Portal Café Brasil
Silvio Santos, Zé Celso e o Oficina
Silvio Santos, Zé Celso e o Oficina
Uma reunião para ser objeto de estudo em qualquer aula ...

Ver mais

#TransgressaoEhIsso
#TransgressaoEhIsso
Transgredir é muito mais que pintar o rosto, urinar na ...

Ver mais

Vem aí o Cafezinho
Vem aí o Cafezinho
Nasce nesta segunda, 4/9 o CAFEZINHO, podcast ...

Ver mais

Educação adulta
Educação adulta
Preocupados demais com a educação de nossos filhos, ...

Ver mais

591 – Alfabetização para a mídia
591 – Alfabetização para a mídia
Hoje em dia as informações chegam até você ...

Ver mais

590 – O que aprendi com o câncer
590 – O que aprendi com o câncer
O programa de hoje é uma homenagem a uns amigos ...

Ver mais

589 – A cultura da reclamação
589 – A cultura da reclamação
Crianças mimadas, multiculturalismo, politicamente ...

Ver mais

588 – Escola Sem Partido
588 – Escola Sem Partido
Poucos temas têm despertado tantas paixões como a ...

Ver mais

LíderCast 90 – Marcelo Ortega
LíderCast 90 – Marcelo Ortega
Marcelo Ortega, palestrante na área de vendas, outro ...

Ver mais

LíderCast 89 – Bruno Teles
LíderCast 89 – Bruno Teles
Bruno Teles, um educador que sai de Sergipe para se ...

Ver mais

LíderCast 88 – Alfredo Rocha
LíderCast 88 – Alfredo Rocha
Alfredo Rocha, um dos pioneiros no segmento de ...

Ver mais

LíderCast 087 – Ricardo Camps
LíderCast 087 – Ricardo Camps
Ricardo Camps, empreendedor e fundador do Tocalivros, ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata - Temporada 02 Episódio 09 Quando ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 08 Já falei ...

Ver mais

Tolerância? Jura?
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
Engraçada essa tal “tolerância” que pregam por aí, por dois simples motivos: 1) é de mão única e 2) pretende tolher até o pensamento do indivíduo. Exagero? Não mesmo. Antes que algum ...

Ver mais

Ensaio sobre a amizade
Tom Coelho
Sete Vidas
“A gente só conhece bem as coisas que cativou. Os homens não têm mais tempo de conhecer coisa alguma. Compram tudo prontinho nas lojas. Mas como não existem lojas de amigos, os homens não têm ...

Ver mais

Um reino que sente orgulho de seus líderes
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Um reino que sente orgulho de seus líderes  Victoria e Abdul   Uma vez mais, num curto espaço de tempo, o cinema nos brinda com um filme baseado na história de uma destacada liderança britânica. ...

Ver mais

O que aprendi com o câncer
Mauro Segura
Transformação
Esse é o texto mais importante que escrevi na vida. Na ponta da caneta havia um coração batendo forte. Todo o resto perto a importância perto do que vivemos ao longo desse ano.

Ver mais

Cafezinho 27 – Planos ou esperanças
Cafezinho 27 – Planos ou esperanças
Tem gente que, em vez de planos, só tem esperança.

Ver mais

Cafezinho 26 – Brasil Futebol Clube
Cafezinho 26 – Brasil Futebol Clube
Não dá para ganhar um jogo sem acreditar no time.

Ver mais

Cafezinho 25 – Podres de mimados 2
Cafezinho 25 – Podres de mimados 2
O culto do sentimento destrói a capacidade de pensar e ...

Ver mais

Cafezinho 24 – Não brinco mais
Cafezinho 24 – Não brinco mais
Pensei em não assistir mais, até perceber que só quem ...

Ver mais

Nenhum de Nós

Nenhum de Nós

Luciano Pires -

alt

Nenhum de Nós é uma banda de rock brasileira do estado do Rio Grande do Sul fundada em 1986.

Sady Homrich e Carlos Stein se conheceram nos tempos da primeira série escolar, mais tarde, na quinta série, conhecem Thedy Corrêa. Tudo isso no colégio lasallista Nossa Senhora das Dores, em Porto Alegre.

