Portal Café Brasil
Educação adulta
Educação adulta
Preocupados demais com a educação de nossos filhos, ...

Ver mais

É tudo soda
É tudo soda
Isca intelectual de Luciano Pires lembrando que ...

Ver mais

A selhófrica da pleita
A selhófrica da pleita
Isca intelectual de Luciano Pires tratando do nonsense ...

Ver mais

Freestyle
Freestyle
Isca Intelectual de Luciano Pires dizendo que quando ...

Ver mais

Café Brasil Curto 20 – Acho por acho
Café Brasil Curto 20 – Acho por acho
Não queira ser mestre sem antes ser discípulo.

Ver mais

Café Brasil Curto 19 – Mudar por discurso?
Café Brasil Curto 19 – Mudar por discurso?
Aceitemos a luz. E paremos com essa bobagem do "sempre ...

Ver mais

574 – Os agoristas
574 – Os agoristas
Café Brasil 574 - Os agoristas. Vivemos no presente, ...

Ver mais

Café Brasil Curto 18 – O problema são os outros
Café Brasil Curto 18 – O problema são os outros
Mude essa sua visão preconceituosa, desconfiada e ...

Ver mais

LíderCast 077 Waldey Sanchez
LíderCast 077 Waldey Sanchez
LíderCast 077 – Waldey Sanches - Waldey Sanches é um ...

Ver mais

LíderCast 076 Raquel e Leo Spencer
LíderCast 076 Raquel e Leo Spencer
LíderCast 076 – Raquel e Leo Spencer – A Raquel e o ...

Ver mais

LíderCast 075 Renato Seraphin
LíderCast 075 Renato Seraphin
Renato Seraphin é presidente da Albaugh, uma empresa do ...

Ver mais

LíderCast 074 Camila Achutti
LíderCast 074 Camila Achutti
LíderCast 074 – Camila Achutti é uma jovem e muito bem ...

Ver mais

Confraria Café Brasil
Confraria Café Brasil
A Confraria Café Brasil nasceu para conectar pessoas ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata T02 10
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 10 - Hábitos ...

Ver mais

Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata – T02 09
Videocast Nakata - Temporada 02 Episódio 09 Quando ...

Ver mais

Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata T02 08
Videocast Nakata Temporada 02 Episódio 08 Já falei ...

Ver mais

37 não é febre
Tom Coelho
Sete Vidas
“Nada mais comum do que julgar mal as coisas.” (Cícero)   “Filha, leve um agasalho, pois vai esfriar.” “Querido, lembre-se de seu guarda-chuva; parece que vai chover…” “Não vá tomar ...

Ver mais

Lições de viagem 10
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Lições de viagem 10 Itália  Penso che un sogno così non ritorni mai più mi dipingevo le mani e la faccia di blu poi d’improvviso venivo dal vento rapito e incominciavo a volare nel cielo ...

Ver mais

Gente do bem
Tom Coelho
Sete Vidas
“Não te deixes vencer do mal, mas vence o mal com o bem.” (Romanos, 12:21)   Em meio ao trânsito desordenado, um motorista gentilmente cede-me passagem. Visito um ex-professor na faculdade ...

Ver mais

Homenagem aos Economistas 2017
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Homenagem aos Economistas 2017 Memoráveis citações “Quando foi criada a Faculdade de Ciências Econômicas da USP, em 1945, eu decidi fazer Economia. Fiquei muito feliz com a Economia, me ajustei ...

Ver mais

Moraes Moreira

Moraes Moreira

Luciano Pires -

Moraes Moreira começou tocando sanfona de doze baixos em festas de São João e outros eventos de Ituaçu, o “Portal da Chapada Diamantina”. Na adolescência aprendeu a tocar violão, enquanto fazia curso de ciências em Caculé, Bahia. Mudou-se para Salvador e lá conheceu Tom Zé, e também entrou em contato com o rock n’ roll. 

Mais tarde, ao conhecer Baby Consuelo, Pepeu Gomes, Paulinho Boca de Cantor e Luiz Galvão, formou o conjunto Novos Baianos, onde ficou de 1969 até 1975. Juntamente com Luiz Galvão, foi compositor de quase todas as canções do Grupo. 

O álbum Acabou Chorare, lançado pela banda em 1972, foi considerado pela revista Roling Stone Brasil um dos 100 melhores álbuns da história da música brasileira. 

Moraes Moreira possui 40 discos gravados, entre Novos Baianos, Trio Elétrico Dodô e Osmar e ainda dois discos em parceria com o guitarrista Pepeu Gomes. Moraes se enquadra entre um dos mais versáteis compositores do Brasil, misturando ritmos como frevo, baião, rock, samba, choro e até mesmo música erudita.

Saiu em carreira solo no ano de 1975, e desde então já lançou mais de 20 discos. Na sua carreira solo, destacou-se como o primeiro cantor de trio elétrico, cantando no Trio de Dodô e Osmar, e lançou diversos sucessos de músicas de carnaval, no que se convencionou chamar de “frevo trieletrizado”. Alguns dos sucessos dessa fase são “Pombo Correio”, “Vassourinha Elétrica” e “Bloco do Prazer”, dentre outras. Durante os anos 80 se afastou um pouco do carnaval baiano, devido a comercialização para a indústria do turismo. Compôs “O Brasil Tem Concerto”, influenciado pela música erudita, e logo em seguida o especial para a MTV “Moraes Moreira Acústico”, mais tarde transformado em CD. 

Em 1997, gravou um disco carnavalesco em que comemora seus 50 anos, “50 carnavais” e dois anos depois lança o disco 500 sambas em homenagem aos 500 anos de descobrimento do Brasil. 
No ano 2000 lançou o disco “Bahião com H”, tocando o baião com seu característico sotaque baiano. Em 2003 completou sua trilogia que tinha como tema o Brasil, e incluía os três álbuns Lá Vem o Brasil Descendo a Ladeira (1979) e O Brasil Tem Concerto (1994) e Meu Nome é Brasil (2003). Em 2005 lançou independentemente o surpreendente disco “De repente”, misturando hip hop com repente nordestino e o swing característico de seu violão. 

Em 2008 Moraes lançou o livro “A história dos Novos Baianos e outros versos” em que conta a história do grupo em literatura de cordel e curiosidades sobre as músicas de sua carreira solo, e sai em turnê pelo Brasil com o show homônimo, tocando os maiores sucessos de sua carreira e recitando trechos do livro, que em 2009 foi transformado em DVD e CD.

http://cliquemusic.uol.com.br/artistas/ver/moraes-moreira

http://www.dicionariompb.com.br/moraes-moreira


Moraes Moreira

[youtube]EoX7x0laMoU[/youtube]

[youtube]MRTmseS5vFU[/youtube]

[youtube]n0qMotwszHc[/youtube]