapestry
542 – Tapestry
Podcast Café Brasil 542 - Tapestry. Em 1971 uma cantora ...

Ver mais

541 – A festa do podcast
541 – A festa do podcast
Podcast Café Brasil 541 - A festa do Podcast. ...

Ver mais

LíderCast 056 – Paula Miraglia
LíderCast 056 – Paula Miraglia
LiderCast 056 - Hoje conversaremos com Paula Miraglia, ...

Ver mais

LíderCast 055 – Julia e Karine
LíderCast 055 – Julia e Karine
LiderCast 055 - Hoje vamos conversar com duas jovens ...

Ver mais

LíderCast 054 – Rodrigo Dantas
LíderCast 054 – Rodrigo Dantas
LiderCast 054 - Hoje vamos falar com o empreendedor ...

Ver mais

LíderCast 053 – Adalberto Piotto
LíderCast 053 – Adalberto Piotto
LiderCast 053 - Hoje vamos entrevistar Adalberto ...

Ver mais

045 – Recuperando do trauma
045 – Recuperando do trauma
Quando terminar o trauma, quando o Brasil sair deste ...

Ver mais

Vem Pra Rua!
Vem Pra Rua!
Um recado para os reacionários que NÃO vão às ruas dia ...

Ver mais

44 – Tudo bem se me convém – Palestra no Epicentro
44 – Tudo bem se me convém – Palestra no Epicentro
Apresentação de Luciano Pires no Epicentro em Campos de ...

Ver mais

43 – Gloria Alvarez – Sobre República e Populismo
43 – Gloria Alvarez – Sobre República e Populismo
Gloria Alvarez, do Movimento Cívico Nacional da ...

Ver mais

Metamorfose ambulante
Tom Coelho
Sete Vidas
“Se hoje eu sou estrela amanhã já se apagou. Se hoje eu te odeio amanhã lhe tenho amor.” (Raul Seixas)   Foram necessários 18 séculos para que a teoria geocêntrica, segundo a qual a Terra ...

Ver mais

A verdade inconveniente da política atual
Bruno Garschagen
Ciência Política
Isca Intelectual de Bruno Garschagen, lembrando que o risco imediato para o futuro do mundo não é a desgraça do populismo: é o casamento incestuoso entre a degradação da política de hoje com a ...

Ver mais

A força da vocação
Tom Coelho
Sete Vidas
“Eu nunca quis ser o maior ou o melhor. Queria apenas desenhar.” (Mauricio de Sousa)   Mônica, Cebolinha, Cascão, Magali. É quase impossível que estes personagens de histórias em quadrinhos ...

Ver mais

O caos no Rio de Janeiro tem muitos culpados. E uma explicação
Bruno Garschagen
Ciência Política
Isca intelectual de Bruno Garschagen, lembrando que o que está acontecendo neste momento no Rio de Janeiro revela que a relação do carioca com a política não mudou muito desde o final do século 19.

Ver mais

Rafinha Bastos

Rafinha Bastos

Luciano Pires -

Rafael Bastos Hocsman, mais conhecido como Rafinha Bastos, (Porto Alegre, 5 de dezembro de 1976) é um humorista, apresentador de televisão, ator e repórter brasileiro.

Rafinha Bastos nasceu em família de origem judaica, formou-se como jornalista pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS). Começou a sua carreira na televisão trabalhando nas emissoras Rede Manchete (entre 1997 e 1999), TVE Brasil (de 1999 à 2001) e RBS TV (entre 2001 e 2006). Atualmente trabalha da Rede Bandeirantes de Televisão.

Após a conclusão do seu curso superior, ele viajou para os Estados Unidos com planos de investir em uma outra carreira: a de jogador de basquete, devido a sua altura 2,00 M, esporte que praticou profissionalmente até os vinte e cinco anos. Em 1999, Rafinha competiu na Liga Universitária Norte-Americana (NCAA) pela Universidade de Nebraska-Lincoln, onde teve seu primeiro contato com a Stand-up Comedy, o chamado “humor de cara-limpa”.

Morando fora do Brasil, resolveu criar uma página na Internet para estabelecer comunicação com seus amigos brasileiros e fazer humor. O site cresceu e acabou transformando-se na Página do Rafinha, sendo posteriormente incorporado ao conteúdo humorístico do Portal Terra. Ele já satirizou artistas como Kelly Key, Sandy e Junior, Britney Spears e até grupos clássicos dos anos 70/80 como Village People e ABBA. As produções têm edição, direção e interpretação de Rafinha.

Em 2002 Rafinha se mudou para São Paulo, onde passou a apresentar programas online e na TV aberta para o público jovem. Em 2004 atuou no mercado publicitário, participando de campanhas para marcas como Club Social, Volkswagen, Vivo, Nova Schin, entre outras. A entrada neste novo mercado marcou também a sua estreia nos palcos.

Em 2004, ele entrou em cartaz, ao lado de Marcelo Mansfield e Marcela Leal, com o show de stand-up comedy “Mondo Canne”. Em 2005, juntamente com Márcio Ribeiro e Henrique Pantarotto, inaugurou o Clube da Comédia Stand Up, show de humor de São Paulo.

Em 2007 Rafinha Bastos passou a apresentar um programa de humor erótico chamado Privê 89, ao lado da radialista Dani Taranha, na rádio 89 FM de São Paulo.

Rafinha também atuou na série de televisão Mothern, exibida pelo canal GNT. Também já participou do espetáculo de humor “Improvável”, além de ter feito uma participação especial na série Descolados da MTV como ator.

É torcedor fanático do Sport Club Internacional, tendo sido escolhido como mais um cônsul cultural do clube durante partida final do Campeonato Brasileiro de 2009.

Atualmente, é um dos apresentadores do programa CQC da Band e, desde maio de 2010, Rafinha Bastos integra o programa A Liga, exibido pela mesma emissora.

Em 2010, ao lado de seu colega de comédia Danilo Gentili e o produtor Italo Gusso, abriu na Rua Augusta, em São Paulo, o primeiro comedy club do Brasil, chamado de Comedians Club. O local tem como molde as tradicionais casas americanas do gênero.

Em 24 de março de 2011 foi eleito pelo jornal americano New York Times a personalidade mais influente do Twitter.

Em entrevista à revista Rolling Stone do mês de maio de 2011, Rafinha Bastos causou polêmica ao confirmar que em seu show faz piadas de humor negro, dando por exemplo esta: “mulheres feias deveriam agradecer caso fossem estupradas, afinal os estupradores estavam lhes fazendo um favor, uma caridade”.

A Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM) do governo federal brasileiro emitiu uma nota, repudiando as piadas do apresentador e gerando o ofício nº 926/2011 no Ministério Público Federal, entendendo que tais declarações fazem apologia ao crime de estupro.

http://www.rafinhabastos.com.br/


Rafinha Bastos

[youtube]vdMD2jCdWP4[/youtube]
[youtube]nXNY8r93NT8[/youtube]
[youtube]cTlV9OpvMQ0[/youtube]