Warning: file_get_contents(http://graph.facebook.com/?id=http://www.portalcafebrasil.com.br/cafepedia/lenine/): failed to open stream: HTTP request failed! HTTP/1.1 403 Forbidden in /var/www/vhosts/portalcafebrasil.com.br/httpdocs/wp-content/themes/xpirit/lib/fn.socials.php on line 33
Assine o Café Brasil
Portal Café Brasil
A cultura do “estrupo”
A cultura do “estrupo”
A cultura do estrupo. Isca Intelectual de Luciano Pires ...

Ver mais

O princípio de Eisenhower
O princípio de Eisenhower
Isca intelectual de Luciano Pires para quem tem ...

Ver mais

Os monstros da negatividade
Os monstros da negatividade
Num momento de mudança, tudo que não preciso são os ...

Ver mais

Recuperando do trauma
Recuperando do trauma
Isca intelectual de Luciano Pires. Uma hora a ...

Ver mais

509 – O tênis e o frescobol
509 – O tênis e o frescobol
Podcast Café Brasil 509 - O tênis e o frescobol. ...

Ver mais

508 – A dissonância cognitiva
508 – A dissonância cognitiva
Podcast Café Brasil 508 - A dissonância cognitiva. Você ...

Ver mais

507 – Amizades desfeitas
507 – Amizades desfeitas
Podcast Café Brasil 507 - Amizades desfeitas. Vale a ...

Ver mais

506 – O espelho
506 – O espelho
Podcast Café Brasil 506 - O espelho. Aquela votação ...

Ver mais

LíderCast 026 – Paulo Rabelo de Castro
LíderCast 026 – Paulo Rabelo de Castro
LíderCast 026 com Paulo Rabelo de Castro, que sonha com ...

Ver mais

LíderCast 025 – Sandro Magaldi
LíderCast 025 – Sandro Magaldi
Hoje converso com Sandro Magaldi, que está à frente do ...

Ver mais

LíderCast – Temporada III
LíderCast – Temporada III
Lançamento da terceira temporada do LíderCast, com ...

Ver mais

LíderCast 016 – Ozires Silva 1
LíderCast 016 – Ozires Silva 1
Hoje no LíderCast a primeira parte da entrevista com ...

Ver mais

045 – Recuperando do trauma
045 – Recuperando do trauma
Quando terminar o trauma, quando o Brasil sair deste ...

Ver mais

Vem Pra Rua!
Vem Pra Rua!
Um recado para os reacionários que NÃO vão às ruas dia ...

Ver mais

44 – Tudo bem se me convém – Palestra no Epicentro
44 – Tudo bem se me convém – Palestra no Epicentro
Apresentação de Luciano Pires no Epicentro em Campos de ...

Ver mais

43 – Gloria Alvarez – Sobre República e Populismo
43 – Gloria Alvarez – Sobre República e Populismo
Gloria Alvarez, do Movimento Cívico Nacional da ...

Ver mais

Ser e estar
Tom Coelho
Sete Vidas
“Às vezes penso, às vezes sou.” (Paul Valéry)   Tenho observado com cautela o comportamento das pessoas e suas atitudes na vida em sociedade. E seja no ambiente corporativo, familiar, ...

Ver mais

Convergências
Luiz Alberto Machado
Iscas Econômicas
Convergências Roteiro para preparação de palestra sobre os desafios da profissão de Economista “Quando não se faz o que gosta o máximo que se pode ser é mediano” Tibless[1] Graças, em parte, ao ...

Ver mais

Os Preocupados
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
Incrível como contestadores abnegados, preocupadíssimos com a população em geral e seu sagrado bem estar, brotaram do chão nas últimas semanas. Aqui e no exterior. Devem ser patriotas ...

Ver mais

O caminho do meio
Tom Coelho
Sete Vidas
“Todas as coisas já foram ditas. Mas como ninguém escuta, é preciso sempre recomeçar.” (André Gide)   Equilíbrio. Talvez esta seja a palavra mais adequada para nortear a vida de qualquer ...

Ver mais

Lenine

Lenine

Luciano Pires -

Filho de um velho comunista e de uma católica praticante, criou-se porém uma espécie de détente na família. Até os 8 anos, os filhos eram obrigados a ir à missa com a mãe. Depois disso, ficavam por conta do pai: Marx era leitura obrigatória. Aos domingos, ouvia-se música de todo tipo – canções napolitanas, música alemã, música folclórica russa, Glenn Miller, Tchaikovsky, Chopin, Gil Evans, e mais tarde, Hermeto Pascoal e os tropicalistas.

Foi para o Rio de Janeiro no final dos anos 1970, pois naquela época havia pouco espaço ou recursos para música no Recife. Morou com alguns amigos, compositores. Dividiram por algum tempo um apartamento na Urca, depois uma casinha numa vila em Botafogo, famosa por ter sido moradia de Macalé e Sônia Braga. Depois foram para Santa Teresa.

Lenine teve seu som gravado por Elba Ramalho, sendo ela a primeira cantora de sucesso nacional a gravar uma música sua. Depois vieram Fernanda Abreu, O Rappa, Milton Nascimento, Maria Rita, Maria Bethânia e muitos outros.

Produziu “Segundo”, de Maria Rita; “De uns tempos pra cá”, de Chico César; “Lonji”, de Tcheka (cantor e compositor do Cabo Verde); e “Ponto Enredo”, de Pedro Luís e a Parede.

Trabalhou em televisão com os diretores Guel Arraes e Jorge Furtado. Para eles, fez a direção musical de “Caramuru, a Invenção do Brasil” que depois de minissérie, virou um longa-metragem. Participou também da direção do musical de “Cambaio”, musical de João Falcão e Adriana Falcão, baseado em canções de Chico Buarque e Edu Lobo.

Lenine ganhou dois prêmios Grammy Latino: um pelo “Melhor Álbum Pop Contemporâneo” com seu álbum “Falange Canibal”; e outro em 2009 na categoria melhor canção brasileira com a música “Martelo Bigorna”.

http://www.lenine.com.br/

http://lenineoficial.blogspot.com/

http://www.myspace.com/lenineoficial

http://pt.wikipedia.org/wiki/Lenine_(cantor)


Lenine

[youtube]iVcVS1OPWR8[/youtube]
[youtube]sXmWAOIWg3w[/youtube]
[youtube]jITtwZccf5k[/youtube]
[youtube]lR99lQ-1mw0[/youtube]
[youtube]At3MDBmXLBc[/youtube]