Thedy ganhou um violão aos quatorze anos, foi aluno de violão clássico do professor Afrânio. Carlos, com quinze anos, comprou sua primeira guitarra , juntamente com seu irmão, Thedy e outro amigo em comum formam um grupo folk batizado de Quarteto Jererê.

Na faculdade, Carlão foi um dos fundadores do grupo Engenheiros do Hawaii. Depois de dois shows, saiu para formar uma banda com os amigos Thedy e Sady, sendo que este tinha na faculdade um grupo de samba-de-raiz chamado “Grupo do Fadinho”. Após decidirem formar a banda, Sady começou a ter aulas de bateria.Ensaiavam quase todas as tardes no bar Bangalô, onde Sady trabalhava como músico.

O espetáculo de lançamento do trio com o nome Nenhum de Nós foi no mesmo bar. Precisavam de um nome para a apresentação. Eles buscavam um nome que provocasse curiosidade e que denotasse algo em comum entre os três: “Nenhum de nós” enxerga direito; “Nenhum de nós” rodou na escola; “Nenhum de nós” foi para o quartel etc. De tanto se repetir ficou este o nome: “Nenhum de Nós”.

Após algum tempo, foram chamados para abrir um espetáculo do DeFalla na Sociedade de Amigos da Praia do Imbé (SAPI) e, devido a um imprevisto, se atrasaram. Isto fez com que o DeFalla iniciasse seu show e os meninos do Nenhum tocassem depois. O produtor e a banda, que acabou tocando antes, foram obrigados a esperar o show do Nenhum acabar pois eles utilizariam o mesmo equipamento de som. Antônio Meira, o produtor, gostou da música dos jovens e pediu uma fita demo, que enviou às gravadoras. Foram então para a cidade de São Paulo para gravar seu primeiro disco, em junho de 1987.

O 1º disco do Nenhum de Nós, álbum homônimo, com 10 faixas, foi lançado em 1987.

1989 foi o ano escolhido para receber o segundo disco do Nenhum de Nós, Cardume. Disco de vendagem expressiva e que levou a música do Nenhum aos quatro cantos do país. Cardume vendeu 210.000 cópias, garantindo à banda seu primeiro disco de ouro.

Em 1990 foi lançado Extraño. O Nenhum, então formado por Thedy, Carlos e Sady, recebia ainda a participação do guitarrista, amigo e parceiro nas composições Veco Marques.

No ano de 1992 o Nenhum de Nós lançou o disco Nenhum de Nós. Esse é o 4º disco de sua carreira. A música de trabalho Ao Meu Redor teve um clipe que levou o Nenhum De Nós ao Video Music Awards. Em 1994 lançaram o primeiro álbum ao vivo. Acústico ao Vivo foi gravado no Theatro São Pedro. O álbum vendeu mais de 100.000 cópias, ganhando um disco de ouro.

Em 2001 lançaram o disco Histórias Reais, Seres Imaginários. A música de trabalho Amanhã Ou Depois chegou a ficar entre as mais tocadas nas rádios. Em 2002 gravaram outro acústico. Acústico Ao Vivo 2, lançado em 2003, foi um grande sucesso comercial, assim como o primeiro. Vendeu 100.000 cópias, garantindo ao Nenhum De Nós o seu 3° disco de ouro. Em 2005 lançaram o álbum Pequeno Universo que gerou os hits Dança do Tempo, Feedback e Igual a Você. Em 2008 lançaram A Céu Aberto. Este ábum é o registro do show em comemoração aos 20 anos da banda, que aconteceu em 2007.

Em 2011, após 6 anos sem lançar nenhum álbum de estúdio, lançaram Contos de Água e Fogo, disco que conta com várias parcerias. Último Beijo e “Pequena” foram os principais singles.

Em 2012, o álbum Acústico ao Vivo foi relançado em CD. Ainda neste ano, foi lançada a coletânea Nenhum de Nós Outros, com as músicas de outros artistas que foram regravadas pela banda.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Nenhum_de_Nós

http://www.nenhumdenos.com.br/

[youtube]hJy-6Ucvtjg[/youtube]
[youtube]0_dHc1Jt6Bs[/youtube]
[youtube]mDQWz27Ju8Y[/youtube]
[youtube]UV-1wxAySOs[/youtube]
[youtube]sd7ZsyiTOrg[/youtube]