Assine o Café Brasil
Portal Café Brasil
Quero meu vermelho de volta.
Quero meu vermelho de volta.
Isca Intelectual de Luciano Pires que já teve calça ...

Ver mais

Seis dicas para o Eureka
Seis dicas para o Eureka
Isca intelectual de Luciano Pires sobre a maquininha de ...

Ver mais

A arte suave
A arte suave
Isca Intelectual de Luciano Pires sobre uns lutadores, ...

Ver mais

A vida como processo
A vida como processo
Isca intelectual de Luciano Pires. A vida é um ...

Ver mais

527 – Os X Men
527 – Os X Men
Podcast Café Brasil 527 - Os X men. O autismo é um ...

Ver mais

526 – Um jeito brasileiro de ser
526 – Um jeito brasileiro de ser
Podcast Café Brasil 526 - Um jeito brasileiro de ser. ...

Ver mais

525 – Empreende Dor
525 – Empreende Dor
Podcast Café Brasil 525 - Empreende Dor. ...

Ver mais

524 – O dia seguinte
524 – O dia seguinte
Podcast Café Brasil 524 - O dia seguinte. Pronto. ...

Ver mais

LíderCast 044 – Diogo Portugal
LíderCast 044 – Diogo Portugal
Bem-vindo, bem-vinda a mais um LíderCast. Hoje converso ...

Ver mais

LíderCast 043 – Claudio Tomanini
LíderCast 043 – Claudio Tomanini
Bem-vindo, bem-vinda a mais um LíderCast. Hoje converso ...

Ver mais

LíderCast 042 – Roberto Tranjan
LíderCast 042 – Roberto Tranjan
Bem-vindo, bem-vinda a mais um LíderCast. Hoje converso ...

Ver mais

LíderCast 041 – Cassio Politi
LíderCast 041 – Cassio Politi
Bem-vindo, bem-vinda a mais um LíderCast. Hoje converso ...

Ver mais

045 – Recuperando do trauma
045 – Recuperando do trauma
Quando terminar o trauma, quando o Brasil sair deste ...

Ver mais

Vem Pra Rua!
Vem Pra Rua!
Um recado para os reacionários que NÃO vão às ruas dia ...

Ver mais

44 – Tudo bem se me convém – Palestra no Epicentro
44 – Tudo bem se me convém – Palestra no Epicentro
Apresentação de Luciano Pires no Epicentro em Campos de ...

Ver mais

43 – Gloria Alvarez – Sobre República e Populismo
43 – Gloria Alvarez – Sobre República e Populismo
Gloria Alvarez, do Movimento Cívico Nacional da ...

Ver mais

O Buk apareceu!
Fernando Lopes
Iscas Politicrônicas
Dilma Roskoff, a demitida, é imbatível – consegue ser ignorante em qualquer assunto, mesmo nos que ela diz dominar. Bom, nada a estranhar em alguém que falsificou o próprio currículo, ...

Ver mais

Não estou ofendido.
Adalberto Piotto
Olhar Brasileiro
Por Adalberto Piotto O advogado do ex-ministro Palocci, José Roberto Batochio, disse que lhe causou indignação o nome dado à operação da Polícia Federal que prendeu seu cliente, o ex-ministro de ...

Ver mais

Faltam heróis
Tom Coelho
Sete Vidas
“A escolha dos heróis diz muito sobre a sociedade que os escolhe.” (Ricardo Bonalume Neto)   Quem é Neymar Jr.? Para o mundo do futebol, é o maior jogador brasileiro da atualidade, com ...

Ver mais

Tudo o que foi feito poderia ter sido feito. E teve suas razões perenes ou temporárias
Adalberto Piotto
Olhar Brasileiro
Por Adalberto Piotto Bom senso pode ser agregado ao analisarmos o caso da prisão de Guido Mantega? Então, aos fatos: 1- Há que se compreender que, na avaliação inicial do MPF e do juiz Sergio ...

Ver mais

Lenine

Lenine

Luciano Pires -

Filho de um velho comunista e de uma católica praticante, criou-se porém uma espécie de détente na família. Até os 8 anos, os filhos eram obrigados a ir à missa com a mãe. Depois disso, ficavam por conta do pai: Marx era leitura obrigatória. Aos domingos, ouvia-se música de todo tipo – canções napolitanas, música alemã, música folclórica russa, Glenn Miller, Tchaikovsky, Chopin, Gil Evans, e mais tarde, Hermeto Pascoal e os tropicalistas.

Foi para o Rio de Janeiro no final dos anos 1970, pois naquela época havia pouco espaço ou recursos para música no Recife. Morou com alguns amigos, compositores. Dividiram por algum tempo um apartamento na Urca, depois uma casinha numa vila em Botafogo, famosa por ter sido moradia de Macalé e Sônia Braga. Depois foram para Santa Teresa.

Lenine teve seu som gravado por Elba Ramalho, sendo ela a primeira cantora de sucesso nacional a gravar uma música sua. Depois vieram Fernanda Abreu, O Rappa, Milton Nascimento, Maria Rita, Maria Bethânia e muitos outros.

Produziu “Segundo”, de Maria Rita; “De uns tempos pra cá”, de Chico César; “Lonji”, de Tcheka (cantor e compositor do Cabo Verde); e “Ponto Enredo”, de Pedro Luís e a Parede.

Trabalhou em televisão com os diretores Guel Arraes e Jorge Furtado. Para eles, fez a direção musical de “Caramuru, a Invenção do Brasil” que depois de minissérie, virou um longa-metragem. Participou também da direção do musical de “Cambaio”, musical de João Falcão e Adriana Falcão, baseado em canções de Chico Buarque e Edu Lobo.

Lenine ganhou dois prêmios Grammy Latino: um pelo “Melhor Álbum Pop Contemporâneo” com seu álbum “Falange Canibal”; e outro em 2009 na categoria melhor canção brasileira com a música “Martelo Bigorna”.

http://www.lenine.com.br/

http://lenineoficial.blogspot.com/

http://www.myspace.com/lenineoficial

http://pt.wikipedia.org/wiki/Lenine_(cantor)


Lenine

[youtube]iVcVS1OPWR8[/youtube]
[youtube]sXmWAOIWg3w[/youtube]
[youtube]jITtwZccf5k[/youtube]
[youtube]lR99lQ-1mw0[/youtube]
[youtube]At3MDBmXLBc[/youtube]