Assine o Café Brasil
Portal Café Brasil
Por que eu?
Por que eu?
Ela foi a primeira mulher a assumir publicamente que ...

Ver mais

Cobertor de solteiro
Cobertor de solteiro
Cobertor de solteiro. Isca intelectual de Luciano Pires ...

Ver mais

O véinho
O véinho
Isca intelectual de Luciano Pires que pergunta: que ...

Ver mais

Pluralidade narrativa 2
Pluralidade narrativa 2
Revendo uma Isca Intelectual de Luciano Pires que tenta ...

Ver mais

538 – Caçadores da verdade perdida
538 – Caçadores da verdade perdida
Podcast Café Brasil 538 - Caçadores da verdade perdida. ...

Ver mais

537 – VAMO, VAMO CHAPE
537 – VAMO, VAMO CHAPE
Podcast Café Brasil 537 - Vamo,vamo, Chape. Este é um ...

Ver mais

536 – A política da pós-verdade
536 – A política da pós-verdade
Podcast Café Brasil 536 - A política da pós-verdade. ...

Ver mais

535 – Hallelujah
535 – Hallelujah
Podcast Café Brasil 535 - Hallelujah. Poucos dias atrás ...

Ver mais

LíderCast 050 – Bia Pacheco
LíderCast 050 – Bia Pacheco
LiderCast 050 - Hoje vamos conversar com Bia Pacheco, ...

Ver mais

LíderCast 051 – Edu Lyra
LíderCast 051 – Edu Lyra
LiderCast 051 - Hoje conversaremos com Edu Lyra, um ...

Ver mais

LíderCast 049 – Luciano Dias Pires
LíderCast 049 – Luciano Dias Pires
Lídercast 049 - Neste programa Luciano Pires conversa ...

Ver mais

LíderCast 048 – Jonas e Alexandre
LíderCast 048 – Jonas e Alexandre
LiderCast 048 - Hoje recebemos o Jonas e o Alexandre, ...

Ver mais

045 – Recuperando do trauma
045 – Recuperando do trauma
Quando terminar o trauma, quando o Brasil sair deste ...

Ver mais

Vem Pra Rua!
Vem Pra Rua!
Um recado para os reacionários que NÃO vão às ruas dia ...

Ver mais

44 – Tudo bem se me convém – Palestra no Epicentro
44 – Tudo bem se me convém – Palestra no Epicentro
Apresentação de Luciano Pires no Epicentro em Campos de ...

Ver mais

43 – Gloria Alvarez – Sobre República e Populismo
43 – Gloria Alvarez – Sobre República e Populismo
Gloria Alvarez, do Movimento Cívico Nacional da ...

Ver mais

A carta que mudou a minha vida
Mauro Segura
Transformação
Mauro Segura conta em vídeo uma história pessoal, que teve origem numa carta recebida há 30 anos.

Ver mais

Tempo de escolher
Tom Coelho
Sete Vidas
“Um homem não é grande pelo que faz, mas pelo que renuncia.” (Albert Schweitzer)   Muitos amigos leitores têm solicitado minha opinião acerca de qual rumo dar às suas carreiras. Alguns ...

Ver mais

O caso é o caso
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
Sobre a morte do assassino nojento, tudo já já foi dito; Fidel Castro foi tarde e deve estar devidamente instalado no caldeirão-suíte número 13, com aquecedor forte, decoração vermelha e vista ...

Ver mais

SmartCamp: as startups transformam o mundo
Mauro Segura
Transformação
Vivemos o boom das startups no Brasil e no mundo. O que está por trás disso? Mauro Segura esteve no SmartCamp, que é uma competição global de startups, e fez um vídeo contando a sua experiência.

Ver mais

Pimenta biquinho

Pimenta biquinho

Luciano Pires -

alt
Pimenta biquinho

Essa pimenta possui alguns nomes diferentes, além de pimenta biquinho em algumas regiões do país ela também é chamada de pimenta de bico, Seu nome científico é: Capsicun Chinese, da família Solanaceae (que é a mesma do tomate, berinjela e pimentões. Tem origem no continente americano.

Na tabela que mede o grau de ardência das pimentas,  a Escala Scoville, a pimenta biquinho está no Grau ZERO, ou seja: Não possui ardência. Apesar disso ela mantem o aroma maravilhoso e o sabor característico das pimentas.

Sua planta atinge a altura de 60 centimetro podendo chegar a até 1 metro. Suas flores são hermafroditas e seus frutos atingem normalmente o tamanho de 2,5 centimetro de diâmetro. Como o próprio nome diz ela é redonda e possui um pequeno biquinho que dá o seu nome. Tendo uma cor vermelha bastante intensa.

A safra da pimenta biquinho é bem produtiva podendo ser cultivada por mais de um periodo podendo haver quebra de produção.

O clima ideal para o cultivo da Pimenta biquinho é o calor (21 a 30 graus C), ela é bem sensível a baixas temperaturas e geadas. O Sol muito intenso pode alterar a coloração natural dos frutos, queimando-os. O solo deve ser bem drenado e produndo com ph entre 5,5 a 7,0. O solo não pode ser salinizado. O espaçamento ideal deve ser de 0,8 cm. A terra ideal deve possuir substrato organo-argiloso.

Adubos comerciais para jardins são bem aceitos para o cultivo em vasos, canteiros e hortas. Deve ser feito a irrigação diária para solos secos e/ou em periodos de estiagens.

http://www.pimentasartesanais.com.br

http://www.agrotropical.org/report_pimentabiquinho.html